Revista Comprecar
Fiat apresenta Mobi Drive com o motor Firefly de 3 cilindros – 6 válvulas
A nova versão Drive chega para ampliar a oferta com mais desempenho, conectividade e muita economia de combustível
Fiat apresenta Mobi Drive com o motor Firefly de 3 cilindros – 6 válvulas
24 de Novembro de 2016

O Fiat Mobi Drive chegou ao mercado para romper barreiras, e criar um novo patamar de referência no quesito economia de combustível. Para isso, o micro compacto (segundo a classificação do INMETRO) chega equipado com o novo moto r Firefly 1.0 três cilindros – seis válvulas, que a marca apresentou recentemente. Esse moto r é resultado de desenvolvimento global da FCA, que tem o Brasil como seu mercado de estreia.
 
Esse moto r traz a arquitetura de duas válvulas por cilindro com geometria do conjunto otimizada. Isso é uma novidade da FCA que melhora o rendimento do moto r em giros reduzidos. Ou seja, a Fiat desenhou o moto r para ser utilizado essencialmente na cidade, onde o moto rista, dificilmente, utiliza alta rotação do moto r. E se usa, é por pouco tempo. Assim, o moto r foi desenhado desde o zero, para render o melhor possível em acelerações curtas. Dessa foram, a potência máxima chega à 77 cv, enquanto o torque máximo é de expressivos 10,9 kgfm, a apenas 3.250 rpm (valores com etanol). Esse é o maior torque do mercado, entre os moto res 1.0 litros de 3 cilindros, com aspiração natural (sem turbo).
 
Outra novidade, é que esse moto r chega equipado com o sistema HCSS, que elimina a necessidade do tanquinho extra (de gasolina) para partidas a frio. Segundo a Fiat, o sistema garante partidas instantâneas, com 100% de etanol no tanque, à temperaturas de até -5 graus!
 
Com o novo moto r Firefly 1.0 três cilindros, no Fiat Mobi Drive, esse passa a ser o veículo mais econômico do Brasil, entre todos os carros equipados com moto r 1.0 litro aspirado. O bom torque em baixas rotações, colabora para um reduzido nível de ruído e de emissões.
 
Baixo consumo
 
Em condições usuais, segundo o PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), a Fiat divulga, na versão manual, 9,6 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada com etanol e 13,7 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada com gasolina. Na automatizada Dualogic, essas marcas são de 9,8 km/l, 11,1 km/l, 14 km/l e 15,9 km/l, respectivamente. Mas a automatizada ainda não está disponível, chegando em 2017 ao mercado.
 
Teste de economia diferenciado
 
Nesta quarta (23/11), a Revista Comprecar avaliou o modelo em um Haras, na cidade de Tuiuti - SP, tendo superado 31,3 km/l de consumo médio. Mas isso conduzindo de forma muito econômica, e com o ar-condicionado desligado. O tanque estava abastecido com gasolina. Essa foi a maior média obtida durante o evento, entre outros 80 jornalistas que também avaliaram o carro, nas mesmas condições.
 
Equipamentos de série
 
Mas o Fiat Mobi Drive ainda oferece mais, pois não existe Mobi Drive “pelado”. O conforto a bordo é complementado pela direção com assistência elétrica, item de série no Mobi Drive, que não rouba potência do moto r. A direção elétrica do Mobi Drive traz ainda a função City, ativada por meio de um botão no painel. Ela reduz ainda mais a necessidade de esforço durante as manobras de estacionamento, e é desativada automaticamente em velocidades maiores (quando o carro passa de 50 km/h), mantendo a segurança durante a condução em estrada, por exemplo.
 
O Mobi Drive também traz como item de série a tela de LCD de alta resolução junto ao quadro de instrumentos, com diversas funções, como velocímetro digital, econômetro, trip A e B, alerta de lâmpadas queimadas, temperatura e número de horas em funcionamento do moto r e outras.
 
Além dos equipamentos já citados, destacam-se como itens de série o ar-condicionado manual; chave canivete com telecomando; vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento; limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro; abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas; volante com regulagem de altura; cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura; banco traseiro bipartido e cargo box.
 
Nos itens de segurança, o Mobi traz o lane change (indicação de troca de faixa com leve toque na alavanca de seta), ESS (luzes de freios piscam rápido em frenagem brusca) e pneus “superverde” com alta durabilidade e maior aderência.
 
Equipamentos opcionais
 
Dentre os itens opcionais destacam-se rádio Connect com Bluetooth e entradas USB e auxiliar, retrovisores elétricos com Tilt Down e luz de seta integrada, sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, faróis de neblina, alarme com telecomando, console de teto com espelho auxiliar e rodas de liga leve 14 polegadas. Esse pacote custa R$ 4,5 mil.
 
Pode-se equipar ainda mais o Mobi Drive, com a oferta de outros opcionais como bancos com acabamento premium, porta-óculos, porta-revistas nos encostos dos bancos dianteiros, apoio para o pé e detalhes com acabamento em preto brilhante. Os acessórios originais MOPAR complementam a lista, oferecendo central multimídia com TV Digital e retrovisor interno com câmera de ré.
 
