Revista Comprecar
Avaliação: Audi Q3 Ambiente
O crossover compacto mais divertido da categoria
Avaliação: Audi Q3 Ambiente
25 de Maio de 2015

O Q3 chegou ao mercado mundial em 2012. Feito sobre a plataforma PQ35, a mesma do Golf V, o Audi Q3 é um tipo de A3 anabolizado, ou ainda o irmão menor dos modelos Q5 e Q7 da Audi. Com a proposta de Crossover, o Q3 é um modelo de ascensão dentro da gama Audi.Trata-se de um produto ideal para quem quer um veículo compacto, porém com mais versatilidade e expressão que o A1 e A3. Nessa avaliação, trazemos o Q3 Ambiente, que corresponde a versão intermediária da família Q3.
 
Estilo
 
Já à primeira vista esse Crossover agrada com suas linhas externas que sugerem um porte robusto. É fácil de notar as semelhanças com o estilo característico da marca, principalmente com o A3. Mas, olhando atentamente, pode-se notar que são carros bem diferentes. Pra começar, o Q3 é bem mais alto que o A3. Também é maior no geral. Destaque para os faróis com guias de LED na dianteira, assim como também nas lanternas traseiras. E claro, traz a tradicional grade frontal da Audi na cor preta. Em termos de estilo, o Audi Q3 parece um Q5 menor, e não foge à linha conservadora.
 
Quando comparado a outros Crossovers (e até SUVs pequenos), o Audi Q3 é relativamente compacto. Ele possui 4,39 m de comprimento, 1, 83 m de largura e 1,59 m de altura. As rodas de liga leve têm cinco raios duplos e aro 18, sendo montadas com pneus 235/50 R18. Entre os detalhes no estilo pode-se destacar um grande spoiler no vidro traseiro que dá um toque mais esportivo ao Q3 Ambiente. O modelo também dispõe de duas barras longitudinais pintadas de preto no teto, bem como teto solar panorâmico Open Sky.
 
Interior
 
O interior do Q3 Ambiente é funcional. Como de costume, um excelente acabamento com materiais de qualidade. Nesta unidade avaliada predomina a cor preta. Mas o cliente pode optar por forração em tons de bege. O painel tem aplique metalizado com logotipo Quattro em alumínio, bem como difusores de ar quadrados. No topo do painel, uma tela de LCD retrátil pode ser rebatida de forma manual. O volante traz diversos controles, além de ajuste de altura e profundidade. E para facilitar e economizar espaço no console central, o freio de mão tem acionamento elétrico, por botão. O porta-luvas tem revestimento aveludado e iluminação. Já o volante conta com quatro raios, sendo que os dois inferiores possuem detalhes na cor preto brilhante e frisos cromados.
 
Com capacidade para transportar até cinco passageiros, oferece conforto excelente com até quatro pessoas. O porta-malas tem capacidade de 460 litros, mas pode chegar a 1.365 litros com os bancos traseiros rebatidos.
 
Motor e câmbio
 
O Q3 Ambiente traz um eficiente moto r. Trata-se de um bloco 2 litros turbo à gasolina, com 170 cavalos de potência máxima (atingida entre 4.300 e 6.200 rpm). Esse moto r conta também com sistema de injeção direta de combustível. Isso ajuda a garantir o torque máximo de 28,5 kgfm (entre 1.700 e 4.200 rpm). Junto com o moto r está o câmbio robotizado de dupla embreagem batizado de “S-tronic”, com sete marchas.
 
Desempenho
 
Com esse conjunto, o Q3 Ambiente acelera de 0 à 100 km/h em 7,8 segundos, e tem velocidade máxima de 212 km/h. A título de curiosidade, na versão topo de linha Ambition, a potência sobe para 211 cavalos (também com moto r 2 litros), fazendo de 0 a 100 Km/h em apenas 6,9 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h.
 
Tração Quattro
 
Além disso, o Q3 vem com tração Quattro. Normalmente, o Q3 tem tração nas rodas dianteiras. Através de um diferencial multidiscos, ela acopla a tração nas rodas traseiras sempre que necessário. Esse acoplamento é automático e incrivelmente rápido. Basta que programa de estabilidade eletrônico detecte qualquer diferença de rotação entre as rodas dianteiras e traseiras, para efetuar o acoplamento. Com isso, o Q3 consegue muito mais mobilidade, que alguns dos seus principais concorrentes diretos.
 
Equipamentos
 
Mesmo não sendo a versão topo de linha, o Q3 Ambiente vem muito bem equipado de fábrica. Ele traz faróis tipo bi-xenom; retrovisor interno eletrocrômico, iluminação do interior em LEDs e teto-solar panorâmico com controle elétrico. Há também sensor de chuva e crepuscular, além do detector de obstáculos traseiro na versão Ambiente. Apenas o banco do moto rista oferece ajustes elétricos.
 
