Revista Comprecar
Avaliação: Nissan New March 1.6 SL PACK COLORS
Compacto em versão topo de linha, é ideal para cliente descolado e antenado
Avaliação: Nissan New March 1.6 SL PACK COLORS
01 de Maio de 2016

Quem já não viu o Nissan March rodando pelas ruas!? O carrinho foi o primeiro compacto popular de uma marca japonesa, a ganhar as ruas brasileiras. Mas o que pouca gente sabe, é que a Nissan vem sempre aprimorando seu compacto desde o lançamento. Mais recentemente, o carrinho ganhou uma série especial divertida: trata-se do pacote opcional “Colors”. E além disso, o March passou a ser equipado com a central multimídia mais moderna de toda a categoria, e até mesmo, uma das mais avançadas do mercado. Assim, a versão Colors que é sempre montada a partir da versão topo de linha, é ideal para quem gosta de estilo e muita tecnologia.
 
Um pouquinho da história
 
Em Maio de 2014, a Nissan deu um importante passo para sua consolidação no mercado brasileiro. Na ocasião a marca japonesa apresentou o March repaginado e também fabricado no Brasil. Para marcar esse novo momento, a Nissan preferiu rebatizar o carro como “New March”, para definir o novo ano/modelo 2015 de seu compacto. Produzido no Brasil, no novo Complexo Industrial em Resende – RJ, o New March ganhou fôlego para competir de forma mais equilibrada com os campeões de venda Palio, Gol e Onix. Com mais de 30 mil unidades vendidas desde o início da sua fabricação no Brasil, no fim do primeiro semestre de 2014 – e mais de 100 mil desde o lançamento do modelo em 2011, o March tem qualidade japonesa, design moderno e uma lista completa de equipamentos desde a primeira opção da linha.
 
No final do ano de 2015, mais duas novidades. Vendido como opcional para as versões 1.0 SV e 1.6 SL, o pacote “Colors” trouxe detalhes em cores que contrastam com a da carroceria, para criar um visual personalizado e jovial no hatch compacto. As cores diferenciadas são aplicadas em partes como aerofólio, maçanetas das portas e capas dos retrovisores, além dos tapetes em carpete e frisos das portas, dois itens que são vendidos normalmente como acessórios.
 
Além disso, a oportunidade marcou o lançamento do Nissan Multi-App. Isso incorporou o conceito dos tablets dentro do carro. Operando de forma independente, essa central não necessita do “espelhamento” de um smartphone para levar os apps do aparelho para o carro, como acontece em muitos equipamentos disponíveis no mercado.O Nissan Multi-App traz de fábrica 13 aplicativos, sendo a maior parte deles os mais utilizados. Falaremos mais adiante.
 
O que mudou na nova geração
 
Para tentar convencer o consumidor brasileiro, a marca investiu em amplo “banho de loja” no compacto. Assim, foram feitas mudanças no estilo, além da inclusão de novos recursos tecnológicos. Vale destacar que o novo desenho do carro nasceu no Brasil, para atender especificamente o gosto do cliente brasileiro.
 
Ainda que o carro traga novidades, é importante dizer que o conjunto mecânico não mudou tanto assim. Ele continua equipado com o mesmo moto r de antes, sendo o 1,6 litro - 16V flex. Além disso, ele continua a utilizar a plataforma “V” (a mesma de antes). Assim, a estrutura principal, e o entre-eixos, não mudaram.
 
Mais isso não invalida o fato do New March entregar um conjunto interessante. Mesmo na geração anterior, o March já era um compacto com bom padrão em qualidade. Como antes, o New March continua sendo um carro bastante leve. Ele tem um peso reduzido, com menos de 1.000 kg em todas as versões. Isso ajuda bastante na economia e no desempenho.
 
Aliás, estamos falando de um carro com dupla letra “A” no programa de etiquetagem do INMETRO. Entre os mais eficientes do Brasil em consumo, mesmo com moto r 1,6 litro, o New March recebe letra “A” na categoria, e também “A” em relação a todos os carros do programa.
 
