Revista Comprecar
Airbag é uma segurança que ajuda a salvar vidas
Cuidados devem ser tomados para que o airbag seja efetivo no momento do impacto
Airbag é uma segurança que ajuda a salvar vidas
16 de Maio de 2016

A presença dos dispositivos de segurança, como ABS e airbag, estão cada vez mais comuns na frota de veículos que circulam pelas ruas e estradas brasileiras. Este crescimento só foi possível graças à resolução do Contran, que determinou a adoção obrigatória desses equipamentos em todos os veículos novos em janeiro de 2014.
 
Enquanto o ABS tem a intenção de evitar um acidente (segurança ativa), os airbags ajudam a minimizar as consequências (segurança passiva) quando os acidentes são inevitáveis. "Os airbags formam, em associação ao cinto de segurança, uma parte elementar do conceito moderno de segurança. Ao contrário do cinto, que fixa somente à pélvis e os membros superiores do corpo, os airbags servem de apoio para a cabeça", esclarece Alexandre Pagotto, gerente de marketing da divisão Chassis Systems Control da Bosch.
 
A Bosch conta com a experiência de mais de 25 anos no desenvolvimento e na fabricação de componentes eletrônicos e sensores que controlam os sistemas de segurança passiva, como airbags e tensionadores de cinto de segurança. Com isso, a empresa destaca algumas orientações importantes durante o mês de movimento Maio Amarelo, cuja proposta é chamar a atenção da sociedade para um trânsito mais seguro em todo o mundo.
 
Cinto de segurança e airbag
 
- Os airbags formam, em associação ao cinto de segurança, uma parte essencial do conceito moderno de segurança passiva. O efeito otimizado dos airbags somente é alcançado em combinação com o cinto de segurança, ou seja, caso o moto rista ou o passageiro não estejam utilizando o cinto no momento da colisão, o airbag não terá a finalidade prevista.
 
Posição correta
 
- Os airbags foram desenvolvidos para atuarem junto à posição normal de ocupação no veículo. Caso o condutor esteja muito inclinado para frente ou afastado do volante, o airbag não será efetivo e poderá ainda causar danos à pessoa. Como regra geral, a distância entre os membros superiores do corpo e o airbag do volante devem ser entre 25 - 30 cm. A Bosch orienta que o manual do proprietário seja sempre consultado para verificar quais as orientações da montadora para cada veículo.
 
- A abertura do airbag frontal não representa perigo para as gestantes e seus bebês visto que visa proteger a cabeça. De qualquer forma, é preciso que a moto rista esteja sentada na posição correta, com a parte inferior do cinto de três pontos posicionado abaixo da barriga e observar a dis tância de pelo menos 25 cm em relação ao airbag.
 
- O passageiro nunca deve colocar os pés sobre o painel. Essa medida visa coibir que as pernas sejam arremessadas, em caso de colisão, contra a própria pessoa.
 
Objetos, crianças e animais
 
- Não devem ser colocados objetos, como GPS ou celulares, nos locais indicados com a sigla airbag como, por exemplo, no centro do volante, painel acima do porta-luvas, uma vez que os mesmos, em caso de abertura do sistema, podem ser arremessados contra os ocupantes do veículo.
 
- Bolsas e outros objetos no colo do passageiro podem se tornar um objeto de arremesso perigoso em casos de colisão.
 
- Assim como um cachorro ou uma criança no colo também representam um grande risco, tanto para o passageiro quanto para a própria criança, por exemplo.
 
Atualmente apenas o dispositivo frontal é obrigatório. A partir de 2016, a Latin NCap contará com mais um critério para avaliar a segurança do veículo incluindo além do impacto frontal, a análise de colisão lateral do veículo.

Notícias < Voltar
Airbag é uma segurança que ajuda a salvar vidas
 

Airbag é uma segurança que ajuda a salvar vidas

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Cuidados devem ser tomados para que o airbag seja efetivo no momento do impacto

16 de Maio de 2016

A presença dos dispositivos de segurança, como ABS e airbag, estão cada vez mais comuns na frota de veículos que circulam pelas ruas e estradas brasileiras. Este crescimento só foi possível graças à resolução do Contran, que determinou a adoção obrigatória desses equipamentos em todos os veículos novos em janeiro de 2014.
 
Enquanto o ABS tem a intenção de evitar um acidente (segurança ativa), os airbags ajudam a minimizar as consequências (segurança passiva) quando os acidentes são inevitáveis. "Os airbags formam, em associação ao cinto de segurança, uma parte elementar do conceito moderno de segurança. Ao contrário do cinto, que fixa somente à pélvis e os membros superiores do corpo, os airbags servem de apoio para a cabeça", esclarece Alexandre Pagotto, gerente de marketing da divisão Chassis Systems Control da Bosch.
 
A Bosch conta com a experiência de mais de 25 anos no desenvolvimento e na fabricação de componentes eletrônicos e sensores que controlam os sistemas de segurança passiva, como airbags e tensionadores de cinto de segurança. Com isso, a empresa destaca algumas orientações importantes durante o mês de movimento Maio Amarelo, cuja proposta é chamar a atenção da sociedade para um trânsito mais seguro em todo o mundo.
 
Cinto de segurança e airbag
 
- Os airbags formam, em associação ao cinto de segurança, uma parte essencial do conceito moderno de segurança passiva. O efeito otimizado dos airbags somente é alcançado em combinação com o cinto de segurança, ou seja, caso o moto rista ou o passageiro não estejam utilizando o cinto no momento da colisão, o airbag não terá a finalidade prevista.
 
Posição correta
 
- Os airbags foram desenvolvidos para atuarem junto à posição normal de ocupação no veículo. Caso o condutor esteja muito inclinado para frente ou afastado do volante, o airbag não será efetivo e poderá ainda causar danos à pessoa. Como regra geral, a distância entre os membros superiores do corpo e o airbag do volante devem ser entre 25 - 30 cm. A Bosch orienta que o manual do proprietário seja sempre consultado para verificar quais as orientações da montadora para cada veículo.
 
- A abertura do airbag frontal não representa perigo para as gestantes e seus bebês visto que visa proteger a cabeça. De qualquer forma, é preciso que a moto rista esteja sentada na posição correta, com a parte inferior do cinto de três pontos posicionado abaixo da barriga e observar a dis tância de pelo menos 25 cm em relação ao airbag.
 
- O passageiro nunca deve colocar os pés sobre o painel. Essa medida visa coibir que as pernas sejam arremessadas, em caso de colisão, contra a própria pessoa.
 
Objetos, crianças e animais
 
- Não devem ser colocados objetos, como GPS ou celulares, nos locais indicados com a sigla airbag como, por exemplo, no centro do volante, painel acima do porta-luvas, uma vez que os mesmos, em caso de abertura do sistema, podem ser arremessados contra os ocupantes do veículo.
 
- Bolsas e outros objetos no colo do passageiro podem se tornar um objeto de arremesso perigoso em casos de colisão.
 
- Assim como um cachorro ou uma criança no colo também representam um grande risco, tanto para o passageiro quanto para a própria criança, por exemplo.
 
Atualmente apenas o dispositivo frontal é obrigatório. A partir de 2016, a Latin NCap contará com mais um critério para avaliar a segurança do veículo incluindo além do impacto frontal, a análise de colisão lateral do veículo.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!