Revista Comprecar
Porsche constrói um 911 clássico com peças genuínas
Modelo foi feito pela Porsche Classic que fabrica peças para restauração
Porsche constrói um 911 clássico com peças genuínas
26 de Agosto de 2018

A Porsche Classic criou um item de coleção altamente desejável: o último 911 Turbo com motor resfriado a ar - 20 anos depois do final da produção em série do modelo. O design da geração 993 do 911 Turbo é baseado numa carroceria original e a aparência do veículo é tão única como sua história: pintado na cor Amarelo Dourado Metálico, ele remete ao 911 Turbo S Exclusive Series 2018. As rodas pretas são valorizadas por detalhes na cor da carroceria, enquanto os bancos e acabamento interno são pretos, com detalhes também em amarelo dourado. A carroceria traz as características tomadas de ar laterais do 993 Turbo que, em 1998, eram oferecidas como opcionais para o 911 Turbo normal.
 
Desenvolvendo 450 hp, o clássico carro esportivo celebrará sua estreia mundial na Porsche Rennsport Reunion em Laguna Seca, nos Estados Unidos, no dia 27 de setembro de 2018. O item de colecionador, para uso restrito em pistas privadas, será então leiloado pela empresa RM Sotheby's no Porsche Experience Center em Atlanta, em 27 de setembro de 2018. O resultado da venda será doado à Fundação Ferry Porsche, uma organização não-lucrativa criada este ano para marcar a comemoração dos "70 anos da Porsche".
 
Os especialistas da Porsche Classic propuseram a ideia de construir um veículo completamente novo baseado numa carroceria genuína tipo 993 existente, demonstrando tanto tradição como inovação. Eles contaram com uma seleção de mais de 6.500 peças genuínas que a Porsche Classic oferece com exclusividade para os modelos da geração 993. No total, a divisão Classic mantém em estoque atualmente cerca de 52 mil peças, que podem ser obtidas através dos Porsche Classic Partners e Porsche Centers ao redor do mundo para reparar e restaurar carros clássicos da Porsche.
 
A construção do veículo inédito levou aproximadamente um ano e meio. A carroceria passou inicialmente pelos processos de proteção contra corrosão e de pintura aplicados atualmente aos veículos de produção em série. O item de coleção foi então montado e regulado por especialistas da Porsche Classic na oficina de restauração da Porsche em Stuttgart. Um motor boxer de seis cilindros biturbo de 3,6 litros inteiramente novo, com 450 hp, foi instalado no carro, proporcionando o desempenho que o veículo tinha originalmente, quando foi produzido em série. A transmissão manual e a tração nas quatro rodas também foram obtidas entre a gama de peças genuínas oferecidas pela Porsche Classic. O número do chassi, estampado manualmente, segue o do último modelo produzido em série do 993 Turbo, que saiu da linha de produção em 1998.
 
O 993 continua sendo um item altamente desejado pelos colecionadores até hoje e é considerado um veículo sofisticado e confiável. Ele foi o primeiro 911 a apresentar um chassi de alumínio reprojetado que proporcionava uma excepcional agilidade na época. A versão 911 Turbo do Porsche 993 também foi a primeira com motor biturbo, que o tornou o carro de série com o trem de força com menor índice de emissões do mundo em 1995. A parte dianteira é mais baixa que a dos primeiros modelos 911, graças à mudança dos faróis redondos para os polielipsóides. As rodas de alumínio com raios ocos, uma novidade entre os carros com rodas de alumínio, foram outra inovação presente na versão 911 Turbo com tração integral. Foram construídas apenas 345 unidades do 911 Turbo S, com seu motor de alto desempenho de 450 hp.

Notícias < Voltar
Porsche constrói um 911 clássico com peças genuínas
 

Porsche constrói um 911 clássico com peças genuínas

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Modelo foi feito pela Porsche Classic que fabrica peças para restauração

26 de Agosto de 2018

A Porsche Classic criou um item de coleção altamente desejável: o último 911 Turbo com motor resfriado a ar - 20 anos depois do final da produção em série do modelo. O design da geração 993 do 911 Turbo é baseado numa carroceria original e a aparência do veículo é tão única como sua história: pintado na cor Amarelo Dourado Metálico, ele remete ao 911 Turbo S Exclusive Series 2018. As rodas pretas são valorizadas por detalhes na cor da carroceria, enquanto os bancos e acabamento interno são pretos, com detalhes também em amarelo dourado. A carroceria traz as características tomadas de ar laterais do 993 Turbo que, em 1998, eram oferecidas como opcionais para o 911 Turbo normal.
 
Desenvolvendo 450 hp, o clássico carro esportivo celebrará sua estreia mundial na Porsche Rennsport Reunion em Laguna Seca, nos Estados Unidos, no dia 27 de setembro de 2018. O item de colecionador, para uso restrito em pistas privadas, será então leiloado pela empresa RM Sotheby's no Porsche Experience Center em Atlanta, em 27 de setembro de 2018. O resultado da venda será doado à Fundação Ferry Porsche, uma organização não-lucrativa criada este ano para marcar a comemoração dos "70 anos da Porsche".
 
Os especialistas da Porsche Classic propuseram a ideia de construir um veículo completamente novo baseado numa carroceria genuína tipo 993 existente, demonstrando tanto tradição como inovação. Eles contaram com uma seleção de mais de 6.500 peças genuínas que a Porsche Classic oferece com exclusividade para os modelos da geração 993. No total, a divisão Classic mantém em estoque atualmente cerca de 52 mil peças, que podem ser obtidas através dos Porsche Classic Partners e Porsche Centers ao redor do mundo para reparar e restaurar carros clássicos da Porsche.
 
A construção do veículo inédito levou aproximadamente um ano e meio. A carroceria passou inicialmente pelos processos de proteção contra corrosão e de pintura aplicados atualmente aos veículos de produção em série. O item de coleção foi então montado e regulado por especialistas da Porsche Classic na oficina de restauração da Porsche em Stuttgart. Um motor boxer de seis cilindros biturbo de 3,6 litros inteiramente novo, com 450 hp, foi instalado no carro, proporcionando o desempenho que o veículo tinha originalmente, quando foi produzido em série. A transmissão manual e a tração nas quatro rodas também foram obtidas entre a gama de peças genuínas oferecidas pela Porsche Classic. O número do chassi, estampado manualmente, segue o do último modelo produzido em série do 993 Turbo, que saiu da linha de produção em 1998.
 
O 993 continua sendo um item altamente desejado pelos colecionadores até hoje e é considerado um veículo sofisticado e confiável. Ele foi o primeiro 911 a apresentar um chassi de alumínio reprojetado que proporcionava uma excepcional agilidade na época. A versão 911 Turbo do Porsche 993 também foi a primeira com motor biturbo, que o tornou o carro de série com o trem de força com menor índice de emissões do mundo em 1995. A parte dianteira é mais baixa que a dos primeiros modelos 911, graças à mudança dos faróis redondos para os polielipsóides. As rodas de alumínio com raios ocos, uma novidade entre os carros com rodas de alumínio, foram outra inovação presente na versão 911 Turbo com tração integral. Foram construídas apenas 345 unidades do 911 Turbo S, com seu motor de alto desempenho de 450 hp.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!