Um pouco do Live On
 
O consumidor ainda pode deixar o Mobi Drive mais equipado, com a oferta do Fiat Live On. Por meio de um exclusivo app (tanto para Android como IOS), o Fiat Live On transforma um smartphone comum, na central multimídia do veículo, que pode ser acessada pela própria tela disponível no carro, ou pelo volante multifuncional. Trata-se de um novo conceito de conectividade e integração do veículo com o celular, via Bluetooth.
 
O Live On traz diferenciais representativos, sendo simples para ser utilizado, ao mesmo tempo que é completo nas funções. Ele oferece uma navegação intuitiva, incorporando os aplicativos mais usados no smartphone. Quando o usuário está dirigindo, um único menu reúne todas as funções. Além disso, existe um suporte retrátil no painel do veículo (com acabamento em preto brilhante e entrada USB) que pode ser usada para carregar a bateria do smartphone.
 
Além de acessar aplicativos de trânsito e de músicas como o Spotify, rádios, fotos, internet e realizar e receber chamadas e muito mais, o Fiat Live On traz ainda uma série de aplicativos exclusivos que auxiliam o moto rista, como o EcoDrive, que orienta de forma divertida, o moto rista a dirigir o veículo com mais economia. Existe ainda o recurso “Onde Parei?”, que informa o último local em que o veículo foi estacionado, ajudando o moto rista a encontrar o carro. O pacote com o Live On custa R$ 4.650.
 
Todas as versões do Fiat Mobi
 
Com a nova versão Mobi Drive, a família Mobi passa de seis para sete, em número de versões. Ela somando-se à Easy, Easy On, Like, Like On, Way e Way On, equipadas com o já conhecido moto r 1.0 litro Fire de quarto cilindros. Vale destacar que esse moto r também passou por uma recente atualização. Assim, ele ficou mais eficiente, entregando agora um consumo 4% menor do que a geração anterior.
 
Preços sugeridos das versões do Fiat Mobi:

Easy - R$ 32.380
Easy On - R$ 36.340
Like - R$ 38.470
Drive - R$ 39.870
Like On - R$ 42.930
Way - R$ 39.890
Way On - R$ 44.460

O novo Fiat Mobi, já pode ser reservado nas concessionárias Fiat do grupo Tempo, que tem concessionárias nas cidades de Campinas, Americana, Hortolândia e Sumaré. Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.tempoveiculos.com.br/fiat.

Lançamentos < Voltar
Fiat apresenta Mobi Drive com o motor Firefly de 3 cilindros – 6 válvulas
 

Fiat apresenta Mobi Drive com o motor Firefly de 3 cilindros – 6 válvulas

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

A nova versão Drive chega para ampliar a oferta com mais desempenho, conectividade e muita economia de combustível

24 de Novembro de 2016

O Fiat Mobi Drive chegou ao mercado para romper barreiras, e criar um novo patamar de referência no quesito economia de combustível. Para isso, o micro compacto (segundo a classificação do INMETRO) chega equipado com o novo moto r Firefly 1.0 três cilindros – seis válvulas, que a marca apresentou recentemente. Esse moto r é resultado de desenvolvimento global da FCA, que tem o Brasil como seu mercado de estreia.
 
Esse moto r traz a arquitetura de duas válvulas por cilindro com geometria do conjunto otimizada. Isso é uma novidade da FCA que melhora o rendimento do moto r em giros reduzidos. Ou seja, a Fiat desenhou o moto r para ser utilizado essencialmente na cidade, onde o moto rista, dificilmente, utiliza alta rotação do moto r. E se usa, é por pouco tempo. Assim, o moto r foi desenhado desde o zero, para render o melhor possível em acelerações curtas. Dessa foram, a potência máxima chega à 77 cv, enquanto o torque máximo é de expressivos 10,9 kgfm, a apenas 3.250 rpm (valores com etanol). Esse é o maior torque do mercado, entre os moto res 1.0 litros de 3 cilindros, com aspiração natural (sem turbo).
 
Outra novidade, é que esse moto r chega equipado com o sistema HCSS, que elimina a necessidade do tanquinho extra (de gasolina) para partidas a frio. Segundo a Fiat, o sistema garante partidas instantâneas, com 100% de etanol no tanque, à temperaturas de até -5 graus!
 
Com o novo moto r Firefly 1.0 três cilindros, no Fiat Mobi Drive, esse passa a ser o veículo mais econômico do Brasil, entre todos os carros equipados com moto r 1.0 litro aspirado. O bom torque em baixas rotações, colabora para um reduzido nível de ruído e de emissões.
 
Baixo consumo
 
Em condições usuais, segundo o PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), a Fiat divulga, na versão manual, 9,6 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada com etanol e 13,7 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada com gasolina. Na automatizada Dualogic, essas marcas são de 9,8 km/l, 11,1 km/l, 14 km/l e 15,9 km/l, respectivamente. Mas a automatizada ainda não está disponível, chegando em 2017 ao mercado.
 
