Revista Comprecar
Saveiro Cross, ainda mais potente e equipada
Versão Cross da Saveiro se torna a picape mais segura da categoria
Saveiro Cross, ainda mais potente e equipada
18 de Agosto de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Em Abril de 2013, a Volkswagen apresentou a atual geração da sua picape compacta. A Saveiro recebia então o atual estilo de design dos demais carros da Volkswagen. Na oportunidade, ficou claro que a Volkswagen não iria “abandonar” o seu carro, na disputa pela preferência do consumidor, entre as picapes derivadas de automóveis. Em Março desse ano, a Saveiro Cross recebeu mais uma importante atualização: Junto com o Gol Rallye, passou a contar com o novo moto r 1,6 litro – 16 válvulas da Volkswagen. Além disso, a versão Saveiro também passou a incorporar novos equipamentos. Nessa avaliação trazemos a matéria da Saveiro Cross, a picape compacta mais equipada da categoria!
 
Estilo
 
A Saveiro Cross é a versão da picape com visual aventureiro e também a topo de linha da família. Assim, ela traz o visual dos demais veículos Cross da Volkswagen. Na dianteira, ela traz um para-choque exclusivo, incorporando os faróis auxiliares de dupla função (neblina e longo alcance). A grade do radiador e do tipo colméia vem pintada em preto brilhante, trazendo com destaque o logotipo “CROSS”. Já os retrovisores trazem a pintura Chrome Effect e luz indicadora de mudança de direção incorporada (side blinker). As rodas de liga leve de 15 polegadas têm design Atacama 4 e acabamento diamantado. Na traseira, a Saveiro Cross destaque para uma faixa na tampa da caçamba e traz de série a capota marítima. O santantônio estilizado é pintado em preto e possui braços laterais que se prolongam sobre as laterais da caçamba.
 
Muita tecnologia
 
A Saveiro Cross também conta com a nova arquitetura eletrônica, já introduzida no Gol, Voyage, Fox e CrossFox 2014. Essa estrutura permite a introdução de dispositivos e soluções voltadas à segurança e ao conforto.
 
Entre esses está o detector de colisões, que em caso de acidente ativa automaticamente as luzes de alerta e destrava as portas, facilitando a saída ou o eventual socorro aos ocupantes do carro. A picape também conta com o Emergency Stop Signal que, em freadas bruscas, aciona automaticamente as luzes de freios de forma intermitente, alertando os moto ristas que vêm atrás.
 
O “Comfort Blinker” exige apenas um ligeiro toque na alavanca do indicador de direção para acionar o pisca-pisca por alguns segundos nas trocas de faixas na pista. A nova arquitetura também permite a variação da velocidade de intermitência do limpador do para-brisa e o retorno automático das palhetas à posição de descanso quando o moto r é desligado.
 
As novidades tecnológicas
 
Na linha 2015, a Saveiro realmente avançou na tecnologia! O modelo incorporou de série, em todas as suas configurações, sistema de freio com discos nas quatro rodas. E a Saveiro Cross passou a contar também como item de série, com controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema de freios ABS com função off-road, sistema de assistência à frenagem (BAS), controle de tração (ASR) e assistente para partida em subida (HSA). Todos esses são itens inéditos na categoria.
 
Controle de estabilidade
 
Além de receber de série freios a disco nas quatro rodas, a picape é a única da categoria com o controle eletrônico de estabilidade (ESC). A função do ESC é evitar a perda de estabilidade, principalmente em curvas ou mudanças repentinas de direção.Sempre que veículo começa a perder a trajetória, o ESC atua limitando a potência do moto r, e individualmente nos freios(em cada roda, se for preciso), para estabilizar o carro.
 
Freios ABS “off-road”
 
Outra inovação são os freios ABS com função off-road, para uso em estradas não pavimentadas. Essa é uma exclusividade (que estreou na Amarok) e está agora no segmento das picapes compactas. Ativado pelo botão off-road no painel, o software de controle do ABS permite um curto travamento da roda, criando um “pequeno morrinho de terra ou areia”, à frente do pneu. Isso ajuda a reduzir o espaço de frenagem, no fora de estrada.
 
