Revista Comprecar
Mercedes-Benz revela novidades no AMG Performance Tour 2017
Evento que aconteceu no autódromo Velo Citta, e marcou a chegada do AMG GTR e o E63 S 4MATIC+
Mercedes-Benz revela novidades no AMG Performance Tour 2017
28 de Junho de 2017

Mais uma vez, a Mercedes-Benz escolheu o seu evento anual de “performance” e \\\\\\\"experience\\\\\\\", para apresentar suas novidades no mercado brasileiro. São várias as novidades. Entre elas, estão o AMG GTR (primeira vez que é dirigido no Brasil); o sedan AMG E63 S 4MATIC+ (com 612 cavalos); a AMG E 43 4Matic; o AMG C 63 S Coupe e o AMG GLC 43 4MATIC.
 
O evento “Performance Tour” é a oportunidade da Mercedes-Benz mostrar toda a linha de produtos AMG para imprensa especializada, concessionários e clientes especiais. Para isso, a empresa loca as instalações do belíssimo autódromo Velo Citta, no município de Mogi Guaçu.
 
Nesse ano o evento teve início no dia 26 (para concessionários) e irá até o dia 1 (para convidados). O Performence Tour, além de proporcionar contato direto com os superesportivos da marca, é uma oportunidade de entender a essência dessa divisão superesportiva, e revelar o verdadeiro valor agregado desses modelos tão cobiçados.
 
No evento, diversos modelos estarão disponíveis, entre os quais o A 45 4Matic,  CLA 45 4Matic, S 63 L, C 43 4Matic, C43 Coupe 4Matic,  C 63, GLC 43 4Matic, C63 S Coupe, GLC 43 4Matic e E43.
 
As informações da nova E63 S 4MATIC+ podem ser vistas AQUI!
 
Divisão AMG
 
O mês de junho deste ano representa dois grandes momentos para os clientes da Mercedes-Benz no Brasil. A partir desta data, a marca expande seu portfólio de superesportivos por meio das vendas do Mercedes-AMG GT C Roadster e do recém-lançado Mercedes-AMG GT R Coupé.
 
Ambas as versões desse automóvel chegam ao mercado brasileiro na data que representa um grande marco na história da empresa comemorado no mundo todo: o aniversário de 50 anos da AMG, divisão criada em 1967 e que, desde então, se especializou em desenvolver projetos que aplicam tecnologias de automóveis de corrida nos modelos de rua.
Cinco décadas de alta performance
 
Um pouco da história AMG
 
A história da AMG começa com dois engenheiros da Daimler-Benz. Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher trabalhavam na companhia nos anos 60 e foram responsáveis por preparar o motor de competição para o emblemático 300 SE – até a companhia suspender as atividades de automobilismo. Com isso, os jovens decidiram tornar-se independentes, fundando seu próprio Centro de Engenharia. Enquanto Aufrecht era um apaixonado por automobilismo, Melcher era conhecido pela sua genialidade na área do desenvolvimento de motores.

No dia 1 de junho de 1967 a AMG iniciou suas atividades em uma garagem em Burgstall, permanecendo até 1976, quando se mudou para Affalterbach. A sigla que dá nome à marca é composta pelas iniciais dos fundadores, sendo o “G” para Großaspach – local de nascimento de Aufrecht.
 
Durante seus 50 anos de atuação, a AMG foi responsável por uma série de momentos marcantes na história da indústria automotiva mundial. Entre eles está o desenvolvimento do Mercedes 300 SEL 6.8, veículo mais potente dos anos 70, com motor V8 de 428 cv, algo incomparável para a época.
 
Na década seguinte, o AMG 450 SLC Racing Coupé venceu Grande Prêmio de Nürburgring. Essa vitória impulssionou os negócios da AMG, uma vez que diversos proprietários de coupés de rua passaram a buscar mais potência por meio dos projetos oferecidos pela preparadora alemã. 
 
Desde então, a AMG cresceu de forma impressionante, equipando cada vez mais modelos Mercedes-Benz, tornando a personalização um novo campo de negócios. Assim, em 1990, a Mercedes-Benz AG se interessou pela preparadora, assinando um contrato de cooperação nos projetos superesportivos. Mais tarde, em 1999, a Daimler Chrysler AG se tornou a proprietária majoritária e, em 2005, a acionista única da AMG.
 
