Revista Comprecar
Fox Pepper é a pimentinha da Volkswagen
Versão “apimentada” se destaca por visual exclusivo e muitos equipamentos
Fox Pepper é a pimentinha da Volkswagen
06 de Agosto de 2015

Séries especiais são sempre interessantes. De forma geral, elas tem como apelo oferecerem um melhor custo-benefício, sem com mais equipamentos, por um preço menor. Mas, algumas vezes, o sucesso delas é maior que o esperado. E foi exatamente isso que aconteceu com o Fox Pepper.
 
Sucesso inquestionável de aceitação junto ao público no Salão do Automóvel de São Paulo de 2014, o Fox Pepper conseguiu dar um tom esportivo e diferenciado ao compacto da Volkswagen. Com um visual exclusivo, e bem completo, o nome Pepper (pimenta, em inglês) caiu muito bem o modelo.
 
Com conteúdo de série baseado no do Novo Fox Highline (o topo da linha), o Fox Pepper tem como diferencial o moto r 1,6 litro – 16 válvulas MSI de 120 cv, da família EA211, e a transmissão manual de seis marchas.
 
Estilo
 
O estilo do Fox Pepper combinada algumas coisas interessantes. Uma delas é o teto com pintura preta (opcional). Soma-se também o para-choque dianteiro, com visual mais robusto do que o restante da linha Fox. Assim como acontece no Novo CrossFox, o Fox Pepper traz os faróis auxiliares com tripla função, funcionando como faróis de neblina, faróis de longo alcance e luzes de conversão estática (também conhecidas por “Cornering Lights”). Outra diferença é a grade frontal, em formato de colmeia e com friso vermelho, inspirada no Golf GTI. A máscara do farol é mais escurecida conferindo um ar mais nervoso ao modelo.
 
Na lateral, destaque para os retrovisores pintados em Preto Ninja (para veículos na cor Vermelha). A soleira interna das portas traz um aplique decorativo com o nome “Fox Pepper”. Abaixo dos retrovisores, o adesivo de uma pimenta, dá um toque diferente. Algo que se destaca bastante, são as rodas de liga leve de 16 polegadas com visual diamantado marcante.
 
Atrás, na parte inferior do para-choque traseiro há um difusor de ar pintado em preto brilhante e ponteira de escapamento dupla.
 
Interior “quente”
 
O interior se destaca ainda mais com diversos detalhes em vermelho. As saídas de ar trazem aros pintados nessa cor, o volante é revestido em couro com costura vermelha e o cinzeiro tem o logotipo da versão e a inscrição “Fox Pepper”.
 
Outra exclusividade são os bancos forrados em couro, com um figurino diferenciado. Contam com apliques vermelhos nos apoios, seguindo a cor dos painéis de porta. Completa o conjunto os tapetes dianteiros e traseiros de carpete com pinos de fixação para a peça do moto rista.
 
Motor 1.6 litro – 16 válvulas
 
O Fox Pepper está equipado com moto r 1,6 litro – 16 válvulas da família EA211. Esse é um moderno moto r da Volkswagen que reúne uma série de tecnologias como: sistema E-Flex de partida a frio aquecida (que dispensa o tanque auxiliar de combustível), coletor de escape integrado ao cabeçote, bloco e cabeçote de alumínio, comando variável de válvulas e duplo circuito de arrefecimento. A potência máxima desse moto r é de 120 cv (etanol) / 110cv (gasolina) atingidos à 5.750 RPM. Já o torque máximo é de 16,8kgfm (E)/15,8kgfm (G) atingidos à 4.000 RPM.
 
Câmbio de seis marchas
 
Outro diferencial da versão é a presença do câmbio de seis marchas. Desenvolvida como base na caixa manual de cinco marchas MQ200-5F, essa nova transmissão de seis marchas (MQ200-6F) é apenas 4,2 centímetros maior e tem 3,2 kg a mais do que a MQ200-5F (que pesa 33,5 kg). A sexta marcha é usada como “overdrive”, para economizar combustível. A velocidade máxima é atingida em quinta marcha.
 
Desempenho
 
Com esse conjunto o Fox Pepper, quando abastecido com etanol, acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos e atinge velocidade máxima de 189 km/h. Com gasolina, são 10,3 segundos para a aceleração de 0 a 100 km/h e 183 km/h de velocidade máxima.
 