Além disso, esse ABS conta com o EBD. Esse distribui eletronicamente a força de frenagem entre os eixos traseiro e dianteiro, melhorando a eficiência durante a frenagem. A Saveiro está equipada também com o sistema MSR, que evita o escorregamento das rodas em pisos de baixo atrito devido ao efeito do freio- moto r.
 
Já o BAS, é uma função adicional do ESC. Esse atua em frenagens de emergência. O módulo do ESC identifica por meio da velocidade e rapidez de acionamento do pedal de freio, que se trata de uma frenagem de emergência. Neste momento, o sistema aumenta a pressão no circuito hidráulico e a força mais as pinças de freio, reduzir o espaço de frenagem. E por fim, outra nova função associada ao ESC, e o controle de tração (ASR). Ele impede que as rodas patinem numa forte aceleração, ou quando o veículo começa a escorregar em curvas acentuadas.
 
Bloqueio do diferencial e assistente em rampas
 
Outro equipamento especialmente útil no uso fora de estrada é o bloqueio eletrônico do diferencial (EDL). Ele aciona o freio (também individualmente) na roda com menor tração, transferindo o torque para roda que tem aderência. Ainda que esse recurso não seja tão eficiente quanto o bloqueio real do diferencial dianteiro de forma mecânica (que existe na Fiat Strada Adventure), ele cumpre o seu papel para melhor o uso da Saveiro Cross no fora-de-estrada.
 
Um equipamento que facilita a condução é o Assistente para partida em rampa (HSA), extremamente útil quando a picape esta totalmente carregada. O mecanismo impede que, durante a saída em rampas com mais de 5% de inclinação, o veículo se mova, quando o condutor solta o pedal de freio. Os freios permanecem acionados por cerca de 2 segundos após o moto rista tirar o pé do pedal de freio. Os freios são liberados progressivamente durante a aceleração, permitindo que o moto rista possa arrancar com segurança.
 
Novo moto r 1.6 litro – 16 válvulas MSI
 
A Saveiro Cross agora passa a contar com o moto r mais moderno Flex da Volkswagen, produzido no Brasil. O moto r EA211 foi com foca na eficiência energética e a performance. Esse moto r tem a configuração de quatro cilindros e 16 válvulas. O moto r também conta com sistema de partida a frio que dispensa a utilização do tanque auxiliar para gasolina.
 
Sua potência máxima é de 120 cavalos a 5.750 rpm (com etanol), e de 110 cv com gasolina na mesma rotação. O torque máximo é de 16,8 kgfm com etanol e 15,8 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rpm.
 
Esse novo moto r 1,6 litro MSI vem com bloco e cabeçote em alumínio, e conta com comando de admissão variável e coletor de escape integrado (formando uma peça única), com refrigeração líquida. Outra solução inovadora adotada no novo moto r 1.6l MSI é o duplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco e para o cabeçote – o sistema utiliza duas válvulas termostáticas.
 
O câmbio continua sendo o tradicional manual “MQ200” com cinco marchas. Não está disponível o sistema robotizado I-Motion na Saveiro.
 
Mais equipamentos de fábrica
 
A Saveiro Cross quase não tem opcionais. De série, ela traz vidros com acionamento elétrico, travamento central das portas estão presentes, protetor da caçamba, banco do moto rista com ajuste de altura e tampa da caçamba com amortecedor e chave. Ao se abrir a tampa da caçamba, uma mola interna alivia o peso, permitindo que o cliente use apenas uma mão para abrir ou fechar a tampa. E isso também evita que a tampa “caia” na abertura.
 
Outros itens presentes são: direção hidráulica, faróis duplos com máscara negra, chave canivete, airbags frontais (com recurso para desativação do airbag do passageiro) e freios ABS. O I-System também é de série. Através dele é possível controlar o rádio, o status do telefone (se está ou não conectado com o Bluetooth) e os dados do computador de bordo (que informa distância percorrida, tempo de viagem, velocidade digital, consumos instantâneo e médio de combustível e autonomia). O I-System permite ainda configurar funções do veículo. Entre os ajustes disponíveis estão ECO Comfort, que emite uma série de mensagens no painel, orientando o moto rista a dirigir de forma mais econômica. Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: “Não acionar o pedal do acelerador na partida do moto r” e “Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado”.
 
