Revista Comprecar
Avaliação: Chevrolet Prisma 1.4 LTZ
Mais equipado e mais econômico, sedan continua convencendo pelo conjunto equilibrado
Avaliação: Chevrolet Prisma 1.4 LTZ
27 de Março de 2017

Já não é de hoje que o sedan Prisma, e o hatchback Onix, figuram na posição de veículos mais vendidos do mercado brasileiro. Com um conjunto equilibrado e honesto, os modelos rapidamente conquistaram seu lugar ao sol. E justamente por isso, todo mundo sabe que não se mexe, em time que está ganhando.
 
E foi exatamente isso que a Chevrolet fez ao atualizar a família Onix, em meados de 2016, já para a versão 2017. Assim, o modelo recebeu mudanças nos pontos de maior crítica por parte de seus consumidores. Nessa avaliação, trazemos a versão topo de linha (a LTZ), do sedan compacto.
 
As mudanças
 
O design foi atualizado para ficar em sintonia com os demais modelos da marca como o novo Cruze, a S10 e o Cobalt. Toda a parte frontal é nova, o que rejuvenesceu o carro. Segue o estilo de grade bipartida, assinatura global da marca. A traseira também recebeu novas lanternas e para-choque, além de rodas com novo desenho. Mas de resto, o Prisma preservou o estilo já conhecido.
 
Consumo de combustível otimizado
 
Sem trocar o motor ou a transmissão automática de seis marchas, muitas melhorias foram feitas em todo o conjunto, visando sobretudo, melhorias no consumo. Essas mudanças englobaram motor, transmissão, suspensão, freio, aerodinâmica e redução de peso.
 
No Prisma 2017 foram incluídos motores 1.0 e 1.4 da nova geração SPE/4 ECO, com melhorias voltadas para a eficiência energética, além das transmissões também de nova geração. O Prisma LTZ vem sempre equipado com motor 1.4 litro de 8 válvulas. Enquanto a transmissão automática manteve as seis marchas, na versão manual, o câmbio passou de cinco para seis marchas.
 
Mesmo assim, a caixa automática também evoluiu, passando a entregar mudanças mais ágeis e lineares. Ou seja, o conjunto passou a ter melhor entrosamento entre motor e câmbio.
 
Direção com assistência elétrica
 
Outra novidade é a adoção da direção com assistência elétrica em todas as configurações. Além de deixar o volante mais preciso e leve em manobras, não rouba potência do motor como ocorre na direção hidráulica. Essa direção elétrica é progressiva e inteligente. Ela compensa a inclinação da via em longos percursos, e reduz as trepidações geradas pelo desbalanceamento das rodas.
 
Mais econômico
 
A redução de peso de 32 kg (na média) e pneus verdes também contribuíram para que o Novo Prisma alcançasse até 20% de redução no consumo de combustível, e recebesse nota máxima de eficiência energética do Inmetro com duplo A (na categoria e classificação geral), e o selo verde do Conpet, isso tanto na versão 1.4 manual, como na 1.4 automática.
 
O Prisma 2017 LTZ automático com motor 1.4 litro roda com um litro de gasolina, 14,7 km na estrada e 11,9 na cidade. Com etanol, os números são 10,2 km/l e 8,1 km/l, respectivamente, segundo o programa de etiquetagem do INMETRO.
 
Desempenho
 
Esse propulsor da Chevrolet é flex e desenvolve, quando abastecido com etanol, 106 cv de potência a 6.000 rpm e 13,9 kgfm de torque a 4.800 rpm. Com gasolina no tanque, desenvolve 98 cv de potência a 6.000 rpm e 13 kgfm de torque a 4.800 rpm. O modelo chega a 180 km/h de máxima, e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 13 segundos, com a transmissão automática de seis marchas.
 
Suspensão aprimorada
 
Outra novidade está na recalibração da suspensão, que recebeu novos cubo de roda e barra estabilizadora e ficou 10 mm mais baixa. Com esse ajuste, o motorista irá sentir um salto de conforto no trânsito urbano e uma expressiva melhora no comportamento dinâmico em altas velocidades. Fato que o carro ficou mais agradável na condução do dia a dia.
 
OnStar
 
A família Onix e Prisma, a partir do modelo 2017, passam a vir equipadas de série com sistema OnStar. A tecnologia permite, por exemplo, comandar funções do veículo por meio de um aplicativo para celular, bloquear e localizar o automóvel em caso de roubo, receber orientações de navegação e socorro em caso de acidente.
 
