Revista Comprecar
Land Rover Discovery 4 HSE
Luxo de primeira classe preparado para a aventura no fora de estrada
Land Rover Discovery 4 HSE
04 de Setembro de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Dessa vez o Comprecar fez uma avaliação bem diferente, do Discovery 4 HSE. Para isso, escolhemos um destino muito especial para compor o “pano de fundo” dessa avaliação. O Discovery 4 HSE foi levado a cidade de Cesário Lange, no interior de São Paulo.
 
A cidade de Cesário Lange abriga o Mavsa Resort. Trata-se de um hotel que passou por muitas transformações nos últimos anos, e que a cada ciclo vem se aprimorando cada vez mais.
 
Atualmente o Mavsa conta com 101 apartamentos. Mas o Resort se encontra em plena fase de expansão. Até o Carnaval de 2015, serão 119 unidades. Para julho, o número previsto é de 143. E em Dezembro o resort deve contar com 174 apartamentos disponíveis.
 
O Resort que já conta com uma série de atrações como: kids club, capela, lagos, amplo parque aquático, mini fazenda, tirolesa, diversas salas para eventos, está inaugurando a Cidade dos Sonhos. Esse novo complexo será utilizado tanto como área de lazer para as crianças, como também ampliação das áreas para eventos corporativos. O hotel que opera no sistema “tudo incluso” é um verdadeiro centro de entretenimento e lazer para toda a família. Uma excelente opção para desfrutar finais de semana com a família, ou até mesmo um casal de namorados que procura um local romântico e bastante reservado. E foi nesse cenário que testamos o nosso “fora-de-estrada”.
 
O Discovery 4 HSE
 
É difícil falar sobre o universo dos veículos 4x4, sem falar na marca Land Rover. Os veículos da marca britânica ficaram muito famosos por todo mundo, nas aventuras da década de 80 no famoso “Camel Trophy”. Considerado o maior evento Off Road do mundo, os carros da Land Rover eram vistos superando obstáculos e desafios no melhor estilo “até Deus dúvida”. E justamente por esse evento, e os desafios inimagináveis, que a Land Rover escreveu o seu nome na historia do 4x4. E o modelo Discovery teve grande participação nessas conquistas.
 
O Land Rover Discovery foi revelado no Salão Automóvel de Frankfurt em 1989, e marcou uma ruptura importante com veículos Land Rover anteriores, visando os passageiros e familiares no mercado 4x4. Embora esse mercado praticamente não existisse quando o Discovery fora concebido, o projeto foi perfeito para o mercado britânico, que rapidamente migrou para o novo produto.
 
Ao contrário dos produtos anteriores da Land Rover, o Discovery foi capaz de competir contra os carros de família, com dirigibilidade confortável e um desenho do interior eficiente. E isso sem deixar de lado as características para competir em termos de potência e desempenho, com o famoso Rover. Apesar de ter sido destinado a um mercado essencialmente familiar, o Discovery continuou a ostentar o melhor da categoria no “fora de estrada”. E essa historia se manteve na evolução para o Discovery 2, na sequência para o Discovery 3, e ainda mantém tais características na atual geração do Discovery 4.
 
Entretanto, quando o Discovery chegou a sua terceira geração, a marca evolui consideravelmente o produto em direção ao luxo e a sofisticação. Agora, sob o nome Discovery 4, o modelo esta no momento mais sofisticado e tecnológico de toda sua história. Segundo o fabricante, enquanto o Range Rover tem um apelo mais focado no luxo e na sofisticação, o Discovery é mais focado em versatilidade, com capacidade para transportar até sete passageiros.
 
A linha 2014 do Discovery trouxe algumas interessantes evoluções. Entre elas, pode-se destacar o exterior atualizado com novos faróis, grade dianteira e o emblema DISCOVERY no capô. O interior ficou ainda mais luxuoso com revestimento em couro Premium e novo sistema de som Meridian de 17 alto-falantes e 825W de potência. Também foi incluído um novo e moderno sistema de navegação GPS.
 
