Revista Comprecar
Avaliação: Citroën C3 Tendance Automático
A nova versão que vem fazendo sucesso com quem procura conforto, num compacto
Avaliação: Citroën C3 Tendance Automático
09 de Novembro de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Em Maio de 2014, a Citroen promoveu mudanças na grade de versões do C3. A montadora incluiu novas versões, para ampliar as opções dos clientes. Uma delas foi pensada para atender o cliente que não abre mão do conforto, mas acha o modelo topo de linha caro demais. Assim, o C3 Tendance Automático vem fazendo bastante sucesso com esse cliente. Hoje, entre as cinco versões do C3 disponíveis no mercado, essa é a segunda mais procurada.
 
A versão Tendance do C3 já traz de fábrica os principais itens de conforto do modelo. Aliás, o C3 sempre foi considerado como um compacto premium, principalmente pela sua sofisticação. Pra começar, ele traz os simpáticos leds brancos de sinalização diurna, instalados nos para-choques dianteiros. Muito mais que um efeito bonito, esses leds ajudam a reduzir acidentes. O carro fica muito mais visível no trânsito, ou quando entra repentinamente em garagens, tuneis ou outros locais escuros.
 
O C3 Tendance conta com interior sofisticado. Ele tem cinco saídas de ar arredondadas no painel. A saída central serve para direcionar o ar para o banco traseiro. Os mostradores do painel trazem iluminação em tom branco, feita por LEDs, o que proporciona alto contraste. O desenho moderno do interior proporciona amplo espaço para pernas no banco dianteiro (um dos maiores da categoria) E para surpresa de todos, também oferece o porta-luvas com amplo espaço, capaz de acomodar uma bolsa feminina. Os mais atentos vão notar que o banco do passageiro, pode ser colocado completamente para frente, sem que o passageiro bata o joelho no porta-luvas. A vantagem é mais espaço para pernas no banco traseiro. Aliás, o banco traseiro vem com apoio de cabeça nas três posições. O porta-malas também tem espaço amplo, com 300 litros de capacidade.
 
Motor 120 VTi Flex Start
 
O C3 foi o primeiro carro da Citroen a receber o moto r VTi 120 Flex Start 1,6 litro – 16 válvulas com comando variável, que entrega 122 cavalos de potência máxima (a 5.800 rpm) e um torque máximo de 161 Nm a 4.000 rpm com etanol. Na gasolina são 115 cavalos (a 6.000 rpm) com torque de 152 Nm. Vale destacar que 80% do torque máximo já está disponível a partir de 1.500 rpm. Entre os concorrentes com moto r de 1,6 litro, o novo C3 esta entre os mais potentes. Esse é o mesmo moto r que equipa o Peugeot 308 - 1,6 litro (um carro nitidamente maior). Entre os diferenciais desse moto r está a tecnologia Flex Start. Isso elimina o reservatório de gasolina (“tanquinho’’) do compartimento moto r, não havendo a necessidade de colocar gasolina para auxiliar na partida a frio. O Flex Start controla a operação de pré-aquecimento do combustível, quando abastecido com etanol e em baixas temperaturas.
 
Com esse moto r e o câmbio automático de quatro marchas, o C3 entrega um desempenho bastante convincente. Na cidade, o carro é ágil e prático. Na estrada, o desempenho é satisfatório na maioria das situações. Um detalhe interessante, é que o C3 é um dos poucos modelos com câmbio automático “de verdade”. Grande parte dos concorrentes diretos utiliza um sistema de câmbio robotizado, que provoca um tipo de “tranco” no momento da troca de marcha. E isso não acontece em carros com câmbio automático de verdade.
 
Outro diferencial do C3 é a direção com assistência elétrica. Ela é a mais leve e permite manobrar o carro com total facilidade. Aliás, o C3 é em todos os sentidos um carro com foco no conforto. Desde a suspensão macia até o estofamento de maior qualidade e maciez. Na versão Tendance o C3 está equipado com pneus 195/60 R15 e rodas de liga-leve. Os pneus vem de fábrica com tecnologia “verde”, com o objetivo de diminuir o coeficiente de resistência ao rolamento.
 