Ainda que seja um compacto, o espaço interno agrada bastante. Ponto relevante que o New March traz generoso entreeixos com 2,45 m, considerando que estamos falamos de um carro com 3,83 m de comprimento. Dessa forma, o carro é bastante prático em manobras de estacionamento, sem judiar de quem viaja dentro. Aliás, o fato do New March ser um pouco mais alto que os concorrentes diretos, ajuda bastante no conforto para pessoas de maior altura, quando viajam no banco traseiro.
 
Os mais atentos vão notar no teto (visto por fora), dois vincos acentuados em forma de “V”, que lembram bumerangues. Eles têm a função de conferir maior robustez à carroceria, além de melhorar a acústico, pois contam com efeito aerodinâmico. A Nissan informa que o Cx (coeficiente de arrasto) é de 0,33, sendo a medida mais eficiente do segmento dos carros compactos.
 
Interior
 
Alvo de muitas críticas, o interior do carro melhorou consideravelmente. Para isso foram utilizados novos materiais no acabamento. Pra começar, o novo volante veio do sedan Sentra. O console foi redesenhado, junto com um novo painel de instrumentos.
 
Desde a versão de entrada o New March conta com computador de bordo com informações de autonomia, consumos instantâneo e médio. Outras facilidades presentes no New March são a abertura interna da tampa do tanque de combustível; o volante com regulagem de altura e ajuste de altura do banco do moto rista. Todos esses itens de série desde a versão de entrada.
 
No console central, na versão topo de linha, os comandos do ar-condicionado são digitais, além de oferecer o controle automático da temperatura. Pouco acima, a nova central multimedia com tela sensível ao toque.
 
Apesar da melhoria no geral, o interior do carro permanece “escuro”. Faltam botões retroiluminados a noite, e a lâmpada de leitura (única) é muito fraca. Ainda que a Nissan tenha melhorado o aspecto da cabine, o New March continua a ser um carro muito espartano, sem detalhes de estilo ou beleza na construção do interior. De forma geral, New March é muito funcional, com seus diversos consoles e porta-objetos, mas poderia ser um pouco mais bonito.
 
O porta-malas é um ponto negativo, pois oferece apenas 265 litros (um dos menores da categoria). Fica clara e evidente a vocação urbana (ou de quem não precisa de espaço para bagagens nas viagens) do compacto da Nissan. Em geral, o New March é o carro típico do solteiro ou casal sem filhos.
 
Motor 1,6 litro – 16 válvulas
 
O New March repete a bem sucedida fórmula da geração anterior. Na versão avaliada, o New March estava equipado com moto r 1,6 litro – 16 válvulas.
 
Batizado de “HR” esse moto r flex chega à 111 cavalos de potência máxima (a 5.600 rpm), com qualquer um dos combustíveis. Isso faz o New March acelerar até 100 km/h em apenas 9,8 segundos (gasolina) e 9,5 segundos (etanol). Outro ponto interessante é o bom torque de 15,1 kgfm (a 4.000 rpm). Importante dizer que 90% do torque já está disponível a 2.400 rpm. Entre as características de destaque do moto r estão: o CVVTCS (Continuosly Variable Valve Timing Control System, ou variação da abertura das válvulas), uso de corrente ao invés de correia (dispensando trocas) e velas com eletrodo de Platina substituídas apenas a cada 100 mil km.
 
Com baixo peso e um moto r relativamente potente, o desempenho do New March é realmente convincente. A Nissan fala em velocidade máxima de 191 km/h. Mas em nossos testes, chegamos perto de 200 km/h com o compacto. O bom desempenho é o ponto alto do modelo.
 
Por enquanto, só existe o New March com câmbio manual de cinco marchas. Não estão disponíveis versões robotizadas, ou automáticas, para o sistema de câmbio.
 
Suspensão eficiente
 
A suspensão é praticamente a mesma na nova geração. A partir de versão SV, o New March recebe roda de liga-leve de 15 polegadas. Com o novo tamanho das rodas e os pneus com perfil mais baixo (185/60 R15). Outro ponto forte da suspensão é a sua consistência para superar lombadas, buracos e valetas. É bem difícil o carro raspar nesses obstáculos no dia a dia.
 