Nos anos seguintes, a fusão da Mercedes-Benz e da AMG proporcionou conquistas ainda maiores. O AMG C 36, por exemplo, foi o primeiro best-seller da marca, com 5 mil unidades vendidas. Entre vários outros veículos produzidos em larga escala, destacou-se também o Mercedes-Benz SLS AMG, primeiro automóvel inteiramente fabricado pela Mercedes-AMG. Sua performance, aliada ao design inovador, que inclui as portas “asas de gaivota”, são lembrados pelos fãs da marca até os dias atuais.
 
Em 2016, já com o nome Mercedes-AMG, a divisão de supersportivos celebrou a marca de 100 mil automóveis vendidos no mundo desde sua criação. Esse resultado deve-se ao amplo portfólio oferecido atualmente, incluindo hatchbacks, sedãs, coupés, SUVs e conversíveis. Certamente a fórmula para mais 50 anos de sucesso.
 
A família de melhor performance do portfólio
 
O AMG GT foi lançado em 2014 segundo o princípio \\\\\\\'Handcrafted By Racers\\\\\\\' (feito à mão por corredores), reforçando o compromisso da companhia em investir em tecnologia e inovação. O modelo é o segundo inteiramente desenvolvido pelos engenheiros da AMG e entre suas principais características estão comportamento dinâmico aliado a desempenho de primeira classe nas pistas de corrida com praticidade para o uso diário.
 
Dois anos mais tarde, a família GT ganhou novos integrantes, com variações no visual e ainda mais potência em seu V8 biturbo de 4,0 litros. Assim, o topo da linha que contava com o GT S e seus 510 cv, agora oferece o Mercedes-AMG GT R de 585 cv e 700 Nm de torque.
 
Desenvolvido a partir de testes realizados no autódromo de Nürburgring, o modelo apresenta uma série de melhorias para um superesportivo que desde sua criação é reconhecido por excelente desempenho e design. Considerado um dos circuitos mais desafiadores do mundo, o traçado alemão também serviu como referência para a exclusiva cor \\\\\\\"AMG green hell magno\\\\\\\".
 
Novos desenhos de asas dianteiras e traseiras permitem maior aderência e a realização de curvas em velocidades ainda mais elevadas. Para-choques dianteiro e traseiro renovados, assim como novo aerofólio melhoram a eficiência aerodinâmica e ajudam a garantir uma excelente estabilidade. A grade frontal Panamericana com aletas verticais remete ao modelo utilizado na categoria GT3 e enfatiza ainda mais o DNA de competição. Pela primeira vez, características puras de um automóvel de corrida passam a fazer parte da produção de um AMG de rua.
 
Seu conjunto mecânico conta ainda com transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT (dupla embreagem) de sete velocidades, proporcionando respostas rápidas e precisas, e controle de tração com 9 estágios, tecnologia cuja origem também provém da GT3.
 
Além da versão mais potente da família AMG GT, os consumidores brasileiros terão à disposição também o Mercedes-AMG GT C Roadster. Com o objetivo de ampliar o público da família de superesportivos, a proposta do roadster consiste em oferecer o desempenho de um veículo de competição em uma carroceria que preza também pela liberdade e pela diversão de um cliente que possui estilo de vida arrojado e aposta em exclusividade e propostas inovadoras.
 
Equipado com o motor V8 de 4.0 litros e transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, tradicional na família mais potente de todo o portfólio, o Mercedes-AMG GT C Roadster oferece 557 cv e 680 Nm de torque.
 
Tanto o Mercedes-AMG GT C Roadster quanto o Mercedes-AMG GT R Coupé já podem ser encomendados em toda a rede de concessionários Mercedes-Benz, com preço público sugerido de R$ 1.064.900 e R$ 1.199.900, respectivamente.
 
AMG C 63 S Coupé
 
O novo C 63 S Coupé é o próximo passo no caminho de uma diferenciação ainda mais técnica e visual. O conceito \\\\\\\"Driving Performance\\\\\\\" foi elevado a novos patamares com o Mercedes-AMG C 63 S Coupé. O motor AMG V8 4,0 litros biturbo com 510 cv é um dos vários desenvolvimentos realizados completamente em Affalterbach. Destaque também para a sofisticada suspensão AMG RIDE CONTROL que tem amortecedores controlados eletronicamente. Mas o modelo ainda inclui o sistema AMG DYNAMIC SELECT, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro ou os coxins dinâmicos do moto r.
 
