Revista Comprecar
Novo Audi TT chega a sua terceira geração
Cupê esportivo inova com Virtual Cockpit e motor de 230 cv
Novo Audi TT chega a sua terceira geração
18 de Maio de 2015

O Audi acaba de oficializar o novo Audi TT no mercado brasileiro. Modelo que foi o grande destaque da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, chega agora oficialmente as ruas na versão Coupé 2015, totalmente renovado. A terceira geração traz um novo design, que sugere mais força e esportividade. Mas o grande destaque do carro é certamente as tecnologias inovadoras com novo sistema controles e mostradores do painel no inédito “Virtual Cockpit”.
 
O novo TT, por enquanto, será oferecido em duas versões: Attraction e Ambition. A diferença entre elas é basicamente equipamentos, pois ambas estão equipadas com moto r 2.0 Turbo FSI, agora com 230 cv (19 a mais do que na geração anterior) e o câmbio S tronic de seis marchas e dupla embreagem. A versão Roadster (conversível) e a super esportiva TTS deverão chegar ao Brasil, no final do segundo semestre. Os dois modelos trazem de série o Virtual Cockpit da Audi, uma verdadeira revolução no design do painel de instrumentos.
 
Estilo inovador
 
O primeiro Audi TT chegou ao Brasil em 1998, com uma revolução no design. Com uma linguagem visual enriquecida por detalhes nostálgicos em diversos pontos da carroceria, o modelo se tornou imediatamente um ícone na categoria. Já na segunda geração lançada em 2006, o TT assumiu estilo mais esportivo com traços mais retos.
 
Agora, na terceira geração, o modelo traz design marcante e futurista, somado a uma inovadora experiência tecnológica. Entre os destaques está a grade dianteira Singleframe mais larga e baixa. Os faróis estão mais afilados. A versão Attraction traz faróis tipo bi-xenon, enquanto na Ambition, os faróis são inteiramente em LEDs.
 
O novo Audi TT ficou mais baixo. Com 4,18 metros, o Coupé tem, aproximadamente, o mesmo comprimento de seu antecessor. A distância entre eixos aumentou 37 mm, agora com 2.505 mm. Já a largura é 1.832 mm e a altura é a mesma da versão anterior, 1.353 mm.
 
Na traseira, o grande destaque é a na versão Ambition, onde as lanternas traseiras possuem luzes de seta dinâmicas. A terceira luz do freio é extremamente fina, posicionada sob a borda do defletor traseiro.
 
Outro detalhe de estilo funcional é a “asa” traseira. Quando o carro atinge 120 km/h, um spoiler se abre automaticamente na tampa do porta-malas. Isso também pode ser operado manualmente pelo moto rista. As duas versões trazem duas ponteiras de escapamento redondas, também inspiradas no TT original.
 
Estruturalmente falando, os engenheiros da Audi conseguiram, pela segunda vez, reduzir significativamente o peso do Audi TT. Na primeira mudança, em 2006, foram eliminados até 90 kg. A versão do novo TT com moto r 2.0 TFSI pesa apenas 1.230 kg, o que a torna aproximadamente 50 kg mais leve que o modelo anterior.
 
Interior
 
A Audi procurou simplificar ainda mais operação no interior do carro, que segue uma linha minimalista. Truques de design, permitiram aos estilistas criar um painel de instrumentos “CLEAN”. O conjunto de instrumentos e a tela MMI foram combinados para formar uma unidade digital central: o invovador Audi Virtual Cockpit (uma tela única na frente do moto rista que substitui mostradores de ponteiros e a tela central).
 
Outra mudança aconteceu nos controles do sistema de ar-condicionado. Agora eles estão totalmente integrados às saídas de ventilação. As saídas de ar redondas são inspiradas nos moto res a jato, com seu design lembrando turbinas. As aberturas de ar contêm os controles dos sistemas de ar-condicionado. Os controles de temperatura, direção, distribuição e intensidade do fluxo de ar ficam no centro de cada um dos difusores. No sistema de ar-condicionado automático, de série na versão Ambition, o controle selecionado é indicado em pequenos mostradores digitais.
 
Os bancos esportivos do novo Audi TT têm apoios de cabeça integrados e estão posicionados mais baixos do que no modelo anterior.
 
