Revista Comprecar
50º Porsche Driving School inicia temporada do Porsche Club Brasil
Em 2017, oito eventos valerão pontos para a Porsche Club Cup. No primeiro, realizado em 10 e 11 de março no Velo Città, inscreveram-se 66 pilotos.
50º Porsche Driving School inicia temporada do Porsche Club Brasil
15 de Março de 2017

O 50º Porsche Driving School, realizado nos dias 10 e 11 de março no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), deu início à temporada comemorativa dos 20 anos da Stuttgart Veículos e do Porsche Club Brasil. Com 66 pilotos inscritos, um novo regulamento esportivo e a presença de Porsches novos e clássicos, o evento teve atrações de todos os tipos para os fãs da marca alemã.
 
Formatado para permitir aos proprietários de Porsche aproveitar as qualidades de seus carros em um ambiente seguro e apropriado, o Porsche Driving School teve três baterias de treinos livres e a prova Flying Lap definida em duas sessões - uma na sexta-feira e uma no sábado, com o melhor tempo de cada piloto sendo considerado para o resultado final. Neste ano, entrou em vigor um sistema de handicap, de maneira a dar a proprietários de veículos de diferentes faixas de potência a chance de disputar a vitória. Durante o final de semana, os participantes tiveram a assistência dos Pilotos Instrutores Maurizio Sala e Marcelo Maiolli, experientes participantes de categorias profissionais.
 
Outra novidade neste evento foi a Porsche Classic, premiação exclusiva para Porsches clássicos. Após avaliação de um corpo de jurados, o troféu de Destaque foi concedido a um Porsche 928S, ano 1984, que chegou rodando ao autódromo e participou dos treinos livres. Este modelo foi fabricado pela Porsche entre 1977 e 1995. De linhas futuristas, tinha motor V8 dianteiro e chegou a ser cogitado pela Porsche para substituir o 911 - algo que acabou não acontecendo. Também estiveram presentes um 911 Turbo 1984, um 911 Carrera Targa 1988, um 911 Carrera RSR de corrida com a tradicional pintura Martini (um tributo ao modelo similar vencedor da Targa Florio em 1973), um 911 GT2 1995 e um 911 Cabriolet 1983. A programação incluiu ainda a Porsche Parade, na qual todos os Porsches presentes ao autódromo puderam percorrer duas voltas pelo circuito, em ritmo moderado, acompanhando um carro-madrinha - este, um Porsche 911R, série especial da qual foram fabricadas 991 unidades, somente quatro destinadas ao mercado brasileiro.
 
Os resultados da prova Flying Lap valeram para a Porsche Club Cup, campeonato de equipes formadas pelos participantes. Saiu na frente a Eagle’s Team, com 60 pontos marcados. Handicap (58), TAG Porsche (54), Gulf (54) e Speedster (53) completam os cinco primeiros lugares após a primeira etapa. Também são disputadas a Porsche Racing Cup (troféu individual) e a Porsche Vintage Racing Cup (para participantes com 50 anos ou mais). Esta será a temporada mais longa do Porsche Club Brasil: serão oito eventos, sendo sete em autódromos (Velo Città, Interlagos, Curitiba e Velopark) e um Route Tour (prova de regularidade em estrada).

Notícias < Voltar
50º Porsche Driving School inicia temporada do Porsche Club Brasil

50º Porsche Driving School inicia temporada do Porsche Club Brasil

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Em 2017, oito eventos valerão pontos para a Porsche Club Cup. No primeiro, realizado em 10 e 11 de março no Velo Città, inscreveram-se 66 pilotos.

15 de Março de 2017

O 50º Porsche Driving School, realizado nos dias 10 e 11 de março no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), deu início à temporada comemorativa dos 20 anos da Stuttgart Veículos e do Porsche Club Brasil. Com 66 pilotos inscritos, um novo regulamento esportivo e a presença de Porsches novos e clássicos, o evento teve atrações de todos os tipos para os fãs da marca alemã.
 
Formatado para permitir aos proprietários de Porsche aproveitar as qualidades de seus carros em um ambiente seguro e apropriado, o Porsche Driving School teve três baterias de treinos livres e a prova Flying Lap definida em duas sessões - uma na sexta-feira e uma no sábado, com o melhor tempo de cada piloto sendo considerado para o resultado final. Neste ano, entrou em vigor um sistema de handicap, de maneira a dar a proprietários de veículos de diferentes faixas de potência a chance de disputar a vitória. Durante o final de semana, os participantes tiveram a assistência dos Pilotos Instrutores Maurizio Sala e Marcelo Maiolli, experientes participantes de categorias profissionais.
 
Outra novidade neste evento foi a Porsche Classic, premiação exclusiva para Porsches clássicos. Após avaliação de um corpo de jurados, o troféu de Destaque foi concedido a um Porsche 928S, ano 1984, que chegou rodando ao autódromo e participou dos treinos livres. Este modelo foi fabricado pela Porsche entre 1977 e 1995. De linhas futuristas, tinha motor V8 dianteiro e chegou a ser cogitado pela Porsche para substituir o 911 - algo que acabou não acontecendo. Também estiveram presentes um 911 Turbo 1984, um 911 Carrera Targa 1988, um 911 Carrera RSR de corrida com a tradicional pintura Martini (um tributo ao modelo similar vencedor da Targa Florio em 1973), um 911 GT2 1995 e um 911 Cabriolet 1983. A programação incluiu ainda a Porsche Parade, na qual todos os Porsches presentes ao autódromo puderam percorrer duas voltas pelo circuito, em ritmo moderado, acompanhando um carro-madrinha - este, um Porsche 911R, série especial da qual foram fabricadas 991 unidades, somente quatro destinadas ao mercado brasileiro.
 
Os resultados da prova Flying Lap valeram para a Porsche Club Cup, campeonato de equipes formadas pelos participantes. Saiu na frente a Eagle’s Team, com 60 pontos marcados. Handicap (58), TAG Porsche (54), Gulf (54) e Speedster (53) completam os cinco primeiros lugares após a primeira etapa. Também são disputadas a Porsche Racing Cup (troféu individual) e a Porsche Vintage Racing Cup (para participantes com 50 anos ou mais). Esta será a temporada mais longa do Porsche Club Brasil: serão oito eventos, sendo sete em autódromos (Velo Città, Interlagos, Curitiba e Velopark) e um Route Tour (prova de regularidade em estrada).

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!

Você sabia?

Em boa parte do país o semáforo é conhecido como "sinal", mas em São Paulo é chamado "farol" e no sul do Brasil é chamado "sinaleira".