Revista Comprecar
Fiat Toro ganha novo motor flex de 2.4 litros
Batizado de Tigershark, motor estará associado a caixa automática de nove marchas na picape
Fiat Toro ganha novo motor flex de 2.4 litros
06 de Novembro de 2016

Apesar do bom resultado de vendas da picape intermediária da Fiat, que foi lançada no primeiro semestre deste ano, a picape ainda estava devendo um melhor desempenho com a versão flex. Enquanto a versão diesel entregava um ótimo desempenho, a versão flex deixava a desejar, principalmente quando carregada.
 
E justamente para compensar essa deficiência, a Fiat resolveu disponibilizar uma versão flex mais potente. Assim, a marca acaba de lançar a versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9, equipada com o moto r global da Fiat Chrysler Automobiles: o 2.4 Tigershark Multiair Flex 16V. De última geração, ele rende até 186 cv de potência e 24,9 kgfm de torque máximo. Para acompanhar este moto r, a nova versão vem equipada com o câmbio automático de nove marchas (o mesmo da versão diesel) e sistema Start & Stop.
 
A nova versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9 ainda inclui novas tecnologias, como:
 
- HCSS (Heated Cold Start System). Um recurso desenvolvido pela Magnetti Marelli que dispensa o reservatório de gasolina suplementar para partida a frio em um sistema flex.
- Start/Stop – um sistema que tem como objetivo a economia de combustível, chegando até 20% de combustível em trânsito urbano congestionado. O sistema desliga o moto r de forma instantânea quando o veículo faz paradas curtas, e volta a ligá-lo automaticamente quando o moto rista aciona novamente o acelerador.
- Tecla Sport – localizada no centro do painel, muda o mapa de calibração do moto r, deixando a picape mais ágil e com um comportamento mais esportivo.
 
Para diferenciar a nova versão, além de todos os itens de série da Freedom 1.8 Flex, essa versão acrescenta de série: capota marítima, retrovisores elétricos, brake light, luz de caçamba, sensor de pressão nos pneus, volante em couro + tecla áudio + borboletas para as trocas de marchas, rodas “Super Spoke” de 16 polegadas, além da opção da nova cor perolizada exclusiva para essa versão, a Branco Polar.
 
A Toro Freedom 2.4 Flex AT9 conta ainda com os seguintes opcionais: teto solar elétrico, barras longitudinais no teto, faróis de neblina, bancos revestidos parcialmente em couro, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, câmara de ré, Uconnnect Touch Nav 5 polegadas (central multimídia com tela de 5”, navegação GPS, comandos de voz Bluetooth, áudio Streaming, entrada aux, porta USB, MP3 e rádio AM/FM), rodas de liga leve 6.5 x 17” + pneus de uso misto, mais side bags dianteiros, window bags e knee bag (air bag de joelho moto rista).
 
Motor 2.4 Flex Tigershark
 
O nome Tigershark é uma menção ao Tubarão Tigre, e também a um avião caça-bombardeiro americano. Este novo moto r flexível quatro cilindros 2.4 litros de 16 válvulas da família Tigershark é produzido no México, na nova fábrica de moto res de Saltillo, de onde também saem também os moto res V8 da FCA HEMI 5.7 e Hellcat 6.2.
 
Um moto r inteiramente em alumínio, inclusive o bloco, para menor peso e melhor troca de calor. Os quatro pistões de altura reduzida contam com pinos flutuantes, além de revestimento especial (Diamond-Like Carbon), tudo para reduzir o atrito interno. Estes pistões se ligam a um virabrequim forjado, de maior resistência e durabilidade. Aliás, todos os componentes internos deste moto r foram especialmente projetados para trabalhar com o Start/Stop que, com múltiplas partidas no trânsito urbano, exige mais das especificações do moto r.
 
O moto r Tigershark 2.4, além de maximizado para durabilidade, foi projetado para tirar o máximo proveito da combustão através do sistema MultiAir2, responsável por variar o tempo e abertura das válvulas de admissão por um sistema eletro-hidráulico (comandado pelo gerenciamento eletrônico do moto r). Este sistema melhora a eficiência da queima do combustível e reduz as emissões de escape.
 