Em caso de roubo o veículo pode ser monitorado, e o moto r, bloqueado remotamente pela Central de Atendimento, facilitando o trabalho da polícia -seguradoras costumam oferecer bons descontos para donos de carros equipados com esse tipo de tecnologia. Este recurso estará presente em 100% das versões do Novo Onix.
 
A Chevrolet oferecerá o OnStar em cortesia por um ano em três diferentes pacotes de serviços, conforme a versão e a configuração do veículo. 
 
Para conhecer mais detalhes do OnStar, assista o nosso vídeo AQUI!
 
Bom espaço interno
 
Ainda que seja um compacto, o Prisma continua agradando em pontos importantes, como o espaço interno. Seus 2,52 metros de entre-eixos, e o generoso porta-malas de 500 litros, asseguram bom espaço para famílias. A oferta de porta-objetos também é interessante. Destaque para os espaços ao lado da central multimídia, ideal para chaveiros e smartphones. O porta-luvas também tem uma abertura inteligente, com a tampa abrindo para cima, sem bater nos joelhos do passageiro da frente.
 
O que poderia melhorar
 
A Chevrolet poderia pensar em oferecer o ar-condicionado com controle digital e automático da temperatura, além de ajuste de profundidade do volante. Outra mudança bem vinda, seria a volta d estepe de tamanho normal, que não altera a dirigibilidade do veículo, quando é utilizado.
 
MyLink de segunda geração
 
Outra novidade é o multimídia MyLink de segunda geração, que se destaca pela compatibilidade com os sistemas Android Auto e o Apple CarPlay. Com o uso do cabo USB conectado ao smartphone e a porta USB da Central, alguns apps são integrados à central.
 
Para o motorista, isto significa maior segurança, já que o sistema permite a operação de funções e aplicativos do telefone celular diretamente na tela da central multimídia, ou com comandos de voz.
 
Outra característica da segunda geração do Mylink do Prisma 2017 é a tela de sete polegadas de alta resolução com tecnologia multitouch.
 
Além disso a porta USB permite agora conectar por meio de um hub externo dois dispositivos USB e um iPod, por exemplo.
 
Versões e preços
 
O sedan Prisma está disponível nas versões LT e LTZ, somente com motor 1.4 litro. Existe a opção do câmbio manual e automático, ambos sempre com seis marchas.
 
A versão LT vem de série com OnStar pacote Safe (Diagnóstico, App/Web e Segurança), ar-condicionado, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos tipo um toque, painel com velocímetro digital, bússola e alerta de mudança de marcha, sistema de áudio com Bluetooth e entrada USB, chave tipo canivete com controle re moto das travas e vidros elétricos, câmbio de seis marchas, rodas aro 14 com novas calotas, freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo. A versão LT pode vir com acabamento interno em dois tons (preto e cinza), sistema multimídia MyLink de segunda geração, volante com comandos de áudio e telefone, luz de cortesia no porta-luvas, abertura do porta-malas por controle remoto, e o pacote Protect do OnStar (Diagnóstico, App/Web, Segurança e Emergência).
 
Quando equipado com o motor 1.4 ECO, o modelo LT soma coluna de direção com regulagem de altura, sensor de estacionamento traseiro com auxílio gráfico, adesivo da coluna B e rodas aro 15 com novas calotas. A transmissão automática de seis velocidades é opcional.
 
A versão LTZ agrega detalhes internos e externos cromados, computador de bordo com cinco funções, vidros traseiros elétricos com a função um toque, bancos com revestimento premium e tecido de alto relevo, retrovisores externos com ajuste elétrico, farol com superfície interna cromada e guias de LED para lanterna, faróis de neblina, rodas de alumínio e OnStar com o pacote Exclusive (Diagnóstico, App/Web, Segurança, Emergência, Concierge e Navegação).
 
A garantia do produto é de três anos, sem limite de quilometragem.
 
O Prisma LTZ 1.4 com câmbio manual tem preço sugerido de R$ 59.990. Quando equipado com câmbio automático, sobe para R$ 65.990.

