Revista Comprecar
Avaliação: Novo Uno Attractive 2015
Visual renovado é o principal argumento do sub compacto da Fiat
Avaliação: Novo Uno Attractive 2015
07 de Janeiro de 2015

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre
 
Em Setembro de 2014, a Fiat apresentou o Novo Uno, já no ano/modelo 2015. Além do visual renovado, a marca promoveu expressiva mudança nas versões oferecidas.
Agora são sete versões do Fiat Uno equipadas com os moto res Fire Evo Flex 1.0 e 1.4, sendo: as novas Attractive 1.0 e Evolution 1.4, mais as versões Way 1.0 e 1.4 e a Sporting 1.4; todas essas com quatro portas. As versões Vivace 1.0 de duas e de quatro portas, mantêm o estilo anterior, mas já como linha 2015. Nessa avaliação trazemos a versão Attractive do Novo Uno.
 
Melhoria no estilo
 
Para justificar o novo ano/modelo, a Fiat promoveu uma ampla mudança no visual do carro. O desenho externo está mais moderno, o interior foi bastante aprimorado e o carro incorpora novas tecnologias.
 
A estética do Novo Uno passou por aperfeiçoamentos consideráveis. O conceito round square (quadrado redondo) evoluiu um pouco. Na frente, as mudanças são perceptíveis, com novos faróis e párachoques. Na traseira, as mudanças concentram-se nas lanternas que trazem fractais na sua estrutura interna.
 
Plataforma
 
Ainda que o Novo Uno tenha passado por diversas evoluções, ele ainda usa a mesma plataforma do modelo antigo. Assim, distância entre-eixos, largura, altura e espaço interno permanecem inalterados. A tecnologia dos moto res também não mudou. A Fiat destaca que o Novo Uno recebeu melhorias na plataforma, com reforços estruturais para melhorar a rigidez do carro.
  
Novo Interior
 
Foi no interior que o Novo Uno recebeu as melhorias mais expressivas. O novo painel conta com mais elementos e traz uma faixa horizontal que personaliza a versão. As novas saídas de ar centrais agora estão dispostas verticalmente ao lado do rádio, já as saídas de ar laterais lembram turbinas. As entradas AUX, USB e tomada 12V foram reposicionadas no console central, melhorando o acesso. Também foi ampliado o porta-objetos que corta o painel horizontalmente. E um pequeno console foi adicionado no lado esquerdo do volante, para o moto rista.
 
Destaque para o volante multifuncional que traz os comandos do rádio e as funções do computador de bordo além do ajuste de altura. Os comandos dos vidros elétricos (inclusive os traseiros) estão mais à mão, localizados agora nos painéis de portas. Os comandos dos retrovisores externos elétricos também ficam na porta do moto rista. Outra melhoria foi a troca do puxador da porta. Antes, eles descascava com o tempo. Agora, o puxador está integrado a moldura da porta.
 
Outra melhora expressiva pode ser vista nos novos bancos. Eles também trazem forração em tecidos mais elaborados. O banco dianteiro do moto rista ainda pode ser equipado com regulagem de altura e apoia braço. O Novo Uno pode trazer agora banco traseiro bipartido (60/40), com três encostos de cabeça e acompanhado por cinto de segurança de três pontos também para o passageiro central. Esse cinto conta com um apoio no teto. O banco traseiro recebeu mecanismo de rebatimento flip&fold, permitindo que encosto e assento sejam dobrados para que se encaixem junto aos bancos dianteiros, aumentando a capacidade para bagagens no porta-malas (690 litros). Mas o porta-malas continua não convencendo quando os bancos estão em posição normal, com apenas 280 litros (um dos menores da categoria).
 
A nova versão também pode oferecer até 18 porta-objetos.  Inclusive a tampa traseira interna do porta-malas permite acomodar jornais e revistas.  Em algumas versões, ainda há console de teto e porta óculos. Nesse console existe um pequeno espelho para observar crianças no banco traseiro.
   
