Revista Comprecar
As várias qualidades do Citroën C4 Lounge THP
Saiba porque o C4 Lounge ainda é uma das melhores opções da categoria de sedans médios
As várias qualidades do Citroën C4 Lounge THP
05 de Fevereiro de 2017

Ninguém discute a competitividade que existe na categoria de sedans médios. Ainda que esse não seja o segmento de maior volume, certamente é o mais disputado. Motivos para isso não faltam. É o segmento mais tradicional do mercado brasileiro, se não um dos primeiro de todos. Diferente do que ocorre com os compactos, o preço não é o ponto mais forte na hora da decisão do cliente. E por fim, praticamente  todas as montadoras tem representantes nessa categoria. Por conta de tudo isso, e pela constante reovação de produtos, a competitividade é enorme.
 
Agora, nem sempre o carro mais vendido, ou a novidade mais recente é a melhor opção de compra. Sabemos que o Toyota Corolla é hoje o campeão de vendas na categoria. E que a recente chegada do novo Civic também provocou forte impacto na categoria. Mas existem modelos que, mesmo sem muitas novidades, ainda é muito competitivo, frente a esses concorrentes japoneses.
 
Justamente por isso, vamos observar mais de perto as qualidades de um produto que tem muito a oferecer, mas o cliente ainda não considerou sua completa versatilidade. Estamos falando do sedan Citroën C4 Lounge. De cara, podemos resaltar que atualmente, qualquer versão do C4 Lounge vem sempre equipada com um eficiente moto r turbo flex de 1.6 litro, com expressivos 173 cavalos. Aliás, o C4 Lounge foi o segundo veículo no mercado brasileiro a contar com essa tecnologia.
 
1) Motor turbo Flex: Nessa categoria de sedans, atualmente, poucos concorrentes contam com a tecnologia turbo flex (somente Peugeot 408  e Chevrolet Cruze são turbo Flex, excluindo é claro, os sedans de médios de categoria Premium da Audi, Mercedes e BMW). Ainda sim, Cruze (153 cv) e o Jetta (150 cv que é somente a gasolina) são moto res 1,4 ou 1,5 litro. Assim, esse é o maior diferencial do C4 Lounge THP. Seu moto r 1,6 litro tem potência máxima que chega à expressivos 173 cavalos (a 6.000 RPM) quando abastecido com etanol. O torque máximo é de 240 Nm, a partir de 1.400 RPM (pouco acima da marcha-lenta), permanecendo constante até 4.000 RPM. Vale também destacar o torque de 156 Nm disponíveis à apenas 1.000 RPM! Toyota Corolla (153 cv a 5800 RPM e 20,7 kgfm a 4800 RPM) e Honda Civic da nova geração (155 cv a 6300 RPM e 19,5 kgfm a 4800 RPM). Fato que existe uma versão do Civic turbo, porém somente à gasolina, e cerca de R$ 20 mil mais caro. Por fim, o moto r do C4 Lounge também recebe nota “A” no programa de etiquetagem do INMETRO.
 
2) Câmbio automático de seis marchas: O C4 Lounge está alinhado com a tendência de mercado. Hoje, o padrão dessa categoria está em seis marchas, seja em câmbio automático ou robotizado de dupla embreagem. No caso do C4 Lounge, o câmbio automático tem manutenção mais barata que o sistema robotizado de dupla embreagem e é mais confiável. Aliás, por esse mesmo motivo, a VW tirou o câmbio robotizado de dupla embreagem do Golf, e colocou o automático. E o sistema automático, também tem manutenção mais simples e barata que os sistemas CVT (continuamente variável), que são utilizados no Toyota Corolla, Honda Civic, Nissan Sentra e Renault Fluence. O câmbio automático é mais durável em situações de estresse constante.
 