O novo volante multifuncional, que possibilita operação total do sistema de navegação e configuração do carro e é item de série nas duas versões, tem aro de três braços com base plana e raios com detalhes em alumínio, além de oferecer a possibilidade de trocas de marchas pelos shift paddles. Próximo a alavanca de câmbio, está o comando central giratório do MMI, que agora foi simplificado, reduzindo de quatro teclas de controle, para apenas duas.
 
O TT traz a configuração de 2+2 assentos. Na prática, são apenas dois assentos. Os traseiros só servem para levar crianças bem pequenas. O porta-malas tem 305 litros de capacidade (13 litros mais do o anterior), e ainda pode ser ampliado pelo rebatimento dos encostos dos bancos traseiros.
 
Muita tecnologia
 
Certamente, a maior inovação no Audi TT é a nova tecnologia embarcada, que contempla várias coisas. Pra começar, o novo volante multifuncional permite ativar praticamente todas as funções do cockpit virtual, sem tirar as mãos do volante.
 
A segunda unidade de controle é o novo terminal MMI no console central. Duas teclas ativam os menus, que são: navegação (opcional), telefonia, rádio e mídia. O moto rista ainda pode “escrever” usando o touchpad no topo do botão de pressão rotativo. A estrutura do menu do MMI é semelhante às dos smartphones. Todas as funções importantes podem ser acessadas diretamente.
 
O Audi Virtual Cockpit é na verdade uma grande tela, no lugar do painel clássico. Assim, ao toque de botões, o moto rista pode optar entre dois modos de exibição: na versão clássica, o velocímetro e o conta-giros ficam em primeiro plano, enquanto no modo progressivo, os instrumentos virtuais são menores. Utilizando este modo, o sistema disponibiliza uma ampla área de tela para outras funções, como o mapa de navegação GPS (opcional na versão Attraction e de série na Ambition).
 
Com resolução de 1.440 x 540 pixels, a tela de 12,3 polegadas gera imagens precisas e brilhantes. Na borda inferior do Virtual Cockpit, os mostradores da temperatura exterior, hora e quilometragem são visíveis permanentemente. Símbolos de advertência ou informação também podem ser mostrados ali.
 
Motor e câmbio
 
O moto r 2.0 TFSI chega com 230 cv de potência. Ele reúne várias tecnologias modernas como: duplo sistema de injeção (indireta e direta), o sistema de acionamento de válvulas (Audi Valvelift System - AVS) para ajustar o curso das válvulas de exaustão e o coletor de escapamento integrado ao cabeçote. Esse moto r turbo entrega torque de 370 Nm entre 1.600 e 4.300 rpm. A transmissão e a S tronic de dupla embreagem com seis marchas. Essa é a mesma transmissão que equipa o esportivo Audi S3.
 
Com esse conjunto, o Audi TT acelera de 0 a 100 km/h, em apenas em 5,9 segundos, atingindo velocidade máxima (limitada eletronicamente) de 250 km/h.
 
Além de potente, o TT é eficiente. Na estrada, o cupê percorre até 12,7 km/l e, na cidade, são 9,9 km/l. Na avaliação do Inmetro, o TT recebe classificação “A” na sua categoria.
 
Outro sistema disponível que auxilia na dirigibilidade é o Audi Drive Select, equipa a versão Ambition. Ele controla as características do moto r e a assistência da direção. O moto rista pode optar entre os modos comfort, dynamic e individual. O Audi Drive Select também intervém em vários módulos, entre eles o câmbio S tronic. O modelo ainda conta com Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), de multiestágios. Ele pode ser desativado tanto parcial como totalmente. Vale destacar que o TT Coupé traz apenas tração dianteira. A versão integral estará disponível apenas nas versões TTS (no segundo semestre).
 
Equipamentos nas versões
 
Tanto a versão Attraction como a Ambition trazem de série o Audi Sound System, com potência de 155 watts e nove alto-falantes. O sistema de som Bang & Olufsen, oferecido como opcional para a versão Ambition tem amplificador com 14 canais e 12 alto-falantes, cujas bordas possuem um discreto condutor de luz de intensidade ajustável.
 