O Conceito Zenith
 
Certamente, o ponto de destaque do C3 Tendance é o moderno para-brisa Zenith. Inspirado no conceito Space Vision do C4 Picasso, o para-brisa avança sobre uma parte do teto. Isso resultou numa expansão do comprimento do para-brisa de 99 cm para 1,35 m, o que possibilitou aumentar do ângulo de visão superior em até 80 graus. Como uma bolha de vidro, o para-brisa Zenith permite ao moto rista e ao passageiro uma percepção ampla do meio ambiente, graças a uma visão vertical única nessa categoria de veículo. Essa visão pode ser mudada, com o simples “puxar” de uma cobertura. Construída com plásticos rígidos, essa proteção na posição estendida deixa a visão frontal igual a de um para-brisa normal. A proteção pode ser deixada em qualquer ponto do seu trilho, permitindo uma escolha livre entre a visão normal ou ângulo máximo vertical.
 
Mas o parabrisa Zenith também tem os seus poréns. Se durante o dia o item é uma super inovação, a noite ele vira um problema. Com o sistema deslizante móvel, a Citroën suprimiu a tradicional lâmpada de leitura, que ficava próxima ao espelho retrovisor interno. Assim, se alguém quiser ler, ou procurar algo no carro a noite, terá apenas duas luzes de cortesia que ficam nas laterais das portas, acima dos vidros. Essas luzes são muito fracas e mal conseguem iluminar a região do console central.
 
Outro problema é a inexistência de espelhos de cortesia em ambos os parassois, presentes na cobertura corrediça. Nem o moto rista, ou passageiro tem esse mimo. E para muitas mulheres, que não tem onde retocar a maquiagem, isso realmente incomoda bastante. Por fim, ainda falta a alça de segurança no teto para o passageiro da frente, e os parassois não podem ser girados para o lado, ao contrário do que acontece em todos os outros carros.
 
Equipamentos
 
Quanto aos equipamentos, o C3 Tendance oferece um bom pacote. Os vidros tem acionamento elétrico, porém apenas o do moto rista conta com simples toque. Não existe o recurso de levantar ou fechar os vidros pela chave. Os retrovisores laterais trazem regulagem elétrica, o banco do moto rista tem regulagem de altura e a coluna de direção tem ajuste de altura e profundidade. O computador de bordo traz as principais funções e todos os cinco ocupantes contam com encosto de cabeça. Mas falta a regulagem de altura para os cintos de segurança dianteiros.
 
O rádio CD Player também merece atenção. Ele é compatível com MP3 e WMA, traz conexão bluetooth tanto para viva-voz quanto streaming de áudio além de porta USB e entrada P2. O rádio conta também com comando satélite na coluna de direção para controlar funções de áudio e telefone.
 
A versão testada também estava equipada com o sistema de GPS integrado. Montado na parte superior do painel, a tela fixa está conectada ao sistema de som. A entrada de dados, e as funções de zoom, são controladas diretamente pelas teclas do rádio.
 
O preço sugerido da versão é de R$ 51,3 mil. O único opcional é a pintura metálica R$ 1,4 mil. Existe ainda uma cor especial, que é o branco perolizado por R$ 1,8 mil. Sua garantia também é de 3 anos, sem limite de quilometragem.
 
Citroen C3 com varias versões
 
Atualmente, a grade de versões do C3 está assim:
 
Origine 1.5 Flex - com ar condicionado, direção elétrica, pneus 195/60 R15, computador de bordo e travamento das portas à distância pela chave por R$ 40.990,00.
 
 Attraction 1.5 Flex - Acrescenta rodas de liga leve de aro 15, LEDS diurnos, espelhos retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas com sistema anti-esmagamento, rádio CD-Player com controle satélite na coluna de direção, Bluetooth, entradas USB/AUX e faróis de milha. Por R$ 44.590,00.
 
Tendance 1.5 Flex manual – Acrescenta o para-brisa Zenith. Essa sai por R$ 45.490,00.   Exclusive 1.5 Flex MT- Equipada com moto r 1.5 e câmbio manual, além dos equipamentos da Tendance, acrescenta faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoia-braços, rodas de liga leve aro 16, alarme ultrassom e detector de obstáculo traseiro, por R$ 46.590,00.
 