Dirigibilidade
 
Sobre a geração anterior, uma das melhorias perceptíveis é o melhor tratamento acústico. E a evolução do acabamento interno, deixou o carro mais silencioso. Isso é perceptível ao volante.
 
O New March também se destaca pela facilidade nas manobras. Equipado com direção elétrica progressiva de série desde a primeira versão de acabamento, o modelo tem o menor diâmetro de giro do segmento, com apenas 4,5 m.
 
Além do duplo airbag, o New March SL é equipado com freios ABS de 9ª geração, da Bosch, com controle eletrônico de frenagem (EBD) e sistema de assistência de frenagem (BAS). Esse último é outro diferencial na categoria de carros compactos de entrada. O BAS torna a parada do carro muito mais segura, pois ajuda a calcular a velocidade e a força que o moto rista impõe no pedal em frenagens de emergência para reduzir a distância.
 
Equipamentos
 
Um dos diferenciais do Nissan New March é vir de série com itens importantes, valorizados pelo consumidor deste segmento. Entre eles estão o ar-condicionado; direção com assistência elétrica progressiva; assistente de frenagem para os freios ABS (BA); banco do moto rista com ajuste de altura e volante com ajuste de altura.
 
Mesmo na versão mais básica já estão incluídos itens como alarme sonoro de advertência para chave no contato e luzes acessa; bloqueio de ignição através de imobilizador do moto r; para-sol com espelhos cortesia para moto rista e passageiro tampa de combustível com abertura interna e volante de três raios com regulagem de altura. O pacote S acrescenta chave com telecomando para abertura e fechamento das portas e do porta-malas; retrovisores externos com regulagem elétrica; travas elétricas das portas e do porta-malas; vidros dianteiros e traseiros elétricos com a função um toque para vidro do moto rista.
 
A versão 1.6 SL Colors (avaliada aqui) acrescenta aerofólio com brake light iluminado por LED; central multimedia Android; comandos de áudio no volante; farol auxiliar dianteiro; revestimento dos bancos e tapetes com acabamento específico da versão, maçanetas internas cromadas; frisos laterais; Retrovisores externos com regulagem elétrica; vidros dianteiros e traseiros elétricos.
 
Central multimídia Android
 
Com a central Nissan no conceito Multi-App, o Nissan March muda o patamar da conectividade nos veículos compactos. Essa central realmente leva o conceito dos tablets para dentro do carro. Operando de forma independente, não necessita do “espelhamento” de um smartphone para levar os itens do aparelho para o carro, como acontece em muitos equipamentos disponíveis no mercado. Aliás, o cliente só precisa do smartphone para compartilhar o pacote de dados com a central e fazer chamadas viva-voz. De resto, a central faz tudo sozinha, incluindo a navegação por GPS (mesmo sem o pacote de dados do smartphone) utilizando o app iGo.
 
O Nissan Multi-App traz de fábrica 13 aplicativos, sendo a maior parte deles os mais utilizados atualmente: Waze, Google Chrome, Google Search, Google Maps, YouTube, Spotify, Deezer, Weather Channel, Trip Advisor, Tunein Radio, Foursquare, Skype e Onde Parar (os apps que mostram imagens, funcionam apenas com o freio de estacionamento acionado).
 
Mas se o cliente quiser mais, existe a possibilidade de baixar mais aplicativos direto do Android Play Store. E assim transferir arquivos digitais de música e fotografia para o equipamento, que conta com espaço para 1 Gb. Dessa forma, o usuário tem liberdade para personalizar o sistema ao seu gosto. Quase todos os aplicativos disponíveis para Android na loja Google Play podem ser transferidos.
 
Assim, como um tablet que não tem um chip de celular, a central Nissan Multi-App pode-se conectar em qualquer rede Wi-Fi. Se você estiver parado num posto com Wi-Fi de uma conveniência, pode baixar um jogo, navegar na net, escutar rádios on-line e tudo mais que se pode fazer num tablet Android. Com o carro em movimento, basta compartilhar a internet do smartphone (que pode ser via Wi-Fi ou Bluetooth) para manter as funcionalidades on-line.
 