Estilo e novos equipamentos
 
Por fora, o Discovery 2014 tem novo conjunto de faróis dianteiros com parte da iluminação em tecnologia LED. Aliás, o LED é usado também na iluminação diurna, e na função de luz de “curva”. A grade dianteira foi redesenhada, assim como todo o para-choque frontal. Na versão topo de linha HSE, o Discovery 2014 vem de fábrica com rodas de liga-leve de 20 polegadas, com desenho exclusivo.
 
Os retrovisores contam com luz de seta embutida e também com a tecnologia “blind spot”. Veículos que se aproximam do ponto cego dos espelhos laterais, fazem piscar um LED amarelo que avisa o moto rista da situação. Isso é especialmente útil nas grandes cidades para notar a aproximação de moto ciclistas que circulam no corredor.
 
Junto com o “blind spot”, o Discovery inclui o “detector 90º” que mostra no visor da tela multimedia quando um veículo se aproxima na diagonal, situação comum em manobras de estacionamento dentro se shoppings, por exemplo. Além de um alerta sonoro diferente, um símbolo vermelho é exibido indicando a situação de perigo.
 
Interior
 
Por dentro, o Discovery HSE ficou ainda mais sofisticado. Entre elas, pode-se destacar a adoção do couro tipo Windsor, até então também exclusivo apenas para a linha Range Rover. Esse couro de excelente qualidade proporciona um toque bastante suave e é usado no revestimento dos bancos, nas portas e no painel.
 
O Discovery 4 HSE vem com 7 assentos em seu interior. Construídos em disposição Stadium, permite que todos no interior aproveitem a vista. Assim, as fileiras ficam mais altas no fim do veículo. Destaque para o fato do veículo ter um dos maiores espaço para cabeça, pernas e ombros da categoria, além de assentos de tamanho integral para até sete adultos. Na segunda e terceira fileira, os assentos têm ajustes modulares, podendo ser rebatidos para ampliar o espaço para cargas. Ainda que a operação seja precisa, ela é um pouco complicada. Rebater ou abrir os bancos da terceira fileira requer certa atenção do usuário. A operação não é tão simples, como acontece nos bancos da Trailblazer da Chevrolet (utilitário que também tem 7 bancos). Entretanto, no Discovery 4 os bancos são muito mais confortáveis e anatômicos.
 
Vale ainda destacar que no Discovery 4 HSE existe um teto-solar triplo. Apenas o primeiro segmento pode ser aberto. Os demais são fixos. Mas o fato interessante é que até os passageiros da terceira fileira, podem desfrutar de uma visão superior.
 
O visual externo “quadradão” do Discovery 4 com o teto bem elevado, proporciona uma ampla visão à todos os passageiros, inclusivo do moto rista. Com uma a posição de condução muito confortável, o moto rista tem visão precisa da estrada à frente. Manobrar é mais fácil e viagens longas são menos cansativas, graças a posição bem ereta proporcionada pelos bancos.
 
A tampa do porta-malas bipartida também tem utilidade. A parte inferior serve como um suporte ou apoio, para carregar objetos mais pesados. Ou ainda servir como uma prateleira. O porta-malas oferece 280 litros (com 7 lugares) ou 1.260 litros com 5 lugares.
 
Equipamentos
 
O Discovery 4 esta recheado de equipamentos de ponta. Um deles é o avançado sistema de de áudio da marca Meridian, muito conceituada e com alta qualidade no mercado de som automotivo. Com 17 alto-falantes e 825W de potência, o sistema oferece um áudio absolutamente livre de ruídos. Inclusive, traz uma caixa de som central no painel, para reprodução de mídias codificadas em padrão Dolby 5.1.
 
Mas o sistema de entretenimento do carro vai muito além. Além da tela central dianteira, ele inclui mais duas telas de 8 polegadas, instaladas nos encostos de cabeça dos bancos da frente. O funcionamento das três telas é totalmente independente. Assim, quem está na parte de traz pode usar fones de ouvido sem fios (com transmissão por infravermelho) para assistir outras programações. Dessa forma, passageiros da frente podem escutar música, outro passageiro de traz pode assistir um DVD, e o outro pode jogar um vídeo game. Isso porque o sistema conta com entradas do tipo RCA para áudio e vídeo.
 
