Revista Comprecar
1º Clássicos Brasil reunirá relíquias nacionais em São Paulo
Evento que começa hoje reúne exposição de carros, mercado das pulgas e food trucks
1º Clássicos Brasil reunirá relíquias nacionais em São Paulo
23 de Janeiro de 2015

São Paulo será a sede do 1º Clássicos Brasil, que já chega como o maior evento de carros clássicos nacionais do Brasil. A partir de hoje, dia 23 (das 12h às 18h), até domingo, 25/01 (das 8h às 18h), será possível ver bem de perto relíquias do antigomobilismo brasileiro, no Clube Hípico de Santo Amaro.
 
A expectativa é conseguir reunir  uma quantidade recorde de veículos:  500 carros de fabricação nacional, sendo obrigatoriamente 80% original. O que esperar de um evento como este? Grandes histórias, grandes ícones, grandes carros.
 
Entre os carros expostos, ícones que marcaram época como Romi Isetta (1959), Puma GT DKW (1968), Karmann Ghia Conversível (1969), Maverick GT (1976), Charger RT, Fusca ‘Pé de Boi’, Galaxie Ambulância, Gordini ‘Teimoso’, Opala SS e Simca Chambord. O evento é um tributo a Fábio Steinbruch, entusiasta e apaixonado por carros antigos nacionais; da coleção dele, estarão expostos os modelos Brasinca Uirapuru, Dodge SE, Gordino 1093, JK, Simca Presidence e SP2.
 
Carros antigos sempre chamam muita atenção, seja pela conservação ou por despertarem lembranças e ‘causos’ sobre o passado. Muitos deles carregam histórias particulares, mas acima de tudo fazem parte da história do Brasil. Um desses casos é o famoso Itamarati Presidencial 1967 número 0001, que estará exposto no evento.
 
Diversão
 
Quem quiser testar as habilidades no volante, haverá um simulador de corrida – com níveis para amadores ou profissionais – da parceira Velocidade Mania. Com o simulador é possível reproduzir a sensação de um piloto profissional a bordo dos cockpits mais famosos do mundo, em disputas emocionantes, em que pode-se utilizar o controle real de freios, câmbio (formato borboleta), desgastes geral do carro e variação do clima. Os equipamentos são de alto desempenho e os softwares /games mais recentes.
 
Para completar o contexto de objetos antigos e com muita história, os visitantes poderão adquirir peças antigas, no chamado ‘mercado das pulgas’, no qual cerca de 30 expositores farão parte. Conta-se que o primeiro do gênero é o ‘Marché aux puces’, do subúrbio do norte de Paris; um grande bazar ao ar livre que recebeu esse nome devido à venda de vestuário, muitas vezes infestado por pulgas.
 
Como a paixão por carros geralmente passa de pai para filho, o 1º Clássicos Brasil terá atrações para garantir a diversão de toda família. O Espaço Kids contará com brinquedos para as crianças e o Espaço Mulher, atividades voltadas para este público.
A paradinha para o lanche pode ser feita em um dos Food Trucks, comidas de rua que ganharam nova roupagem e viraram febre na gastronomia de São Paulo, depois de fazerem sucesso no exterior. O conceito é oferecer comida de qualidade a preços acessíveis. E nesse calor não poderia deixar de ter lugar para tomar uma ‘gelada’, que ficará por conta do Bar Brahma e o Bar do Léo.
 
Premiação
 
Os automóveis expostos serão avaliados e premiados os mais originais de cada época. A avaliação será de acordo com a orientação da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), em que serão consideradas, principalmente, originalidade e importância histórica. “Queremos que este prêmio tenha reconhecimento e carregue com ele a qualidade e importância do nosso evento e que seja o reconhecimento ao expositor”, diz Oliveira.
Os carros serão classificados dentro de uma das cinco categorias, divididas por períodos: categoria JK (veículos fabricados até 1960), Tropicalismo (entre 1961 e 1966), Milagre Brasileiro (entre 1967 e 1973), Geração Disco (entre 1974 e 1982) e Nova República (entre 1983 e 1992).
 
A categoria JK retrata a infância da indústria automobilística brasileira, com os primeiros modelos fabricados por aqui, ainda com algumas (ou muitas) peças importadas e similares aos modelos de origem das matrizes das fábricas.
 
Com o desenvolvimento da indústria brasileira entre 1961 e 1966, os veículos passaram a ter alto índice de nacionalização (mais de 90%) e isso incrementou a indústria de autopeças nacional. Projetos, alterações e modelos brasileiros, exclusivos surgiram, consolidando o parque industrial do Brasil. Neste contexto serão julgados os automóveis inscritos na categoria Tropicalismo.
 