- Bobinas de ignição aplicadas diretamente nas velas, que tem eletrodos de platina e irídio.
- Ventilador do radiador e bomba de combustível, que contam com gerenciamento eletrônico tipo PWM.
- Alternador inteligente, que aproveita momentos de desaceleração ou frenagem do veículo para recarregar a bateria com mais intensidade, economizando combustível.
- Comando de válvulas acionado por corrente metálica extremamente silenciosa e durável, não necessitando de reposição.
- Correia Poli-V secundária (dos órgãos auxiliares) conta com tensionador automático.
 
O resultado de tudo isto, é uma potência de 186 cv a 6.400 rpm, com etanol / 174cv, com gasolina. A 2 mil rpm já se tem 91% de seu torque máximo (24,9 kgfm a 4.000 rpm, etanol / 23,5 kgfm, gasolina).
 
De acordo com a fabricante, a velocidade máxima de 200 km/h é alcançada em 6ª marcha e as outras (7ª, 8ª e 9ª) funcionam como overdrive para melhorar o consumo de combustível. O 0-100 km/h anunciado é de 9,9s. Mas a economia não é o ponto forte. Segundo dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro, a nova Toro 2.4 percorre 8,6 km/l na cidade, e 10,8 km/l na estrada, com gasolina; e 5,9 km/l e 7,4 km/l, nas mesmas condições, com etanol.
 
A nova opção terá o mesmo preço que a versão turbodiesel de entrada, R$ 98.730. Com a novidade, a FCA espera que as vendas da picape cresçam de 5% a 7% -- atualmente, 70% do mix de vendas são de versões flexíveis.
 
Desta forma, a gama da Toro fica da seguinte maneira:
 
- Toro 1.8 Freedom Etorq Flex A/T6 4x2: R$ 82.930
- Toro 2.4 Freedom Tigershark Flex A/T9 4x2: R$ 98.730 (nova versão)
- Toro 2.0 Freedom Multijet turbodiesel M/T6 4x2: R$ 98.730
- Toro 2.0 Freedom Multijet turbodiesel M/T6 4x4: R$ 107.150
- Toro 2.0 Volcano Multijet turbodiesel A/T9 4x4: R$ 124.550

Notícias < Voltar
Fiat Toro ganha novo motor flex de 2.4 litros
 

Fiat Toro ganha novo motor flex de 2.4 litros

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Batizado de Tigershark, motor estará associado a caixa automática de nove marchas na picape

06 de Novembro de 2016

Apesar do bom resultado de vendas da picape intermediária da Fiat, que foi lançada no primeiro semestre deste ano, a picape ainda estava devendo um melhor desempenho com a versão flex. Enquanto a versão diesel entregava um ótimo desempenho, a versão flex deixava a desejar, principalmente quando carregada.
 
E justamente para compensar essa deficiência, a Fiat resolveu disponibilizar uma versão flex mais potente. Assim, a marca acaba de lançar a versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9, equipada com o moto r global da Fiat Chrysler Automobiles: o 2.4 Tigershark Multiair Flex 16V. De última geração, ele rende até 186 cv de potência e 24,9 kgfm de torque máximo. Para acompanhar este moto r, a nova versão vem equipada com o câmbio automático de nove marchas (o mesmo da versão diesel) e sistema Start & Stop.
 
A nova versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9 ainda inclui novas tecnologias, como:
 
- HCSS (Heated Cold Start System). Um recurso desenvolvido pela Magnetti Marelli que dispensa o reservatório de gasolina suplementar para partida a frio em um sistema flex.
- Start/Stop – um sistema que tem como objetivo a economia de combustível, chegando até 20% de combustível em trânsito urbano congestionado. O sistema desliga o moto r de forma instantânea quando o veículo faz paradas curtas, e volta a ligá-lo automaticamente quando o moto rista aciona novamente o acelerador.
- Tecla Sport – localizada no centro do painel, muda o mapa de calibração do moto r, deixando a picape mais ágil e com um comportamento mais esportivo.
 
Para diferenciar a nova versão, além de todos os itens de série da Freedom 1.8 Flex, essa versão acrescenta de série: capota marítima, retrovisores elétricos, brake light, luz de caçamba, sensor de pressão nos pneus, volante em couro + tecla áudio + borboletas para as trocas de marchas, rodas “Super Spoke” de 16 polegadas, além da opção da nova cor perolizada exclusiva para essa versão, a Branco Polar.
 