O típico som dos motores V8 também foi um dos objetivos principais do desenvolvimento do veículo. O sistema de escapamento AMG Performance com tecnologia de flap é utilizado de série. Ele é controlado automaticamente segundo um mapeamento, dependendo do modo de transmissão escolhido por meio do sistema AMG DYNAMIC SELECT. O som do motor varia entre uma tonalidade e volume discretos, à um apelo mais robusto e emocional, em situações onde o desempenho é priorizado. Esse sistema permite que o som seja modulado ao toque de uma tecla.
 
A transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT com sete marchas é outro diferencial. Usando a estrutura de uma caixa automática, porém com um sistema de embreagens que substitui o tradicional conversor de torque, a transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT impressiona por seu dinamismo especialmente desenvolvido e por sua alta variabilidade. Ela permite reduções múltiplas, “pulando” marchas, como vir de sétima para quarta!
 
Para uma melhor tração e melhor comportamento dinâmico, o Mercedes-AMG C 63 S Coupé conta com bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, que controla a perda de tração. Vale destacar que nesse veículo, a tração é apenas traseira. O sistema de controle de estabilidade (ESP) de três estágios, com as funções \\\\\\\"ESP ON\\\\\\\", \\\\\\\"ESP SPORT Handling Mode\\\\\\\" e \\\\\\\"ESP OFF\\\\\\\", funciona em perfeita sintonia com o diferencial blocante e é acertado de forma ideal para proporcionar um comportamento ainda mais dinâmico.
 
Único em seu segmento, o Mercedes-AMG C 63 S Coupé é equipado com coxins dinâmicos para o moto r. Eles oferecem maior equilíbrio entre o conforto e o desempenho dinâmico do modelo. Os coxins dinâmicos se adaptam constantemente e modificam sua rigidez de acordo com as condições de rodagem e estilo de condução.
 
O Coupé vem equipado de série com 7 airbags, contando com o airbag de joelhos para o moto rista, e também com o sistema de detecção de sonolência ATTENTION ASSIST.
 
Dados técnicos:
 
Mercedes-AMG C 63 S Coupé
Cilindrada: 3.982 cm³
Potência: 375 kW (510 hp) a 5.500-6.250 rpm
Torque máximo: 700 Nm entre 1.750-4.500 rpm
Peso em ordem de marcha (normas DIN/EC): 1725 kg* / 1800 kg**
Aceleração 0-100 km/h: 3,9 s
Velocidade máxima: 290 km/h***
 
* Em ordem de marcha (tanque 90% cheio, sem moto rista nem bagagem);
** Em ordem de marcha (tanque 90% cheio, com motorista (68 kg) e bagagem (7 kg);
*** Limitada eletronicamente.
 
Atividade no volante
 
Uma das atividades do AMG Performace Tour é o Pro-Solo com o Mercedes-Benz A 45 AMG e o CLA 45 AMG, que são equipados com tração integral e motor 2.0 turbo de 381 cv. Trata-se de uma prova de precisão em baixas velocidades, em um circuito delimitado por cones. Ganha o motorista que fizer o percurso no menor tempo, sem derrubar os cones.
 
Informação muito completa
 
Um diferencial do evento é a presença de instrutores altamente capacitados da AMG Driving Academy, vindos da Alemanha. Esses instrutores estão habilitados e dar todo e qualquer tipo de informação sobre os produtos AMG. Mais que isso, eles também tem condição de mostrar as reais (e desconhecidas) capacidades dos carros Mercedes AMG, num circuito de pista. Assim, eles irão orientar os participantes no aproveitamento de todos os recursos dinâmicos e tecnológicos dos modelos.
 
Itens exclusivos
 
Para os fãs da marca, diversos artigos do Mercedes-Benz Collection com roupas e acessórios da marca, além da nova linha de motorsport, exclusiva do Mercedes-Benz Challenge, serão apresentados aos convidados. Além disso, várias miniaturas originais também estarão disponíveis para compra imediata dos participantes.
 
Todos os modelos AMG podem ser encomendados na concessionária Mercedes-Benz CB Motors, na cidade de Jundiaí, que fica na Av. Antônio Frederico Ozanan, 3837. Mais informações pelos telefones (11) 3395-4050 ou (11) 9432-97709.