De série na versão Ambition e disponível como opcional na Attraction, o rádio MMI plus com sistema de navegação é outro item tecnológico. O mapa de navegação é mostrado na grande tela, à frente do moto rista, identificando através da tecnologia 3D pontes, viadutos, túneis e pontos de interesse ao longo da rota. O sistema possui ainda um tocador de DVD, duas entradas para cartões de memória, conexão Bluetooth e disco rígido com mémoria interna (Jukebox) de cerca de 10 GB. Uma novidade importante do rádio MMI plus é o novo comando por voz, que aceita ordens mais complexas, facilitando a operação segura com o carro em movimento.
 
Preços
 
O novo esportivo chega ao mercado com os seguintes preços: a versão de entrada Attraction custa exatamente o mesmo valor da anterior (R$ 209.990,00) e a Ambition, por R$ 20 mil a mais, acrescenta Rádio MMI Plus com sistema de navegação, ar condicionado automático integrado nas saídas de ar, Audi Drive Select, Faróis Full Led, pacote de luzes e rodas de alumínio de 19 polegadas.
 
Os opcionais são Pintura Metálica/Perolizada/Amarelo Vegas por R$ 1,7 mil; radio MMI plus com sistema de navegação (na versão Attraction) por R$ 11,5 mil; o Kit Esportivo S-Line por R$ 7 mil e o Pacote Advanced que engloba Keyless-Go; Sensor de Estacionamento Dianteiro e Sistema de Som Bang & Olufsen por R$ 10 mil.
 
Ficha técnica
 
Motor: 2.0 TFSI
Cilindros / Cilindrada: 4 em linha / 1.984 cm³
Potência (cv em min-1): 230 @4.500 - 6.200
Torque (Nm @ min-1): [email protected] - 4.300
Tração: dianteira
Transmissão: S tronic 6 marchas
Peso (kg): 1.335
Comprimento (mm): 4.177
Largura (mm): 1.832
Altura (mm): 1.353
Distância entre eixos (mm): 2.505
Capacidade do tanque de combustível (l): 50
Capacidade do porta-malas (l): 305
Aceleração 0-100 km/h (s): 5,9
Velocidade Máxima (km/h): 250 (limitada eletronicamente)

Lançamentos < Voltar
Novo Audi TT chega a sua terceira geração
 

Novo Audi TT chega a sua terceira geração

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Cupê esportivo inova com Virtual Cockpit e motor de 230 cv

18 de Maio de 2015

O Audi acaba de oficializar o novo Audi TT no mercado brasileiro. Modelo que foi o grande destaque da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, chega agora oficialmente as ruas na versão Coupé 2015, totalmente renovado. A terceira geração traz um novo design, que sugere mais força e esportividade. Mas o grande destaque do carro é certamente as tecnologias inovadoras com novo sistema controles e mostradores do painel no inédito “Virtual Cockpit”.
 
O novo TT, por enquanto, será oferecido em duas versões: Attraction e Ambition. A diferença entre elas é basicamente equipamentos, pois ambas estão equipadas com moto r 2.0 Turbo FSI, agora com 230 cv (19 a mais do que na geração anterior) e o câmbio S tronic de seis marchas e dupla embreagem. A versão Roadster (conversível) e a super esportiva TTS deverão chegar ao Brasil, no final do segundo semestre. Os dois modelos trazem de série o Virtual Cockpit da Audi, uma verdadeira revolução no design do painel de instrumentos.
 
Estilo inovador
 
O primeiro Audi TT chegou ao Brasil em 1998, com uma revolução no design. Com uma linguagem visual enriquecida por detalhes nostálgicos em diversos pontos da carroceria, o modelo se tornou imediatamente um ícone na categoria. Já na segunda geração lançada em 2006, o TT assumiu estilo mais esportivo com traços mais retos.
 
Agora, na terceira geração, o modelo traz design marcante e futurista, somado a uma inovadora experiência tecnológica. Entre os destaques está a grade dianteira Singleframe mais larga e baixa. Os faróis estão mais afilados. A versão Attraction traz faróis tipo bi-xenon, enquanto na Ambition, os faróis são inteiramente em LEDs.
 
O novo Audi TT ficou mais baixo. Com 4,18 metros, o Coupé tem, aproximadamente, o mesmo comprimento de seu antecessor. A distância entre eixos aumentou 37 mm, agora com 2.505 mm. Já a largura é 1.832 mm e a altura é a mesma da versão anterior, 1.353 mm.
 
