Revista Comprecar
Renault Duster 1.6 ganha opção de câmbio CVT
Versão com novo câmbio tem preço a partir de R$ 73.490
Renault Duster 1.6 ganha opção de câmbio CVT
03 de Julho de 2017

Velho conhecido no mercado de utilitários compactos, o Renault Duster ganhou a opção do câmbio X-TRONIC CVT, que proporciona mais conforto e melhor economia de combustível. Além da nova transmissão, o SUV passa a ser equipado em todas as versões 1.6 SCe X-TRONIC com controle de tração, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa.
 
O Duster equipado com a transmissão X-TRONIC CVT, amplamente utilizada pela Renault-Nissan em todo o mundo, se equipara ao Nissan Kicks e a Renault Captur, que recentemente também ganhou câmbio CVT junto com o motor 1.6.
 
Agora a gama do Duster ficou ainda mais completa: são duas opções de motorização (1.6 e 2.0), três opções de câmbio (manual, CVT e automático) e duas opções de tração (4x2 e 4x4), disponibilizando sempre uma versão ideal para cada necessidade. Além de ser um veículo muito bem equipado com destaque para: direção eletro-hidráulica, sistema ESM (Energy Smart Management – sistema de regeneração de energia, tecnologia das pistas para as ruas inspirada na Fórmula 1), Eco-mode (reduz o consumo de combustível em até 10%) , maior porta-malas da categoria com 475 litros, 210 mm de altura do solo, excelentes ângulos de entrada e saída, MediaNav com tela touchscreen de 7” com navegação GPS e rodas de liga leve aro 16”.
 
Entretanto, o câmbio CVT está disponível apenas com o motor 1.6 SCe de 120 cavalos. A versão equipada com o motor 2.0 continua a ser equipada com o câmbio automático de quatro marchas.
 
Confira os preços da gama Duster:
 
Duster 1.6 Expression Manual: R$ 67.990

Duster 1.6 Expression X-TRONIC: R$ 73.490

Duster 1.6 Dynamique Manual: R$ 73.490

Duster 1.6 Dynamique X-TRONIC: R$ 78.990

Duster 2.0 Dynamique Manual: R$ 84.120

Duster 2.0 Dynamique AT: R$ 85.070

Duster 2.0 Dynamique 4x4: R$ 86.620
 
X-TRONIC CVT
 
O câmbio X-TRONIC CVT proporciona o máximo conforto, especialmente para grandes centros urbanos, garantindo também economia de combustível. Um de seus diferenciais é um software de gerenciamento que dá a opção ao condutor de reproduzir seis marchas virtualmente. A transmissão X-TRONIC CVT oferece, em todas as versões, a possibilidade de troca manual na alavanca de câmbio.
 
O X-TRONIC CVT oferece economia de combustível graças à alta tecnologia embarcada. Esta transmissão traz relações mais longas em comparação a outros câmbios do mercado, sem abrir mão de desempenho e prazer ao dirigir. Além disso, traz um sistema avançado de correia e polia e uma bomba de óleo menor e evoluída.
 
O desenvolvimento desta transmissão foi baseado em três pilares: linearidade, agilidade e dirigibilidade. O efeito pode ser percebido em retomadas de velocidade ou saídas de semáforo, por exemplo. Para os passageiros, a sensação é de conforto, sem que haja qualquer tranco.
 
O câmbio X-TRONIC CVT traz uma transmissão adicional, garantindo menor tamanho e peso do conjunto. Esta solução permite que o conjunto mecânico seja 10% menor e 13% mais leve. Além disso, como neste câmbio as polias não entram em contato com o óleo, se obteve a redução do nível de atrito em 30%.
 
Pensando no conforto, há o sistema Lock-up com Active Slip Control. Neste sistema, a polia é liberada de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear. Essa característica garante acelerações com respostas mais vigorosas e sem alternâncias, pois \\\\\\\"segura\\\\\\\" a polia e a solta de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear e rápida.
 
A caixa que equipa o Captur e o Duster é produzida pela Jatco, empresa da Aliança Renault-Nissan. Esta transmissão continuamente variável de última geração já equipa dezenas de modelos em todo o mundo.