Outro equipamento encontrado é o controle de cruzeiro, acessado através de uma haste na coluna de direção. Para quem gosta de maior interação durante a condução, estão disponíveis os paddle shitfs (na parte de traz do volante) para trocas de marcha de forma manual.
 
No modelo avaliado está disponível o rádio MMI Plus com navegação. Mas este equipamento é opcional na versão Ambiente. Essa completa central apresenta diversas funções integradas. Através dela é possível configurar algumas funções de conforto do carro. Além disso, ela reúne toda a central multimedia do carro, incluindo rádio, conexões diversas, suporte celular (por Bluetooth) e o GPS. O controle do MMI e seus dispositivos fica no painel central, em um conjunto simplificado e funcional. Além disso, existe ainda o Audi Music Interface. Trata-se de um plug exclusivo, dentro do porta-objetos abaixo do apoio de braço central, que permite conectar diversos equipamentos, com o uso de cabo específico (vendido separadamente). Um exemplo seria o pen-drive. Essa central também permite copiar arquivos de mídia digital (músicas e fotos) para sua memória interna. Além do AMI, existem entradas para CD, SD Card e conexão Bluetooth.
 
Outro destaque dessa central é o eficiente sistema de GPS. Além de contar com os tradicionais tipos de visualização (2D e 3D), tem um processamento bem ágil e movimentação bem rápida pelo mapa, incluindo as funções de Zoom In e Zoom Out. Mas o “diferente” do sistema é a virtualização de edifícios e monumentos, em modo 3D. Na cidade de São Paulo, por exemplo, dá para ver todos os prédios da região central, incluindo monumentos históricos que são mostrados em destaque.
 
Dirigibilidade
 
Certamente, esse é o ponto de maior destaque do Audi Q3. O que mais encanta nesse modelo é a facilidade com que o moto rista se entende com o veículo. O Q3 é muito mais parecido com um hatch-back, do que com um Crossover, para quem esta atrás do volante. O veículo é incrivelmente ágil, e prático para dirigir no trânsito. Ele não dá aquela sensação de carro grande, aumento a confiança do moto rista na maioria das manobras.
 
Com um conjunto bastante eficiente de moto r e câmbio, além da tração Quattro, o Q3 é muito mais divertido que seus principais concorrentes. Aliás, a vantagem da tração Quattro é sempre evidente. Ela permite que o Q3 se aventure em alguns desafios “suaves” no fora de estrada, sem fazer feio. Tanto a Mercedes GLA, quanto a BMW X1 não oferecem tração integral nas versões comercializadas atualmente. Assim, o Q3 chega onde seus concorrentes não conseguem. E mesmo quando comparado ao Range Rover Evoque, que também tem tração integral, o Q3 é muito mais ágil nas manobras, e no trânsito das cidades.
 
A suspensão do Audi Q3 Ambiente é firme e garante boa estabilidade, mesmo se não tivesse o controle de tração e programa de estabilidade eletrônico. Os pneus largos e as rodas grandes auxiliam bastante nesse aspecto, e não são desagradáveis quando o assunto é conforto em pisos ruins. O conjunto absorve de forma razoavelmente boa alguns buracos e paralelepípedos, bem como asfalto com defeitos. Dá até para se aventurar em algumas guias e valetas, sem susto.
 
Preço e versões
 
A versão mais barata, a Attraction, parte de R$ 141,9 mil. No caso da Ambiente, a segunda na lista do modelo, o preço sugerido é de R$ 154,9 mil. A Audi preferiu oferecer três versões (Attraction/Ambiente/Ambition). Todas são equipadas com moto r 2.0 TFSI. Nas duas primeiras a potência é de 170 cv. Já na versão topo de linha, sobe para 211 cv no último. O Rádio MMI plus com sistema de navegação é um caro opcional que custa R$ 10,5 mil.
 
