Revista Comprecar
JAC J3 Turin é reprovado no “teste da revenda”
Das nove lojas visitadas, nenhuma aceitou comprar o carro
JAC J3 Turin é reprovado no “teste da revenda”
02 de Março de 2015

De acordo com aquilo que se fala nos “bastidores” entre lojistas de automóveis, a Revista Comprecar acabou comprovando o boato nada agradável do produto JAC Motors. Para isso, visitamos nove diferentes lojas na cidade de Sorocaba, para verificar a aceitação desse modelo no mercado de veículos usados. E o resultado realmente não foi nada agradável.
 
Recapitulando, o JAC J3 S Turin que está sendo avaliado pela Revista Comprecar tem pouco mais que um ano de uso, com 15 mil km rodados. Ele já faz parte da nova geração do J3, sendo modelo 2014 já com o moto r 1,5 litro Flex.
 
Segundo a tabela FIPE , seu valor de mercado deveria ser de R$ 36,3 mil. Mas a realidade de revenda do carro está realmente muito distante desse valor. Quando anunciado por clientes particulares (em pesquisa na internet), modelos similares trazem preço final de no máximo R$ 30 mil. Mas a realidade ainda é mais difícil para o modelo J3.
 
No nosso caso, fomos verificar quanto o mercado paga no modelo, seja para venda, ou troca em outro veículo. E o resultado foi decepcionante, nesse carro.
 
Das nove lojas visitadas, nenhuma aceitou comprar o carro! É verdade que a época atual não está muito boa para o mercado de semi-novos. E justamente por isso, colocamos o J3 num cenário eventual de troca por outro veículo. Ainda sim, o resultado também não foi bom.
 
JAC J3 Turin “nem na troca”
 
Das nove lojas, três já informaram de cara que não aceitariam o carro NEM NA TROCA, por outro veículo do estoque! E isso foi uma grande surpresa, pois é sabido que na troca, o lojista geralmente tem margem para receber um veículo como parte do negócio.
 
Investigando o motivo dessa rejeição, os lojistas fizeram comentários do tipo: “Comprei um carro desses no passado, revendi, e hoje estou respondendo um processo do cliente que comprou, pela grande quantidade de problemas que o carro deu!”.
 
Carro destinado ao “Repasse”
 
A grande maioria das lojas visitadas comentaram informalmente que, ainda que pegassem o JAC J3 Turin na troca, provavelmente não ficariam com o modelo em seu estoque, para revendê-lo.
 
Assim, o carro seria destinado a uma loja de repasse. Tais lojas de repasse costumam trabalhar com aqueles carros conhecidos por serem a “carne de pescoço” do mercado de seminovos. Trata-se de carros com alta quilometragem, geralmente fora de linha, muito usados e com baixíssima aceitação. Em resumo, esses carros não tem qualquer tipo de apelo, senão o preço realmente baixo.
 
Mas no caso do JAC J3 Turin, trata-se de um carro com um ano de vida, modelo atual e ainda na garantia de fábrica! Mesmo assim, sua aceitação no mercado é baixíssima. E isso se reflete diretamente no preço que o mercado aceita pagar pelo carro, numa troca.
 
Lojas da Rua Sete de Setembro
 
Toda cidade tem uma rua onde se encontra uma grande quantidade de lojas de carros usados. Em Sorocaba, essa é a Rua Sete de Setembro. Escolhemos três lojas aleatórias para fazer a pesquisa:
 
Auto Sete Class: Na troca por um Ford New Fiesta 2014/2015, com valor de R$ 44,9 mil, a loja aceitaria pegar o JAC J3 por R$ 27 mil.
 
Eldorado Veículos: a loja nunca negociou esse modelo antes, e não aceitou o JAC nem numa troca eventual.
 
Algi Multimarcas: No estoque da loja não tinha um modelo de categoria equivalente para efetuar uma troca, mas a loja valorizaria o JAC J3 em 23 mil, numa eventual troca.
 
Outras Lojas Independentes
 
Hotcar Motors: Na troca por um Nissan Versa 2014 com 60 mil km rodados que tinha valor de R$ 43,9 mil, o JAC J3 seria valorizado em R$ 23 mil.
 
Maylaski Multimarcas: Não aceitou o carro nem na troca!
 
Padilha Car: Não aceitou o carro nem na troca!
 
Concessionárias de outras marcas
 
Ford Felivel
Na troca por um Ford New Fiesta Sedan SE 1.6 zero KM, com valor de R$ 55,8 mil, a concessionária valorizou o carro em apenas R$ 18,2 mil! (o menor valor oferecido pelo carro, em nossa avaliação).
 
