Revista Comprecar
Camaro Conversível, agora no Brasil
Com capota de lona, conversível traz o mesmo motor V8 de 406 cv.
Camaro Conversível, agora no Brasil
09 de Junho de 2014

por Jorge Augusto

A Chevrolet anunciou oficialmente no Brasil o Chevrolet Camaro &tipo=1"> Camaro na versão conversível. Assim como o cupê, o modelo conversível também traz o mesmo moto r V8 com 6.2 litros e as mesmas tecnologias da versão cupê. O detalhe interessante é que a capota conta acionamento elétrico, e é totalmente rebatível.
 
Como acontece em todos os modelos conversíveis, o carro precisou receber reforços estruturais na parte dianteira e traseira, para garantir a rigidez necessária em curvas e retas.
 
Seguindo o mesmo estilo “Muscle Car” da nova geração do Camaro , a capota Twillfast é feita em lona, e revestida em espuma acústica. Traz ainda vidro traseiro térmico. Dessa forma, a versão conversível mantém o mesmo nível de ruído do cupê.
 
Essa capota foi feita em parceria com o fabricante da capota do Corvette. Em ambos, o funcionamento do teto removível é parecido. No Camaro , os vidros abaixam e a capota se dobra em um movimento “Z”, em 20 segundos. Por segurança, há uma trava de acionamento manual. A operação exige que o veículo esteja parado, com a alavanca da transmissão na posição “P” (Parking). Curioso esse fato, pois modelos como o Peugeot 308 CC e BMW Z4, podem operar a capota mesmo com o carro em movimento, desde que a velocidade seja inferior à 20 km/h.
 
O Camaro &tipo=1"> Camaro conversível já incorpora as mudanças visuais do modelo cupê 2014. Além da capota de lona, o novo modelo se diferencia pela antena “tubarão” sobre a tampa do porta-malas.
 
Por dentro, nenhuma novidade expressiva. Os mostradores do painel e do console apresentam o mesmo visual. Destaque para o sistema de projeção de informações no para-brisa. Esse Heads-Up Display (HUD) traz dados como a rotação do moto r, o ponto ideal de troca de marcha, a velocidade e a aceleração lateral. O condutor ainda pode configurar o sistema para receber as instruções do sistema de navegação e da mídia que está sendo tocada.
 
Assim como o cupê, o Camaro &tipo=1"> Camaro Conversível vem equipado com tração traseira e moto r Chevrolet Small Block V8 6.2L de 406 cavalos e 56,7 kgfm de torque. Em velocidades de cruzeiro, o sistema de gerenciamento do moto r pode desligar metade dos cilindros, para reduzir o consumo de combustível.
 
O Camaro &tipo=1"> Camaro conversível já está disponível em quatro opções de cores: Preto Global, Branco Summit, Amarelo Lemon Peel, Cinza Ashen. E parece que a Chevrolet Brasil ficou com saudade da música de sertanejo que falava do “ Camaro Amarelo” da geração anterior. Bem diferente do lançamento da nova geração do Camaro &tipo=1"> Camaro cupê, regado a muito Rock´n´Roll no melhor estilo Black Sabbath, com os carros nas cores branca e preta, agora a cor do lançamento é a “amarela”. O preço sugerido é de R$ 240 mil.

Lançamentos < Voltar
Camaro Conversível, agora no Brasil
 

Camaro Conversível, agora no Brasil

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Com capota de lona, conversível traz o mesmo motor V8 de 406 cv.

09 de Junho de 2014

por Jorge Augusto

A Chevrolet anunciou oficialmente no Brasil o Chevrolet Camaro &tipo=1"> Camaro na versão conversível. Assim como o cupê, o modelo conversível também traz o mesmo moto r V8 com 6.2 litros e as mesmas tecnologias da versão cupê. O detalhe interessante é que a capota conta acionamento elétrico, e é totalmente rebatível.
 
Como acontece em todos os modelos conversíveis, o carro precisou receber reforços estruturais na parte dianteira e traseira, para garantir a rigidez necessária em curvas e retas.
 
Seguindo o mesmo estilo “Muscle Car” da nova geração do Camaro , a capota Twillfast é feita em lona, e revestida em espuma acústica. Traz ainda vidro traseiro térmico. Dessa forma, a versão conversível mantém o mesmo nível de ruído do cupê.
 
Essa capota foi feita em parceria com o fabricante da capota do Corvette. Em ambos, o funcionamento do teto removível é parecido. No Camaro , os vidros abaixam e a capota se dobra em um movimento “Z”, em 20 segundos. Por segurança, há uma trava de acionamento manual. A operação exige que o veículo esteja parado, com a alavanca da transmissão na posição “P” (Parking). Curioso esse fato, pois modelos como o Peugeot 308 CC e BMW Z4, podem operar a capota mesmo com o carro em movimento, desde que a velocidade seja inferior à 20 km/h.
 
O Camaro &tipo=1"> Camaro conversível já incorpora as mudanças visuais do modelo cupê 2014. Além da capota de lona, o novo modelo se diferencia pela antena “tubarão” sobre a tampa do porta-malas.
 
Por dentro, nenhuma novidade expressiva. Os mostradores do painel e do console apresentam o mesmo visual. Destaque para o sistema de projeção de informações no para-brisa. Esse Heads-Up Display (HUD) traz dados como a rotação do moto r, o ponto ideal de troca de marcha, a velocidade e a aceleração lateral. O condutor ainda pode configurar o sistema para receber as instruções do sistema de navegação e da mídia que está sendo tocada.
 
Assim como o cupê, o Camaro &tipo=1"> Camaro Conversível vem equipado com tração traseira e moto r Chevrolet Small Block V8 6.2L de 406 cavalos e 56,7 kgfm de torque. Em velocidades de cruzeiro, o sistema de gerenciamento do moto r pode desligar metade dos cilindros, para reduzir o consumo de combustível.
 
O Camaro &tipo=1"> Camaro conversível já está disponível em quatro opções de cores: Preto Global, Branco Summit, Amarelo Lemon Peel, Cinza Ashen. E parece que a Chevrolet Brasil ficou com saudade da música de sertanejo que falava do “ Camaro Amarelo” da geração anterior. Bem diferente do lançamento da nova geração do Camaro &tipo=1"> Camaro cupê, regado a muito Rock´n´Roll no melhor estilo Black Sabbath, com os carros nas cores branca e preta, agora a cor do lançamento é a “amarela”. O preço sugerido é de R$ 240 mil.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!