Junto com o ajuste elétrico dos espelhos retrovisores, a picape inclui a função "tilt down”. Ele regula o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna à posição que estava ajustado previamente.
 
Para facilitar as manobras, a Saveiro Cross traz sensores de aproximação traseiros. Dessa forma, o rádio mostra uma visão gráfica do veículo que indica a aproximação dos obstáculos através de uma barra, juntamente com um sinal sonoro. Esse radio tem inclui as funções de AM/FM e CD/MP3 player. Traz também entradas Auxiliar e USB. Outra opção é a conexão Bluetooth para telefone, que possibilita ao moto rista efetuar ou receber chamadas telefônicas utilizando apenas as teclas do volante multifuncional, com armazenamento da agenda. É possível ainda realizar áudio streaming – sincronizar com o aparelho de som os arquivos de áudio armazenados no celular.
 
Por fim, a versão Cross tem destaques exclusivos como: pneus 205/60 R15 All Terrain; molduras alargadas das caixas de roda; capota marítima e ganchos deslizantes na caçamba; faróis auxiliares de dupla ação (neblina e milha) e pedais de alumínio. Os únicos opcionais são: o revestimento dos bancos em couro sintético e o pacote tecnologia (que engloba o controle de cruziero, o espelho retrovisor interno antiofuscante, o limpador do para-brisa com temporizador e os sensores de chuva e crepuscular com função "Coming & Leaving home").
 
Caçamba funcional
 
O compartimento de carga da Saveiro tem como destaque o distanciamento entre as caixas de rodas com mais de um metro, que possibilita a acomodação de cargas mais largas. É possível acomodar um pallet (padrão europeu).
 
A fixação da carga é facilitada pelos pontos de ancoragem e pode ser flexibilizada pelos trilhos com ganchos deslizantes. O rack posicionado no teto da cabine viabiliza o transporte de cargas mais longas, enquanto os degraus laterais externos facilitam a manipulação da carga, assim como a tampa traseira que, quando aberta, fica nivelada com o assoalho da caçamba. Na Saveiro Cross o espaço da caçamba é de 734 litros, com carga útil de 700 kg.
 
Desempenho e dirigibilidade
 
A Saveiro Cross melhorou tanto na economia, quanto no desempenho. Quando abastecido com etanol, a picape acelera de 0 a 100 km/h em 10 segundos e atinge velocidade máxima de 182 km/h. Com gasolina são 11 segundos para a aceleração de 0 a 100 km/h e 179 km/h de velocidade máxima. Considerando que estamos falando de um modelo 1,6 litro, os resultados são expressivos.
 
Ainda que o novo moto r não tenha a classificação do INMETRO no programa de etiquetagem, pode-se afirmar que sua eficiência é boa. Na estrada, usando etanol, e com velocidade média de 110 km/h (com ar-condicionado ligado) a Saveiro Cross conseguiu média de 10,5 km/l.
 
Existe ainda a questão da dirigibilidade geral com o novo moto r, que não dá para explicar apenas com números. O antigo moto r 8 válvulas se apresentava muito limitado em rotações elevadas. Agora, com o moto r 1,6 litro- 16v, a picape está mais disposta. É expressivo o ganho em situações onde o moto r é exigido, principalmente nas retomadas de velocidade. Quem gosta de “acelerar”, certamente vai achar a picape muito mais divertida.
 
Outra questão que merece atenção é a excelente mobilidade da picape. Como a suspensão na Cross é mais elevada, a picape praticamente não bate em lombadas ou valetas. Ela supera todos esses obstáculos com total tranquilidade. Subir e descer guias é uma tarefa simples e tranquila.
 