O sistema do Discovery 4 também é compatível com TV digital no padrão brasileiro. A imagem pode ser vista na tela dianteira (somente com o veículo parado), ou nas telas traseiras. As telas traseiras são operadas por um controle re moto sem fio, permitindo operação independente de cada tela. Para máxima conectividade, o esse sistema Meridian ainda oferece conexão via porta USB e Bluetooth com streamming de áudio e viva-voz para celular.
 
O sistema de navegação GPS está mais intuitivo, mais rápido tanto para digitação quanto para cálculo de rotas. Ele vem agora em novo layout 3D e mapas com atualizações bianuais via SD Card.
 
Outro interessante equipamento são os faróis do tipo Xenon adaptativos com High Beam. Além de ajuste de altura automático, o facho do alto se liga automaticamente para iluminar melhor a via, e se desliga quando é detectado outro veículo na via.
 
Outro diferencial da versão HSE é a geladeira instalada no console central. Assim, as bebidas podem ser mantidas em baixa temperatura nessa caixa, durante a viagem. O moto rista conta ainda com um botão para ligar e desligar a refrigeração.
 
Ainda existe espaço para um sistema de chave presencial, bancos do moto rista com ajustes elétricos e 3 memórias e câmera de ré.
 
Fechando o pacote de equipamentos estão os dispositivos de segurança. O carro conta com assistência de frenagem de emergência e airbags frontais e laterais nos bancos da frente, além dos airbags do tipo cortina, nas três fileiras de banco!
 
Motor e câmbio
 
O Land Rover Discovery 2014 HSE está equipado com um poderoso moto r biturbo diesel V6, de 3.0 litros. Sua potência máxima é de 256 cavalos (à 4.000 rpm), e o torque máximo chega à 600 Nm (à partir de 2.000 rpm). Isso é fundamental para garantir tração em situações extremas no fora de estrada.
 
Junto com esse moto r, um avançado câmbio automático, fornecido pela ZF, de oito marchas. Nessa configuração, as primeiras marchas são mais curtas para maior força, e as últimas são mais longas para proporcionar menor vibração no interior e economizar combustível.
 
A relação de marchas foi configurada de forma a desenvolver mais força em baixas velocidades (evitando a necessidade de se engatar caixa reduzida em obstáculos menores). Em velocidade de cruzeiro à 120 km/h o moto r trabalha abaixo dos 2.000 rpm.
 
Desempenho
 
A aceleração do Discovery é consistente. Mas em alguns casos, vale a inteligência. O câmbio faz o carro sair em segunda marcha em condições suaves de uso. Se mais exigido, troca para primeira. Mesmo com 2.583 kg, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, de acordo com a fábrica. A velocidade máxima é de 180 km/h (limitada eletronicamente).
 
Na estrada, o Discovery 4 consegue fazer médias de até 12 km/l. Em condição urbana, cai para cerca de 8 km/l. Considerando o elevado peso do veículo e a capacidade de transportar até 7 pessoas, e a potência de 256 cavalos (maior que a maioria dos SUVs da categoria) pode-se dizer que a média é muito boa. E com um tanque de 83 litros, a autonomia é excelente, inclusive para longas viagens.
 
No fora de estrada
 
O Discovery 4 incorpora o “Terrain Response”, que permite ajustar o veículo para diversas condições de condução: pedras/marcha lenta, lama e trilhos, areia ou piso de baixa aderência como grama e neve. Cada seleção oferece ajustes distintos para a resposta do acelerador, freios, controle de estabilidade, bloqueio do diferencial central, entre outros, de modo a oferecer o máximo de eficiência para superar situações adversas. Na prática, é só selecionar o tipo de terreno e acelerar com suavidade. Os controles eletrônicos cumprem as suas funções.
 
