Revista Comprecar
Honda PCX 2017 chega à linha 2017
Modelo traz novas cores e preço a partir de R$ 10.300
Honda PCX 2017 chega à linha 2017
04 de Outubro de 2016

A Honda PCX, scooter mais vendida no Brasil e considerada a moto cicleta com o menor índice de desvalorização do mercado, o modelo chega a sua versão 2017 com novas cores e preços.
 
A versão 2017 mantém o exclusivo sistema "Idling Stop" que permite o desligamento automático do moto r em situações cotidianas como uma parada em semáforo, e retomada automática após acionamento do acelerador. O sistema permite maior economia de combustível e melhor autonomia (tanque com capacidade de 8,9 litros), no urbano.
 
Nas cores, a novidade é o Marrom Perolizado para a versão DLX, em uma combinação em 2 tons, com o couro do banco em um tom mais claro, com diferenciais exclusivos e visual mais sofisticado, além de adesivo remetente à versão na parte frontal da carenagem. Já na Standard, a novidade é o Prata Fosco, além do Cinza Metálico mantido no line up devido a sua boa aceitação no mercado.
 
O conjunto mecânico com o propulsor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, com injeção eletrônico PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e arrefecimento líquido. A potência máxima é de 13,1 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,36 kgf.m a 5.000 rpm. A capacidade do moto r é de 149,3 cm² e já esta em conformidade e adequada aos padrões exigidos pela segunda fase do Promot 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).
 
Seu sistema de freios CBS (Combined Brake System), tecnologia que distribui parte da força aplicada ao freio traseiro para o dianteiro, garante mais segurança e eficácia, principalmente em situações de emergência, se tornando mais intuitivo aos novos moto ciclistas. Na dianteira, o disco possui diâmetro de 220mm e cáliper de duplo pistão. Já a traseira apresenta freio a tambor de 130 mm.
 
A relação de transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic), oferece conforto adicional por ser sucessiva e não exigir troca de marchas. Assegura uma pilotagem suave e prazerosa, além de contribuir para melhorar a eficiência no consumo de combustível. Os amortecedores oferecem maior absorção e resistência a impactos, resultando mais conforto e suavidade ao piloto e garupa.
 
O chassi do tipo berço em tubos de aço apresenta distância entre eixos de 1.315 mm. Seu conjunto de suspensões apresenta, na dianteira, garfo telescópico com 100 mm de curso. Na traseira, conta com sistema de duplo amortecimento e curso de 85 mm. As rodas de 14 tem pneus 90/90-14M/C 46P na dianteira e 100/90-14M/C 57P na traseira.
 
O porta objetos conta com tomada 12 volts, diferencial da PCX 150 na categoria, facilidade que possibilita adaptar carregadores de celular ou utilizar um GPS. Sob o banco, um compartimento porta volumes tem capacidade de 25l e permite acomodar um capacete fechado ou até mesmo objetos pessoais como mochilas, bolsas, pastas e até mesmo sacolas de compras.
 
Com 3 anos de garantia sem limite de quilometragem mais 7 troca de óleo gratuitas, a PCX 2017 será oferecida em duas versões: Standard, nas cores Prata Fosco e Cinza Metálico e DLX na cor Marrom Perolizado. O modelo será comercializado em toda rede de concessionários Honda e tem previsão de chegada para 2° quinzena de Outubro. O preço público sugerido é R$ 10.300,00 (Standard) e R$ 10.800 (DLX), com base no Estado de São Paulo, não contabilizando despesas de frete e seguro.

Notícias < Voltar
Honda PCX 2017 chega à linha 2017
 

Honda PCX 2017 chega à linha 2017

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Modelo traz novas cores e preço a partir de R$ 10.300

04 de Outubro de 2016

A Honda PCX, scooter mais vendida no Brasil e considerada a moto cicleta com o menor índice de desvalorização do mercado, o modelo chega a sua versão 2017 com novas cores e preços.
 
A versão 2017 mantém o exclusivo sistema "Idling Stop" que permite o desligamento automático do moto r em situações cotidianas como uma parada em semáforo, e retomada automática após acionamento do acelerador. O sistema permite maior economia de combustível e melhor autonomia (tanque com capacidade de 8,9 litros), no urbano.
 
Nas cores, a novidade é o Marrom Perolizado para a versão DLX, em uma combinação em 2 tons, com o couro do banco em um tom mais claro, com diferenciais exclusivos e visual mais sofisticado, além de adesivo remetente à versão na parte frontal da carenagem. Já na Standard, a novidade é o Prata Fosco, além do Cinza Metálico mantido no line up devido a sua boa aceitação no mercado.
 
O conjunto mecânico com o propulsor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, com injeção eletrônico PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e arrefecimento líquido. A potência máxima é de 13,1 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,36 kgf.m a 5.000 rpm. A capacidade do moto r é de 149,3 cm² e já esta em conformidade e adequada aos padrões exigidos pela segunda fase do Promot 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).
 
Seu sistema de freios CBS (Combined Brake System), tecnologia que distribui parte da força aplicada ao freio traseiro para o dianteiro, garante mais segurança e eficácia, principalmente em situações de emergência, se tornando mais intuitivo aos novos moto ciclistas. Na dianteira, o disco possui diâmetro de 220mm e cáliper de duplo pistão. Já a traseira apresenta freio a tambor de 130 mm.
 
A relação de transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic), oferece conforto adicional por ser sucessiva e não exigir troca de marchas. Assegura uma pilotagem suave e prazerosa, além de contribuir para melhorar a eficiência no consumo de combustível. Os amortecedores oferecem maior absorção e resistência a impactos, resultando mais conforto e suavidade ao piloto e garupa.
 
O chassi do tipo berço em tubos de aço apresenta distância entre eixos de 1.315 mm. Seu conjunto de suspensões apresenta, na dianteira, garfo telescópico com 100 mm de curso. Na traseira, conta com sistema de duplo amortecimento e curso de 85 mm. As rodas de 14 tem pneus 90/90-14M/C 46P na dianteira e 100/90-14M/C 57P na traseira.
 
O porta objetos conta com tomada 12 volts, diferencial da PCX 150 na categoria, facilidade que possibilita adaptar carregadores de celular ou utilizar um GPS. Sob o banco, um compartimento porta volumes tem capacidade de 25l e permite acomodar um capacete fechado ou até mesmo objetos pessoais como mochilas, bolsas, pastas e até mesmo sacolas de compras.
 
Com 3 anos de garantia sem limite de quilometragem mais 7 troca de óleo gratuitas, a PCX 2017 será oferecida em duas versões: Standard, nas cores Prata Fosco e Cinza Metálico e DLX na cor Marrom Perolizado. O modelo será comercializado em toda rede de concessionários Honda e tem previsão de chegada para 2° quinzena de Outubro. O preço público sugerido é R$ 10.300,00 (Standard) e R$ 10.800 (DLX), com base no Estado de São Paulo, não contabilizando despesas de frete e seguro.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!