O Prisma 2017 pode ser encontrado nas concessionárias Chevrolet do Grupo Andreta, na cidade de Campinas (Adara - duas lojas) e Jundiaí (Spassus). Mais informações pelo site www.grupoandreta.com.br

Avaliações < Voltar
Avaliação: Chevrolet Prisma 1.4 LTZ

Avaliação: Chevrolet Prisma 1.4 LTZ

Mais equipado e mais econômico, sedan continua convencendo pelo conjunto equilibrado

27 de Março de 2017

Já não é de hoje que o sedan Prisma, e o hatchback Onix, figuram na posição de veículos mais vendidos do mercado brasileiro. Com um conjunto equilibrado e honesto, os modelos rapidamente conquistaram seu lugar ao sol. E justamente por isso, todo mundo sabe que não se mexe, em time que está ganhando.
 
E foi exatamente isso que a Chevrolet fez ao atualizar a família Onix, em meados de 2016, já para a versão 2017. Assim, o modelo recebeu mudanças nos pontos de maior crítica por parte de seus consumidores. Nessa avaliação, trazemos a versão topo de linha (a LTZ), do sedan compacto.
 
As mudanças
 
O design foi atualizado para ficar em sintonia com os demais modelos da marca como o novo Cruze, a S10 e o Cobalt. Toda a parte frontal é nova, o que rejuvenesceu o carro. Segue o estilo de grade bipartida, assinatura global da marca. A traseira também recebeu novas lanternas e para-choque, além de rodas com novo desenho. Mas de resto, o Prisma preservou o estilo já conhecido.
 
Consumo de combustível otimizado
 
Sem trocar o motor ou a transmissão automática de seis marchas, muitas melhorias foram feitas em todo o conjunto, visando sobretudo, melhorias no consumo. Essas mudanças englobaram motor, transmissão, suspensão, freio, aerodinâmica e redução de peso.
 
No Prisma 2017 foram incluídos motores 1.0 e 1.4 da nova geração SPE/4 ECO, com melhorias voltadas para a eficiência energética, além das transmissões também de nova geração. O Prisma LTZ vem sempre equipado com motor 1.4 litro de 8 válvulas. Enquanto a transmissão automática manteve as seis marchas, na versão manual, o câmbio passou de cinco para seis marchas.
 
Mesmo assim, a caixa automática também evoluiu, passando a entregar mudanças mais ágeis e lineares. Ou seja, o conjunto passou a ter melhor entrosamento entre motor e câmbio.
 
Direção com assistência elétrica
 
Outra novidade é a adoção da direção com assistência elétrica em todas as configurações. Além de deixar o volante mais preciso e leve em manobras, não rouba potência do motor como ocorre na direção hidráulica. Essa direção elétrica é progressiva e inteligente. Ela compensa a inclinação da via em longos percursos, e reduz as trepidações geradas pelo desbalanceamento das rodas.
 
Mais econômico
 
A redução de peso de 32 kg (na média) e pneus verdes também contribuíram para que o Novo Prisma alcançasse até 20% de redução no consumo de combustível, e recebesse nota máxima de eficiência energética do Inmetro com duplo A (na categoria e classificação geral), e o selo verde do Conpet, isso tanto na versão 1.4 manual, como na 1.4 automática.
 
O Prisma 2017 LTZ automático com motor 1.4 litro roda com um litro de gasolina, 14,7 km na estrada e 11,9 na cidade. Com etanol, os números são 10,2 km/l e 8,1 km/l, respectivamente, segundo o programa de etiquetagem do INMETRO.
 
Desempenho
 
Esse propulsor da Chevrolet é flex e desenvolve, quando abastecido com etanol, 106 cv de potência a 6.000 rpm e 13,9 kgfm de torque a 4.800 rpm. Com gasolina no tanque, desenvolve 98 cv de potência a 6.000 rpm e 13 kgfm de torque a 4.800 rpm. O modelo chega a 180 km/h de máxima, e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 13 segundos, com a transmissão automática de seis marchas.
 
Suspensão aprimorada
 
Outra novidade está na recalibração da suspensão, que recebeu novos cubo de roda e barra estabilizadora e ficou 10 mm mais baixa. Com esse ajuste, o motorista irá sentir um salto de conforto no trânsito urbano e uma expressiva melhora no comportamento dinâmico em altas velocidades. Fato que o carro ficou mais agradável na condução do dia a dia.
 
OnStar
 
A família Onix e Prisma, a partir do modelo 2017, passam a vir equipadas de série com sistema OnStar. A tecnologia permite, por exemplo, comandar funções do veículo por meio de um aplicativo para celular, bloquear e localizar o automóvel em caso de roubo, receber orientações de navegação e socorro em caso de acidente.
 