O Discovery 4 também oferece o modo de reduzida para garantir ainda mais força em situações extremas no fora de estrada. O acionamento é eletrônico, por meio de um botão no console. Em condições normais, a tração do Discovery é de 50% nas rodas dianteiras e 50% nas traseiras. Porém em condições de fora de estrada, é comum uma situação onde uma das rodas fica sem tração. Neste caso, o torque é transferido para as rodas com tração por meio do sistema de controle de estabilidade e do “blocante”. Por fim, o Discovery traz números interessantes para superar obstáculos. O SUV tem ângulo de entrada 36,2 graus e ângulo de saída de 29,6.
 
Auxílio à condução
 
O Discovery 2014 traz novas tecnologias de auxilio na condução. Ele vem equipado com o Wade Sensing. Trata-se de sensores localizados na parte inferior dos retrovisores laterais, que calculam a profundidade da água durante a travessia de uma área alagada. Ele mostra em tempo real, por meio de um gráfico na tela central do painel, quando o limite de 70 cm de água está sendo alcançado. A título de comparação, o Range Rover Sport tem submersão máxima de 85 cm e o Range Rover tem submersão máxima de 90 cm.
 
Suspensão à ar
 
A suspensão do Discovery 4 não usa molas ou amortecedores. Ela é a ar com controle eletrônico e independente nas 4 rodas. Ela foi projetada para aguentar trancos, terrenos realmente irregulares e traz alguns ajustes. O carro pode ser elevado em até 12,5 cm em velocidade limitada, para andar em situação extrema de fora de estrada. Outra função da suspensão é oferecer uma altura mais baixa, para acesso ao interior do carro. Assim, ao toque de um botão, o conjunto abaixa quando o carro esta parado, permitindo entrar e carregar o veículo com mais facilidade. Além do controle manual, o sistema opera automaticamente, subindo a suspensão (a partir da altura de acesso com o carro parado), ou abaixando a altura (quando no modo fora-de-estrada) no momento em que o carro atinge determinada velocidade. A altura máxima em relação ao solo é de 24 cm.
 
Outra vantagem é o elevadíssimo nível de conforto. A suavidade na estrada é elogiável e pode ser comparada a sedans de luxo. Mesmo no fora de estrada, o conjunto assegura conforto muito acima da média quando comparado a outros veículos de proposta semelhante.
 
Preço e Mercado
 
Fato que o Discovery 4 não é um modelo barato. O preço sugerido é de R$ 345 mil. Aliás, ele está entre os carros mais caros da categoria. Mas quando olhamos os equipamentos que o carro oferece e a elevada capacidade no fora-de-estrada, com conforto padrão “cinco estrelas”, o preço se justifica. De forma muito resumida, o Discovery 4 HSE é um veículo muito singular. Uma forma muito resumida de definir o modelo seria dizer: não importa qual será o destino. O importante é que sempre dará para ir e voltar, por mais difícil que seja o caminho, com muito conforto e sofisticação.
 
Segundo o departamento de vendas da Intercar (concessionária Land Rover em Campinas), o perfil do comprador do Discovery 4 divide-se em 60% homem e 40% mulher. No geral, esse cliente tem entre 40 e 60 anos, é casado e geralmente tem mais de 1 filho. Segundo a Intercar,o Discovery 4 não tem um concorrente direto. Isso porque, nenhum outro modelo concorrente oferece simultaneamente a versatilidade de 7 assentos com o sofisticação e a alta mobilidade (em terrenos difíceis) que o Discovery 4 oferece. Ainda segundo o departamento de vendas da Intercar, a única restrição que existe ao modelo é observada no público feminino, que acha o desenho muito quadrado. Mas essa restrição só dura até a mulher fazer um test-drive no veículo.
 
Geralmente quem faz o test-drive no Discovery 4 HSE percebe  rapidamente a incrível eficiência da suspensão à ar, o alto desempenho e baixo ruído do moto r diesel e a versatilidade da terceira fileira de bancos, destacam os executivos da Intercar. Outros itens decisivos na hora da escolha do cliente são a mini-geladeira, o teto-solar triplo e as duas telas traseiras de entretenimento. Segundo a Intercar, a versão HSE responde por 30% do mix de vendas do Discovery 4. A Versão mais vendida é a SE, com 50%. E o restante fica com a versão de entrada “S”.