Fiat SOMA
Na troca por um Fiat Grand Siena 1.6 zero KM, com valor de R$ 51,9 mil, a concessionária valorizou o carro em R$ 28 mil! (o melhor valor oferecido em toda nossa avaliação)
 
Abrão Reze Seminovos
Ainda que tenhamos visitado a loja de seminovos no grupo, o grupo Abrão Reze é responsável pelas marcas Audi, Volkswagen e Hyundai (Imports e HMB) na cidade de Sorocaba. Foi nos oferecido uma gama maior de carros usados na troca do JAC J3 Turin, com valores entre R$ 40 à 48 mil. E o JAC J3 Turin foi avaliado em R$ 25 mil.
Segundo a gerência da loja, esse seria o mesmo valor pago no JAC J3 Turin, caso tivéssemos interesse em trocar o J3 por um carro zero KM, pertencente às outras marcas do grupo. Essa foi a avaliação mais flexível, uma vez o cliente teria mais opções de carros, entre zero km e usados, pelo mesmo preço de avaliação.
 
Considerações
 
Nessa parte de nossa avaliação, ficou bastante claro que o JAC J3 S Turim tem sérios problemas de aceitação no mercado real de seminovos. O carro avaliado é o modelo do ano com baixa quilometragem e em excelente condição de estado. Mesmo assim, a desconfiança do mercado é enorme com a marca. Aliás, esse não é um problema do JAC, mas sim da origem chinesa, conforme comentário dos lojistas visitados. Dessa forma, fica bastante claro que o futuro cliente de um carro da JAC,(ou mesmo um J3 Turin S) terá que ter a consciência que deverá usar o carro até o fim da sua vida útil, para não perder muito dinheiro, numa venda ou troca desse carro.
 
Ainda faltam três matérias para a Revista Comprecar concluir a avaliação completa do JAC J3 Turin S, sendo:
 
1)    uma matéria com uma funilaria independente exemplificando a manutenção de uma eventual batida com o carro
 
2)    uma matéria com um oficina independente mostrando os custos de manutenções rotineiras de freio, suspensão e moto r
 
3)    a matéria final, com a avaliação geral do uso do carro, durante os nossos testes.

Notícias < Voltar
JAC J3 Turin é reprovado no “teste da revenda”
 

JAC J3 Turin é reprovado no “teste da revenda”

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Das nove lojas visitadas, nenhuma aceitou comprar o carro

02 de Março de 2015

De acordo com aquilo que se fala nos “bastidores” entre lojistas de automóveis, a Revista Comprecar acabou comprovando o boato nada agradável do produto JAC Motors. Para isso, visitamos nove diferentes lojas na cidade de Sorocaba, para verificar a aceitação desse modelo no mercado de veículos usados. E o resultado realmente não foi nada agradável.
 
Recapitulando, o JAC J3 S Turin que está sendo avaliado pela Revista Comprecar tem pouco mais que um ano de uso, com 15 mil km rodados. Ele já faz parte da nova geração do J3, sendo modelo 2014 já com o moto r 1,5 litro Flex.
 
Segundo a tabela FIPE , seu valor de mercado deveria ser de R$ 36,3 mil. Mas a realidade de revenda do carro está realmente muito distante desse valor. Quando anunciado por clientes particulares (em pesquisa na internet), modelos similares trazem preço final de no máximo R$ 30 mil. Mas a realidade ainda é mais difícil para o modelo J3.
 
No nosso caso, fomos verificar quanto o mercado paga no modelo, seja para venda, ou troca em outro veículo. E o resultado foi decepcionante, nesse carro.
 
Das nove lojas visitadas, nenhuma aceitou comprar o carro! É verdade que a época atual não está muito boa para o mercado de semi-novos. E justamente por isso, colocamos o J3 num cenário eventual de troca por outro veículo. Ainda sim, o resultado também não foi bom.
 
JAC J3 Turin “nem na troca”
 
Das nove lojas, três já informaram de cara que não aceitariam o carro NEM NA TROCA, por outro veículo do estoque! E isso foi uma grande surpresa, pois é sabido que na troca, o lojista geralmente tem margem para receber um veículo como parte do negócio.
 
Investigando o motivo dessa rejeição, os lojistas fizeram comentários do tipo: “Comprei um carro desses no passado, revendi, e hoje estou respondendo um processo do cliente que comprou, pela grande quantidade de problemas que o carro deu!”.
 
