Revista Comprecar
Avaliação: Novo Peugeot 3008
Avaliação: Novo Peugeot 3008

O novo Peugeot 3008 é um veículo completamente redesenhado em relação a sua geração anterior. Ele traz uma nova arquitetura da plataforma EMP2 que permitiu um aperfeiçoamento da proporção peso/dimensões. O 3008 cresceu 8 cm na distância entre-eixos, e agora o porta-malas com 520 litros (20 a mais que a geração anterior), tem o piso de carga mais baixo da categoria.

O motor é o já conhecido 1.6 litro – 16 válvulas THP à gasolina, com turbo e injeção direta de combustível. Esse motor desenvolve 165 cavalos de potência e 24,5 kgfm de torque a partir de 1.400 rpm. O câmbio é um automático de seis marchas com opção de trocas sequenciais.

No interior foi aplicado o i-Cockpit 2.0, evolução do conceito já visto no 208 e 2008, no qual o volante tem diâmetro reduzido, e o painel de instrumentos fica em destaque dando maior sensação de esportividade. Aliás, o painel de instrumentos agora é uma tela de 12,3 polegadas que pode ser personalizada com diferentes tipos de informações (uma receita parecida com o painel virtual existente em alguns carros da Audi). Já a central multimídia touch-screen tem 8 polegadas e faz integração com smartphones nas plataformas Android Auto e Mirrorlink (para aparelhos Android) e o Apple CarPlay para iPhones.

Comprecar TV

< Voltar

Avaliação: Novo Peugeot 3008

O novo Peugeot 3008 é um veículo completamente redesenhado em relação a sua geração anterior. Ele traz uma nova arquitetura da plataforma EMP2 que permitiu um aperfeiçoamento da proporção peso/dimensões. O 3008 cresceu 8 cm na distância entre-eixos, e agora o porta-malas com 520 litros (20 a mais que a geração anterior), tem o piso de carga mais baixo da categoria.

O motor é o já conhecido 1.6 litro – 16 válvulas THP à gasolina, com turbo e injeção direta de combustível. Esse motor desenvolve 165 cavalos de potência e 24,5 kgfm de torque a partir de 1.400 rpm. O câmbio é um automático de seis marchas com opção de trocas sequenciais.

No interior foi aplicado o i-Cockpit 2.0, evolução do conceito já visto no 208 e 2008, no qual o volante tem diâmetro reduzido, e o painel de instrumentos fica em destaque dando maior sensação de esportividade. Aliás, o painel de instrumentos agora é uma tela de 12,3 polegadas que pode ser personalizada com diferentes tipos de informações (uma receita parecida com o painel virtual existente em alguns carros da Audi). Já a central multimídia touch-screen tem 8 polegadas e faz integração com smartphones nas plataformas Android Auto e Mirrorlink (para aparelhos Android) e o Apple CarPlay para iPhones.