Tendance 1.6 Flex automático – equipada com moto r 1.6 e câmbio automático, traz como diferencial os shift paddles instalados no volante, e inclui: direção elétrica, ar condicionado manual, rodas de liga leve aro 15, LEDS diurnos, computador de bordo, retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas, travamento das portas à distância pela chave, rádio CD-player com controle satélite na coluna de direção, Bluetooth, entradas USB e AUX, faróis auxiliares. O preço sugerido é de R$ 51.290,00.
 
Exclusive 1.5 Flex manual – Essa versão top, agora também com câmbio manual e moto r 1,5 litro. Ela traz de série alarme ultrassom e detector de obstáculo na traseira, faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoios para os braços, rodas de liga leve aro 16, maçanetas e espelhos retrovisores externos cromados. O preço sugerido é de R$ 49.990,00.
 
Exclusive 1.6 Flex AT – Essa versão top, agora disponível somente com câmbio automático, passa a oferecer de série alarme ultrassom e detector de obstáculo na traseira. De série traz: faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoios para os braços, rodas de liga leve aro 16, cruise control/limitador de velocidade, maçanetas e espelhos retrovisores externos cromados. O preço sugerido é de R$ 56.390,00.
 
Mercado
 
Segundo Guilherme Marchette (gestor do grupo Notre Dame) o C3 tem uma enorme gama de clientes. É difícil definir a idade e perfil médio. A variada gama de opções do carro consegue atender diversos tipos de necessidades, iniciando por quem está à procura do primeiro carro, até o cliente que quer conforto e sofisticação num veículo bastante prático no dia a dia. Para Marchette, o típico cliente do C3 valoriza o visual e a sofisticação do modelo, quando comparado aos outros compactos concorrentes. Mais informações sobre o Citroen C3 podem ser obtidas em:
 
www.citroennotredame.com.br/carros-novos/citroen/novo-c3/2/

Avaliações < Voltar
Avaliação: Citroën C3 Tendance Automático
 

Avaliação: Citroën C3 Tendance Automático

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

A nova versão que vem fazendo sucesso com quem procura conforto, num compacto

09 de Novembro de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Em Maio de 2014, a Citroen promoveu mudanças na grade de versões do C3. A montadora incluiu novas versões, para ampliar as opções dos clientes. Uma delas foi pensada para atender o cliente que não abre mão do conforto, mas acha o modelo topo de linha caro demais. Assim, o C3 Tendance Automático vem fazendo bastante sucesso com esse cliente. Hoje, entre as cinco versões do C3 disponíveis no mercado, essa é a segunda mais procurada.
 
A versão Tendance do C3 já traz de fábrica os principais itens de conforto do modelo. Aliás, o C3 sempre foi considerado como um compacto premium, principalmente pela sua sofisticação. Pra começar, ele traz os simpáticos leds brancos de sinalização diurna, instalados nos para-choques dianteiros. Muito mais que um efeito bonito, esses leds ajudam a reduzir acidentes. O carro fica muito mais visível no trânsito, ou quando entra repentinamente em garagens, tuneis ou outros locais escuros.
 
O C3 Tendance conta com interior sofisticado. Ele tem cinco saídas de ar arredondadas no painel. A saída central serve para direcionar o ar para o banco traseiro. Os mostradores do painel trazem iluminação em tom branco, feita por LEDs, o que proporciona alto contraste. O desenho moderno do interior proporciona amplo espaço para pernas no banco dianteiro (um dos maiores da categoria) E para surpresa de todos, também oferece o porta-luvas com amplo espaço, capaz de acomodar uma bolsa feminina. Os mais atentos vão notar que o banco do passageiro, pode ser colocado completamente para frente, sem que o passageiro bata o joelho no porta-luvas. A vantagem é mais espaço para pernas no banco traseiro. Aliás, o banco traseiro vem com apoio de cabeça nas três posições. O porta-malas também tem espaço amplo, com 300 litros de capacidade.
 