O Nissan Multi-App configura-se como um completo sistema multimídia, pois também conta diversas outras funcionalidades. Com ele é possível navegar na internet; fazer buscas por comando de voz; conectar o celular para atender ligações por viva-voz (via Bluetooth); ouvir música por meio da conexão com iPod, streaming, rádio ou arquivos digitais de mp3; tocar CDs e DVDs; além de visualizar fotos e vídeos. Vale destacar que existem duas entradas USB (uma na lateral da central e outra acima do porta-luvas) que também servem para carregar dispositivos móveis.
 
Preço e mercado
 
Todas as versões do New March contam com 6 opções de cores, sendo as sólidas Preto Premium e Vermelho Alert, as metálicas Prata Classic e Cinza Magnetic e as perolizadas Azul Pacific e Branco Diamond. O preço sugerido do March Colors com moto r 1,6 litro é de R$ 49,9 mil. O New March concorre na faixa mais disputada do mercado brasileiro, de hatch-back compactos. Assim, os principais concorrentes são: VW Gol, Fiat Palio, Hyundai HB20, Toyota Etios, Chevrolet Onix, entre vários outros. Pesa a favor do carro o fato de ser uma versão realmente completa, o único com central multimídia Android e o excelente custo-benefício no momento da aquisição.

Nissan em Campinas
 
Em Campinas (e região metropolitana) é a Dahruj Nissan a responsável pelo atendimento dos carros da marca Nissan. Segundo André Scinocca, gerente de venda da concessionária, a Dahruj Nissan não perde negócio, em especial para o cliente que já tem um carro da marca, e quer trocar por outro mais novo! A concessionária fica na Avenida Orozimbo Maia, 2655 – Cambuí - Campinas – SP. Mais informações pelo telefone (19) 3705-3001. Ou conheça uma oferta de Nissan, clicando AQUI!

Avaliações < Voltar
Avaliação: Nissan New March 1.6 SL PACK COLORS
 

Avaliação: Nissan New March 1.6 SL PACK COLORS

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Compacto em versão topo de linha, é ideal para cliente descolado e antenado

01 de Maio de 2016

Quem já não viu o Nissan March rodando pelas ruas!? O carrinho foi o primeiro compacto popular de uma marca japonesa, a ganhar as ruas brasileiras. Mas o que pouca gente sabe, é que a Nissan vem sempre aprimorando seu compacto desde o lançamento. Mais recentemente, o carrinho ganhou uma série especial divertida: trata-se do pacote opcional “Colors”. E além disso, o March passou a ser equipado com a central multimídia mais moderna de toda a categoria, e até mesmo, uma das mais avançadas do mercado. Assim, a versão Colors que é sempre montada a partir da versão topo de linha, é ideal para quem gosta de estilo e muita tecnologia.
 
Um pouquinho da história
 
Em Maio de 2014, a Nissan deu um importante passo para sua consolidação no mercado brasileiro. Na ocasião a marca japonesa apresentou o March repaginado e também fabricado no Brasil. Para marcar esse novo momento, a Nissan preferiu rebatizar o carro como “New March”, para definir o novo ano/modelo 2015 de seu compacto. Produzido no Brasil, no novo Complexo Industrial em Resende – RJ, o New March ganhou fôlego para competir de forma mais equilibrada com os campeões de venda Palio, Gol e Onix. Com mais de 30 mil unidades vendidas desde o início da sua fabricação no Brasil, no fim do primeiro semestre de 2014 – e mais de 100 mil desde o lançamento do modelo em 2011, o March tem qualidade japonesa, design moderno e uma lista completa de equipamentos desde a primeira opção da linha.
 
No final do ano de 2015, mais duas novidades. Vendido como opcional para as versões 1.0 SV e 1.6 SL, o pacote “Colors” trouxe detalhes em cores que contrastam com a da carroceria, para criar um visual personalizado e jovial no hatch compacto. As cores diferenciadas são aplicadas em partes como aerofólio, maçanetas das portas e capas dos retrovisores, além dos tapetes em carpete e frisos das portas, dois itens que são vendidos normalmente como acessórios.
 