Ficha técnica Q3 Ambiente
 
Motor: 2.0 Turbo FSI
Cilindros: 4 em linha / 1.984cc
Potência: 170 cv @ 4.300 – 6.200
Torque : 280 Nm @1.700 – 4.200
Tração: quattro
Transmissão: S tronic 7 velocidades
Peso (kg): 1.510
Comprimento (mm): 4.385
Largura (mm): 1.831
Altura (mm): 1.590
Entre-eixos (mm): 2.603
Capacidade do tanque de combustível (l): 64
Capacidade do porta-malas (l): 460
Aceleração 0-100 km/h (s): 7,8
Velocidade Máxima (km/h): 212

Avaliações < Voltar
Avaliação: Audi Q3 Ambiente
 

Avaliação: Audi Q3 Ambiente

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

O crossover compacto mais divertido da categoria

25 de Maio de 2015

O Q3 chegou ao mercado mundial em 2012. Feito sobre a plataforma PQ35, a mesma do Golf V, o Audi Q3 é um tipo de A3 anabolizado, ou ainda o irmão menor dos modelos Q5 e Q7 da Audi. Com a proposta de Crossover, o Q3 é um modelo de ascensão dentro da gama Audi.Trata-se de um produto ideal para quem quer um veículo compacto, porém com mais versatilidade e expressão que o A1 e A3. Nessa avaliação, trazemos o Q3 Ambiente, que corresponde a versão intermediária da família Q3.
 
Estilo
 
Já à primeira vista esse Crossover agrada com suas linhas externas que sugerem um porte robusto. É fácil de notar as semelhanças com o estilo característico da marca, principalmente com o A3. Mas, olhando atentamente, pode-se notar que são carros bem diferentes. Pra começar, o Q3 é bem mais alto que o A3. Também é maior no geral. Destaque para os faróis com guias de LED na dianteira, assim como também nas lanternas traseiras. E claro, traz a tradicional grade frontal da Audi na cor preta. Em termos de estilo, o Audi Q3 parece um Q5 menor, e não foge à linha conservadora.
 
Quando comparado a outros Crossovers (e até SUVs pequenos), o Audi Q3 é relativamente compacto. Ele possui 4,39 m de comprimento, 1, 83 m de largura e 1,59 m de altura. As rodas de liga leve têm cinco raios duplos e aro 18, sendo montadas com pneus 235/50 R18. Entre os detalhes no estilo pode-se destacar um grande spoiler no vidro traseiro que dá um toque mais esportivo ao Q3 Ambiente. O modelo também dispõe de duas barras longitudinais pintadas de preto no teto, bem como teto solar panorâmico Open Sky.
 
Interior
 
O interior do Q3 Ambiente é funcional. Como de costume, um excelente acabamento com materiais de qualidade. Nesta unidade avaliada predomina a cor preta. Mas o cliente pode optar por forração em tons de bege. O painel tem aplique metalizado com logotipo Quattro em alumínio, bem como difusores de ar quadrados. No topo do painel, uma tela de LCD retrátil pode ser rebatida de forma manual. O volante traz diversos controles, além de ajuste de altura e profundidade. E para facilitar e economizar espaço no console central, o freio de mão tem acionamento elétrico, por botão. O porta-luvas tem revestimento aveludado e iluminação. Já o volante conta com quatro raios, sendo que os dois inferiores possuem detalhes na cor preto brilhante e frisos cromados.
 
Com capacidade para transportar até cinco passageiros, oferece conforto excelente com até quatro pessoas. O porta-malas tem capacidade de 460 litros, mas pode chegar a 1.365 litros com os bancos traseiros rebatidos.
 
Motor e câmbio
 
O Q3 Ambiente traz um eficiente moto r. Trata-se de um bloco 2 litros turbo à gasolina, com 170 cavalos de potência máxima (atingida entre 4.300 e 6.200 rpm). Esse moto r conta também com sistema de injeção direta de combustível. Isso ajuda a garantir o torque máximo de 28,5 kgfm (entre 1.700 e 4.200 rpm). Junto com o moto r está o câmbio robotizado de dupla embreagem batizado de “S-tronic”, com sete marchas.
 
Desempenho
 
Com esse conjunto, o Q3 Ambiente acelera de 0 à 100 km/h em 7,8 segundos, e tem velocidade máxima de 212 km/h. A título de curiosidade, na versão topo de linha Ambition, a potência sobe para 211 cavalos (também com moto r 2 litros), fazendo de 0 a 100 Km/h em apenas 6,9 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h.
 
Tração Quattro
 
Além disso, o Q3 vem com tração Quattro. Normalmente, o Q3 tem tração nas rodas dianteiras. Através de um diferencial multidiscos, ela acopla a tração nas rodas traseiras sempre que necessário. Esse acoplamento é automático e incrivelmente rápido. Basta que programa de estabilidade eletrônico detecte qualquer diferença de rotação entre as rodas dianteiras e traseiras, para efetuar o acoplamento. Com isso, o Q3 consegue muito mais mobilidade, que alguns dos seus principais concorrentes diretos.
 
Equipamentos
 
Mesmo não sendo a versão topo de linha, o Q3 Ambiente vem muito bem equipado de fábrica. Ele traz faróis tipo bi-xenom; retrovisor interno eletrocrômico, iluminação do interior em LEDs e teto-solar panorâmico com controle elétrico. Há também sensor de chuva e crepuscular, além do detector de obstáculos traseiro na versão Ambiente. Apenas o banco do moto rista oferece ajustes elétricos.
 