Mais equipamentos
 
O Novo Uno 2015 também recebeu outras melhorias. O modelo passa a contar com quadro de instrumentos que inclui display de LCD de 3,5 polegadas de alta resolução, retrovisores externos elétricos com função Tilt Down, sensor de estacionamento traseiro, rádio integrado ao painel com display maior e chave de seta com função “Lane Change”. Basta dar um toque na alavanca de seta, que ela pisca por 3 vezes e para.
 
A unidade testada estava equipada com o display tipo High que incorpora funções como: Trip A e B com consumo, distância percorrida e autonomia, informações do áudio, revisão do veículo, velocidade com leitura digital, temperatura (do moto r e externa), econômetro digital, indicador de lâmpadas queimadas e o número de horas de funcionamento do moto r. Ainda existe a opção de configuração das funções que traz mais informações no display, como a faixa de música em execução, quando o rádio está conectado ao celular por Bluetoooth. Esse display traz recursos equivalentes à carros de alta gama. Hoje, na gama da Fiat, esse display do Novo Uno lembra bastante os recursos encontrados na Freemont!
 
Outra novidade é o rádio duplo DIN integrado ao painel. Ele traz display maior, melhor conectividade e entradas USB/AUX no console central.  O sistema de áudio do Novo Uno também apresenta uma melhora acústica devido à adoção de novos alto falantes instalados na estrutura metálica das portas dianteiras, que receberam modificações para evitar interferência sonora e melhorar a reprodução de graves, adequando o som mais ao gosto do consumidor brasileiro.
 
Como o Novo Uno traz uma nova rede digital (para a interligação dos diversos componentes no carro), o carro incorporou tecnologias já presentes em modelos mais avançados da Fiat, como o Novo Palio. Assim, o carro passa a contar com o Lane Change, o Emergency Stop Signaling (ESS), retrovisores externos elétricos com Tilt-Down, Sensor de estacionamento traseiro e vidros elétricos também para as portas traseiras com one-touch, anti-esmagamento e inibidor do comando dos vidros traseiros.
 
Motor Evo 1,0 litro
 
O Novo Uno Attractive 1.0 continua equipado com o já conhecido moto r 4 cilindros – 8 válvulas em linha de 999 cm³. A potência máxima é de 73 cavalos na gasolina, e 75 cv no etanol, sempre a 6.250 rpm. O torque máximo é de 9,9 kgfm no etanol e 9,5 kgfm na gasolina atingidos em 3.850 rpm. Ainda que o carro seja leve, com peso variando entre 895 e 950 kg (conforme equipamentos), o desempenho é o típico de um 1 litro. A aceleração de 0 à 100 km/h acontece em 15 segundos e a velocidade máxima é de 157 km/h. O consumo também está na média. No programa de etiquetagem do INMETRO, a versão Attractive 1.0 recebe nota “B” e o selo Conpet. Existem concorrentes diretos mais econômicos na categoria de subcompactos. Com um tanque de 48 litros, o modelo tem autonomia satisfatória.
 
Dirigibilidade
 
Quem dirigiu o Uno antes da mudança, não notará qualquer mudança prática no Novo Uno 2015, na dirigibilidade. O que acontece agora, com as melhorias que foram feitas, é a sensação de um interior mais silencioso e confortável. Dinamicamente, o carro continua o mesmo. Pesa a favor do Novo Uno uma suspensão bastante resistente para encarar as lobadas, buracos e valetas das ruas brasileiras.
 
Cores
 
O Novo Uno 2015 conta com gama de cores variada sendo: Branco Banchisa, Branco Kalahari, Preto Vulcano, Vermelho Alpine e Vermelho Modena (sólidas); Azul Netuno, Azul Maserati, Cinza Scandium, Laranja Ruggine, Prata Bari, Preto Vesúvio e Verde Amazon (metálicas). A garantia é de apenas um ano (sem limite de quilometragem). A garantia de 36 meses é apenas para moto r e do câmbio. Esse é outro ponto que precisa ser revisto pelo Fiat, já que concorrentes diretos oferecem 3 anos de garantia total.
 
Preço e os caros opcionais
 
 
O Novo Uno Attractive 1.0 básico vem apenas com direção hidráulica, limpador e desembaçador do vidro traseiro, econômetro e para-choques na cor do veículo. Sem opcionais, essa versão parte de R$ 31,5 mil. Pintura metálica acrescenta mais R$ 1 mil.
 
