Revista Comprecar
Final emocionante para a Audi no WEC, em São Paulo
Marcel Fässler/André Lotterer/Benoît Tréluyer são os vice-campeões da temporada
Final emocionante para a Audi no WEC, em São Paulo
01 de Dezembro de 2014

A Audi encerrou a temporada do FIA World Endurance Championship (WEC) com um saldo positivo. A marca conquistou seu sexto pódio do ano em São Paulo, com Tom Kristensen assegurando mais um troféu em sua última corrida como profissional. A Audi encerrou o ano na segunda posição no campeonato de construtores, enquanto Marcel Fässler/André Lotterer/Benoît Tréluyer (SUI/ALE/FRA) conquistaram o vice-campeonato entre os pilotos. Após uma notável recuperação, o trio do Audi R18 e-tron quattro #2 recebeu a bandeirada final na quinta posição, depois de ter andado em último.
 
Competitivo até o dia da despedida, Tom Kristenses mais uma vez provou seu talento em sua última corrida como profissional. Dividindo o carro com Lucas di Grassi (BRA) e Loïc Duval (FRA), o nove vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans, conquistou, no Brasil, seu último troféu pela Audi com um terceiro lugar. Em uma etapa final emocionante, ele superou o Toyota #7 ao estabelecer um excelente ritmo de corrida mesmo poupando combustível. O dinamarquês, que havia anunciado antes desta última prova da temporada o fim de sua carreira profissional, viveu um fim de semana de fortes emoções e repleto de reconhecimento.
 
Uma medalha oferecida pela Confederação Brasileira de Automobilismo, uma volta de honra no sábado, a inscrição "Thanks Tom - Mister Le Mans" (Obrigado Tom - Senhor Le Mans) estampada no Audi R18 e-tron quattro #1 e um pódio cercado de honras e mensagens de todas as equipes do WEC presentearam o dinamarquês com uma despedida inesquecível após 138 corridas pela Audi em categorias como Le Mans, GT e carros de turismo. Para Lucas di Grassi, o resultado foi igualmente especial. Depois de largar na sexta posição, o paulista apresentou-se à torcida local em sua melhor forma.
 
O Audi R18 e-tron quattro #2 também teve chances de conquistar um lugar ao pódio, apesar de enfrentar um revés logo no início da prova. Depois que Benoît Tréluyer, ainda na primeira volta, precisou reiniciar os sistemas do carro e caiu para a última posição, o trio iniciou uma extraordinária recuperação. Apenas 30 minutos depois, o francês ocupava novamente a sexta posição. Seu companheiro de equipe, André Lotterer, reforçou ainda mais o ritmo do #2 ao estabelecer a melhor volta da prova. Perto do fim da prova, o campeão mundial de 2012 assumiu o quinto lugar depois do acidente de Mark Webber - que bateu forte na Curva do Café e teve seu carro totalmente destruído. Ele saiu ileso do forte choque contra o muro, mas a necessidade de manter o safety car na pista por muito tempo encerrou a prova sob bandeira amarela.
 
Ao final da terceira temporada do FIA WEC, a Audi comemora uma história de sucesso. Em 24 corridas disputadas desde 2012, foram 13 vitórias conquistadas (54% de aproveitamento), o que faz da marca a mais bem-sucedida na categoria LMP1. Além disso, a Audi conquistou dois títulos mundiais de pilotos e dois títulos mundiais de construtores nos anos de 2012 e 2013. O ponto alto da temporada de 2014 foi a vitória nas 24 Horas de Le Mans, em junho, que representou a 13a vitória da marca na tradicional prova francesa desde 2000.
 
Resultado da prova
1) Dumas/Jani/Lieb (Porsche), 249 voltas em 6h01min44s608
2) Buemi/Davidson (Toyota), a 0s170
3) Di Grassi/Duval/Kristensen (Audi), a 1 volta
4) Conway/Sarrazin/Wurz (Toyota), a 1 volta
5) Fässler/Lotterer/Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro), a 1 volta
6) Bradley/Howson/Imperatori (Oreca-Nissan), a 24 voltas
7) Mücke/Turner (Aston Martin), a 28 voltas
8) Makowiecki/Pilet (Porsche), a 28 voltas
9) Calado/Rigon (Ferrari), a 28 voltas
10) Bruni/Vilander (Ferrari), a 29 voltas