Mesmo no fora de estrada (estrada de terra ou areia) a Saveiro Cross encara com facilidade. Desde que o moto rista não invente de fazer aventuras em trilhas (que exigem um 4x4 de verdade), a Saveiro Cross não vai entregar os pontos.
 
Sem medo de errar, estamos falando da melhor picape derivada de automóvel, da categoria, mesmo que a Saveiro Cross não seja a melhor em tudo. No fora de estrada, por exemplo, a Strada Adventure (com o Locker) certamente terá desempenho melhor. A Strada também se mostrará mais disposta para o trabalho pesado, em função da suspensão traseira com feixe de molas. Na Saveiro, o suspensão utiliza molas e amortecedores semelhantes ao de automóveis. E a caçamba da Chevrolet Montana, também é maior, permitindo o transporte de uma moto .
 
Mas no geral, a Saveiro Cross é de longe a picape mais gostosa de ser dirigida. Também é a mais equipada e segura da categoria, com diversos equipamentos não encontrados nas concorrentes. Para quem procura uma picape para o dia a dia, numa utilização corriqueira, não abre mão do estilo e da modernidade, a Saveiro Cross é imbatível!
 
Preço e mercado
 
Segundo Eduardo Bassanezi (gerente de vendas da Volkswagen Abrão Reze Sorocaba), a Saveiro Cross é um carro focado no cliente “pessoa física”. Eduardo comenta: Quem compra esse modelo, vai utilizar no dia a dia e no lazer. Não é um carro para trabalho. A escolha por essa versão se dá principalmente pelo visual diferenciado e pelo elevado desempenho, quando comparado as outras picapes compactas. Eduardo ainda comenta que o cliente é 80% homem, com idade entre 20 e 40 anos. Uma das coisas que o comprador mais sente falta na Saveiro Cross, é justamente a falta da opção da cabine dupla. E ainda que a Saveiro não seja barata, o cliente é muito fiel à marca, conclui Eduardo.
 
A Saveiro Cross realmente não é uma picape barata. Com todos os opcionais e pintura especial, o preço sugerido é de R$ 58 mil.

Avaliações < Voltar
Saveiro Cross, ainda mais potente e equipada
 

Saveiro Cross, ainda mais potente e equipada

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Versão Cross da Saveiro se torna a picape mais segura da categoria

18 de Agosto de 2014

Por Jorge Augusto
Fotos: Marcelo Alexandre

Em Abril de 2013, a Volkswagen apresentou a atual geração da sua picape compacta. A Saveiro recebia então o atual estilo de design dos demais carros da Volkswagen. Na oportunidade, ficou claro que a Volkswagen não iria “abandonar” o seu carro, na disputa pela preferência do consumidor, entre as picapes derivadas de automóveis. Em Março desse ano, a Saveiro Cross recebeu mais uma importante atualização: Junto com o Gol Rallye, passou a contar com o novo moto r 1,6 litro – 16 válvulas da Volkswagen. Além disso, a versão Saveiro também passou a incorporar novos equipamentos. Nessa avaliação trazemos a matéria da Saveiro Cross, a picape compacta mais equipada da categoria!
 
Estilo
 
A Saveiro Cross é a versão da picape com visual aventureiro e também a topo de linha da família. Assim, ela traz o visual dos demais veículos Cross da Volkswagen. Na dianteira, ela traz um para-choque exclusivo, incorporando os faróis auxiliares de dupla função (neblina e longo alcance). A grade do radiador e do tipo colméia vem pintada em preto brilhante, trazendo com destaque o logotipo “CROSS”. Já os retrovisores trazem a pintura Chrome Effect e luz indicadora de mudança de direção incorporada (side blinker). As rodas de liga leve de 15 polegadas têm design Atacama 4 e acabamento diamantado. Na traseira, a Saveiro Cross destaque para uma faixa na tampa da caçamba e traz de série a capota marítima. O santantônio estilizado é pintado em preto e possui braços laterais que se prolongam sobre as laterais da caçamba.
 
Muita tecnologia
 
A Saveiro Cross também conta com a nova arquitetura eletrônica, já introduzida no Gol, Voyage, Fox e CrossFox 2014. Essa estrutura permite a introdução de dispositivos e soluções voltadas à segurança e ao conforto.
 