Ai começa o festival de opcionais. Aliás, praticamente todas as novidades legais citadas anteriormente são opcionais. O ar-condicionado (que não pode ser comprado sozinho) vem num kit obrigatório que custa R$ 4 mil, e inclui pneus 175/65 R14 de baixa resistência a rolagem; predisposição para rádio; quadro de instrumentos com display LCD com computador de bordo e teclas no volante; travas elétricas com travamento automático das portas a 20 km/h e vidros elétricos dianteiros com simples toque.
 
Outro kit oferecido é o Evolution que custa R$ 1,5 mil e acrescenta maçanetas e retrovisores na cor do veículo; rádio Connect com entrada USB/AUX, viva-voz Bluetooth; retrovisores externos com luzes indicadoras de direção integradas mais função Tilt Down.
 
O kit conforto custa R$ 1 mil e acrescenta 3° apoio de cabeça traseiro rebaixado; apoia-braço central no banco do moto rista; banco do moto rista com regulagem de altura; banco traseiro bipartido; cinto de segurança traseiro central retrátil de 3 pontos; comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível; console porta objetos no teto; espelho no para-sol lado moto rista; porta-objetos para smartphone; porta-óculos; revestimento interno da soleira das portas e volante com regulagem de altura.
 
A unidade avaliada também estava equipada com o kit de personalização batizado pela Fiat de “Black&White”. Ele acrescenta tecido exclusivo, ambiente interno na cor preta, maçanetas internas na cor preto brilhante, detalhes internos na cor branca (volante, quadro de instrumentos), faixa horizontal no painel com tecnologia Soft Coating tema Urban e sobre-tapetes exclusivos em carpete.

Em resumo, usando todos os kits “legais” e funcionais do Novo Uno na versão Attractive, o preço sobe em fantásticos R$ 9 mil! Assim, o preço final do Novo Uno Attractive chega à R$ 41,6 mil (valor mais alto que o do Volkswagen Up, também na versão topo de linha).

Avaliações < Voltar
Avaliação: Novo Uno Attractive 2015
 

Avaliação: Novo Uno Attractive 2015

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Visual renovado é o principal argumento do sub compacto da Fiat

07 de Janeiro de 2015

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre
 
Em Setembro de 2014, a Fiat apresentou o Novo Uno, já no ano/modelo 2015. Além do visual renovado, a marca promoveu expressiva mudança nas versões oferecidas.
Agora são sete versões do Fiat Uno equipadas com os moto res Fire Evo Flex 1.0 e 1.4, sendo: as novas Attractive 1.0 e Evolution 1.4, mais as versões Way 1.0 e 1.4 e a Sporting 1.4; todas essas com quatro portas. As versões Vivace 1.0 de duas e de quatro portas, mantêm o estilo anterior, mas já como linha 2015. Nessa avaliação trazemos a versão Attractive do Novo Uno.
 
Melhoria no estilo
 
Para justificar o novo ano/modelo, a Fiat promoveu uma ampla mudança no visual do carro. O desenho externo está mais moderno, o interior foi bastante aprimorado e o carro incorpora novas tecnologias.
 
A estética do Novo Uno passou por aperfeiçoamentos consideráveis. O conceito round square (quadrado redondo) evoluiu um pouco. Na frente, as mudanças são perceptíveis, com novos faróis e párachoques. Na traseira, as mudanças concentram-se nas lanternas que trazem fractais na sua estrutura interna.
 
Plataforma
 
Ainda que o Novo Uno tenha passado por diversas evoluções, ele ainda usa a mesma plataforma do modelo antigo. Assim, distância entre-eixos, largura, altura e espaço interno permanecem inalterados. A tecnologia dos moto res também não mudou. A Fiat destaca que o Novo Uno recebeu melhorias na plataforma, com reforços estruturais para melhorar a rigidez do carro.
  