Carro destinado ao “Repasse”
 
A grande maioria das lojas visitadas comentaram informalmente que, ainda que pegassem o JAC J3 Turin na troca, provavelmente não ficariam com o modelo em seu estoque, para revendê-lo.
 
Assim, o carro seria destinado a uma loja de repasse. Tais lojas de repasse costumam trabalhar com aqueles carros conhecidos por serem a “carne de pescoço” do mercado de seminovos. Trata-se de carros com alta quilometragem, geralmente fora de linha, muito usados e com baixíssima aceitação. Em resumo, esses carros não tem qualquer tipo de apelo, senão o preço realmente baixo.
 
Mas no caso do JAC J3 Turin, trata-se de um carro com um ano de vida, modelo atual e ainda na garantia de fábrica! Mesmo assim, sua aceitação no mercado é baixíssima. E isso se reflete diretamente no preço que o mercado aceita pagar pelo carro, numa troca.
 
Lojas da Rua Sete de Setembro
 
Toda cidade tem uma rua onde se encontra uma grande quantidade de lojas de carros usados. Em Sorocaba, essa é a Rua Sete de Setembro. Escolhemos três lojas aleatórias para fazer a pesquisa:
 
Auto Sete Class: Na troca por um Ford New Fiesta 2014/2015, com valor de R$ 44,9 mil, a loja aceitaria pegar o JAC J3 por R$ 27 mil.
 
Eldorado Veículos: a loja nunca negociou esse modelo antes, e não aceitou o JAC nem numa troca eventual.
 
Algi Multimarcas: No estoque da loja não tinha um modelo de categoria equivalente para efetuar uma troca, mas a loja valorizaria o JAC J3 em 23 mil, numa eventual troca.
 
Outras Lojas Independentes
 
Hotcar Motors: Na troca por um Nissan Versa 2014 com 60 mil km rodados que tinha valor de R$ 43,9 mil, o JAC J3 seria valorizado em R$ 23 mil.
 
Maylaski Multimarcas: Não aceitou o carro nem na troca!
 
Padilha Car: Não aceitou o carro nem na troca!
 
Concessionárias de outras marcas
 
Ford Felivel
Na troca por um Ford New Fiesta Sedan SE 1.6 zero KM, com valor de R$ 55,8 mil, a concessionária valorizou o carro em apenas R$ 18,2 mil! (o menor valor oferecido pelo carro, em nossa avaliação).
 
Fiat SOMA
Na troca por um Fiat Grand Siena 1.6 zero KM, com valor de R$ 51,9 mil, a concessionária valorizou o carro em R$ 28 mil! (o melhor valor oferecido em toda nossa avaliação)
 
Abrão Reze Seminovos
Ainda que tenhamos visitado a loja de seminovos no grupo, o grupo Abrão Reze é responsável pelas marcas Audi, Volkswagen e Hyundai (Imports e HMB) na cidade de Sorocaba. Foi nos oferecido uma gama maior de carros usados na troca do JAC J3 Turin, com valores entre R$ 40 à 48 mil. E o JAC J3 Turin foi avaliado em R$ 25 mil.
Segundo a gerência da loja, esse seria o mesmo valor pago no JAC J3 Turin, caso tivéssemos interesse em trocar o J3 por um carro zero KM, pertencente às outras marcas do grupo. Essa foi a avaliação mais flexível, uma vez o cliente teria mais opções de carros, entre zero km e usados, pelo mesmo preço de avaliação.
 
Considerações
 
Nessa parte de nossa avaliação, ficou bastante claro que o JAC J3 S Turim tem sérios problemas de aceitação no mercado real de seminovos. O carro avaliado é o modelo do ano com baixa quilometragem e em excelente condição de estado. Mesmo assim, a desconfiança do mercado é enorme com a marca. Aliás, esse não é um problema do JAC, mas sim da origem chinesa, conforme comentário dos lojistas visitados. Dessa forma, fica bastante claro que o futuro cliente de um carro da JAC,(ou mesmo um J3 Turin S) terá que ter a consciência que deverá usar o carro até o fim da sua vida útil, para não perder muito dinheiro, numa venda ou troca desse carro.
 
Ainda faltam três matérias para a Revista Comprecar concluir a avaliação completa do JAC J3 Turin S, sendo:
 
1)    uma matéria com uma funilaria independente exemplificando a manutenção de uma eventual batida com o carro
 
2)    uma matéria com um oficina independente mostrando os custos de manutenções rotineiras de freio, suspensão e moto r
 
3)    a matéria final, com a avaliação geral do uso do carro, durante os nossos testes.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!