Entre esses está o detector de colisões, que em caso de acidente ativa automaticamente as luzes de alerta e destrava as portas, facilitando a saída ou o eventual socorro aos ocupantes do carro. A picape também conta com o Emergency Stop Signal que, em freadas bruscas, aciona automaticamente as luzes de freios de forma intermitente, alertando os moto ristas que vêm atrás.
 
O “Comfort Blinker” exige apenas um ligeiro toque na alavanca do indicador de direção para acionar o pisca-pisca por alguns segundos nas trocas de faixas na pista. A nova arquitetura também permite a variação da velocidade de intermitência do limpador do para-brisa e o retorno automático das palhetas à posição de descanso quando o moto r é desligado.
 
As novidades tecnológicas
 
Na linha 2015, a Saveiro realmente avançou na tecnologia! O modelo incorporou de série, em todas as suas configurações, sistema de freio com discos nas quatro rodas. E a Saveiro Cross passou a contar também como item de série, com controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema de freios ABS com função off-road, sistema de assistência à frenagem (BAS), controle de tração (ASR) e assistente para partida em subida (HSA). Todos esses são itens inéditos na categoria.
 
Controle de estabilidade
 
Além de receber de série freios a disco nas quatro rodas, a picape é a única da categoria com o controle eletrônico de estabilidade (ESC). A função do ESC é evitar a perda de estabilidade, principalmente em curvas ou mudanças repentinas de direção.Sempre que veículo começa a perder a trajetória, o ESC atua limitando a potência do moto r, e individualmente nos freios(em cada roda, se for preciso), para estabilizar o carro.
 
Freios ABS “off-road”
 
Outra inovação são os freios ABS com função off-road, para uso em estradas não pavimentadas. Essa é uma exclusividade (que estreou na Amarok) e está agora no segmento das picapes compactas. Ativado pelo botão off-road no painel, o software de controle do ABS permite um curto travamento da roda, criando um “pequeno morrinho de terra ou areia”, à frente do pneu. Isso ajuda a reduzir o espaço de frenagem, no fora de estrada.
 
Além disso, esse ABS conta com o EBD. Esse distribui eletronicamente a força de frenagem entre os eixos traseiro e dianteiro, melhorando a eficiência durante a frenagem. A Saveiro está equipada também com o sistema MSR, que evita o escorregamento das rodas em pisos de baixo atrito devido ao efeito do freio- moto r.
 
Já o BAS, é uma função adicional do ESC. Esse atua em frenagens de emergência. O módulo do ESC identifica por meio da velocidade e rapidez de acionamento do pedal de freio, que se trata de uma frenagem de emergência. Neste momento, o sistema aumenta a pressão no circuito hidráulico e a força mais as pinças de freio, reduzir o espaço de frenagem. E por fim, outra nova função associada ao ESC, e o controle de tração (ASR). Ele impede que as rodas patinem numa forte aceleração, ou quando o veículo começa a escorregar em curvas acentuadas.
 
Bloqueio do diferencial e assistente em rampas
 
Outro equipamento especialmente útil no uso fora de estrada é o bloqueio eletrônico do diferencial (EDL). Ele aciona o freio (também individualmente) na roda com menor tração, transferindo o torque para roda que tem aderência. Ainda que esse recurso não seja tão eficiente quanto o bloqueio real do diferencial dianteiro de forma mecânica (que existe na Fiat Strada Adventure), ele cumpre o seu papel para melhor o uso da Saveiro Cross no fora-de-estrada.
 
Um equipamento que facilita a condução é o Assistente para partida em rampa (HSA), extremamente útil quando a picape esta totalmente carregada. O mecanismo impede que, durante a saída em rampas com mais de 5% de inclinação, o veículo se mova, quando o condutor solta o pedal de freio. Os freios permanecem acionados por cerca de 2 segundos após o moto rista tirar o pé do pedal de freio. Os freios são liberados progressivamente durante a aceleração, permitindo que o moto rista possa arrancar com segurança.
 