Motor 120 VTi Flex Start
 
O C3 foi o primeiro carro da Citroen a receber o moto r VTi 120 Flex Start 1,6 litro – 16 válvulas com comando variável, que entrega 122 cavalos de potência máxima (a 5.800 rpm) e um torque máximo de 161 Nm a 4.000 rpm com etanol. Na gasolina são 115 cavalos (a 6.000 rpm) com torque de 152 Nm. Vale destacar que 80% do torque máximo já está disponível a partir de 1.500 rpm. Entre os concorrentes com moto r de 1,6 litro, o novo C3 esta entre os mais potentes. Esse é o mesmo moto r que equipa o Peugeot 308 - 1,6 litro (um carro nitidamente maior). Entre os diferenciais desse moto r está a tecnologia Flex Start. Isso elimina o reservatório de gasolina (“tanquinho’’) do compartimento moto r, não havendo a necessidade de colocar gasolina para auxiliar na partida a frio. O Flex Start controla a operação de pré-aquecimento do combustível, quando abastecido com etanol e em baixas temperaturas.
 
Com esse moto r e o câmbio automático de quatro marchas, o C3 entrega um desempenho bastante convincente. Na cidade, o carro é ágil e prático. Na estrada, o desempenho é satisfatório na maioria das situações. Um detalhe interessante, é que o C3 é um dos poucos modelos com câmbio automático “de verdade”. Grande parte dos concorrentes diretos utiliza um sistema de câmbio robotizado, que provoca um tipo de “tranco” no momento da troca de marcha. E isso não acontece em carros com câmbio automático de verdade.
 
Outro diferencial do C3 é a direção com assistência elétrica. Ela é a mais leve e permite manobrar o carro com total facilidade. Aliás, o C3 é em todos os sentidos um carro com foco no conforto. Desde a suspensão macia até o estofamento de maior qualidade e maciez. Na versão Tendance o C3 está equipado com pneus 195/60 R15 e rodas de liga-leve. Os pneus vem de fábrica com tecnologia “verde”, com o objetivo de diminuir o coeficiente de resistência ao rolamento.
 
O Conceito Zenith
 
Certamente, o ponto de destaque do C3 Tendance é o moderno para-brisa Zenith. Inspirado no conceito Space Vision do C4 Picasso, o para-brisa avança sobre uma parte do teto. Isso resultou numa expansão do comprimento do para-brisa de 99 cm para 1,35 m, o que possibilitou aumentar do ângulo de visão superior em até 80 graus. Como uma bolha de vidro, o para-brisa Zenith permite ao moto rista e ao passageiro uma percepção ampla do meio ambiente, graças a uma visão vertical única nessa categoria de veículo. Essa visão pode ser mudada, com o simples “puxar” de uma cobertura. Construída com plásticos rígidos, essa proteção na posição estendida deixa a visão frontal igual a de um para-brisa normal. A proteção pode ser deixada em qualquer ponto do seu trilho, permitindo uma escolha livre entre a visão normal ou ângulo máximo vertical.
 
Mas o parabrisa Zenith também tem os seus poréns. Se durante o dia o item é uma super inovação, a noite ele vira um problema. Com o sistema deslizante móvel, a Citroën suprimiu a tradicional lâmpada de leitura, que ficava próxima ao espelho retrovisor interno. Assim, se alguém quiser ler, ou procurar algo no carro a noite, terá apenas duas luzes de cortesia que ficam nas laterais das portas, acima dos vidros. Essas luzes são muito fracas e mal conseguem iluminar a região do console central.
 
Outro problema é a inexistência de espelhos de cortesia em ambos os parassois, presentes na cobertura corrediça. Nem o moto rista, ou passageiro tem esse mimo. E para muitas mulheres, que não tem onde retocar a maquiagem, isso realmente incomoda bastante. Por fim, ainda falta a alça de segurança no teto para o passageiro da frente, e os parassois não podem ser girados para o lado, ao contrário do que acontece em todos os outros carros.
 