Na traseira, o grande destaque é a na versão Ambition, onde as lanternas traseiras possuem luzes de seta dinâmicas. A terceira luz do freio é extremamente fina, posicionada sob a borda do defletor traseiro.
 
Outro detalhe de estilo funcional é a “asa” traseira. Quando o carro atinge 120 km/h, um spoiler se abre automaticamente na tampa do porta-malas. Isso também pode ser operado manualmente pelo moto rista. As duas versões trazem duas ponteiras de escapamento redondas, também inspiradas no TT original.
 
Estruturalmente falando, os engenheiros da Audi conseguiram, pela segunda vez, reduzir significativamente o peso do Audi TT. Na primeira mudança, em 2006, foram eliminados até 90 kg. A versão do novo TT com moto r 2.0 TFSI pesa apenas 1.230 kg, o que a torna aproximadamente 50 kg mais leve que o modelo anterior.
 
Interior
 
A Audi procurou simplificar ainda mais operação no interior do carro, que segue uma linha minimalista. Truques de design, permitiram aos estilistas criar um painel de instrumentos “CLEAN”. O conjunto de instrumentos e a tela MMI foram combinados para formar uma unidade digital central: o invovador Audi Virtual Cockpit (uma tela única na frente do moto rista que substitui mostradores de ponteiros e a tela central).
 
Outra mudança aconteceu nos controles do sistema de ar-condicionado. Agora eles estão totalmente integrados às saídas de ventilação. As saídas de ar redondas são inspiradas nos moto res a jato, com seu design lembrando turbinas. As aberturas de ar contêm os controles dos sistemas de ar-condicionado. Os controles de temperatura, direção, distribuição e intensidade do fluxo de ar ficam no centro de cada um dos difusores. No sistema de ar-condicionado automático, de série na versão Ambition, o controle selecionado é indicado em pequenos mostradores digitais.
 
Os bancos esportivos do novo Audi TT têm apoios de cabeça integrados e estão posicionados mais baixos do que no modelo anterior.
 
O novo volante multifuncional, que possibilita operação total do sistema de navegação e configuração do carro e é item de série nas duas versões, tem aro de três braços com base plana e raios com detalhes em alumínio, além de oferecer a possibilidade de trocas de marchas pelos shift paddles. Próximo a alavanca de câmbio, está o comando central giratório do MMI, que agora foi simplificado, reduzindo de quatro teclas de controle, para apenas duas.
 
O TT traz a configuração de 2+2 assentos. Na prática, são apenas dois assentos. Os traseiros só servem para levar crianças bem pequenas. O porta-malas tem 305 litros de capacidade (13 litros mais do o anterior), e ainda pode ser ampliado pelo rebatimento dos encostos dos bancos traseiros.
 
Muita tecnologia
 
Certamente, a maior inovação no Audi TT é a nova tecnologia embarcada, que contempla várias coisas. Pra começar, o novo volante multifuncional permite ativar praticamente todas as funções do cockpit virtual, sem tirar as mãos do volante.
 
A segunda unidade de controle é o novo terminal MMI no console central. Duas teclas ativam os menus, que são: navegação (opcional), telefonia, rádio e mídia. O moto rista ainda pode “escrever” usando o touchpad no topo do botão de pressão rotativo. A estrutura do menu do MMI é semelhante às dos smartphones. Todas as funções importantes podem ser acessadas diretamente.
 
O Audi Virtual Cockpit é na verdade uma grande tela, no lugar do painel clássico. Assim, ao toque de botões, o moto rista pode optar entre dois modos de exibição: na versão clássica, o velocímetro e o conta-giros ficam em primeiro plano, enquanto no modo progressivo, os instrumentos virtuais são menores. Utilizando este modo, o sistema disponibiliza uma ampla área de tela para outras funções, como o mapa de navegação GPS (opcional na versão Attraction e de série na Ambition).
 
Com resolução de 1.440 x 540 pixels, a tela de 12,3 polegadas gera imagens precisas e brilhantes. Na borda inferior do Virtual Cockpit, os mostradores da temperatura exterior, hora e quilometragem são visíveis permanentemente. Símbolos de advertência ou informação também podem ser mostrados ali.
 