Notícias < Voltar
Mercedes-Benz revela novidades no AMG Performance Tour 2017

Mercedes-Benz revela novidades no AMG Performance Tour 2017

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Evento que aconteceu no autódromo Velo Citta, e marcou a chegada do AMG GTR e o E63 S 4MATIC+

28 de Junho de 2017

Mais uma vez, a Mercedes-Benz escolheu o seu evento anual de “performance” e \\\\\\\"experience\\\\\\\", para apresentar suas novidades no mercado brasileiro. São várias as novidades. Entre elas, estão o AMG GTR (primeira vez que é dirigido no Brasil); o sedan AMG E63 S 4MATIC+ (com 612 cavalos); a AMG E 43 4Matic; o AMG C 63 S Coupe e o AMG GLC 43 4MATIC.
 
O evento “Performance Tour” é a oportunidade da Mercedes-Benz mostrar toda a linha de produtos AMG para imprensa especializada, concessionários e clientes especiais. Para isso, a empresa loca as instalações do belíssimo autódromo Velo Citta, no município de Mogi Guaçu.
 
Nesse ano o evento teve início no dia 26 (para concessionários) e irá até o dia 1 (para convidados). O Performence Tour, além de proporcionar contato direto com os superesportivos da marca, é uma oportunidade de entender a essência dessa divisão superesportiva, e revelar o verdadeiro valor agregado desses modelos tão cobiçados.
 
No evento, diversos modelos estarão disponíveis, entre os quais o A 45 4Matic,  CLA 45 4Matic, S 63 L, C 43 4Matic, C43 Coupe 4Matic,  C 63, GLC 43 4Matic, C63 S Coupe, GLC 43 4Matic e E43.
 
As informações da nova E63 S 4MATIC+ podem ser vistas AQUI!
 
Divisão AMG
 
O mês de junho deste ano representa dois grandes momentos para os clientes da Mercedes-Benz no Brasil. A partir desta data, a marca expande seu portfólio de superesportivos por meio das vendas do Mercedes-AMG GT C Roadster e do recém-lançado Mercedes-AMG GT R Coupé.
 
Ambas as versões desse automóvel chegam ao mercado brasileiro na data que representa um grande marco na história da empresa comemorado no mundo todo: o aniversário de 50 anos da AMG, divisão criada em 1967 e que, desde então, se especializou em desenvolver projetos que aplicam tecnologias de automóveis de corrida nos modelos de rua.
Cinco décadas de alta performance
 
Um pouco da história AMG
 
A história da AMG começa com dois engenheiros da Daimler-Benz. Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher trabalhavam na companhia nos anos 60 e foram responsáveis por preparar o motor de competição para o emblemático 300 SE – até a companhia suspender as atividades de automobilismo. Com isso, os jovens decidiram tornar-se independentes, fundando seu próprio Centro de Engenharia. Enquanto Aufrecht era um apaixonado por automobilismo, Melcher era conhecido pela sua genialidade na área do desenvolvimento de motores.

No dia 1 de junho de 1967 a AMG iniciou suas atividades em uma garagem em Burgstall, permanecendo até 1976, quando se mudou para Affalterbach. A sigla que dá nome à marca é composta pelas iniciais dos fundadores, sendo o “G” para Großaspach – local de nascimento de Aufrecht.
 
Durante seus 50 anos de atuação, a AMG foi responsável por uma série de momentos marcantes na história da indústria automotiva mundial. Entre eles está o desenvolvimento do Mercedes 300 SEL 6.8, veículo mais potente dos anos 70, com motor V8 de 428 cv, algo incomparável para a época.
 
Na década seguinte, o AMG 450 SLC Racing Coupé venceu Grande Prêmio de Nürburgring. Essa vitória impulssionou os negócios da AMG, uma vez que diversos proprietários de coupés de rua passaram a buscar mais potência por meio dos projetos oferecidos pela preparadora alemã. 
 
Desde então, a AMG cresceu de forma impressionante, equipando cada vez mais modelos Mercedes-Benz, tornando a personalização um novo campo de negócios. Assim, em 1990, a Mercedes-Benz AG se interessou pela preparadora, assinando um contrato de cooperação nos projetos superesportivos. Mais tarde, em 1999, a Daimler Chrysler AG se tornou a proprietária majoritária e, em 2005, a acionista única da AMG.
 
