Revista Comprecar
Há 100 anos Mitsubishi começava sua história
Model A, um veículo de passeio, deu origem a essa grande fabricante de automóveis
Há 100 anos Mitsubishi começava sua história
28 de Agosto de 2017

Em uma pequena fábrica no interior do Japão, começava em agosto de 1917 um feito que se tornaria histórico. No estaleiro Kobe, da Mitsubishi Shipbuilding Co, iniciava-se a tímida produção do Model A, um carro projetado para transportar passageiros e produzido inteiramente no Japão.
 
O motor foi construído em ferro fundido. Ele tinha 4 cilindros, funcionava à gasolina, e com 35 cavalos de potência, atingia a velocidade máxima de 30 km/h. O interior foi projetado por construtores com experiência em carruagens, que utilizaram cipreste branco no acabamento.
 
O veículo era equipado com faróis com lâmpadas a gás, e usava uma buzina de acionamento manual movida a ar.
 
Sua estrutura era formada por painéis de aço envernizado montados em molduras de madeira. O seu interior continha materiais luxuosos para a época, como lã especial de fabricação inglesa.
 
Apesar de sua pequena produção, o Modelo-A tornou-se revolucionário tanto para o Japão quanto à Mitsubishi, mostrando que o pioneirismo e tecnologia de ponta fazem parte do DNA da Mitsubishi Motors até os dias de hoje.
 
Pioneirismo 4x4
 
Algum tempo depois, em 1937, a Mitsubishi produziria o que se tornaria seu legado até os dias de hoje, o PX-33, o primeiro automóvel de passeio no Japão com tração nas quatro rodas. Em uma época em que esse tipo de tração só era usado em veículos pesados e de carga, o modelo de quatro portas da marca dos três diamantes trazia luxo, conforto e resistência para transportar membros do governo japonês em zonas de guerra e de difícil acesso. Nascia ali o embrião do Pajero Full, que une a resistência para encarar terrenos acidentados com conforto e sofisticação.
 

Notícias < Voltar
Há 100 anos Mitsubishi começava sua história

Há 100 anos Mitsubishi começava sua história

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Model A, um veículo de passeio, deu origem a essa grande fabricante de automóveis

28 de Agosto de 2017

Em uma pequena fábrica no interior do Japão, começava em agosto de 1917 um feito que se tornaria histórico. No estaleiro Kobe, da Mitsubishi Shipbuilding Co, iniciava-se a tímida produção do Model A, um carro projetado para transportar passageiros e produzido inteiramente no Japão.
 
O motor foi construído em ferro fundido. Ele tinha 4 cilindros, funcionava à gasolina, e com 35 cavalos de potência, atingia a velocidade máxima de 30 km/h. O interior foi projetado por construtores com experiência em carruagens, que utilizaram cipreste branco no acabamento.
 
O veículo era equipado com faróis com lâmpadas a gás, e usava uma buzina de acionamento manual movida a ar.
 
Sua estrutura era formada por painéis de aço envernizado montados em molduras de madeira. O seu interior continha materiais luxuosos para a época, como lã especial de fabricação inglesa.
 
Apesar de sua pequena produção, o Modelo-A tornou-se revolucionário tanto para o Japão quanto à Mitsubishi, mostrando que o pioneirismo e tecnologia de ponta fazem parte do DNA da Mitsubishi Motors até os dias de hoje.
 
Pioneirismo 4x4
 
Algum tempo depois, em 1937, a Mitsubishi produziria o que se tornaria seu legado até os dias de hoje, o PX-33, o primeiro automóvel de passeio no Japão com tração nas quatro rodas. Em uma época em que esse tipo de tração só era usado em veículos pesados e de carga, o modelo de quatro portas da marca dos três diamantes trazia luxo, conforto e resistência para transportar membros do governo japonês em zonas de guerra e de difícil acesso. Nascia ali o embrião do Pajero Full, que une a resistência para encarar terrenos acidentados com conforto e sofisticação.
 

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!

Você sabia?

Os primeiros fabricantes a colocarem air bars em seus carros foram a GM e a BMW, a partir de 1974. Mas desde os anos 50 já existiam carros com air bags colocados sob encomenda fora das linhas de montagem.