Revista Comprecar
Novo Porsche Panamera ganha “som 3D”
Novo sistema de som tem saída total de 1.455 watts e 21 alto-falantes
Novo Porsche Panamera ganha “som 3D”
10 de Agosto de 2016

Com o desenvolvimento do novo Panamera, o objetivo foi melhorar ainda mais o desempenho de referência já entregue pelo sistema de som Burmester. Para conseguir isso, foram usadas tecnologias de áudio no estado da arte, incluindo amplificadores classe D potentes e altamente eficientes, algoritmos inteligentes para aprimorar a qualidade do som e os últimos desenvolvimentos em processamento Auro 3D. Através desse conjunto de recursos, o sistema oferecido no novo Panamera proporciona pela primeira vez uma experiência baseada nas melhores salas de concerto do mundo.
 
Evidentemente, medidas da afinação convencionais também foram parte do processo de desenvolvimento. Por exemplo, sistemas de alto-falantes com alto nível de eficiência foram implementados e a área de membrana acusticamente efetiva foi significativamente aumentada. Enquanto o sistema de som do primeiro Panamera trazia 16 alto-falantes, o novo Panamera traz 21, proporcionando uma melhor experiência sonora. O sistema presente no novo Panamera compreende um total de oito woofers, três alto-falantes de médio alcance, dois alto-falantes de alta amplitude e sete tweeters, assim como um subwoofer na parte traseira.
 
Amplificadores classe D de alta eficiência controlam todos os 21 alto-falantes. A potência de saída total foi aumentada em torno de 40 por cento, atingindo 1.455 watts, porém com um consumo de energia consideravelmente reduzido. Só para o subwoofer, são disponibilizados 400 watts. Os amplificadores atingem um nível de eficiência de mais de 95 por cento e, porque pesa apenas 14,3 kg, o sistema de som Burmester® alcança uma nova relação peso-potência de ótimos 0,009 kg/W, como é tradicional no segmento dos carros esportivos.
 
O Sistema de Som Burmester 3D High-End Surround oferece pela primeira vez num veículo uma atmosfera realista de sala de concertos. Os desenvolvedores fizeram um esforço consciente para não usar nenhum dos efeitos sonoros espaciais comuns em salas de cinema. Em vez disso, procuraram um formato focado na melhor reprodução musical possível. Trabalhando com os Estúdios Galaxy, baseados na Bélgica, a equipe conseguiu implementar no sistema de som Burmester um algoritmo desenvolvido especialmente para música. O algoritmo produz uma impressão musical tridimensional que, anteriormente, só podia ser experimentada em salas de concerto. O formato de processamento Auro 3D, pela primeira vez usado num veículo para esse fim, se destaca por uma impressão espacial extremamente realista que pode ser gerada a partir de qualquer fonte - inclusive mono. No novo Panamera, o formato de processamento 3D possibilita estender sutilmente o som à frente e até mesmo acima do ouvinte.
 
Além disso, um algoritmo especial que restaura o sinal de áudio em linha de acordo com o tipo de fonte. Influências negativas na qualidade do som resultantes de amplitude de banda limitada, artefatos de codificação e pré-eco são restauradas com eficiência pelo algoritmo de aprimoramento do sinal. As limitações típicas presentes na dinâmica de fontes musicais com dados reduzidos também são retificadas para utilizar totalmente o potencial de áudio do sistema de som.
 
Na Alemanha, o sistema custa 6.747,30 euros para o Panamera 4S e 5.331,20 euros para o Panamera Turbo.
 
O novo sistema de som Burmester também estará disponível no mercado brasileiro para o Novo Panamera 4S e para o Panamera Turbo, no entanto, os preços ainda não estão definidos. 

Notícias < Voltar
Novo Porsche Panamera ganha “som 3D”
 

Novo Porsche Panamera ganha “som 3D”

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Novo sistema de som tem saída total de 1.455 watts e 21 alto-falantes

10 de Agosto de 2016

Com o desenvolvimento do novo Panamera, o objetivo foi melhorar ainda mais o desempenho de referência já entregue pelo sistema de som Burmester. Para conseguir isso, foram usadas tecnologias de áudio no estado da arte, incluindo amplificadores classe D potentes e altamente eficientes, algoritmos inteligentes para aprimorar a qualidade do som e os últimos desenvolvimentos em processamento Auro 3D. Através desse conjunto de recursos, o sistema oferecido no novo Panamera proporciona pela primeira vez uma experiência baseada nas melhores salas de concerto do mundo.
 
Evidentemente, medidas da afinação convencionais também foram parte do processo de desenvolvimento. Por exemplo, sistemas de alto-falantes com alto nível de eficiência foram implementados e a área de membrana acusticamente efetiva foi significativamente aumentada. Enquanto o sistema de som do primeiro Panamera trazia 16 alto-falantes, o novo Panamera traz 21, proporcionando uma melhor experiência sonora. O sistema presente no novo Panamera compreende um total de oito woofers, três alto-falantes de médio alcance, dois alto-falantes de alta amplitude e sete tweeters, assim como um subwoofer na parte traseira.
 
Amplificadores classe D de alta eficiência controlam todos os 21 alto-falantes. A potência de saída total foi aumentada em torno de 40 por cento, atingindo 1.455 watts, porém com um consumo de energia consideravelmente reduzido. Só para o subwoofer, são disponibilizados 400 watts. Os amplificadores atingem um nível de eficiência de mais de 95 por cento e, porque pesa apenas 14,3 kg, o sistema de som Burmester® alcança uma nova relação peso-potência de ótimos 0,009 kg/W, como é tradicional no segmento dos carros esportivos.
 
O Sistema de Som Burmester 3D High-End Surround oferece pela primeira vez num veículo uma atmosfera realista de sala de concertos. Os desenvolvedores fizeram um esforço consciente para não usar nenhum dos efeitos sonoros espaciais comuns em salas de cinema. Em vez disso, procuraram um formato focado na melhor reprodução musical possível. Trabalhando com os Estúdios Galaxy, baseados na Bélgica, a equipe conseguiu implementar no sistema de som Burmester um algoritmo desenvolvido especialmente para música. O algoritmo produz uma impressão musical tridimensional que, anteriormente, só podia ser experimentada em salas de concerto. O formato de processamento Auro 3D, pela primeira vez usado num veículo para esse fim, se destaca por uma impressão espacial extremamente realista que pode ser gerada a partir de qualquer fonte - inclusive mono. No novo Panamera, o formato de processamento 3D possibilita estender sutilmente o som à frente e até mesmo acima do ouvinte.
 
Além disso, um algoritmo especial que restaura o sinal de áudio em linha de acordo com o tipo de fonte. Influências negativas na qualidade do som resultantes de amplitude de banda limitada, artefatos de codificação e pré-eco são restauradas com eficiência pelo algoritmo de aprimoramento do sinal. As limitações típicas presentes na dinâmica de fontes musicais com dados reduzidos também são retificadas para utilizar totalmente o potencial de áudio do sistema de som.
 
Na Alemanha, o sistema custa 6.747,30 euros para o Panamera 4S e 5.331,20 euros para o Panamera Turbo.
 
O novo sistema de som Burmester também estará disponível no mercado brasileiro para o Novo Panamera 4S e para o Panamera Turbo, no entanto, os preços ainda não estão definidos. 

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!