Nos anos seguintes, a fusão da Mercedes-Benz e da AMG proporcionou conquistas ainda maiores. O AMG C 36, por exemplo, foi o primeiro best-seller da marca, com 5 mil unidades vendidas. Entre vários outros veículos produzidos em larga escala, destacou-se também o Mercedes-Benz SLS AMG, primeiro automóvel inteiramente fabricado pela Mercedes-AMG. Sua performance, aliada ao design inovador, que inclui as portas “asas de gaivota”, são lembrados pelos fãs da marca até os dias atuais.
 
Em 2016, já com o nome Mercedes-AMG, a divisão de supersportivos celebrou a marca de 100 mil automóveis vendidos no mundo desde sua criação. Esse resultado deve-se ao amplo portfólio oferecido atualmente, incluindo hatchbacks, sedãs, coupés, SUVs e conversíveis. Certamente a fórmula para mais 50 anos de sucesso.
 
A família de melhor performance do portfólio
 
O AMG GT foi lançado em 2014 segundo o princípio \\\\\\\'Handcrafted By Racers\\\\\\\' (feito à mão por corredores), reforçando o compromisso da companhia em investir em tecnologia e inovação. O modelo é o segundo inteiramente desenvolvido pelos engenheiros da AMG e entre suas principais características estão comportamento dinâmico aliado a desempenho de primeira classe nas pistas de corrida com praticidade para o uso diário.
 
Dois anos mais tarde, a família GT ganhou novos integrantes, com variações no visual e ainda mais potência em seu V8 biturbo de 4,0 litros. Assim, o topo da linha que contava com o GT S e seus 510 cv, agora oferece o Mercedes-AMG GT R de 585 cv e 700 Nm de torque.
 
Desenvolvido a partir de testes realizados no autódromo de Nürburgring, o modelo apresenta uma série de melhorias para um superesportivo que desde sua criação é reconhecido por excelente desempenho e design. Considerado um dos circuitos mais desafiadores do mundo, o traçado alemão também serviu como referência para a exclusiva cor \\\\\\\"AMG green hell magno\\\\\\\".
 
Novos desenhos de asas dianteiras e traseiras permitem maior aderência e a realização de curvas em velocidades ainda mais elevadas. Para-choques dianteiro e traseiro renovados, assim como novo aerofólio melhoram a eficiência aerodinâmica e ajudam a garantir uma excelente estabilidade. A grade frontal Panamericana com aletas verticais remete ao modelo utilizado na categoria GT3 e enfatiza ainda mais o DNA de competição. Pela primeira vez, características puras de um automóvel de corrida passam a fazer parte da produção de um AMG de rua.
 
Seu conjunto mecânico conta ainda com transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT (dupla embreagem) de sete velocidades, proporcionando respostas rápidas e precisas, e controle de tração com 9 estágios, tecnologia cuja origem também provém da GT3.
 
Além da versão mais potente da família AMG GT, os consumidores brasileiros terão à disposição também o Mercedes-AMG GT C Roadster. Com o objetivo de ampliar o público da família de superesportivos, a proposta do roadster consiste em oferecer o desempenho de um veículo de competição em uma carroceria que preza também pela liberdade e pela diversão de um cliente que possui estilo de vida arrojado e aposta em exclusividade e propostas inovadoras.
 
Equipado com o motor V8 de 4.0 litros e transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, tradicional na família mais potente de todo o portfólio, o Mercedes-AMG GT C Roadster oferece 557 cv e 680 Nm de torque.
 
Tanto o Mercedes-AMG GT C Roadster quanto o Mercedes-AMG GT R Coupé já podem ser encomendados em toda a rede de concessionários Mercedes-Benz, com preço público sugerido de R$ 1.064.900 e R$ 1.199.900, respectivamente.
 
AMG C 63 S Coupé
 
O novo C 63 S Coupé é o próximo passo no caminho de uma diferenciação ainda mais técnica e visual. O conceito \\\\\\\"Driving Performance\\\\\\\" foi elevado a novos patamares com o Mercedes-AMG C 63 S Coupé. O motor AMG V8 4,0 litros biturbo com 510 cv é um dos vários desenvolvimentos realizados completamente em Affalterbach. Destaque também para a sofisticada suspensão AMG RIDE CONTROL que tem amortecedores controlados eletronicamente. Mas o modelo ainda inclui o sistema AMG DYNAMIC SELECT, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro ou os coxins dinâmicos do moto r.
 
