Revista Comprecar
Bridgestone e a tecnologia para estimar o desgaste dos pneus
A inovação proporcionará melhor experiência de condução, bem como o controle da durabilidade do pneu
Bridgestone e a tecnologia para estimar o desgaste dos pneus
15 de Janeiro de 2015

A Bridgestone Corporation está desenvolvendo uma nova tecnologia para estimar o desgaste dos pneus e sua profundidade de sulcos. Baseado no conceito  denominado CAIS (Contact Area Information Sensing), essa nova tecnologia permitirá ao usuário identificar o momento mais adequado para a substituição dos pneus.
 
Com o passar do tempo, os pneus começam a ficar desgastados. Com isso, sua capacidade de tração em pisos molhados pode diminuir, aumentando o potencial de ocorrências causadas pela pouca aderência ao solo. Além disso, um pneumático que esteja desgastado de forma irregular ou desigual corre maior risco de causar um mau funcionamento no veículo. 
 
A nova tecnologia utiliza sensores ligados ao interior dos pneus para obter informações sobre as alterações na banda de rodagem durante a condução do veículo. Ao analisar essas informações, o dispositivo realiza uma estimativa em tempo real das condições de desgaste do pneu.
 
Ao fornecer informações sobre os pneus e pisos em tempo real aos moto ristas, como a profundidade remanescente e se os pneus estão se desgastando irregularmente, o sensor contribuirá para a melhoria da condução do veículo, permitindo que o moto rista julgue o momento mais adequado para a substituição dos pneus. Além disso, essa nova tecnologia permite que os consumidores percebam o tempo ideal para o rodízio dos pneus, permitindo utilizar os pneumáticos durante o maior período possível e evitando o desgaste irregular e o desperdício.

Notícias < Voltar
Bridgestone e a tecnologia para estimar o desgaste dos pneus
 

Bridgestone e a tecnologia para estimar o desgaste dos pneus

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

A inovação proporcionará melhor experiência de condução, bem como o controle da durabilidade do pneu

15 de Janeiro de 2015

A Bridgestone Corporation está desenvolvendo uma nova tecnologia para estimar o desgaste dos pneus e sua profundidade de sulcos. Baseado no conceito  denominado CAIS (Contact Area Information Sensing), essa nova tecnologia permitirá ao usuário identificar o momento mais adequado para a substituição dos pneus.
 
Com o passar do tempo, os pneus começam a ficar desgastados. Com isso, sua capacidade de tração em pisos molhados pode diminuir, aumentando o potencial de ocorrências causadas pela pouca aderência ao solo. Além disso, um pneumático que esteja desgastado de forma irregular ou desigual corre maior risco de causar um mau funcionamento no veículo. 
 
A nova tecnologia utiliza sensores ligados ao interior dos pneus para obter informações sobre as alterações na banda de rodagem durante a condução do veículo. Ao analisar essas informações, o dispositivo realiza uma estimativa em tempo real das condições de desgaste do pneu.
 
Ao fornecer informações sobre os pneus e pisos em tempo real aos moto ristas, como a profundidade remanescente e se os pneus estão se desgastando irregularmente, o sensor contribuirá para a melhoria da condução do veículo, permitindo que o moto rista julgue o momento mais adequado para a substituição dos pneus. Além disso, essa nova tecnologia permite que os consumidores percebam o tempo ideal para o rodízio dos pneus, permitindo utilizar os pneumáticos durante o maior período possível e evitando o desgaste irregular e o desperdício.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!