Além disso, a oportunidade marcou o lançamento do Nissan Multi-App. Isso incorporou o conceito dos tablets dentro do carro. Operando de forma independente, essa central não necessita do “espelhamento” de um smartphone para levar os apps do aparelho para o carro, como acontece em muitos equipamentos disponíveis no mercado.O Nissan Multi-App traz de fábrica 13 aplicativos, sendo a maior parte deles os mais utilizados. Falaremos mais adiante.
 
O que mudou na nova geração
 
Para tentar convencer o consumidor brasileiro, a marca investiu em amplo “banho de loja” no compacto. Assim, foram feitas mudanças no estilo, além da inclusão de novos recursos tecnológicos. Vale destacar que o novo desenho do carro nasceu no Brasil, para atender especificamente o gosto do cliente brasileiro.
 
Ainda que o carro traga novidades, é importante dizer que o conjunto mecânico não mudou tanto assim. Ele continua equipado com o mesmo moto r de antes, sendo o 1,6 litro - 16V flex. Além disso, ele continua a utilizar a plataforma “V” (a mesma de antes). Assim, a estrutura principal, e o entre-eixos, não mudaram.
 
Mais isso não invalida o fato do New March entregar um conjunto interessante. Mesmo na geração anterior, o March já era um compacto com bom padrão em qualidade. Como antes, o New March continua sendo um carro bastante leve. Ele tem um peso reduzido, com menos de 1.000 kg em todas as versões. Isso ajuda bastante na economia e no desempenho.
 
Aliás, estamos falando de um carro com dupla letra “A” no programa de etiquetagem do INMETRO. Entre os mais eficientes do Brasil em consumo, mesmo com moto r 1,6 litro, o New March recebe letra “A” na categoria, e também “A” em relação a todos os carros do programa.
 
Ainda que seja um compacto, o espaço interno agrada bastante. Ponto relevante que o New March traz generoso entreeixos com 2,45 m, considerando que estamos falamos de um carro com 3,83 m de comprimento. Dessa forma, o carro é bastante prático em manobras de estacionamento, sem judiar de quem viaja dentro. Aliás, o fato do New March ser um pouco mais alto que os concorrentes diretos, ajuda bastante no conforto para pessoas de maior altura, quando viajam no banco traseiro.
 
Os mais atentos vão notar no teto (visto por fora), dois vincos acentuados em forma de “V”, que lembram bumerangues. Eles têm a função de conferir maior robustez à carroceria, além de melhorar a acústico, pois contam com efeito aerodinâmico. A Nissan informa que o Cx (coeficiente de arrasto) é de 0,33, sendo a medida mais eficiente do segmento dos carros compactos.
 
Interior
 
Alvo de muitas críticas, o interior do carro melhorou consideravelmente. Para isso foram utilizados novos materiais no acabamento. Pra começar, o novo volante veio do sedan Sentra. O console foi redesenhado, junto com um novo painel de instrumentos.
 
Desde a versão de entrada o New March conta com computador de bordo com informações de autonomia, consumos instantâneo e médio. Outras facilidades presentes no New March são a abertura interna da tampa do tanque de combustível; o volante com regulagem de altura e ajuste de altura do banco do moto rista. Todos esses itens de série desde a versão de entrada.
 
No console central, na versão topo de linha, os comandos do ar-condicionado são digitais, além de oferecer o controle automático da temperatura. Pouco acima, a nova central multimedia com tela sensível ao toque.
 
Apesar da melhoria no geral, o interior do carro permanece “escuro”. Faltam botões retroiluminados a noite, e a lâmpada de leitura (única) é muito fraca. Ainda que a Nissan tenha melhorado o aspecto da cabine, o New March continua a ser um carro muito espartano, sem detalhes de estilo ou beleza na construção do interior. De forma geral, New March é muito funcional, com seus diversos consoles e porta-objetos, mas poderia ser um pouco mais bonito.
 