Entre 1967 e 1973 - que refere-se a categoria Milagre Brasileiro - aconteceu um grande desenvolvimento, devido a diversos investimentos das fábricas, fortalecendo ainda mais nossa indústria. Isso durou até a crise mundial do petróleo, no ano de 1973.
 
A categoria Geração Disco, dois fatores importantes marcaram esta época: o lançamento de uma nova geração de carros médios, menores e mais econômicos - uma forma encontrada para sobreviverem a crise do petróleo - e o fechamento do mercado para importações de automóveis a partir de 1975. Isso mudou todo o cenário de produtos e do mercado Brasileiro nessa década.
 
A última categoria, Nova República, engloba os veículos fabricados entre 1983 e 1992. Nesta época as grandes fábricas se globalizaram e surge o conceito do "Carro Mundial", fabricado em diversos países e com componentes vindos de diversas fábricas, fornecedores e filiais de vários países. Isso até a abertura das importações pelo governo no inicio da década de 1990. Vale ressaltar que para efeito de premiação são considerados veículos com mais de 30 anos de fabricação.
 
Programação
 
23/01/2015 (sexta)
10h - Abertura dos portões para o Público
19h - Encerramento da Exposição
 
24/01/2015 (sábado)
8h - Abertura para o Público
8h30 - Abertura da Secretaria e Exposição
9h - Abertura da Feira de Peças / ‘Mercado das Pulgas’
10h - Lançamento ‘Monarca’ - O começo dos carros fora de série
13h às 16h - Avaliação dos Carros Inscritos
17h - Bar Brahma - Happy Hour para os colecionadores
18h - Encerramento da Exposição
 
25/01/2015 (domingo)
8h - Abertura para o Público
8h30 - Abertura da Secretaria e Exposição
9h - Abertura da Feira de Peças/ ‘Mercado das Pulgas’
10h – Cerimônia de Premiação
18h – Encerramento da exposição
 *Sujeita a alteração
 
Local: Clube Hípico de Santo Amaro - Rua Visconde de Taunay, 508, Santo Amaro – São Paulo
Horário: Dia 23/01: Abertura para o público às 12h / Dias 24 e 25/01: Abertura para o público às 8h

Notícias < Voltar
1º Clássicos Brasil reunirá relíquias nacionais em São Paulo
 

1º Clássicos Brasil reunirá relíquias nacionais em São Paulo

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Evento que começa hoje reúne exposição de carros, mercado das pulgas e food trucks

23 de Janeiro de 2015

São Paulo será a sede do 1º Clássicos Brasil, que já chega como o maior evento de carros clássicos nacionais do Brasil. A partir de hoje, dia 23 (das 12h às 18h), até domingo, 25/01 (das 8h às 18h), será possível ver bem de perto relíquias do antigomobilismo brasileiro, no Clube Hípico de Santo Amaro.
 
A expectativa é conseguir reunir  uma quantidade recorde de veículos:  500 carros de fabricação nacional, sendo obrigatoriamente 80% original. O que esperar de um evento como este? Grandes histórias, grandes ícones, grandes carros.
 
Entre os carros expostos, ícones que marcaram época como Romi Isetta (1959), Puma GT DKW (1968), Karmann Ghia Conversível (1969), Maverick GT (1976), Charger RT, Fusca ‘Pé de Boi’, Galaxie Ambulância, Gordini ‘Teimoso’, Opala SS e Simca Chambord. O evento é um tributo a Fábio Steinbruch, entusiasta e apaixonado por carros antigos nacionais; da coleção dele, estarão expostos os modelos Brasinca Uirapuru, Dodge SE, Gordino 1093, JK, Simca Presidence e SP2.
 
Carros antigos sempre chamam muita atenção, seja pela conservação ou por despertarem lembranças e ‘causos’ sobre o passado. Muitos deles carregam histórias particulares, mas acima de tudo fazem parte da história do Brasil. Um desses casos é o famoso Itamarati Presidencial 1967 número 0001, que estará exposto no evento.
 
Diversão
 
Quem quiser testar as habilidades no volante, haverá um simulador de corrida – com níveis para amadores ou profissionais – da parceira Velocidade Mania. Com o simulador é possível reproduzir a sensação de um piloto profissional a bordo dos cockpits mais famosos do mundo, em disputas emocionantes, em que pode-se utilizar o controle real de freios, câmbio (formato borboleta), desgastes geral do carro e variação do clima. Os equipamentos são de alto desempenho e os softwares /games mais recentes.
 