Em caso de roubo o veículo pode ser monitorado, e o moto r, bloqueado remotamente pela Central de Atendimento, facilitando o trabalho da polícia -seguradoras costumam oferecer bons descontos para donos de carros equipados com esse tipo de tecnologia. Este recurso estará presente em 100% das versões do Novo Onix.
 
A Chevrolet oferecerá o OnStar em cortesia por um ano em três diferentes pacotes de serviços, conforme a versão e a configuração do veículo. 
 
Para conhecer mais detalhes do OnStar, assista o nosso vídeo AQUI!
 
Bom espaço interno
 
Ainda que seja um compacto, o Prisma continua agradando em pontos importantes, como o espaço interno. Seus 2,52 metros de entre-eixos, e o generoso porta-malas de 500 litros, asseguram bom espaço para famílias. A oferta de porta-objetos também é interessante. Destaque para os espaços ao lado da central multimídia, ideal para chaveiros e smartphones. O porta-luvas também tem uma abertura inteligente, com a tampa abrindo para cima, sem bater nos joelhos do passageiro da frente.
 
O que poderia melhorar
 
A Chevrolet poderia pensar em oferecer o ar-condicionado com controle digital e automático da temperatura, além de ajuste de profundidade do volante. Outra mudança bem vinda, seria a volta d estepe de tamanho normal, que não altera a dirigibilidade do veículo, quando é utilizado.
 
MyLink de segunda geração
 
Outra novidade é o multimídia MyLink de segunda geração, que se destaca pela compatibilidade com os sistemas Android Auto e o Apple CarPlay. Com o uso do cabo USB conectado ao smartphone e a porta USB da Central, alguns apps são integrados à central.
 
Para o motorista, isto significa maior segurança, já que o sistema permite a operação de funções e aplicativos do telefone celular diretamente na tela da central multimídia, ou com comandos de voz.
 
Outra característica da segunda geração do Mylink do Prisma 2017 é a tela de sete polegadas de alta resolução com tecnologia multitouch.
 
Além disso a porta USB permite agora conectar por meio de um hub externo dois dispositivos USB e um iPod, por exemplo.
 
Versões e preços
 
O sedan Prisma está disponível nas versões LT e LTZ, somente com motor 1.4 litro. Existe a opção do câmbio manual e automático, ambos sempre com seis marchas.
 
A versão LT vem de série com OnStar pacote Safe (Diagnóstico, App/Web e Segurança), ar-condicionado, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos tipo um toque, painel com velocímetro digital, bússola e alerta de mudança de marcha, sistema de áudio com Bluetooth e entrada USB, chave tipo canivete com controle re moto das travas e vidros elétricos, câmbio de seis marchas, rodas aro 14 com novas calotas, freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo. A versão LT pode vir com acabamento interno em dois tons (preto e cinza), sistema multimídia MyLink de segunda geração, volante com comandos de áudio e telefone, luz de cortesia no porta-luvas, abertura do porta-malas por controle remoto, e o pacote Protect do OnStar (Diagnóstico, App/Web, Segurança e Emergência).
 
Quando equipado com o motor 1.4 ECO, o modelo LT soma coluna de direção com regulagem de altura, sensor de estacionamento traseiro com auxílio gráfico, adesivo da coluna B e rodas aro 15 com novas calotas. A transmissão automática de seis velocidades é opcional.
 
A versão LTZ agrega detalhes internos e externos cromados, computador de bordo com cinco funções, vidros traseiros elétricos com a função um toque, bancos com revestimento premium e tecido de alto relevo, retrovisores externos com ajuste elétrico, farol com superfície interna cromada e guias de LED para lanterna, faróis de neblina, rodas de alumínio e OnStar com o pacote Exclusive (Diagnóstico, App/Web, Segurança, Emergência, Concierge e Navegação).
 
A garantia do produto é de três anos, sem limite de quilometragem.
 
O Prisma LTZ 1.4 com câmbio manual tem preço sugerido de R$ 59.990. Quando equipado com câmbio automático, sobe para R$ 65.990.

O Prisma 2017 pode ser encontrado nas concessionárias Chevrolet do Grupo Andreta, na cidade de Campinas (Adara - duas lojas) e Jundiaí (Spassus). Mais informações pelo site www.grupoandreta.com.br

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!