Novo moto r 1.6 litro – 16 válvulas MSI
 
A Saveiro Cross agora passa a contar com o moto r mais moderno Flex da Volkswagen, produzido no Brasil. O moto r EA211 foi com foca na eficiência energética e a performance. Esse moto r tem a configuração de quatro cilindros e 16 válvulas. O moto r também conta com sistema de partida a frio que dispensa a utilização do tanque auxiliar para gasolina.
 
Sua potência máxima é de 120 cavalos a 5.750 rpm (com etanol), e de 110 cv com gasolina na mesma rotação. O torque máximo é de 16,8 kgfm com etanol e 15,8 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rpm.
 
Esse novo moto r 1,6 litro MSI vem com bloco e cabeçote em alumínio, e conta com comando de admissão variável e coletor de escape integrado (formando uma peça única), com refrigeração líquida. Outra solução inovadora adotada no novo moto r 1.6l MSI é o duplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco e para o cabeçote – o sistema utiliza duas válvulas termostáticas.
 
O câmbio continua sendo o tradicional manual “MQ200” com cinco marchas. Não está disponível o sistema robotizado I-Motion na Saveiro.
 
Mais equipamentos de fábrica
 
A Saveiro Cross quase não tem opcionais. De série, ela traz vidros com acionamento elétrico, travamento central das portas estão presentes, protetor da caçamba, banco do moto rista com ajuste de altura e tampa da caçamba com amortecedor e chave. Ao se abrir a tampa da caçamba, uma mola interna alivia o peso, permitindo que o cliente use apenas uma mão para abrir ou fechar a tampa. E isso também evita que a tampa “caia” na abertura.
 
Outros itens presentes são: direção hidráulica, faróis duplos com máscara negra, chave canivete, airbags frontais (com recurso para desativação do airbag do passageiro) e freios ABS. O I-System também é de série. Através dele é possível controlar o rádio, o status do telefone (se está ou não conectado com o Bluetooth) e os dados do computador de bordo (que informa distância percorrida, tempo de viagem, velocidade digital, consumos instantâneo e médio de combustível e autonomia). O I-System permite ainda configurar funções do veículo. Entre os ajustes disponíveis estão ECO Comfort, que emite uma série de mensagens no painel, orientando o moto rista a dirigir de forma mais econômica. Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: “Não acionar o pedal do acelerador na partida do moto r” e “Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado”.
 
Junto com o ajuste elétrico dos espelhos retrovisores, a picape inclui a função "tilt down”. Ele regula o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna à posição que estava ajustado previamente.
 
Para facilitar as manobras, a Saveiro Cross traz sensores de aproximação traseiros. Dessa forma, o rádio mostra uma visão gráfica do veículo que indica a aproximação dos obstáculos através de uma barra, juntamente com um sinal sonoro. Esse radio tem inclui as funções de AM/FM e CD/MP3 player. Traz também entradas Auxiliar e USB. Outra opção é a conexão Bluetooth para telefone, que possibilita ao moto rista efetuar ou receber chamadas telefônicas utilizando apenas as teclas do volante multifuncional, com armazenamento da agenda. É possível ainda realizar áudio streaming – sincronizar com o aparelho de som os arquivos de áudio armazenados no celular.
 
Por fim, a versão Cross tem destaques exclusivos como: pneus 205/60 R15 All Terrain; molduras alargadas das caixas de roda; capota marítima e ganchos deslizantes na caçamba; faróis auxiliares de dupla ação (neblina e milha) e pedais de alumínio. Os únicos opcionais são: o revestimento dos bancos em couro sintético e o pacote tecnologia (que engloba o controle de cruziero, o espelho retrovisor interno antiofuscante, o limpador do para-brisa com temporizador e os sensores de chuva e crepuscular com função "Coming & Leaving home").
 
Caçamba funcional
 
O compartimento de carga da Saveiro tem como destaque o distanciamento entre as caixas de rodas com mais de um metro, que possibilita a acomodação de cargas mais largas. É possível acomodar um pallet (padrão europeu).
 