Para completar o contexto de objetos antigos e com muita história, os visitantes poderão adquirir peças antigas, no chamado ‘mercado das pulgas’, no qual cerca de 30 expositores farão parte. Conta-se que o primeiro do gênero é o ‘Marché aux puces’, do subúrbio do norte de Paris; um grande bazar ao ar livre que recebeu esse nome devido à venda de vestuário, muitas vezes infestado por pulgas.
 
Como a paixão por carros geralmente passa de pai para filho, o 1º Clássicos Brasil terá atrações para garantir a diversão de toda família. O Espaço Kids contará com brinquedos para as crianças e o Espaço Mulher, atividades voltadas para este público.
A paradinha para o lanche pode ser feita em um dos Food Trucks, comidas de rua que ganharam nova roupagem e viraram febre na gastronomia de São Paulo, depois de fazerem sucesso no exterior. O conceito é oferecer comida de qualidade a preços acessíveis. E nesse calor não poderia deixar de ter lugar para tomar uma ‘gelada’, que ficará por conta do Bar Brahma e o Bar do Léo.
 
Premiação
 
Os automóveis expostos serão avaliados e premiados os mais originais de cada época. A avaliação será de acordo com a orientação da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), em que serão consideradas, principalmente, originalidade e importância histórica. “Queremos que este prêmio tenha reconhecimento e carregue com ele a qualidade e importância do nosso evento e que seja o reconhecimento ao expositor”, diz Oliveira.
Os carros serão classificados dentro de uma das cinco categorias, divididas por períodos: categoria JK (veículos fabricados até 1960), Tropicalismo (entre 1961 e 1966), Milagre Brasileiro (entre 1967 e 1973), Geração Disco (entre 1974 e 1982) e Nova República (entre 1983 e 1992).
 
A categoria JK retrata a infância da indústria automobilística brasileira, com os primeiros modelos fabricados por aqui, ainda com algumas (ou muitas) peças importadas e similares aos modelos de origem das matrizes das fábricas.
 
Com o desenvolvimento da indústria brasileira entre 1961 e 1966, os veículos passaram a ter alto índice de nacionalização (mais de 90%) e isso incrementou a indústria de autopeças nacional. Projetos, alterações e modelos brasileiros, exclusivos surgiram, consolidando o parque industrial do Brasil. Neste contexto serão julgados os automóveis inscritos na categoria Tropicalismo.
 
Entre 1967 e 1973 - que refere-se a categoria Milagre Brasileiro - aconteceu um grande desenvolvimento, devido a diversos investimentos das fábricas, fortalecendo ainda mais nossa indústria. Isso durou até a crise mundial do petróleo, no ano de 1973.
 
A categoria Geração Disco, dois fatores importantes marcaram esta época: o lançamento de uma nova geração de carros médios, menores e mais econômicos - uma forma encontrada para sobreviverem a crise do petróleo - e o fechamento do mercado para importações de automóveis a partir de 1975. Isso mudou todo o cenário de produtos e do mercado Brasileiro nessa década.
 
A última categoria, Nova República, engloba os veículos fabricados entre 1983 e 1992. Nesta época as grandes fábricas se globalizaram e surge o conceito do "Carro Mundial", fabricado em diversos países e com componentes vindos de diversas fábricas, fornecedores e filiais de vários países. Isso até a abertura das importações pelo governo no inicio da década de 1990. Vale ressaltar que para efeito de premiação são considerados veículos com mais de 30 anos de fabricação.
 
Programação
 
23/01/2015 (sexta)
10h - Abertura dos portões para o Público
19h - Encerramento da Exposição
 
24/01/2015 (sábado)
8h - Abertura para o Público
8h30 - Abertura da Secretaria e Exposição
9h - Abertura da Feira de Peças / ‘Mercado das Pulgas’
10h - Lançamento ‘Monarca’ - O começo dos carros fora de série
13h às 16h - Avaliação dos Carros Inscritos
17h - Bar Brahma - Happy Hour para os colecionadores
18h - Encerramento da Exposição
 
25/01/2015 (domingo)
8h - Abertura para o Público
8h30 - Abertura da Secretaria e Exposição
9h - Abertura da Feira de Peças/ ‘Mercado das Pulgas’
10h – Cerimônia de Premiação
18h – Encerramento da exposição
 *Sujeita a alteração
 
Local: Clube Hípico de Santo Amaro - Rua Visconde de Taunay, 508, Santo Amaro – São Paulo
Horário: Dia 23/01: Abertura para o público às 12h / Dias 24 e 25/01: Abertura para o público às 8h

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!