Nova Central Multimedia
 
O Fox Pepper também pode estar equipado opcionalmente com uma das melhores centrais do multimedia do mercado. São duas opções: a mais básica é o “Composition Media” e a topo de linha é o “Discover Media”, uma evolução dos sistemas de infotainment ofertados no Novo Golf. O Fox Pepper avaliado estava equipado com a versão Discover Media.
 
Essas centrais fazem parte da nova geração da “Plataforma Modular de Infotainment”. Elas trazem telas coloridas de 6,3 polegadas sensíveis ao toque, com alta resolução e conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect. Ambas as centrais estão disponíveis também para outras versões da família Fox. O Composition Media tem preço sugerido de R$ 2.150, e o Discover Media custa R$ 2.900 (sempre como opcionais), e disponíveis a partir da versão Comfortline do Fox.
 
Essa central traz a tecnologia Volkswagen App Connect, que reúne os sistemas MirrorLink, Apple CarPlay e Google Android Auto. Tal tecnologia foi lançada no Brasil simultaneamente à Europa, e permite que a tela do celular seja “espelhada” na tela central do sistema de infotainment. Ou seja, a tela do veículo repete o que está sendo exibido na tela do celular e é possível comandar o sistema de infotaiment pelo celular ou comandar o celular pelo sistema de infotainment.
 
O sistema “Discover Media” traz adicionalmente recurso de navegação GPS. Esse sistema também contempla o “MapCare”, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas durante toda a vida do veículo. Grande parte dos comandos podem ser executados sem a necessidade de o moto rista tirar as mãos do volante, operando o sistema por meio das teclas do volante multifuncional, ou ainda por comandos de voz.
 
As centrais contam ainda com leitor de CD, entrada para SD-Card (no “Discover Media” são duas), Aux in e porta USB. É possível parear via Bluetooth dois celulares simultaneamente, mas com funções diferentes. Enquanto um está no modo viva-voz, o outro pode estar conectado como reprodutor de música (Streaming de áudio). Para conhecer mais recursos dessa central, clique AQUI!
 
Ainda mais tecnologia embarcada
 

De forma complementar a segurança (e opcional de fábrica), o Fox Pepper pode trazer um pacote de sistemas de segurança de apoio, raramente encontrado em carros compactos. Nesse pacote esta o controle de tração ASR; o controle eletrônico de estabilidade (ESC); o controle de assistência de partida em rampas HHC (que mantém o carro parado por até 2 segundos em rampas, após o moto rista aliviar o pedal do freio); o bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) que aciona o freio da roda com menor tração, transferindo o torque para a roda com maior tração, e o por fim o BAS que aumenta a pressão do sistema de freios em uma frenagem de emergência.
 
Quem busca ainda mais conforto, também pode comprar o opcional do módulo tecnológico que inclui: controle automático de velocidade; Espelho retrovisor interno eletrocrômico; faróis auxiliares com tripla função: neblina, longo alcance e "Cornering Light"; faróis com função "Coming & Leaving home e sensores de chuva e crepuscular.
 
Cores e preços
 
O Fox Pepper está disponível em quatro cores: Vermelho Tornado, Prata Sargas, Branco Cristal e Preto Ninja. O modelo 15/16 parte de R$ 54,1 mil com câmbio manual. Mas com todos os opcionais (incluindo teto-solar) o preço chega à R$ 65,7 mil.
 
Mercado
 
Segundo André Scinocca, gerente de vendas da concessionária Volkswagen Felivel de Jundiaí, o Fox Pepper é um modelo bem específico. Diferente das demais versões do Fox, onde a mulher é a principal cliente, especificamente na versão Pepper, 70% dos proprietários são homens, de classes A e B, com idades entre 25 e 38 anos, geralmente solteiros. Outro fato muito interessante é que o cliente que escolhe o Fox Pepper está buscando principalmente mais tecnologia e o melhor desempenho do novo moto r 16 válvulas. Segundo André, a demanda da versão Pepper está muito maior do que a oferta. Situação essa que a montadora deve equalizador nos próximos meses. O gerente conclui dizendo que 50% dos Fox Pepper que recebe para venda em sua loja, já chegam “vendidos”.
 
O Fox Pepper, na prática, tem poucos concorrentes diretos. Trate-se de uma versão esportiva e muito personalizada do VW Fox topo de linha. O concorrente mais próximo seria o Fiat Punto Blackmotion. Mas o Fox Pepper entrega o melhor pacote tecnológico, entre todos os hatch-backs compactos do mercado brasileiro. Para quem gosta de tecnologia e visual diferenciado, essa é a escolha certa.