Novo Interior
 
Foi no interior que o Novo Uno recebeu as melhorias mais expressivas. O novo painel conta com mais elementos e traz uma faixa horizontal que personaliza a versão. As novas saídas de ar centrais agora estão dispostas verticalmente ao lado do rádio, já as saídas de ar laterais lembram turbinas. As entradas AUX, USB e tomada 12V foram reposicionadas no console central, melhorando o acesso. Também foi ampliado o porta-objetos que corta o painel horizontalmente. E um pequeno console foi adicionado no lado esquerdo do volante, para o moto rista.
 
Destaque para o volante multifuncional que traz os comandos do rádio e as funções do computador de bordo além do ajuste de altura. Os comandos dos vidros elétricos (inclusive os traseiros) estão mais à mão, localizados agora nos painéis de portas. Os comandos dos retrovisores externos elétricos também ficam na porta do moto rista. Outra melhoria foi a troca do puxador da porta. Antes, eles descascava com o tempo. Agora, o puxador está integrado a moldura da porta.
 
Outra melhora expressiva pode ser vista nos novos bancos. Eles também trazem forração em tecidos mais elaborados. O banco dianteiro do moto rista ainda pode ser equipado com regulagem de altura e apoia braço. O Novo Uno pode trazer agora banco traseiro bipartido (60/40), com três encostos de cabeça e acompanhado por cinto de segurança de três pontos também para o passageiro central. Esse cinto conta com um apoio no teto. O banco traseiro recebeu mecanismo de rebatimento flip&fold, permitindo que encosto e assento sejam dobrados para que se encaixem junto aos bancos dianteiros, aumentando a capacidade para bagagens no porta-malas (690 litros). Mas o porta-malas continua não convencendo quando os bancos estão em posição normal, com apenas 280 litros (um dos menores da categoria).
 
A nova versão também pode oferecer até 18 porta-objetos.  Inclusive a tampa traseira interna do porta-malas permite acomodar jornais e revistas.  Em algumas versões, ainda há console de teto e porta óculos. Nesse console existe um pequeno espelho para observar crianças no banco traseiro.
   
Mais equipamentos
 
O Novo Uno 2015 também recebeu outras melhorias. O modelo passa a contar com quadro de instrumentos que inclui display de LCD de 3,5 polegadas de alta resolução, retrovisores externos elétricos com função Tilt Down, sensor de estacionamento traseiro, rádio integrado ao painel com display maior e chave de seta com função “Lane Change”. Basta dar um toque na alavanca de seta, que ela pisca por 3 vezes e para.
 
A unidade testada estava equipada com o display tipo High que incorpora funções como: Trip A e B com consumo, distância percorrida e autonomia, informações do áudio, revisão do veículo, velocidade com leitura digital, temperatura (do moto r e externa), econômetro digital, indicador de lâmpadas queimadas e o número de horas de funcionamento do moto r. Ainda existe a opção de configuração das funções que traz mais informações no display, como a faixa de música em execução, quando o rádio está conectado ao celular por Bluetoooth. Esse display traz recursos equivalentes à carros de alta gama. Hoje, na gama da Fiat, esse display do Novo Uno lembra bastante os recursos encontrados na Freemont!
 
Outra novidade é o rádio duplo DIN integrado ao painel. Ele traz display maior, melhor conectividade e entradas USB/AUX no console central.  O sistema de áudio do Novo Uno também apresenta uma melhora acústica devido à adoção de novos alto falantes instalados na estrutura metálica das portas dianteiras, que receberam modificações para evitar interferência sonora e melhorar a reprodução de graves, adequando o som mais ao gosto do consumidor brasileiro.
 
Como o Novo Uno traz uma nova rede digital (para a interligação dos diversos componentes no carro), o carro incorporou tecnologias já presentes em modelos mais avançados da Fiat, como o Novo Palio. Assim, o carro passa a contar com o Lane Change, o Emergency Stop Signaling (ESS), retrovisores externos elétricos com Tilt-Down, Sensor de estacionamento traseiro e vidros elétricos também para as portas traseiras com one-touch, anti-esmagamento e inibidor do comando dos vidros traseiros.
 