Notícias < Voltar
Renault Duster 1.6 ganha opção de câmbio CVT

Renault Duster 1.6 ganha opção de câmbio CVT

Versão com novo câmbio tem preço a partir de R$ 73.490

03 de Julho de 2017

Velho conhecido no mercado de utilitários compactos, o Renault Duster ganhou a opção do câmbio X-TRONIC CVT, que proporciona mais conforto e melhor economia de combustível. Além da nova transmissão, o SUV passa a ser equipado em todas as versões 1.6 SCe X-TRONIC com controle de tração, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa.
 
O Duster equipado com a transmissão X-TRONIC CVT, amplamente utilizada pela Renault-Nissan em todo o mundo, se equipara ao Nissan Kicks e a Renault Captur, que recentemente também ganhou câmbio CVT junto com o motor 1.6.
 
Agora a gama do Duster ficou ainda mais completa: são duas opções de motorização (1.6 e 2.0), três opções de câmbio (manual, CVT e automático) e duas opções de tração (4x2 e 4x4), disponibilizando sempre uma versão ideal para cada necessidade. Além de ser um veículo muito bem equipado com destaque para: direção eletro-hidráulica, sistema ESM (Energy Smart Management – sistema de regeneração de energia, tecnologia das pistas para as ruas inspirada na Fórmula 1), Eco-mode (reduz o consumo de combustível em até 10%) , maior porta-malas da categoria com 475 litros, 210 mm de altura do solo, excelentes ângulos de entrada e saída, MediaNav com tela touchscreen de 7” com navegação GPS e rodas de liga leve aro 16”.
 
Entretanto, o câmbio CVT está disponível apenas com o motor 1.6 SCe de 120 cavalos. A versão equipada com o motor 2.0 continua a ser equipada com o câmbio automático de quatro marchas.
 
Confira os preços da gama Duster:
 
Duster 1.6 Expression Manual: R$ 67.990

Duster 1.6 Expression X-TRONIC: R$ 73.490

Duster 1.6 Dynamique Manual: R$ 73.490

Duster 1.6 Dynamique X-TRONIC: R$ 78.990

Duster 2.0 Dynamique Manual: R$ 84.120

Duster 2.0 Dynamique AT: R$ 85.070

Duster 2.0 Dynamique 4x4: R$ 86.620
 
X-TRONIC CVT
 
O câmbio X-TRONIC CVT proporciona o máximo conforto, especialmente para grandes centros urbanos, garantindo também economia de combustível. Um de seus diferenciais é um software de gerenciamento que dá a opção ao condutor de reproduzir seis marchas virtualmente. A transmissão X-TRONIC CVT oferece, em todas as versões, a possibilidade de troca manual na alavanca de câmbio.
 
O X-TRONIC CVT oferece economia de combustível graças à alta tecnologia embarcada. Esta transmissão traz relações mais longas em comparação a outros câmbios do mercado, sem abrir mão de desempenho e prazer ao dirigir. Além disso, traz um sistema avançado de correia e polia e uma bomba de óleo menor e evoluída.
 
O desenvolvimento desta transmissão foi baseado em três pilares: linearidade, agilidade e dirigibilidade. O efeito pode ser percebido em retomadas de velocidade ou saídas de semáforo, por exemplo. Para os passageiros, a sensação é de conforto, sem que haja qualquer tranco.
 
O câmbio X-TRONIC CVT traz uma transmissão adicional, garantindo menor tamanho e peso do conjunto. Esta solução permite que o conjunto mecânico seja 10% menor e 13% mais leve. Além disso, como neste câmbio as polias não entram em contato com o óleo, se obteve a redução do nível de atrito em 30%.
 
Pensando no conforto, há o sistema Lock-up com Active Slip Control. Neste sistema, a polia é liberada de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear. Essa característica garante acelerações com respostas mais vigorosas e sem alternâncias, pois \\\\\\\"segura\\\\\\\" a polia e a solta de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear e rápida.
 
A caixa que equipa o Captur e o Duster é produzida pela Jatco, empresa da Aliança Renault-Nissan. Esta transmissão continuamente variável de última geração já equipa dezenas de modelos em todo o mundo.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!