Outro equipamento encontrado é o controle de cruzeiro, acessado através de uma haste na coluna de direção. Para quem gosta de maior interação durante a condução, estão disponíveis os paddle shitfs (na parte de traz do volante) para trocas de marcha de forma manual.
 
No modelo avaliado está disponível o rádio MMI Plus com navegação. Mas este equipamento é opcional na versão Ambiente. Essa completa central apresenta diversas funções integradas. Através dela é possível configurar algumas funções de conforto do carro. Além disso, ela reúne toda a central multimedia do carro, incluindo rádio, conexões diversas, suporte celular (por Bluetooth) e o GPS. O controle do MMI e seus dispositivos fica no painel central, em um conjunto simplificado e funcional. Além disso, existe ainda o Audi Music Interface. Trata-se de um plug exclusivo, dentro do porta-objetos abaixo do apoio de braço central, que permite conectar diversos equipamentos, com o uso de cabo específico (vendido separadamente). Um exemplo seria o pen-drive. Essa central também permite copiar arquivos de mídia digital (músicas e fotos) para sua memória interna. Além do AMI, existem entradas para CD, SD Card e conexão Bluetooth.
 
Outro destaque dessa central é o eficiente sistema de GPS. Além de contar com os tradicionais tipos de visualização (2D e 3D), tem um processamento bem ágil e movimentação bem rápida pelo mapa, incluindo as funções de Zoom In e Zoom Out. Mas o “diferente” do sistema é a virtualização de edifícios e monumentos, em modo 3D. Na cidade de São Paulo, por exemplo, dá para ver todos os prédios da região central, incluindo monumentos históricos que são mostrados em destaque.
 
Dirigibilidade
 
Certamente, esse é o ponto de maior destaque do Audi Q3. O que mais encanta nesse modelo é a facilidade com que o moto rista se entende com o veículo. O Q3 é muito mais parecido com um hatch-back, do que com um Crossover, para quem esta atrás do volante. O veículo é incrivelmente ágil, e prático para dirigir no trânsito. Ele não dá aquela sensação de carro grande, aumento a confiança do moto rista na maioria das manobras.
 
Com um conjunto bastante eficiente de moto r e câmbio, além da tração Quattro, o Q3 é muito mais divertido que seus principais concorrentes. Aliás, a vantagem da tração Quattro é sempre evidente. Ela permite que o Q3 se aventure em alguns desafios “suaves” no fora de estrada, sem fazer feio. Tanto a Mercedes GLA, quanto a BMW X1 não oferecem tração integral nas versões comercializadas atualmente. Assim, o Q3 chega onde seus concorrentes não conseguem. E mesmo quando comparado ao Range Rover Evoque, que também tem tração integral, o Q3 é muito mais ágil nas manobras, e no trânsito das cidades.
 
A suspensão do Audi Q3 Ambiente é firme e garante boa estabilidade, mesmo se não tivesse o controle de tração e programa de estabilidade eletrônico. Os pneus largos e as rodas grandes auxiliam bastante nesse aspecto, e não são desagradáveis quando o assunto é conforto em pisos ruins. O conjunto absorve de forma razoavelmente boa alguns buracos e paralelepípedos, bem como asfalto com defeitos. Dá até para se aventurar em algumas guias e valetas, sem susto.
 
Preço e versões
 
A versão mais barata, a Attraction, parte de R$ 141,9 mil. No caso da Ambiente, a segunda na lista do modelo, o preço sugerido é de R$ 154,9 mil. A Audi preferiu oferecer três versões (Attraction/Ambiente/Ambition). Todas são equipadas com moto r 2.0 TFSI. Nas duas primeiras a potência é de 170 cv. Já na versão topo de linha, sobe para 211 cv no último. O Rádio MMI plus com sistema de navegação é um caro opcional que custa R$ 10,5 mil.
 
Ficha técnica Q3 Ambiente
 
Motor: 2.0 Turbo FSI
Cilindros: 4 em linha / 1.984cc
Potência: 170 cv @ 4.300 – 6.200
Torque : 280 Nm @1.700 – 4.200
Tração: quattro
Transmissão: S tronic 7 velocidades
Peso (kg): 1.510
Comprimento (mm): 4.385
Largura (mm): 1.831
Altura (mm): 1.590
Entre-eixos (mm): 2.603
Capacidade do tanque de combustível (l): 64
Capacidade do porta-malas (l): 460
Aceleração 0-100 km/h (s): 7,8
Velocidade Máxima (km/h): 212

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!