Equipamentos
 
Quanto aos equipamentos, o C3 Tendance oferece um bom pacote. Os vidros tem acionamento elétrico, porém apenas o do moto rista conta com simples toque. Não existe o recurso de levantar ou fechar os vidros pela chave. Os retrovisores laterais trazem regulagem elétrica, o banco do moto rista tem regulagem de altura e a coluna de direção tem ajuste de altura e profundidade. O computador de bordo traz as principais funções e todos os cinco ocupantes contam com encosto de cabeça. Mas falta a regulagem de altura para os cintos de segurança dianteiros.
 
O rádio CD Player também merece atenção. Ele é compatível com MP3 e WMA, traz conexão bluetooth tanto para viva-voz quanto streaming de áudio além de porta USB e entrada P2. O rádio conta também com comando satélite na coluna de direção para controlar funções de áudio e telefone.
 
A versão testada também estava equipada com o sistema de GPS integrado. Montado na parte superior do painel, a tela fixa está conectada ao sistema de som. A entrada de dados, e as funções de zoom, são controladas diretamente pelas teclas do rádio.
 
O preço sugerido da versão é de R$ 51,3 mil. O único opcional é a pintura metálica R$ 1,4 mil. Existe ainda uma cor especial, que é o branco perolizado por R$ 1,8 mil. Sua garantia também é de 3 anos, sem limite de quilometragem.
 
Citroen C3 com varias versões
 
Atualmente, a grade de versões do C3 está assim:
 
Origine 1.5 Flex - com ar condicionado, direção elétrica, pneus 195/60 R15, computador de bordo e travamento das portas à distância pela chave por R$ 40.990,00.
 
 Attraction 1.5 Flex - Acrescenta rodas de liga leve de aro 15, LEDS diurnos, espelhos retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas com sistema anti-esmagamento, rádio CD-Player com controle satélite na coluna de direção, Bluetooth, entradas USB/AUX e faróis de milha. Por R$ 44.590,00.
 
Tendance 1.5 Flex manual – Acrescenta o para-brisa Zenith. Essa sai por R$ 45.490,00.   Exclusive 1.5 Flex MT- Equipada com moto r 1.5 e câmbio manual, além dos equipamentos da Tendance, acrescenta faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoia-braços, rodas de liga leve aro 16, alarme ultrassom e detector de obstáculo traseiro, por R$ 46.590,00.
 
Tendance 1.6 Flex automático – equipada com moto r 1.6 e câmbio automático, traz como diferencial os shift paddles instalados no volante, e inclui: direção elétrica, ar condicionado manual, rodas de liga leve aro 15, LEDS diurnos, computador de bordo, retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas, travamento das portas à distância pela chave, rádio CD-player com controle satélite na coluna de direção, Bluetooth, entradas USB e AUX, faróis auxiliares. O preço sugerido é de R$ 51.290,00.
 
Exclusive 1.5 Flex manual – Essa versão top, agora também com câmbio manual e moto r 1,5 litro. Ela traz de série alarme ultrassom e detector de obstáculo na traseira, faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoios para os braços, rodas de liga leve aro 16, maçanetas e espelhos retrovisores externos cromados. O preço sugerido é de R$ 49.990,00.
 
Exclusive 1.6 Flex AT – Essa versão top, agora disponível somente com câmbio automático, passa a oferecer de série alarme ultrassom e detector de obstáculo na traseira. De série traz: faróis com acendimento automático, ar condicionado automático, limpador do para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, bancos dianteiros com dois apoios para os braços, rodas de liga leve aro 16, cruise control/limitador de velocidade, maçanetas e espelhos retrovisores externos cromados. O preço sugerido é de R$ 56.390,00.
 
Mercado
 
Segundo Guilherme Marchette (gestor do grupo Notre Dame) o C3 tem uma enorme gama de clientes. É difícil definir a idade e perfil médio. A variada gama de opções do carro consegue atender diversos tipos de necessidades, iniciando por quem está à procura do primeiro carro, até o cliente que quer conforto e sofisticação num veículo bastante prático no dia a dia. Para Marchette, o típico cliente do C3 valoriza o visual e a sofisticação do modelo, quando comparado aos outros compactos concorrentes. Mais informações sobre o Citroen C3 podem ser obtidas em:
 
www.citroennotredame.com.br/carros-novos/citroen/novo-c3/2/

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!