O porta-malas é um ponto negativo, pois oferece apenas 265 litros (um dos menores da categoria). Fica clara e evidente a vocação urbana (ou de quem não precisa de espaço para bagagens nas viagens) do compacto da Nissan. Em geral, o New March é o carro típico do solteiro ou casal sem filhos.
 
Motor 1,6 litro – 16 válvulas
 
O New March repete a bem sucedida fórmula da geração anterior. Na versão avaliada, o New March estava equipado com moto r 1,6 litro – 16 válvulas.
 
Batizado de “HR” esse moto r flex chega à 111 cavalos de potência máxima (a 5.600 rpm), com qualquer um dos combustíveis. Isso faz o New March acelerar até 100 km/h em apenas 9,8 segundos (gasolina) e 9,5 segundos (etanol). Outro ponto interessante é o bom torque de 15,1 kgfm (a 4.000 rpm). Importante dizer que 90% do torque já está disponível a 2.400 rpm. Entre as características de destaque do moto r estão: o CVVTCS (Continuosly Variable Valve Timing Control System, ou variação da abertura das válvulas), uso de corrente ao invés de correia (dispensando trocas) e velas com eletrodo de Platina substituídas apenas a cada 100 mil km.
 
Com baixo peso e um moto r relativamente potente, o desempenho do New March é realmente convincente. A Nissan fala em velocidade máxima de 191 km/h. Mas em nossos testes, chegamos perto de 200 km/h com o compacto. O bom desempenho é o ponto alto do modelo.
 
Por enquanto, só existe o New March com câmbio manual de cinco marchas. Não estão disponíveis versões robotizadas, ou automáticas, para o sistema de câmbio.
 
Suspensão eficiente
 
A suspensão é praticamente a mesma na nova geração. A partir de versão SV, o New March recebe roda de liga-leve de 15 polegadas. Com o novo tamanho das rodas e os pneus com perfil mais baixo (185/60 R15). Outro ponto forte da suspensão é a sua consistência para superar lombadas, buracos e valetas. É bem difícil o carro raspar nesses obstáculos no dia a dia.
 
Dirigibilidade
 
Sobre a geração anterior, uma das melhorias perceptíveis é o melhor tratamento acústico. E a evolução do acabamento interno, deixou o carro mais silencioso. Isso é perceptível ao volante.
 
O New March também se destaca pela facilidade nas manobras. Equipado com direção elétrica progressiva de série desde a primeira versão de acabamento, o modelo tem o menor diâmetro de giro do segmento, com apenas 4,5 m.
 
Além do duplo airbag, o New March SL é equipado com freios ABS de 9ª geração, da Bosch, com controle eletrônico de frenagem (EBD) e sistema de assistência de frenagem (BAS). Esse último é outro diferencial na categoria de carros compactos de entrada. O BAS torna a parada do carro muito mais segura, pois ajuda a calcular a velocidade e a força que o moto rista impõe no pedal em frenagens de emergência para reduzir a distância.
 
Equipamentos
 
Um dos diferenciais do Nissan New March é vir de série com itens importantes, valorizados pelo consumidor deste segmento. Entre eles estão o ar-condicionado; direção com assistência elétrica progressiva; assistente de frenagem para os freios ABS (BA); banco do moto rista com ajuste de altura e volante com ajuste de altura.
 
Mesmo na versão mais básica já estão incluídos itens como alarme sonoro de advertência para chave no contato e luzes acessa; bloqueio de ignição através de imobilizador do moto r; para-sol com espelhos cortesia para moto rista e passageiro tampa de combustível com abertura interna e volante de três raios com regulagem de altura. O pacote S acrescenta chave com telecomando para abertura e fechamento das portas e do porta-malas; retrovisores externos com regulagem elétrica; travas elétricas das portas e do porta-malas; vidros dianteiros e traseiros elétricos com a função um toque para vidro do moto rista.
 