Avaliações < Voltar
Land Rover Discovery 4 HSE
 

Land Rover Discovery 4 HSE

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Luxo de primeira classe preparado para a aventura no fora de estrada

04 de Setembro de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Dessa vez o Comprecar fez uma avaliação bem diferente, do Discovery 4 HSE. Para isso, escolhemos um destino muito especial para compor o “pano de fundo” dessa avaliação. O Discovery 4 HSE foi levado a cidade de Cesário Lange, no interior de São Paulo.
 
A cidade de Cesário Lange abriga o Mavsa Resort. Trata-se de um hotel que passou por muitas transformações nos últimos anos, e que a cada ciclo vem se aprimorando cada vez mais.
 
Atualmente o Mavsa conta com 101 apartamentos. Mas o Resort se encontra em plena fase de expansão. Até o Carnaval de 2015, serão 119 unidades. Para julho, o número previsto é de 143. E em Dezembro o resort deve contar com 174 apartamentos disponíveis.
 
O Resort que já conta com uma série de atrações como: kids club, capela, lagos, amplo parque aquático, mini fazenda, tirolesa, diversas salas para eventos, está inaugurando a Cidade dos Sonhos. Esse novo complexo será utilizado tanto como área de lazer para as crianças, como também ampliação das áreas para eventos corporativos. O hotel que opera no sistema “tudo incluso” é um verdadeiro centro de entretenimento e lazer para toda a família. Uma excelente opção para desfrutar finais de semana com a família, ou até mesmo um casal de namorados que procura um local romântico e bastante reservado. E foi nesse cenário que testamos o nosso “fora-de-estrada”.
 
O Discovery 4 HSE
 
É difícil falar sobre o universo dos veículos 4x4, sem falar na marca Land Rover. Os veículos da marca britânica ficaram muito famosos por todo mundo, nas aventuras da década de 80 no famoso “Camel Trophy”. Considerado o maior evento Off Road do mundo, os carros da Land Rover eram vistos superando obstáculos e desafios no melhor estilo “até Deus dúvida”. E justamente por esse evento, e os desafios inimagináveis, que a Land Rover escreveu o seu nome na historia do 4x4. E o modelo Discovery teve grande participação nessas conquistas.
 
O Land Rover Discovery foi revelado no Salão Automóvel de Frankfurt em 1989, e marcou uma ruptura importante com veículos Land Rover anteriores, visando os passageiros e familiares no mercado 4x4. Embora esse mercado praticamente não existisse quando o Discovery fora concebido, o projeto foi perfeito para o mercado britânico, que rapidamente migrou para o novo produto.
 
Ao contrário dos produtos anteriores da Land Rover, o Discovery foi capaz de competir contra os carros de família, com dirigibilidade confortável e um desenho do interior eficiente. E isso sem deixar de lado as características para competir em termos de potência e desempenho, com o famoso Rover. Apesar de ter sido destinado a um mercado essencialmente familiar, o Discovery continuou a ostentar o melhor da categoria no “fora de estrada”. E essa historia se manteve na evolução para o Discovery 2, na sequência para o Discovery 3, e ainda mantém tais características na atual geração do Discovery 4.
 
Entretanto, quando o Discovery chegou a sua terceira geração, a marca evolui consideravelmente o produto em direção ao luxo e a sofisticação. Agora, sob o nome Discovery 4, o modelo esta no momento mais sofisticado e tecnológico de toda sua história. Segundo o fabricante, enquanto o Range Rover tem um apelo mais focado no luxo e na sofisticação, o Discovery é mais focado em versatilidade, com capacidade para transportar até sete passageiros.
 
A linha 2014 do Discovery trouxe algumas interessantes evoluções. Entre elas, pode-se destacar o exterior atualizado com novos faróis, grade dianteira e o emblema DISCOVERY no capô. O interior ficou ainda mais luxuoso com revestimento em couro Premium e novo sistema de som Meridian de 17 alto-falantes e 825W de potência. Também foi incluído um novo e moderno sistema de navegação GPS.
 