Avaliações < Voltar
Fox Pepper é a pimentinha da Volkswagen
 

Fox Pepper é a pimentinha da Volkswagen

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Versão “apimentada” se destaca por visual exclusivo e muitos equipamentos

06 de Agosto de 2015

Séries especiais são sempre interessantes. De forma geral, elas tem como apelo oferecerem um melhor custo-benefício, sem com mais equipamentos, por um preço menor. Mas, algumas vezes, o sucesso delas é maior que o esperado. E foi exatamente isso que aconteceu com o Fox Pepper.
 
Sucesso inquestionável de aceitação junto ao público no Salão do Automóvel de São Paulo de 2014, o Fox Pepper conseguiu dar um tom esportivo e diferenciado ao compacto da Volkswagen. Com um visual exclusivo, e bem completo, o nome Pepper (pimenta, em inglês) caiu muito bem o modelo.
 
Com conteúdo de série baseado no do Novo Fox Highline (o topo da linha), o Fox Pepper tem como diferencial o moto r 1,6 litro – 16 válvulas MSI de 120 cv, da família EA211, e a transmissão manual de seis marchas.
 
Estilo
 
O estilo do Fox Pepper combinada algumas coisas interessantes. Uma delas é o teto com pintura preta (opcional). Soma-se também o para-choque dianteiro, com visual mais robusto do que o restante da linha Fox. Assim como acontece no Novo CrossFox, o Fox Pepper traz os faróis auxiliares com tripla função, funcionando como faróis de neblina, faróis de longo alcance e luzes de conversão estática (também conhecidas por “Cornering Lights”). Outra diferença é a grade frontal, em formato de colmeia e com friso vermelho, inspirada no Golf GTI. A máscara do farol é mais escurecida conferindo um ar mais nervoso ao modelo.
 
Na lateral, destaque para os retrovisores pintados em Preto Ninja (para veículos na cor Vermelha). A soleira interna das portas traz um aplique decorativo com o nome “Fox Pepper”. Abaixo dos retrovisores, o adesivo de uma pimenta, dá um toque diferente. Algo que se destaca bastante, são as rodas de liga leve de 16 polegadas com visual diamantado marcante.
 
Atrás, na parte inferior do para-choque traseiro há um difusor de ar pintado em preto brilhante e ponteira de escapamento dupla.
 
Interior “quente”
 
O interior se destaca ainda mais com diversos detalhes em vermelho. As saídas de ar trazem aros pintados nessa cor, o volante é revestido em couro com costura vermelha e o cinzeiro tem o logotipo da versão e a inscrição “Fox Pepper”.
 
Outra exclusividade são os bancos forrados em couro, com um figurino diferenciado. Contam com apliques vermelhos nos apoios, seguindo a cor dos painéis de porta. Completa o conjunto os tapetes dianteiros e traseiros de carpete com pinos de fixação para a peça do moto rista.
 
Motor 1.6 litro – 16 válvulas
 
O Fox Pepper está equipado com moto r 1,6 litro – 16 válvulas da família EA211. Esse é um moderno moto r da Volkswagen que reúne uma série de tecnologias como: sistema E-Flex de partida a frio aquecida (que dispensa o tanque auxiliar de combustível), coletor de escape integrado ao cabeçote, bloco e cabeçote de alumínio, comando variável de válvulas e duplo circuito de arrefecimento. A potência máxima desse moto r é de 120 cv (etanol) / 110cv (gasolina) atingidos à 5.750 RPM. Já o torque máximo é de 16,8kgfm (E)/15,8kgfm (G) atingidos à 4.000 RPM.
 
Câmbio de seis marchas
 
Outro diferencial da versão é a presença do câmbio de seis marchas. Desenvolvida como base na caixa manual de cinco marchas MQ200-5F, essa nova transmissão de seis marchas (MQ200-6F) é apenas 4,2 centímetros maior e tem 3,2 kg a mais do que a MQ200-5F (que pesa 33,5 kg). A sexta marcha é usada como “overdrive”, para economizar combustível. A velocidade máxima é atingida em quinta marcha.
 
Desempenho
 
Com esse conjunto o Fox Pepper, quando abastecido com etanol, acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos e atinge velocidade máxima de 189 km/h. Com gasolina, são 10,3 segundos para a aceleração de 0 a 100 km/h e 183 km/h de velocidade máxima.
 