Teste de economia diferenciado
 
Nesta quarta (23/11), a Revista Comprecar avaliou o modelo em um Haras, na cidade de Tuiuti - SP, tendo superado 31,3 km/l de consumo médio. Mas isso conduzindo de forma muito econômica, e com o ar-condicionado desligado. O tanque estava abastecido com gasolina. Essa foi a maior média obtida durante o evento, entre outros 80 jornalistas que também avaliaram o carro, nas mesmas condições.
 
Equipamentos de série
 
Mas o Fiat Mobi Drive ainda oferece mais, pois não existe Mobi Drive “pelado”. O conforto a bordo é complementado pela direção com assistência elétrica, item de série no Mobi Drive, que não rouba potência do moto r. A direção elétrica do Mobi Drive traz ainda a função City, ativada por meio de um botão no painel. Ela reduz ainda mais a necessidade de esforço durante as manobras de estacionamento, e é desativada automaticamente em velocidades maiores (quando o carro passa de 50 km/h), mantendo a segurança durante a condução em estrada, por exemplo.
 
O Mobi Drive também traz como item de série a tela de LCD de alta resolução junto ao quadro de instrumentos, com diversas funções, como velocímetro digital, econômetro, trip A e B, alerta de lâmpadas queimadas, temperatura e número de horas em funcionamento do moto r e outras.
 
Além dos equipamentos já citados, destacam-se como itens de série o ar-condicionado manual; chave canivete com telecomando; vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento; limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro; abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas; volante com regulagem de altura; cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura; banco traseiro bipartido e cargo box.
 
Nos itens de segurança, o Mobi traz o lane change (indicação de troca de faixa com leve toque na alavanca de seta), ESS (luzes de freios piscam rápido em frenagem brusca) e pneus “superverde” com alta durabilidade e maior aderência.
 
Equipamentos opcionais
 
Dentre os itens opcionais destacam-se rádio Connect com Bluetooth e entradas USB e auxiliar, retrovisores elétricos com Tilt Down e luz de seta integrada, sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, faróis de neblina, alarme com telecomando, console de teto com espelho auxiliar e rodas de liga leve 14 polegadas. Esse pacote custa R$ 4,5 mil.
 
Pode-se equipar ainda mais o Mobi Drive, com a oferta de outros opcionais como bancos com acabamento premium, porta-óculos, porta-revistas nos encostos dos bancos dianteiros, apoio para o pé e detalhes com acabamento em preto brilhante. Os acessórios originais MOPAR complementam a lista, oferecendo central multimídia com TV Digital e retrovisor interno com câmera de ré.
 
Um pouco do Live On
 
O consumidor ainda pode deixar o Mobi Drive mais equipado, com a oferta do Fiat Live On. Por meio de um exclusivo app (tanto para Android como IOS), o Fiat Live On transforma um smartphone comum, na central multimídia do veículo, que pode ser acessada pela própria tela disponível no carro, ou pelo volante multifuncional. Trata-se de um novo conceito de conectividade e integração do veículo com o celular, via Bluetooth.
 
O Live On traz diferenciais representativos, sendo simples para ser utilizado, ao mesmo tempo que é completo nas funções. Ele oferece uma navegação intuitiva, incorporando os aplicativos mais usados no smartphone. Quando o usuário está dirigindo, um único menu reúne todas as funções. Além disso, existe um suporte retrátil no painel do veículo (com acabamento em preto brilhante e entrada USB) que pode ser usada para carregar a bateria do smartphone.
 
Além de acessar aplicativos de trânsito e de músicas como o Spotify, rádios, fotos, internet e realizar e receber chamadas e muito mais, o Fiat Live On traz ainda uma série de aplicativos exclusivos que auxiliam o moto rista, como o EcoDrive, que orienta de forma divertida, o moto rista a dirigir o veículo com mais economia. Existe ainda o recurso “Onde Parei?”, que informa o último local em que o veículo foi estacionado, ajudando o moto rista a encontrar o carro. O pacote com o Live On custa R$ 4.650.
 
Todas as versões do Fiat Mobi
 
Com a nova versão Mobi Drive, a família Mobi passa de seis para sete, em número de versões. Ela somando-se à Easy, Easy On, Like, Like On, Way e Way On, equipadas com o já conhecido moto r 1.0 litro Fire de quarto cilindros. Vale destacar que esse moto r também passou por uma recente atualização. Assim, ele ficou mais eficiente, entregando agora um consumo 4% menor do que a geração anterior.
 
Preços sugeridos das versões do Fiat Mobi:

Easy - R$ 32.380
Easy On - R$ 36.340
Like - R$ 38.470
Drive - R$ 39.870
Like On - R$ 42.930
Way - R$ 39.890
Way On - R$ 44.460

O novo Fiat Mobi, já pode ser reservado nas concessionárias Fiat do grupo Tempo, que tem concessionárias nas cidades de Campinas, Americana, Hortolândia e Sumaré. Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.tempoveiculos.com.br/fiat.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!