Estilo e novos equipamentos
 
Por fora, o Discovery 2014 tem novo conjunto de faróis dianteiros com parte da iluminação em tecnologia LED. Aliás, o LED é usado também na iluminação diurna, e na função de luz de “curva”. A grade dianteira foi redesenhada, assim como todo o para-choque frontal. Na versão topo de linha HSE, o Discovery 2014 vem de fábrica com rodas de liga-leve de 20 polegadas, com desenho exclusivo.
 
Os retrovisores contam com luz de seta embutida e também com a tecnologia “blind spot”. Veículos que se aproximam do ponto cego dos espelhos laterais, fazem piscar um LED amarelo que avisa o moto rista da situação. Isso é especialmente útil nas grandes cidades para notar a aproximação de moto ciclistas que circulam no corredor.
 
Junto com o “blind spot”, o Discovery inclui o “detector 90º” que mostra no visor da tela multimedia quando um veículo se aproxima na diagonal, situação comum em manobras de estacionamento dentro se shoppings, por exemplo. Além de um alerta sonoro diferente, um símbolo vermelho é exibido indicando a situação de perigo.
 
Interior
 
Por dentro, o Discovery HSE ficou ainda mais sofisticado. Entre elas, pode-se destacar a adoção do couro tipo Windsor, até então também exclusivo apenas para a linha Range Rover. Esse couro de excelente qualidade proporciona um toque bastante suave e é usado no revestimento dos bancos, nas portas e no painel.
 
O Discovery 4 HSE vem com 7 assentos em seu interior. Construídos em disposição Stadium, permite que todos no interior aproveitem a vista. Assim, as fileiras ficam mais altas no fim do veículo. Destaque para o fato do veículo ter um dos maiores espaço para cabeça, pernas e ombros da categoria, além de assentos de tamanho integral para até sete adultos. Na segunda e terceira fileira, os assentos têm ajustes modulares, podendo ser rebatidos para ampliar o espaço para cargas. Ainda que a operação seja precisa, ela é um pouco complicada. Rebater ou abrir os bancos da terceira fileira requer certa atenção do usuário. A operação não é tão simples, como acontece nos bancos da Trailblazer da Chevrolet (utilitário que também tem 7 bancos). Entretanto, no Discovery 4 os bancos são muito mais confortáveis e anatômicos.
 
Vale ainda destacar que no Discovery 4 HSE existe um teto-solar triplo. Apenas o primeiro segmento pode ser aberto. Os demais são fixos. Mas o fato interessante é que até os passageiros da terceira fileira, podem desfrutar de uma visão superior.
 
O visual externo “quadradão” do Discovery 4 com o teto bem elevado, proporciona uma ampla visão à todos os passageiros, inclusivo do moto rista. Com uma a posição de condução muito confortável, o moto rista tem visão precisa da estrada à frente. Manobrar é mais fácil e viagens longas são menos cansativas, graças a posição bem ereta proporcionada pelos bancos.
 
A tampa do porta-malas bipartida também tem utilidade. A parte inferior serve como um suporte ou apoio, para carregar objetos mais pesados. Ou ainda servir como uma prateleira. O porta-malas oferece 280 litros (com 7 lugares) ou 1.260 litros com 5 lugares.
 
Equipamentos
 
O Discovery 4 esta recheado de equipamentos de ponta. Um deles é o avançado sistema de de áudio da marca Meridian, muito conceituada e com alta qualidade no mercado de som automotivo. Com 17 alto-falantes e 825W de potência, o sistema oferece um áudio absolutamente livre de ruídos. Inclusive, traz uma caixa de som central no painel, para reprodução de mídias codificadas em padrão Dolby 5.1.
 
Mas o sistema de entretenimento do carro vai muito além. Além da tela central dianteira, ele inclui mais duas telas de 8 polegadas, instaladas nos encostos de cabeça dos bancos da frente. O funcionamento das três telas é totalmente independente. Assim, quem está na parte de traz pode usar fones de ouvido sem fios (com transmissão por infravermelho) para assistir outras programações. Dessa forma, passageiros da frente podem escutar música, outro passageiro de traz pode assistir um DVD, e o outro pode jogar um vídeo game. Isso porque o sistema conta com entradas do tipo RCA para áudio e vídeo.
 