Nova Central Multimedia
 
O Fox Pepper também pode estar equipado opcionalmente com uma das melhores centrais do multimedia do mercado. São duas opções: a mais básica é o “Composition Media” e a topo de linha é o “Discover Media”, uma evolução dos sistemas de infotainment ofertados no Novo Golf. O Fox Pepper avaliado estava equipado com a versão Discover Media.
 
Essas centrais fazem parte da nova geração da “Plataforma Modular de Infotainment”. Elas trazem telas coloridas de 6,3 polegadas sensíveis ao toque, com alta resolução e conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect. Ambas as centrais estão disponíveis também para outras versões da família Fox. O Composition Media tem preço sugerido de R$ 2.150, e o Discover Media custa R$ 2.900 (sempre como opcionais), e disponíveis a partir da versão Comfortline do Fox.
 
Essa central traz a tecnologia Volkswagen App Connect, que reúne os sistemas MirrorLink, Apple CarPlay e Google Android Auto. Tal tecnologia foi lançada no Brasil simultaneamente à Europa, e permite que a tela do celular seja “espelhada” na tela central do sistema de infotainment. Ou seja, a tela do veículo repete o que está sendo exibido na tela do celular e é possível comandar o sistema de infotaiment pelo celular ou comandar o celular pelo sistema de infotainment.
 
O sistema “Discover Media” traz adicionalmente recurso de navegação GPS. Esse sistema também contempla o “MapCare”, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas durante toda a vida do veículo. Grande parte dos comandos podem ser executados sem a necessidade de o moto rista tirar as mãos do volante, operando o sistema por meio das teclas do volante multifuncional, ou ainda por comandos de voz.
 
As centrais contam ainda com leitor de CD, entrada para SD-Card (no “Discover Media” são duas), Aux in e porta USB. É possível parear via Bluetooth dois celulares simultaneamente, mas com funções diferentes. Enquanto um está no modo viva-voz, o outro pode estar conectado como reprodutor de música (Streaming de áudio). Para conhecer mais recursos dessa central, clique AQUI!
 
Ainda mais tecnologia embarcada
 

De forma complementar a segurança (e opcional de fábrica), o Fox Pepper pode trazer um pacote de sistemas de segurança de apoio, raramente encontrado em carros compactos. Nesse pacote esta o controle de tração ASR; o controle eletrônico de estabilidade (ESC); o controle de assistência de partida em rampas HHC (que mantém o carro parado por até 2 segundos em rampas, após o moto rista aliviar o pedal do freio); o bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) que aciona o freio da roda com menor tração, transferindo o torque para a roda com maior tração, e o por fim o BAS que aumenta a pressão do sistema de freios em uma frenagem de emergência.
 
Quem busca ainda mais conforto, também pode comprar o opcional do módulo tecnológico que inclui: controle automático de velocidade; Espelho retrovisor interno eletrocrômico; faróis auxiliares com tripla função: neblina, longo alcance e "Cornering Light"; faróis com função "Coming & Leaving home e sensores de chuva e crepuscular.
 
Cores e preços
 
O Fox Pepper está disponível em quatro cores: Vermelho Tornado, Prata Sargas, Branco Cristal e Preto Ninja. O modelo 15/16 parte de R$ 54,1 mil com câmbio manual. Mas com todos os opcionais (incluindo teto-solar) o preço chega à R$ 65,7 mil.
 
Mercado
 
Segundo André Scinocca, gerente de vendas da concessionária Volkswagen Felivel de Jundiaí, o Fox Pepper é um modelo bem específico. Diferente das demais versões do Fox, onde a mulher é a principal cliente, especificamente na versão Pepper, 70% dos proprietários são homens, de classes A e B, com idades entre 25 e 38 anos, geralmente solteiros. Outro fato muito interessante é que o cliente que escolhe o Fox Pepper está buscando principalmente mais tecnologia e o melhor desempenho do novo moto r 16 válvulas. Segundo André, a demanda da versão Pepper está muito maior do que a oferta. Situação essa que a montadora deve equalizador nos próximos meses. O gerente conclui dizendo que 50% dos Fox Pepper que recebe para venda em sua loja, já chegam “vendidos”.
 
O Fox Pepper, na prática, tem poucos concorrentes diretos. Trate-se de uma versão esportiva e muito personalizada do VW Fox topo de linha. O concorrente mais próximo seria o Fiat Punto Blackmotion. Mas o Fox Pepper entrega o melhor pacote tecnológico, entre todos os hatch-backs compactos do mercado brasileiro. Para quem gosta de tecnologia e visual diferenciado, essa é a escolha certa.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!