A versão 1.6 SL Colors (avaliada aqui) acrescenta aerofólio com brake light iluminado por LED; central multimedia Android; comandos de áudio no volante; farol auxiliar dianteiro; revestimento dos bancos e tapetes com acabamento específico da versão, maçanetas internas cromadas; frisos laterais; Retrovisores externos com regulagem elétrica; vidros dianteiros e traseiros elétricos.
 
Central multimídia Android
 
Com a central Nissan no conceito Multi-App, o Nissan March muda o patamar da conectividade nos veículos compactos. Essa central realmente leva o conceito dos tablets para dentro do carro. Operando de forma independente, não necessita do “espelhamento” de um smartphone para levar os itens do aparelho para o carro, como acontece em muitos equipamentos disponíveis no mercado. Aliás, o cliente só precisa do smartphone para compartilhar o pacote de dados com a central e fazer chamadas viva-voz. De resto, a central faz tudo sozinha, incluindo a navegação por GPS (mesmo sem o pacote de dados do smartphone) utilizando o app iGo.
 
O Nissan Multi-App traz de fábrica 13 aplicativos, sendo a maior parte deles os mais utilizados atualmente: Waze, Google Chrome, Google Search, Google Maps, YouTube, Spotify, Deezer, Weather Channel, Trip Advisor, Tunein Radio, Foursquare, Skype e Onde Parar (os apps que mostram imagens, funcionam apenas com o freio de estacionamento acionado).
 
Mas se o cliente quiser mais, existe a possibilidade de baixar mais aplicativos direto do Android Play Store. E assim transferir arquivos digitais de música e fotografia para o equipamento, que conta com espaço para 1 Gb. Dessa forma, o usuário tem liberdade para personalizar o sistema ao seu gosto. Quase todos os aplicativos disponíveis para Android na loja Google Play podem ser transferidos.
 
Assim, como um tablet que não tem um chip de celular, a central Nissan Multi-App pode-se conectar em qualquer rede Wi-Fi. Se você estiver parado num posto com Wi-Fi de uma conveniência, pode baixar um jogo, navegar na net, escutar rádios on-line e tudo mais que se pode fazer num tablet Android. Com o carro em movimento, basta compartilhar a internet do smartphone (que pode ser via Wi-Fi ou Bluetooth) para manter as funcionalidades on-line.
 
O Nissan Multi-App configura-se como um completo sistema multimídia, pois também conta diversas outras funcionalidades. Com ele é possível navegar na internet; fazer buscas por comando de voz; conectar o celular para atender ligações por viva-voz (via Bluetooth); ouvir música por meio da conexão com iPod, streaming, rádio ou arquivos digitais de mp3; tocar CDs e DVDs; além de visualizar fotos e vídeos. Vale destacar que existem duas entradas USB (uma na lateral da central e outra acima do porta-luvas) que também servem para carregar dispositivos móveis.
 
Preço e mercado
 
Todas as versões do New March contam com 6 opções de cores, sendo as sólidas Preto Premium e Vermelho Alert, as metálicas Prata Classic e Cinza Magnetic e as perolizadas Azul Pacific e Branco Diamond. O preço sugerido do March Colors com moto r 1,6 litro é de R$ 49,9 mil. O New March concorre na faixa mais disputada do mercado brasileiro, de hatch-back compactos. Assim, os principais concorrentes são: VW Gol, Fiat Palio, Hyundai HB20, Toyota Etios, Chevrolet Onix, entre vários outros. Pesa a favor do carro o fato de ser uma versão realmente completa, o único com central multimídia Android e o excelente custo-benefício no momento da aquisição.

Nissan em Campinas
 
Em Campinas (e região metropolitana) é a Dahruj Nissan a responsável pelo atendimento dos carros da marca Nissan. Segundo André Scinocca, gerente de venda da concessionária, a Dahruj Nissan não perde negócio, em especial para o cliente que já tem um carro da marca, e quer trocar por outro mais novo! A concessionária fica na Avenida Orozimbo Maia, 2655 – Cambuí - Campinas – SP. Mais informações pelo telefone (19) 3705-3001. Ou conheça uma oferta de Nissan, clicando AQUI!

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!