O sistema do Discovery 4 também é compatível com TV digital no padrão brasileiro. A imagem pode ser vista na tela dianteira (somente com o veículo parado), ou nas telas traseiras. As telas traseiras são operadas por um controle re moto sem fio, permitindo operação independente de cada tela. Para máxima conectividade, o esse sistema Meridian ainda oferece conexão via porta USB e Bluetooth com streamming de áudio e viva-voz para celular.
 
O sistema de navegação GPS está mais intuitivo, mais rápido tanto para digitação quanto para cálculo de rotas. Ele vem agora em novo layout 3D e mapas com atualizações bianuais via SD Card.
 
Outro interessante equipamento são os faróis do tipo Xenon adaptativos com High Beam. Além de ajuste de altura automático, o facho do alto se liga automaticamente para iluminar melhor a via, e se desliga quando é detectado outro veículo na via.
 
Outro diferencial da versão HSE é a geladeira instalada no console central. Assim, as bebidas podem ser mantidas em baixa temperatura nessa caixa, durante a viagem. O moto rista conta ainda com um botão para ligar e desligar a refrigeração.
 
Ainda existe espaço para um sistema de chave presencial, bancos do moto rista com ajustes elétricos e 3 memórias e câmera de ré.
 
Fechando o pacote de equipamentos estão os dispositivos de segurança. O carro conta com assistência de frenagem de emergência e airbags frontais e laterais nos bancos da frente, além dos airbags do tipo cortina, nas três fileiras de banco!
 
Motor e câmbio
 
O Land Rover Discovery 2014 HSE está equipado com um poderoso moto r biturbo diesel V6, de 3.0 litros. Sua potência máxima é de 256 cavalos (à 4.000 rpm), e o torque máximo chega à 600 Nm (à partir de 2.000 rpm). Isso é fundamental para garantir tração em situações extremas no fora de estrada.
 
Junto com esse moto r, um avançado câmbio automático, fornecido pela ZF, de oito marchas. Nessa configuração, as primeiras marchas são mais curtas para maior força, e as últimas são mais longas para proporcionar menor vibração no interior e economizar combustível.
 
A relação de marchas foi configurada de forma a desenvolver mais força em baixas velocidades (evitando a necessidade de se engatar caixa reduzida em obstáculos menores). Em velocidade de cruzeiro à 120 km/h o moto r trabalha abaixo dos 2.000 rpm.
 
Desempenho
 
A aceleração do Discovery é consistente. Mas em alguns casos, vale a inteligência. O câmbio faz o carro sair em segunda marcha em condições suaves de uso. Se mais exigido, troca para primeira. Mesmo com 2.583 kg, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, de acordo com a fábrica. A velocidade máxima é de 180 km/h (limitada eletronicamente).
 
Na estrada, o Discovery 4 consegue fazer médias de até 12 km/l. Em condição urbana, cai para cerca de 8 km/l. Considerando o elevado peso do veículo e a capacidade de transportar até 7 pessoas, e a potência de 256 cavalos (maior que a maioria dos SUVs da categoria) pode-se dizer que a média é muito boa. E com um tanque de 83 litros, a autonomia é excelente, inclusive para longas viagens.
 
No fora de estrada
 
O Discovery 4 incorpora o “Terrain Response”, que permite ajustar o veículo para diversas condições de condução: pedras/marcha lenta, lama e trilhos, areia ou piso de baixa aderência como grama e neve. Cada seleção oferece ajustes distintos para a resposta do acelerador, freios, controle de estabilidade, bloqueio do diferencial central, entre outros, de modo a oferecer o máximo de eficiência para superar situações adversas. Na prática, é só selecionar o tipo de terreno e acelerar com suavidade. Os controles eletrônicos cumprem as suas funções.
 