3) Desempenho expressivo: Com esse conjunto de moto r e câmbio, o C4 Lounge THP está entre os melhores da categoria. Sua aceleração de 0 à 100 acontece em apenas 8,9 segundos no etanol e 9,2 segundos na gasolina. A velocidade máxima é sempre de 215 km/h. Essa marca supera com folga concorrentes como Honda Civic flex, Toyota Corolla, Nissan Sentra, Renault Fluence, Ford Focus e Hyundai Elantra. Apenas Chevrolet Cruze e VW Jetta são comparáveis ao C4 Lounge. E o Civic Turbo, apesar de superar o C4 Lounge, é muito mais caro.
 
4) Generoso entre-eixos: O C4 Lounge tem o maior entre-eixos de toda a categoria. Com expressivos 2,71 metros, o Lounge é o modelo que assegura o melhor espaço no banco traseiro. Além disso, o Lounge tem o banco traseiro mais confortável, com inclinação do encosto de 29 graus. Corolla, Civic e Cruze tem um entre-eixos de 2,7 metros. Já o Jetta cai para 2,65 metros e Ford Focus para 2,64m.
 
5) Climatização eficiente: O modelo da Citroen conta com um dos melhores sistemas de climatização da categoria. Ele é um dos poucos com saída de ar para o banco traseiro. Corolla, Civic e Cruze não oferecem esse recurso. Além disso, traz sempre de série (nas versões com moto r THP), ar-condicionado digital automático de dupla-zona (item indisponível no Corolla). E, além do modo automático, conta ainda com três modos de ventilação (Soft, Auto e Fast). Assim, o usuário pode ajustar para maior ventilação em dias quentes, e menor ventilação em dias mais frescos, sempre mantendo as temperaturas automáticas e independentes, nas saídas frontais. Somente o Renault Fluence possui esse último recurso, além do C4 Lounge.
 
6) Porta-malas: O C4 Lounge tem um generoso porta-malas na categoria de sedans médios. São 450 litros totalmente utilizáveis. Ainda que existam poucos concorrentes com porta-malas maior, (caso do Corolla com 470 litros e Civic com 519 litros) nesses as dobradiças da tampa do porta-malas invadem o compartimento. Assim, elas podem bater na carga quando o porta-malas é completamente carregado. No C4, as dobradiças correm por dentro de proteções laterais, sem interferir no espaço útil.
 
7) Nova central multimídia touchscreen. A linha 2017 do sedan também conta com nova central com tela sensível ao toque e função Mirror link, que permite o espelhamento de funções do smartphone (Android e IOS), diretamente na central. Conta ainda conta com câmera de ré, melhorando as manobras em locais apertados. O Toyota Corolla, Nissan Sentra, Hyndai Elantra, por exemplo, não possuem qualquer integração com sistemas Android ou IOS (iPhone).
 
8) Regulador e limitador de velocidade: Um diferencial do carro é o volante com os controles do Limitador e regulador de velocidade. O regulador de velocidade é o que muitos conhecem erroneamente como “piloto automático”. Já o limitador de velocidade permite programar uma velocidade máxima para não ser ultrapassada, tanto na cidade quanto na estrada. E o carro só acelera até a velocidade escolhida. Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Vectra, Hyundai Elantra são oferecem o controle de cruzeiro.
 
9) Programa de estabilidade eletrônico: Todas as versões do C4 Lounge trazem de série o programa de estabilidade eletrônico. Ainda que esse equipamento não seja uma novidade, nos concorrentes, ele costuma estar só disponível na versão topo de linha! Também incorpora o Hill Assist de série, que não deixa o carro escorregar em saídas de rampas. E alguns, não oferecem nem na versão topo de linha, como acontece no Toyota Corolla.
 
10) A versão topo de gama do C4 Lounge (a Exclusive), traz de série e sem custo adicional sob o formato de opcionais, teto solar com controle elétrico, bancos forrados em couro, chave presencial com botão de partida, roda de 17 polegadas diamantada, farol bixenon direcional e painel personalizável em cores. Aliás, o recurso do painel personalizável é outra exclusividade do Citroën C4 Lounge. Toyota Corolla e Chevrolet Cruze não tem a opção do teto solar também.
 
