Revista Comprecar
Volkswagen celebra 15 anos da tecnologia Total Flex
Gol 1.6 Total Flex, apresentado em março de 2003, foi o primeiro automóvel do Brasil com tecnologia flex
Volkswagen celebra 15 anos da tecnologia Total Flex
28 de Março de 2018

A Volkswagen está comemorando o 15° aniversário do lançamento do primeiro modelo no Brasil capaz de rodar com gasolina, etanol ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção. A tecnologia Total Flex estreou no País no dia 23 de março de 2003 no Gol Power 1.6.
 
O Total Flex foi inteiramente desenvolvido no Brasil e é reconhecido internacionalmente como exemplo de contribuição da indústria automobilística brasileira à sustentabilidade e à preservação ambiental.
 
Desde o lançamento do primeiro modelo Total Flex, a Volkswagen do Brasil já comercializou 6.673.709 veículos flexíveis (dados acumulados de março de 2003 a fevereiro de 2018).
 
A gama atual de motores aspirados Total Flex inclui versões com 1,0l (com até 82 cv) e duas opções 1,6l (com até 104 cv e 120 cv). Além desses, há três configurações TSI (Turbocompressor e injeção direta de combustível) com essa tecnologia: dois 1.0l (de 105 cv a 128 cv e um 1.4 (de até 150 cv).
 
Eficiência energética
 
Quando foi lançado em março de 2003, o Gol 1.6 Total Flex já era considerado um dos modelos mais econômicos da categoria. Em 2004, o modelo passou a contar com o mesmo propulsor 1.0 Total Flex do Fox. Corrigindo os valores de acordo com as normas atuais do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), o Gol 1.0 Total Flex 2004 teria consumo combinado (estrada/cidade) com gasolina (E22) na ordem de 11,3 km/l.
 
Em 2012, o Gol 1.0 Total Flex passou a contar com o motor 1.0 TEC, com uma série de melhorias e inovações. Considerando o mesmo fator de correção do Inmetro, o Gol 1.0 2012 apresentaria consumo combinado de 12,1 km/l – ou seja, melhoria de 7% em relação ao modelo de 2004.
 
Mas a Volkswagen não parou de inovar. Atualmente, o Gol é comercializado com o motor 1.0 de três cilindros, da Família EA211. Esse modelo apresenta consumo combinado de 13,9 km/l, ou seja, 15% melhor do que o Gol em 2012 e 23% mais econômico do que o Gol 1.0 Total Flex 2004.
 
Em agosto de 2015, a Volkswagen apresentou o up! TSI Total Flex. Trata-se do primeiro motor com injeção direta, turbocompressor e flexível produzido no Brasil. Cerca de um ano depois, em setembro de 2016, A Volkswagen apresentou do Golf equipado com o motor TSI Total Flex de 125 cv. Ao mesmo tempo, a marca passou a oferecer a tecnologia Total Flex também para as motorizações 1.4 TSI, que passaram a desenvolver até 150 cv. O recém-lançado Virtus e o Novo Polo também contam com o motor 1.0 TSI, com até 128 cv.

Toda linha Volkswagen pode ser encontrada nas concessionárias do grupo Abrão Reze, em Sorocaba. Mais informações acesse: www.abraoreze.com.br/volkswagen

Notícias < Voltar
Volkswagen celebra 15 anos da tecnologia Total Flex
 

Volkswagen celebra 15 anos da tecnologia Total Flex

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Gol 1.6 Total Flex, apresentado em março de 2003, foi o primeiro automóvel do Brasil com tecnologia flex

28 de Março de 2018

A Volkswagen está comemorando o 15° aniversário do lançamento do primeiro modelo no Brasil capaz de rodar com gasolina, etanol ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção. A tecnologia Total Flex estreou no País no dia 23 de março de 2003 no Gol Power 1.6.
 
O Total Flex foi inteiramente desenvolvido no Brasil e é reconhecido internacionalmente como exemplo de contribuição da indústria automobilística brasileira à sustentabilidade e à preservação ambiental.
 
Desde o lançamento do primeiro modelo Total Flex, a Volkswagen do Brasil já comercializou 6.673.709 veículos flexíveis (dados acumulados de março de 2003 a fevereiro de 2018).
 
A gama atual de motores aspirados Total Flex inclui versões com 1,0l (com até 82 cv) e duas opções 1,6l (com até 104 cv e 120 cv). Além desses, há três configurações TSI (Turbocompressor e injeção direta de combustível) com essa tecnologia: dois 1.0l (de 105 cv a 128 cv e um 1.4 (de até 150 cv).
 
Eficiência energética
 
Quando foi lançado em março de 2003, o Gol 1.6 Total Flex já era considerado um dos modelos mais econômicos da categoria. Em 2004, o modelo passou a contar com o mesmo propulsor 1.0 Total Flex do Fox. Corrigindo os valores de acordo com as normas atuais do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), o Gol 1.0 Total Flex 2004 teria consumo combinado (estrada/cidade) com gasolina (E22) na ordem de 11,3 km/l.
 
Em 2012, o Gol 1.0 Total Flex passou a contar com o motor 1.0 TEC, com uma série de melhorias e inovações. Considerando o mesmo fator de correção do Inmetro, o Gol 1.0 2012 apresentaria consumo combinado de 12,1 km/l – ou seja, melhoria de 7% em relação ao modelo de 2004.
 
Mas a Volkswagen não parou de inovar. Atualmente, o Gol é comercializado com o motor 1.0 de três cilindros, da Família EA211. Esse modelo apresenta consumo combinado de 13,9 km/l, ou seja, 15% melhor do que o Gol em 2012 e 23% mais econômico do que o Gol 1.0 Total Flex 2004.
 
Em agosto de 2015, a Volkswagen apresentou o up! TSI Total Flex. Trata-se do primeiro motor com injeção direta, turbocompressor e flexível produzido no Brasil. Cerca de um ano depois, em setembro de 2016, A Volkswagen apresentou do Golf equipado com o motor TSI Total Flex de 125 cv. Ao mesmo tempo, a marca passou a oferecer a tecnologia Total Flex também para as motorizações 1.4 TSI, que passaram a desenvolver até 150 cv. O recém-lançado Virtus e o Novo Polo também contam com o motor 1.0 TSI, com até 128 cv.

Toda linha Volkswagen pode ser encontrada nas concessionárias do grupo Abrão Reze, em Sorocaba. Mais informações acesse: www.abraoreze.com.br/volkswagen

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!