A fixação da carga é facilitada pelos pontos de ancoragem e pode ser flexibilizada pelos trilhos com ganchos deslizantes. O rack posicionado no teto da cabine viabiliza o transporte de cargas mais longas, enquanto os degraus laterais externos facilitam a manipulação da carga, assim como a tampa traseira que, quando aberta, fica nivelada com o assoalho da caçamba. Na Saveiro Cross o espaço da caçamba é de 734 litros, com carga útil de 700 kg.
 
Desempenho e dirigibilidade
 
A Saveiro Cross melhorou tanto na economia, quanto no desempenho. Quando abastecido com etanol, a picape acelera de 0 a 100 km/h em 10 segundos e atinge velocidade máxima de 182 km/h. Com gasolina são 11 segundos para a aceleração de 0 a 100 km/h e 179 km/h de velocidade máxima. Considerando que estamos falando de um modelo 1,6 litro, os resultados são expressivos.
 
Ainda que o novo moto r não tenha a classificação do INMETRO no programa de etiquetagem, pode-se afirmar que sua eficiência é boa. Na estrada, usando etanol, e com velocidade média de 110 km/h (com ar-condicionado ligado) a Saveiro Cross conseguiu média de 10,5 km/l.
 
Existe ainda a questão da dirigibilidade geral com o novo moto r, que não dá para explicar apenas com números. O antigo moto r 8 válvulas se apresentava muito limitado em rotações elevadas. Agora, com o moto r 1,6 litro- 16v, a picape está mais disposta. É expressivo o ganho em situações onde o moto r é exigido, principalmente nas retomadas de velocidade. Quem gosta de “acelerar”, certamente vai achar a picape muito mais divertida.
 
Outra questão que merece atenção é a excelente mobilidade da picape. Como a suspensão na Cross é mais elevada, a picape praticamente não bate em lombadas ou valetas. Ela supera todos esses obstáculos com total tranquilidade. Subir e descer guias é uma tarefa simples e tranquila.
 
Mesmo no fora de estrada (estrada de terra ou areia) a Saveiro Cross encara com facilidade. Desde que o moto rista não invente de fazer aventuras em trilhas (que exigem um 4x4 de verdade), a Saveiro Cross não vai entregar os pontos.
 
Sem medo de errar, estamos falando da melhor picape derivada de automóvel, da categoria, mesmo que a Saveiro Cross não seja a melhor em tudo. No fora de estrada, por exemplo, a Strada Adventure (com o Locker) certamente terá desempenho melhor. A Strada também se mostrará mais disposta para o trabalho pesado, em função da suspensão traseira com feixe de molas. Na Saveiro, o suspensão utiliza molas e amortecedores semelhantes ao de automóveis. E a caçamba da Chevrolet Montana, também é maior, permitindo o transporte de uma moto .
 
Mas no geral, a Saveiro Cross é de longe a picape mais gostosa de ser dirigida. Também é a mais equipada e segura da categoria, com diversos equipamentos não encontrados nas concorrentes. Para quem procura uma picape para o dia a dia, numa utilização corriqueira, não abre mão do estilo e da modernidade, a Saveiro Cross é imbatível!
 
Preço e mercado
 
Segundo Eduardo Bassanezi (gerente de vendas da Volkswagen Abrão Reze Sorocaba), a Saveiro Cross é um carro focado no cliente “pessoa física”. Eduardo comenta: Quem compra esse modelo, vai utilizar no dia a dia e no lazer. Não é um carro para trabalho. A escolha por essa versão se dá principalmente pelo visual diferenciado e pelo elevado desempenho, quando comparado as outras picapes compactas. Eduardo ainda comenta que o cliente é 80% homem, com idade entre 20 e 40 anos. Uma das coisas que o comprador mais sente falta na Saveiro Cross, é justamente a falta da opção da cabine dupla. E ainda que a Saveiro não seja barata, o cliente é muito fiel à marca, conclui Eduardo.
 
A Saveiro Cross realmente não é uma picape barata. Com todos os opcionais e pintura especial, o preço sugerido é de R$ 58 mil.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!