Revista Comprecar
Fábrica de motores da Renault completa 15 anos
Unidade já produziu mais de 3,2 milhões, sendo 40% para exportação
Fábrica de motores da Renault completa 15 anos
01 de Dezembro de 2014

Inaugurada em dezembro de 1999, a Fábrica de Motores da Renault do Brasil está completando 15 anos com de mais de 3,2 milhões de unidades produzidas, dos quais 40% exportados para países como Argentina e Colômbia. Instalada no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), sua capacidade instalada é de 400 mil moto res por ano.
 
A Fábrica de Motores, inaugurada um ano após o início das operações da Fábrica de Veículos de Passeio (1998), emprega hoje aproximadamente 450 colaboradores diretos. Em suas linhas são produzidos os moto res 1.0, 1.2 e 1.6 de 8V e 16V, nas versões a gasolina e bicombustível, que equipam modelos como o Novo Logan, Duster, Sandero, Clio, Kangoo e Fluence, além dos Nissan Livina e March.
 
Os moto res Renault ganharam destaque no mercado brasileiro pela robustez e economia. Com eles, seis modelos da marca - Logan, Sandero, Duster e Kangoo, Clio e Fluence - ganharam nota máxima (“A”) no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), elaborado pelo Inmetro, por apresentarem o menor nível de consumo de combustível nos seus segmentos; mereceram também a certificação do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural (Conpet).
 
A eficiência alcançada por estes moto res está diretamente ligada ao trabalho desenvolvido pelo Renault Tecnologia Américas (RTA), criado em 2007, que conta com cerca de 600 engenheiros no Brasil. Os moto res produzidos no País carregam também todo o know how adquirido pela Renault em seus mais de 100 anos de história no setor automotivo e automobilístico mundial.

Notícias < Voltar
Fábrica de motores da Renault completa 15 anos
 

Fábrica de motores da Renault completa 15 anos

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Unidade já produziu mais de 3,2 milhões, sendo 40% para exportação

01 de Dezembro de 2014

Inaugurada em dezembro de 1999, a Fábrica de Motores da Renault do Brasil está completando 15 anos com de mais de 3,2 milhões de unidades produzidas, dos quais 40% exportados para países como Argentina e Colômbia. Instalada no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), sua capacidade instalada é de 400 mil moto res por ano.
 
A Fábrica de Motores, inaugurada um ano após o início das operações da Fábrica de Veículos de Passeio (1998), emprega hoje aproximadamente 450 colaboradores diretos. Em suas linhas são produzidos os moto res 1.0, 1.2 e 1.6 de 8V e 16V, nas versões a gasolina e bicombustível, que equipam modelos como o Novo Logan, Duster, Sandero, Clio, Kangoo e Fluence, além dos Nissan Livina e March.
 
Os moto res Renault ganharam destaque no mercado brasileiro pela robustez e economia. Com eles, seis modelos da marca - Logan, Sandero, Duster e Kangoo, Clio e Fluence - ganharam nota máxima (“A”) no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), elaborado pelo Inmetro, por apresentarem o menor nível de consumo de combustível nos seus segmentos; mereceram também a certificação do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural (Conpet).
 
A eficiência alcançada por estes moto res está diretamente ligada ao trabalho desenvolvido pelo Renault Tecnologia Américas (RTA), criado em 2007, que conta com cerca de 600 engenheiros no Brasil. Os moto res produzidos no País carregam também todo o know how adquirido pela Renault em seus mais de 100 anos de história no setor automotivo e automobilístico mundial.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!