O típico som dos motores V8 também foi um dos objetivos principais do desenvolvimento do veículo. O sistema de escapamento AMG Performance com tecnologia de flap é utilizado de série. Ele é controlado automaticamente segundo um mapeamento, dependendo do modo de transmissão escolhido por meio do sistema AMG DYNAMIC SELECT. O som do motor varia entre uma tonalidade e volume discretos, à um apelo mais robusto e emocional, em situações onde o desempenho é priorizado. Esse sistema permite que o som seja modulado ao toque de uma tecla.
 
A transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT com sete marchas é outro diferencial. Usando a estrutura de uma caixa automática, porém com um sistema de embreagens que substitui o tradicional conversor de torque, a transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT impressiona por seu dinamismo especialmente desenvolvido e por sua alta variabilidade. Ela permite reduções múltiplas, “pulando” marchas, como vir de sétima para quarta!
 
Para uma melhor tração e melhor comportamento dinâmico, o Mercedes-AMG C 63 S Coupé conta com bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, que controla a perda de tração. Vale destacar que nesse veículo, a tração é apenas traseira. O sistema de controle de estabilidade (ESP) de três estágios, com as funções \\\\\\\"ESP ON\\\\\\\", \\\\\\\"ESP SPORT Handling Mode\\\\\\\" e \\\\\\\"ESP OFF\\\\\\\", funciona em perfeita sintonia com o diferencial blocante e é acertado de forma ideal para proporcionar um comportamento ainda mais dinâmico.
 
Único em seu segmento, o Mercedes-AMG C 63 S Coupé é equipado com coxins dinâmicos para o moto r. Eles oferecem maior equilíbrio entre o conforto e o desempenho dinâmico do modelo. Os coxins dinâmicos se adaptam constantemente e modificam sua rigidez de acordo com as condições de rodagem e estilo de condução.
 
O Coupé vem equipado de série com 7 airbags, contando com o airbag de joelhos para o moto rista, e também com o sistema de detecção de sonolência ATTENTION ASSIST.
 
Dados técnicos:
 
Mercedes-AMG C 63 S Coupé
Cilindrada: 3.982 cm³
Potência: 375 kW (510 hp) a 5.500-6.250 rpm
Torque máximo: 700 Nm entre 1.750-4.500 rpm
Peso em ordem de marcha (normas DIN/EC): 1725 kg* / 1800 kg**
Aceleração 0-100 km/h: 3,9 s
Velocidade máxima: 290 km/h***
 
* Em ordem de marcha (tanque 90% cheio, sem moto rista nem bagagem);
** Em ordem de marcha (tanque 90% cheio, com motorista (68 kg) e bagagem (7 kg);
*** Limitada eletronicamente.
 
Atividade no volante
 
Uma das atividades do AMG Performace Tour é o Pro-Solo com o Mercedes-Benz A 45 AMG e o CLA 45 AMG, que são equipados com tração integral e motor 2.0 turbo de 381 cv. Trata-se de uma prova de precisão em baixas velocidades, em um circuito delimitado por cones. Ganha o motorista que fizer o percurso no menor tempo, sem derrubar os cones.
 
Informação muito completa
 
Um diferencial do evento é a presença de instrutores altamente capacitados da AMG Driving Academy, vindos da Alemanha. Esses instrutores estão habilitados e dar todo e qualquer tipo de informação sobre os produtos AMG. Mais que isso, eles também tem condição de mostrar as reais (e desconhecidas) capacidades dos carros Mercedes AMG, num circuito de pista. Assim, eles irão orientar os participantes no aproveitamento de todos os recursos dinâmicos e tecnológicos dos modelos.
 
Itens exclusivos
 
Para os fãs da marca, diversos artigos do Mercedes-Benz Collection com roupas e acessórios da marca, além da nova linha de motorsport, exclusiva do Mercedes-Benz Challenge, serão apresentados aos convidados. Além disso, várias miniaturas originais também estarão disponíveis para compra imediata dos participantes.
 
Todos os modelos AMG podem ser encomendados na concessionária Mercedes-Benz CB Motors, na cidade de Jundiaí, que fica na Av. Antônio Frederico Ozanan, 3837. Mais informações pelos telefones (11) 3395-4050 ou (11) 9432-97709.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!

Você sabia?

O número de carros nas estradas aumenta a um ritmo duas vezes superior ao da população mundial, prevendo-se que existam 2 biliões em todo o mundo no ano 2030!