Motor e câmbio
 
O moto r 2.0 TFSI chega com 230 cv de potência. Ele reúne várias tecnologias modernas como: duplo sistema de injeção (indireta e direta), o sistema de acionamento de válvulas (Audi Valvelift System - AVS) para ajustar o curso das válvulas de exaustão e o coletor de escapamento integrado ao cabeçote. Esse moto r turbo entrega torque de 370 Nm entre 1.600 e 4.300 rpm. A transmissão e a S tronic de dupla embreagem com seis marchas. Essa é a mesma transmissão que equipa o esportivo Audi S3.
 
Com esse conjunto, o Audi TT acelera de 0 a 100 km/h, em apenas em 5,9 segundos, atingindo velocidade máxima (limitada eletronicamente) de 250 km/h.
 
Além de potente, o TT é eficiente. Na estrada, o cupê percorre até 12,7 km/l e, na cidade, são 9,9 km/l. Na avaliação do Inmetro, o TT recebe classificação “A” na sua categoria.
 
Outro sistema disponível que auxilia na dirigibilidade é o Audi Drive Select, equipa a versão Ambition. Ele controla as características do moto r e a assistência da direção. O moto rista pode optar entre os modos comfort, dynamic e individual. O Audi Drive Select também intervém em vários módulos, entre eles o câmbio S tronic. O modelo ainda conta com Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), de multiestágios. Ele pode ser desativado tanto parcial como totalmente. Vale destacar que o TT Coupé traz apenas tração dianteira. A versão integral estará disponível apenas nas versões TTS (no segundo semestre).
 
Equipamentos nas versões
 
Tanto a versão Attraction como a Ambition trazem de série o Audi Sound System, com potência de 155 watts e nove alto-falantes. O sistema de som Bang & Olufsen, oferecido como opcional para a versão Ambition tem amplificador com 14 canais e 12 alto-falantes, cujas bordas possuem um discreto condutor de luz de intensidade ajustável.
 
De série na versão Ambition e disponível como opcional na Attraction, o rádio MMI plus com sistema de navegação é outro item tecnológico. O mapa de navegação é mostrado na grande tela, à frente do moto rista, identificando através da tecnologia 3D pontes, viadutos, túneis e pontos de interesse ao longo da rota. O sistema possui ainda um tocador de DVD, duas entradas para cartões de memória, conexão Bluetooth e disco rígido com mémoria interna (Jukebox) de cerca de 10 GB. Uma novidade importante do rádio MMI plus é o novo comando por voz, que aceita ordens mais complexas, facilitando a operação segura com o carro em movimento.
 
Preços
 
O novo esportivo chega ao mercado com os seguintes preços: a versão de entrada Attraction custa exatamente o mesmo valor da anterior (R$ 209.990,00) e a Ambition, por R$ 20 mil a mais, acrescenta Rádio MMI Plus com sistema de navegação, ar condicionado automático integrado nas saídas de ar, Audi Drive Select, Faróis Full Led, pacote de luzes e rodas de alumínio de 19 polegadas.
 
Os opcionais são Pintura Metálica/Perolizada/Amarelo Vegas por R$ 1,7 mil; radio MMI plus com sistema de navegação (na versão Attraction) por R$ 11,5 mil; o Kit Esportivo S-Line por R$ 7 mil e o Pacote Advanced que engloba Keyless-Go; Sensor de Estacionamento Dianteiro e Sistema de Som Bang & Olufsen por R$ 10 mil.
 
Ficha técnica
 
Motor: 2.0 TFSI
Cilindros / Cilindrada: 4 em linha / 1.984 cm³
Potência (cv em min-1): 230 @4.500 - 6.200
Torque (Nm @ min-1): [email protected] - 4.300
Tração: dianteira
Transmissão: S tronic 6 marchas
Peso (kg): 1.335
Comprimento (mm): 4.177
Largura (mm): 1.832
Altura (mm): 1.353
Distância entre eixos (mm): 2.505
Capacidade do tanque de combustível (l): 50
Capacidade do porta-malas (l): 305
Aceleração 0-100 km/h (s): 5,9
Velocidade Máxima (km/h): 250 (limitada eletronicamente)

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!