O Discovery 4 também oferece o modo de reduzida para garantir ainda mais força em situações extremas no fora de estrada. O acionamento é eletrônico, por meio de um botão no console. Em condições normais, a tração do Discovery é de 50% nas rodas dianteiras e 50% nas traseiras. Porém em condições de fora de estrada, é comum uma situação onde uma das rodas fica sem tração. Neste caso, o torque é transferido para as rodas com tração por meio do sistema de controle de estabilidade e do “blocante”. Por fim, o Discovery traz números interessantes para superar obstáculos. O SUV tem ângulo de entrada 36,2 graus e ângulo de saída de 29,6.
 
Auxílio à condução
 
O Discovery 2014 traz novas tecnologias de auxilio na condução. Ele vem equipado com o Wade Sensing. Trata-se de sensores localizados na parte inferior dos retrovisores laterais, que calculam a profundidade da água durante a travessia de uma área alagada. Ele mostra em tempo real, por meio de um gráfico na tela central do painel, quando o limite de 70 cm de água está sendo alcançado. A título de comparação, o Range Rover Sport tem submersão máxima de 85 cm e o Range Rover tem submersão máxima de 90 cm.
 
Suspensão à ar
 
A suspensão do Discovery 4 não usa molas ou amortecedores. Ela é a ar com controle eletrônico e independente nas 4 rodas. Ela foi projetada para aguentar trancos, terrenos realmente irregulares e traz alguns ajustes. O carro pode ser elevado em até 12,5 cm em velocidade limitada, para andar em situação extrema de fora de estrada. Outra função da suspensão é oferecer uma altura mais baixa, para acesso ao interior do carro. Assim, ao toque de um botão, o conjunto abaixa quando o carro esta parado, permitindo entrar e carregar o veículo com mais facilidade. Além do controle manual, o sistema opera automaticamente, subindo a suspensão (a partir da altura de acesso com o carro parado), ou abaixando a altura (quando no modo fora-de-estrada) no momento em que o carro atinge determinada velocidade. A altura máxima em relação ao solo é de 24 cm.
 
Outra vantagem é o elevadíssimo nível de conforto. A suavidade na estrada é elogiável e pode ser comparada a sedans de luxo. Mesmo no fora de estrada, o conjunto assegura conforto muito acima da média quando comparado a outros veículos de proposta semelhante.
 
Preço e Mercado
 
Fato que o Discovery 4 não é um modelo barato. O preço sugerido é de R$ 345 mil. Aliás, ele está entre os carros mais caros da categoria. Mas quando olhamos os equipamentos que o carro oferece e a elevada capacidade no fora-de-estrada, com conforto padrão “cinco estrelas”, o preço se justifica. De forma muito resumida, o Discovery 4 HSE é um veículo muito singular. Uma forma muito resumida de definir o modelo seria dizer: não importa qual será o destino. O importante é que sempre dará para ir e voltar, por mais difícil que seja o caminho, com muito conforto e sofisticação.
 
Segundo o departamento de vendas da Intercar (concessionária Land Rover em Campinas), o perfil do comprador do Discovery 4 divide-se em 60% homem e 40% mulher. No geral, esse cliente tem entre 40 e 60 anos, é casado e geralmente tem mais de 1 filho. Segundo a Intercar,o Discovery 4 não tem um concorrente direto. Isso porque, nenhum outro modelo concorrente oferece simultaneamente a versatilidade de 7 assentos com o sofisticação e a alta mobilidade (em terrenos difíceis) que o Discovery 4 oferece. Ainda segundo o departamento de vendas da Intercar, a única restrição que existe ao modelo é observada no público feminino, que acha o desenho muito quadrado. Mas essa restrição só dura até a mulher fazer um test-drive no veículo.
 
Geralmente quem faz o test-drive no Discovery 4 HSE percebe  rapidamente a incrível eficiência da suspensão à ar, o alto desempenho e baixo ruído do moto r diesel e a versatilidade da terceira fileira de bancos, destacam os executivos da Intercar. Outros itens decisivos na hora da escolha do cliente são a mini-geladeira, o teto-solar triplo e as duas telas traseiras de entretenimento. Segundo a Intercar, a versão HSE responde por 30% do mix de vendas do Discovery 4. A Versão mais vendida é a SE, com 50%. E o restante fica com a versão de entrada “S”.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!