Notícias < Voltar
Final emocionante para a Audi no WEC, em São Paulo
 

Final emocionante para a Audi no WEC, em São Paulo

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Marcel Fässler/André Lotterer/Benoît Tréluyer são os vice-campeões da temporada

01 de Dezembro de 2014

A Audi encerrou a temporada do FIA World Endurance Championship (WEC) com um saldo positivo. A marca conquistou seu sexto pódio do ano em São Paulo, com Tom Kristensen assegurando mais um troféu em sua última corrida como profissional. A Audi encerrou o ano na segunda posição no campeonato de construtores, enquanto Marcel Fässler/André Lotterer/Benoît Tréluyer (SUI/ALE/FRA) conquistaram o vice-campeonato entre os pilotos. Após uma notável recuperação, o trio do Audi R18 e-tron quattro #2 recebeu a bandeirada final na quinta posição, depois de ter andado em último.
 
Competitivo até o dia da despedida, Tom Kristenses mais uma vez provou seu talento em sua última corrida como profissional. Dividindo o carro com Lucas di Grassi (BRA) e Loïc Duval (FRA), o nove vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans, conquistou, no Brasil, seu último troféu pela Audi com um terceiro lugar. Em uma etapa final emocionante, ele superou o Toyota #7 ao estabelecer um excelente ritmo de corrida mesmo poupando combustível. O dinamarquês, que havia anunciado antes desta última prova da temporada o fim de sua carreira profissional, viveu um fim de semana de fortes emoções e repleto de reconhecimento.
 
Uma medalha oferecida pela Confederação Brasileira de Automobilismo, uma volta de honra no sábado, a inscrição "Thanks Tom - Mister Le Mans" (Obrigado Tom - Senhor Le Mans) estampada no Audi R18 e-tron quattro #1 e um pódio cercado de honras e mensagens de todas as equipes do WEC presentearam o dinamarquês com uma despedida inesquecível após 138 corridas pela Audi em categorias como Le Mans, GT e carros de turismo. Para Lucas di Grassi, o resultado foi igualmente especial. Depois de largar na sexta posição, o paulista apresentou-se à torcida local em sua melhor forma.
 
O Audi R18 e-tron quattro #2 também teve chances de conquistar um lugar ao pódio, apesar de enfrentar um revés logo no início da prova. Depois que Benoît Tréluyer, ainda na primeira volta, precisou reiniciar os sistemas do carro e caiu para a última posição, o trio iniciou uma extraordinária recuperação. Apenas 30 minutos depois, o francês ocupava novamente a sexta posição. Seu companheiro de equipe, André Lotterer, reforçou ainda mais o ritmo do #2 ao estabelecer a melhor volta da prova. Perto do fim da prova, o campeão mundial de 2012 assumiu o quinto lugar depois do acidente de Mark Webber - que bateu forte na Curva do Café e teve seu carro totalmente destruído. Ele saiu ileso do forte choque contra o muro, mas a necessidade de manter o safety car na pista por muito tempo encerrou a prova sob bandeira amarela.
 
Ao final da terceira temporada do FIA WEC, a Audi comemora uma história de sucesso. Em 24 corridas disputadas desde 2012, foram 13 vitórias conquistadas (54% de aproveitamento), o que faz da marca a mais bem-sucedida na categoria LMP1. Além disso, a Audi conquistou dois títulos mundiais de pilotos e dois títulos mundiais de construtores nos anos de 2012 e 2013. O ponto alto da temporada de 2014 foi a vitória nas 24 Horas de Le Mans, em junho, que representou a 13a vitória da marca na tradicional prova francesa desde 2000.
 
Resultado da prova
1) Dumas/Jani/Lieb (Porsche), 249 voltas em 6h01min44s608
2) Buemi/Davidson (Toyota), a 0s170
3) Di Grassi/Duval/Kristensen (Audi), a 1 volta
4) Conway/Sarrazin/Wurz (Toyota), a 1 volta
5) Fässler/Lotterer/Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro), a 1 volta
6) Bradley/Howson/Imperatori (Oreca-Nissan), a 24 voltas
7) Mücke/Turner (Aston Martin), a 28 voltas
8) Makowiecki/Pilet (Porsche), a 28 voltas
9) Calado/Rigon (Ferrari), a 28 voltas
10) Bruni/Vilander (Ferrari), a 29 voltas

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!