11) Outro detalhe muito importante é a oferta de um estepe integral. Trata-se de um pneu de medida igual ao pneu de rodagem. Assim, na eventual substituição de um pneu furado, a dirigibilidade não fica prejudicada. Honda Civic, Chevrolet Cruze e Ford Focus, fazem uso do estepe fino, que não permite passar de 80 km/h, quando é utilizado.
 
Fato incontestável que o C4 Lounge THP, tem um dos melhores custo-benefício da categoria. A versão S, de visual esportivo, parte de R$ 79,9 mil, já com o moto r turbo, câmbio automático, ESP e diversos outros equipamentos de série.
 
A versão mais cara é a Exclusive com preço de R$ 95,9 mil. Esse valor é bem mais barato que as versões topo de linha do Toyota Corolla, novo Chevrolet Cruze e novo Honda Civic flex (e no caso do turbo, quase 30 mil à menos). Além disso, a Citroën Notre Dame está com um bônus especial de até R$ 3mil, para clientes da marca, que realizarem a troca por um Citorën C4 Lounge NOVO. Esse carro pode ser adquirido com taxa de 0,99% em até 60 vezes.
 
Além disso, a Citroën Notre Dame está vendendo toda a linha com entrada, mais taxa zero e parcelamento a partir de 24 vezes.
 
Os portadores de necessidades especiais podem comprar o modelo THP numa versão especial, à partir de R$ 54,6 mil. Existe um plano de 50% de entrada, com 36 parcelas sem juros.
 
Outro destaque é o programa de revisão com custo-fixo, onde o cliente gasta apenas R$1 por dia, até 30 mil quilômetros. Assim as revisões de 10, 20 e 30 mil km, custam 4 parcelas R$ 91,25, cada uma.
 
Em Sorocaba e Itu, e grande área do interior paulista, são as concessionárias do grupo Notre Dame que representam a marca Citroën. Mais informações pelos telefones (15) 3229-3333 e (11) 2118-3333. Para conhecer mais ofertas. Clique AQUI.

Notícias < Voltar
As várias qualidades do Citroën C4 Lounge THP

As várias qualidades do Citroën C4 Lounge THP

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Saiba porque o C4 Lounge ainda é uma das melhores opções da categoria de sedans médios

05 de Fevereiro de 2017

Ninguém discute a competitividade que existe na categoria de sedans médios. Ainda que esse não seja o segmento de maior volume, certamente é o mais disputado. Motivos para isso não faltam. É o segmento mais tradicional do mercado brasileiro, se não um dos primeiro de todos. Diferente do que ocorre com os compactos, o preço não é o ponto mais forte na hora da decisão do cliente. E por fim, praticamente  todas as montadoras tem representantes nessa categoria. Por conta de tudo isso, e pela constante reovação de produtos, a competitividade é enorme.
 
Agora, nem sempre o carro mais vendido, ou a novidade mais recente é a melhor opção de compra. Sabemos que o Toyota Corolla é hoje o campeão de vendas na categoria. E que a recente chegada do novo Civic também provocou forte impacto na categoria. Mas existem modelos que, mesmo sem muitas novidades, ainda é muito competitivo, frente a esses concorrentes japoneses.
 
Justamente por isso, vamos observar mais de perto as qualidades de um produto que tem muito a oferecer, mas o cliente ainda não considerou sua completa versatilidade. Estamos falando do sedan Citroën C4 Lounge. De cara, podemos resaltar que atualmente, qualquer versão do C4 Lounge vem sempre equipada com um eficiente moto r turbo flex de 1.6 litro, com expressivos 173 cavalos. Aliás, o C4 Lounge foi o segundo veículo no mercado brasileiro a contar com essa tecnologia.
 