Motor Evo 1,0 litro
 
O Novo Uno Attractive 1.0 continua equipado com o já conhecido moto r 4 cilindros – 8 válvulas em linha de 999 cm³. A potência máxima é de 73 cavalos na gasolina, e 75 cv no etanol, sempre a 6.250 rpm. O torque máximo é de 9,9 kgfm no etanol e 9,5 kgfm na gasolina atingidos em 3.850 rpm. Ainda que o carro seja leve, com peso variando entre 895 e 950 kg (conforme equipamentos), o desempenho é o típico de um 1 litro. A aceleração de 0 à 100 km/h acontece em 15 segundos e a velocidade máxima é de 157 km/h. O consumo também está na média. No programa de etiquetagem do INMETRO, a versão Attractive 1.0 recebe nota “B” e o selo Conpet. Existem concorrentes diretos mais econômicos na categoria de subcompactos. Com um tanque de 48 litros, o modelo tem autonomia satisfatória.
 
Dirigibilidade
 
Quem dirigiu o Uno antes da mudança, não notará qualquer mudança prática no Novo Uno 2015, na dirigibilidade. O que acontece agora, com as melhorias que foram feitas, é a sensação de um interior mais silencioso e confortável. Dinamicamente, o carro continua o mesmo. Pesa a favor do Novo Uno uma suspensão bastante resistente para encarar as lobadas, buracos e valetas das ruas brasileiras.
 
Cores
 
O Novo Uno 2015 conta com gama de cores variada sendo: Branco Banchisa, Branco Kalahari, Preto Vulcano, Vermelho Alpine e Vermelho Modena (sólidas); Azul Netuno, Azul Maserati, Cinza Scandium, Laranja Ruggine, Prata Bari, Preto Vesúvio e Verde Amazon (metálicas). A garantia é de apenas um ano (sem limite de quilometragem). A garantia de 36 meses é apenas para moto r e do câmbio. Esse é outro ponto que precisa ser revisto pelo Fiat, já que concorrentes diretos oferecem 3 anos de garantia total.
 
Preço e os caros opcionais
 
 
O Novo Uno Attractive 1.0 básico vem apenas com direção hidráulica, limpador e desembaçador do vidro traseiro, econômetro e para-choques na cor do veículo. Sem opcionais, essa versão parte de R$ 31,5 mil. Pintura metálica acrescenta mais R$ 1 mil.
 
Ai começa o festival de opcionais. Aliás, praticamente todas as novidades legais citadas anteriormente são opcionais. O ar-condicionado (que não pode ser comprado sozinho) vem num kit obrigatório que custa R$ 4 mil, e inclui pneus 175/65 R14 de baixa resistência a rolagem; predisposição para rádio; quadro de instrumentos com display LCD com computador de bordo e teclas no volante; travas elétricas com travamento automático das portas a 20 km/h e vidros elétricos dianteiros com simples toque.
 
Outro kit oferecido é o Evolution que custa R$ 1,5 mil e acrescenta maçanetas e retrovisores na cor do veículo; rádio Connect com entrada USB/AUX, viva-voz Bluetooth; retrovisores externos com luzes indicadoras de direção integradas mais função Tilt Down.
 
O kit conforto custa R$ 1 mil e acrescenta 3° apoio de cabeça traseiro rebaixado; apoia-braço central no banco do moto rista; banco do moto rista com regulagem de altura; banco traseiro bipartido; cinto de segurança traseiro central retrátil de 3 pontos; comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível; console porta objetos no teto; espelho no para-sol lado moto rista; porta-objetos para smartphone; porta-óculos; revestimento interno da soleira das portas e volante com regulagem de altura.
 
A unidade avaliada também estava equipada com o kit de personalização batizado pela Fiat de “Black&White”. Ele acrescenta tecido exclusivo, ambiente interno na cor preta, maçanetas internas na cor preto brilhante, detalhes internos na cor branca (volante, quadro de instrumentos), faixa horizontal no painel com tecnologia Soft Coating tema Urban e sobre-tapetes exclusivos em carpete.

Em resumo, usando todos os kits “legais” e funcionais do Novo Uno na versão Attractive, o preço sobe em fantásticos R$ 9 mil! Assim, o preço final do Novo Uno Attractive chega à R$ 41,6 mil (valor mais alto que o do Volkswagen Up, também na versão topo de linha).

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!