A Toro Freedom 2.4 Flex AT9 conta ainda com os seguintes opcionais: teto solar elétrico, barras longitudinais no teto, faróis de neblina, bancos revestidos parcialmente em couro, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, câmara de ré, Uconnnect Touch Nav 5 polegadas (central multimídia com tela de 5”, navegação GPS, comandos de voz Bluetooth, áudio Streaming, entrada aux, porta USB, MP3 e rádio AM/FM), rodas de liga leve 6.5 x 17” + pneus de uso misto, mais side bags dianteiros, window bags e knee bag (air bag de joelho moto rista).
 
Motor 2.4 Flex Tigershark
 
O nome Tigershark é uma menção ao Tubarão Tigre, e também a um avião caça-bombardeiro americano. Este novo moto r flexível quatro cilindros 2.4 litros de 16 válvulas da família Tigershark é produzido no México, na nova fábrica de moto res de Saltillo, de onde também saem também os moto res V8 da FCA HEMI 5.7 e Hellcat 6.2.
 
Um moto r inteiramente em alumínio, inclusive o bloco, para menor peso e melhor troca de calor. Os quatro pistões de altura reduzida contam com pinos flutuantes, além de revestimento especial (Diamond-Like Carbon), tudo para reduzir o atrito interno. Estes pistões se ligam a um virabrequim forjado, de maior resistência e durabilidade. Aliás, todos os componentes internos deste moto r foram especialmente projetados para trabalhar com o Start/Stop que, com múltiplas partidas no trânsito urbano, exige mais das especificações do moto r.
 
O moto r Tigershark 2.4, além de maximizado para durabilidade, foi projetado para tirar o máximo proveito da combustão através do sistema MultiAir2, responsável por variar o tempo e abertura das válvulas de admissão por um sistema eletro-hidráulico (comandado pelo gerenciamento eletrônico do moto r). Este sistema melhora a eficiência da queima do combustível e reduz as emissões de escape.
 
- Bobinas de ignição aplicadas diretamente nas velas, que tem eletrodos de platina e irídio.
- Ventilador do radiador e bomba de combustível, que contam com gerenciamento eletrônico tipo PWM.
- Alternador inteligente, que aproveita momentos de desaceleração ou frenagem do veículo para recarregar a bateria com mais intensidade, economizando combustível.
- Comando de válvulas acionado por corrente metálica extremamente silenciosa e durável, não necessitando de reposição.
- Correia Poli-V secundária (dos órgãos auxiliares) conta com tensionador automático.
 
O resultado de tudo isto, é uma potência de 186 cv a 6.400 rpm, com etanol / 174cv, com gasolina. A 2 mil rpm já se tem 91% de seu torque máximo (24,9 kgfm a 4.000 rpm, etanol / 23,5 kgfm, gasolina).
 
De acordo com a fabricante, a velocidade máxima de 200 km/h é alcançada em 6ª marcha e as outras (7ª, 8ª e 9ª) funcionam como overdrive para melhorar o consumo de combustível. O 0-100 km/h anunciado é de 9,9s. Mas a economia não é o ponto forte. Segundo dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro, a nova Toro 2.4 percorre 8,6 km/l na cidade, e 10,8 km/l na estrada, com gasolina; e 5,9 km/l e 7,4 km/l, nas mesmas condições, com etanol.
 
A nova opção terá o mesmo preço que a versão turbodiesel de entrada, R$ 98.730. Com a novidade, a FCA espera que as vendas da picape cresçam de 5% a 7% -- atualmente, 70% do mix de vendas são de versões flexíveis.
 
Desta forma, a gama da Toro fica da seguinte maneira:
 
- Toro 1.8 Freedom Etorq Flex A/T6 4x2: R$ 82.930
- Toro 2.4 Freedom Tigershark Flex A/T9 4x2: R$ 98.730 (nova versão)
- Toro 2.0 Freedom Multijet turbodiesel M/T6 4x2: R$ 98.730
- Toro 2.0 Freedom Multijet turbodiesel M/T6 4x4: R$ 107.150
- Toro 2.0 Volcano Multijet turbodiesel A/T9 4x4: R$ 124.550

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!