1) Motor turbo Flex: Nessa categoria de sedans, atualmente, poucos concorrentes contam com a tecnologia turbo flex (somente Peugeot 408  e Chevrolet Cruze são turbo Flex, excluindo é claro, os sedans de médios de categoria Premium da Audi, Mercedes e BMW). Ainda sim, Cruze (153 cv) e o Jetta (150 cv que é somente a gasolina) são moto res 1,4 ou 1,5 litro. Assim, esse é o maior diferencial do C4 Lounge THP. Seu moto r 1,6 litro tem potência máxima que chega à expressivos 173 cavalos (a 6.000 RPM) quando abastecido com etanol. O torque máximo é de 240 Nm, a partir de 1.400 RPM (pouco acima da marcha-lenta), permanecendo constante até 4.000 RPM. Vale também destacar o torque de 156 Nm disponíveis à apenas 1.000 RPM! Toyota Corolla (153 cv a 5800 RPM e 20,7 kgfm a 4800 RPM) e Honda Civic da nova geração (155 cv a 6300 RPM e 19,5 kgfm a 4800 RPM). Fato que existe uma versão do Civic turbo, porém somente à gasolina, e cerca de R$ 20 mil mais caro. Por fim, o moto r do C4 Lounge também recebe nota “A” no programa de etiquetagem do INMETRO.
 
2) Câmbio automático de seis marchas: O C4 Lounge está alinhado com a tendência de mercado. Hoje, o padrão dessa categoria está em seis marchas, seja em câmbio automático ou robotizado de dupla embreagem. No caso do C4 Lounge, o câmbio automático tem manutenção mais barata que o sistema robotizado de dupla embreagem e é mais confiável. Aliás, por esse mesmo motivo, a VW tirou o câmbio robotizado de dupla embreagem do Golf, e colocou o automático. E o sistema automático, também tem manutenção mais simples e barata que os sistemas CVT (continuamente variável), que são utilizados no Toyota Corolla, Honda Civic, Nissan Sentra e Renault Fluence. O câmbio automático é mais durável em situações de estresse constante.
 
3) Desempenho expressivo: Com esse conjunto de moto r e câmbio, o C4 Lounge THP está entre os melhores da categoria. Sua aceleração de 0 à 100 acontece em apenas 8,9 segundos no etanol e 9,2 segundos na gasolina. A velocidade máxima é sempre de 215 km/h. Essa marca supera com folga concorrentes como Honda Civic flex, Toyota Corolla, Nissan Sentra, Renault Fluence, Ford Focus e Hyundai Elantra. Apenas Chevrolet Cruze e VW Jetta são comparáveis ao C4 Lounge. E o Civic Turbo, apesar de superar o C4 Lounge, é muito mais caro.
 
4) Generoso entre-eixos: O C4 Lounge tem o maior entre-eixos de toda a categoria. Com expressivos 2,71 metros, o Lounge é o modelo que assegura o melhor espaço no banco traseiro. Além disso, o Lounge tem o banco traseiro mais confortável, com inclinação do encosto de 29 graus. Corolla, Civic e Cruze tem um entre-eixos de 2,7 metros. Já o Jetta cai para 2,65 metros e Ford Focus para 2,64m.
 
5) Climatização eficiente: O modelo da Citroen conta com um dos melhores sistemas de climatização da categoria. Ele é um dos poucos com saída de ar para o banco traseiro. Corolla, Civic e Cruze não oferecem esse recurso. Além disso, traz sempre de série (nas versões com moto r THP), ar-condicionado digital automático de dupla-zona (item indisponível no Corolla). E, além do modo automático, conta ainda com três modos de ventilação (Soft, Auto e Fast). Assim, o usuário pode ajustar para maior ventilação em dias quentes, e menor ventilação em dias mais frescos, sempre mantendo as temperaturas automáticas e independentes, nas saídas frontais. Somente o Renault Fluence possui esse último recurso, além do C4 Lounge.
 
6) Porta-malas: O C4 Lounge tem um generoso porta-malas na categoria de sedans médios. São 450 litros totalmente utilizáveis. Ainda que existam poucos concorrentes com porta-malas maior, (caso do Corolla com 470 litros e Civic com 519 litros) nesses as dobradiças da tampa do porta-malas invadem o compartimento. Assim, elas podem bater na carga quando o porta-malas é completamente carregado. No C4, as dobradiças correm por dentro de proteções laterais, sem interferir no espaço útil.
 
