Revista Comprecar
Cobel Seminovos com opções sem o pedal da embreagem
Veja o que é mito, e o que é verdade, sobre os carros com câmbio automatizado
Cobel Seminovos com opções sem o pedal da embreagem
14 de Junho de 2017

Quem passa muito tempo no trânsito num carro com câmbio manual certamente já pensou em ter um carro que não precisasse fazer as trocas de marchas. Mas se o carro automático está acima do orçamento, o câmbio automático pode ser uma solução viável.
 
A primeira coisa que tem que se saber é que a única semelhança entre um câmbio automatizado é um câmbio automático é a ausência do pedal da embreagem, e somente isso. Sem entrar em questões técnicas, os câmbios são completamente diferentes. Saiba mais sobre os diferentes tipos de câmbio AQUI
 
A primeira vantagem do câmbio automatizado é seu custo, aproximadamente metade do custo de um automático. Isso porque o automatizado nada mais é do que um câmbio manual com um sistema robotizado que faz as trocas de marchas.
 
Por conta disso, sua manutenção básica também consiste em trocar o conjunto de embreagem (platô, disco e rolamento) que é o mesmo de um carro com câmbio manual. Além disso, a embreagem no automatizado tende a durar mais no que no manual, que por se tratar um sistema robotizado, o carro não “erra” na troca de marcha, aumentado a vida útil da embreagem. A manutenção só será mais cara por conta do mal uso, como por exemplo segurar o carro na ladeira sem o freio, o que é extremamente prejudicial para a embreagem (assim como no carro manual).
 
O que é o “tranco” do câmbio automatizado? Quando se troca de marcha no câmbio manual, a primeira coisa que se faz é tirar o pé do acelerador, para então fazer a troca de marcha. E é isso que acontece no automatizado, quando o motorista está acelerando e o carro tem que realizar a trocar de marcha, o sistema é obrigado a interromper o acelerador o que dá a sensação de tranco. Quanto mais forte for a aceleração, maior será a sensação de tranco.
 
Mas então o câmbio sempre dá “tranco”? Não, quando se está acelerando suavemente, principalmente no trânsito pesado, a sensação de tranco é quase imperceptível. E mesmo em acelerações mais fortes é possível eliminar o tranco. Com um pouco de prática, o motorista começa a perceber o momento que o carro vai trocar de marcha, então basta aliviar o pé do acelerador enquanto é feita a troca, e volta acelerar em seguida, o tranco é eliminado. Ou ainda colocar o câmbio em “modo manual”, e toda vez que for trocar de marcha, basta tirar o pé do acelerador exatamente como se faz num carro manual, o tranco desaparece.
 
Mas é importante destacar que se a pessoa já utilizou um carro com câmbio automático, ela precisará de um tempo até se acostumar com o automatizado, afinal é um sistema mais simples, mais barato, mais econômico e que funciona de forma diferente do câmbio automático.
 
Na Cobel existem opções de seminovo com câmbio automatizado a partir de R$ 37.990, caso do Gol Comfortline 1.6 i-Motion, modelo 2016. O modelo é completo e está equipado com direção hidráulica, ar-condicionado, rádio original, volante multifuncional, travas e vidros elétricos, airbag duplo e ABS.
 
Outra opção é o Fox Comfortline 1.6 i-Motion, 2016. O modelo está com apenas 18.000 km tem direção elétrica, ar-condicionado, rádio original, volante multifuncional, travas e vidros elétricos, airbag duplo e ABS.

Conheça mais opções do estoque da Cobel Seminovos AQUI!

Notícias < Voltar
Cobel Seminovos com opções sem o pedal da embreagem

Cobel Seminovos com opções sem o pedal da embreagem

Veja o que é mito, e o que é verdade, sobre os carros com câmbio automatizado

14 de Junho de 2017

Quem passa muito tempo no trânsito num carro com câmbio manual certamente já pensou em ter um carro que não precisasse fazer as trocas de marchas. Mas se o carro automático está acima do orçamento, o câmbio automático pode ser uma solução viável.
 
A primeira coisa que tem que se saber é que a única semelhança entre um câmbio automatizado é um câmbio automático é a ausência do pedal da embreagem, e somente isso. Sem entrar em questões técnicas, os câmbios são completamente diferentes. Saiba mais sobre os diferentes tipos de câmbio AQUI
 
A primeira vantagem do câmbio automatizado é seu custo, aproximadamente metade do custo de um automático. Isso porque o automatizado nada mais é do que um câmbio manual com um sistema robotizado que faz as trocas de marchas.
 
Por conta disso, sua manutenção básica também consiste em trocar o conjunto de embreagem (platô, disco e rolamento) que é o mesmo de um carro com câmbio manual. Além disso, a embreagem no automatizado tende a durar mais no que no manual, que por se tratar um sistema robotizado, o carro não “erra” na troca de marcha, aumentado a vida útil da embreagem. A manutenção só será mais cara por conta do mal uso, como por exemplo segurar o carro na ladeira sem o freio, o que é extremamente prejudicial para a embreagem (assim como no carro manual).
 
O que é o “tranco” do câmbio automatizado? Quando se troca de marcha no câmbio manual, a primeira coisa que se faz é tirar o pé do acelerador, para então fazer a troca de marcha. E é isso que acontece no automatizado, quando o motorista está acelerando e o carro tem que realizar a trocar de marcha, o sistema é obrigado a interromper o acelerador o que dá a sensação de tranco. Quanto mais forte for a aceleração, maior será a sensação de tranco.
 
Mas então o câmbio sempre dá “tranco”? Não, quando se está acelerando suavemente, principalmente no trânsito pesado, a sensação de tranco é quase imperceptível. E mesmo em acelerações mais fortes é possível eliminar o tranco. Com um pouco de prática, o motorista começa a perceber o momento que o carro vai trocar de marcha, então basta aliviar o pé do acelerador enquanto é feita a troca, e volta acelerar em seguida, o tranco é eliminado. Ou ainda colocar o câmbio em “modo manual”, e toda vez que for trocar de marcha, basta tirar o pé do acelerador exatamente como se faz num carro manual, o tranco desaparece.
 
Mas é importante destacar que se a pessoa já utilizou um carro com câmbio automático, ela precisará de um tempo até se acostumar com o automatizado, afinal é um sistema mais simples, mais barato, mais econômico e que funciona de forma diferente do câmbio automático.
 
Na Cobel existem opções de seminovo com câmbio automatizado a partir de R$ 37.990, caso do Gol Comfortline 1.6 i-Motion, modelo 2016. O modelo é completo e está equipado com direção hidráulica, ar-condicionado, rádio original, volante multifuncional, travas e vidros elétricos, airbag duplo e ABS.
 
Outra opção é o Fox Comfortline 1.6 i-Motion, 2016. O modelo está com apenas 18.000 km tem direção elétrica, ar-condicionado, rádio original, volante multifuncional, travas e vidros elétricos, airbag duplo e ABS.

Conheça mais opções do estoque da Cobel Seminovos AQUI!

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!