7) Nova central multimídia touchscreen. A linha 2017 do sedan também conta com nova central com tela sensível ao toque e função Mirror link, que permite o espelhamento de funções do smartphone (Android e IOS), diretamente na central. Conta ainda conta com câmera de ré, melhorando as manobras em locais apertados. O Toyota Corolla, Nissan Sentra, Hyndai Elantra, por exemplo, não possuem qualquer integração com sistemas Android ou IOS (iPhone).
 
8) Regulador e limitador de velocidade: Um diferencial do carro é o volante com os controles do Limitador e regulador de velocidade. O regulador de velocidade é o que muitos conhecem erroneamente como “piloto automático”. Já o limitador de velocidade permite programar uma velocidade máxima para não ser ultrapassada, tanto na cidade quanto na estrada. E o carro só acelera até a velocidade escolhida. Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Vectra, Hyundai Elantra são oferecem o controle de cruzeiro.
 
9) Programa de estabilidade eletrônico: Todas as versões do C4 Lounge trazem de série o programa de estabilidade eletrônico. Ainda que esse equipamento não seja uma novidade, nos concorrentes, ele costuma estar só disponível na versão topo de linha! Também incorpora o Hill Assist de série, que não deixa o carro escorregar em saídas de rampas. E alguns, não oferecem nem na versão topo de linha, como acontece no Toyota Corolla.
 
10) A versão topo de gama do C4 Lounge (a Exclusive), traz de série e sem custo adicional sob o formato de opcionais, teto solar com controle elétrico, bancos forrados em couro, chave presencial com botão de partida, roda de 17 polegadas diamantada, farol bixenon direcional e painel personalizável em cores. Aliás, o recurso do painel personalizável é outra exclusividade do Citroën C4 Lounge. Toyota Corolla e Chevrolet Cruze não tem a opção do teto solar também.
 
11) Outro detalhe muito importante é a oferta de um estepe integral. Trata-se de um pneu de medida igual ao pneu de rodagem. Assim, na eventual substituição de um pneu furado, a dirigibilidade não fica prejudicada. Honda Civic, Chevrolet Cruze e Ford Focus, fazem uso do estepe fino, que não permite passar de 80 km/h, quando é utilizado.
 
Fato incontestável que o C4 Lounge THP, tem um dos melhores custo-benefício da categoria. A versão S, de visual esportivo, parte de R$ 79,9 mil, já com o moto r turbo, câmbio automático, ESP e diversos outros equipamentos de série.
 
A versão mais cara é a Exclusive com preço de R$ 95,9 mil. Esse valor é bem mais barato que as versões topo de linha do Toyota Corolla, novo Chevrolet Cruze e novo Honda Civic flex (e no caso do turbo, quase 30 mil à menos). Além disso, a Citroën Notre Dame está com um bônus especial de até R$ 3mil, para clientes da marca, que realizarem a troca por um Citorën C4 Lounge NOVO. Esse carro pode ser adquirido com taxa de 0,99% em até 60 vezes.
 
Além disso, a Citroën Notre Dame está vendendo toda a linha com entrada, mais taxa zero e parcelamento a partir de 24 vezes.
 
Os portadores de necessidades especiais podem comprar o modelo THP numa versão especial, à partir de R$ 54,6 mil. Existe um plano de 50% de entrada, com 36 parcelas sem juros.
 
Outro destaque é o programa de revisão com custo-fixo, onde o cliente gasta apenas R$1 por dia, até 30 mil quilômetros. Assim as revisões de 10, 20 e 30 mil km, custam 4 parcelas R$ 91,25, cada uma.
 
Em Sorocaba e Itu, e grande área do interior paulista, são as concessionárias do grupo Notre Dame que representam a marca Citroën. Mais informações pelos telefones (15) 3229-3333 e (11) 2118-3333. Para conhecer mais ofertas. Clique AQUI.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!

Você sabia?

A primeira rodovia de concreto do mundo fica na cidade de Detroit, a capital do automóvel. Foi construída em 1909, e hoje é conhecida por Avenida Woodward.