Revista Comprecar
Salão do automóvel de Paris (parte 2)
As novidades das marcas alemãs, sendo que algumas vão chegar ao mercado brasileiro
Salão do automóvel de Paris (parte 2)
03 de Outubro de 2016

Audi
 
A Audi revelou novos produtos no Salão do Automóvel de Paris. A fabricante de Ingolstadt mostra pela primeira vez ao público o novo Q5 e o RS 3 Sedan. Outros modelos em destaque são A5 e S5 Sportback.
 
O Q5 tem uma história de sucesso, afinal é o SUV mais vendido no mundo em sua categoria. A nova geração segue os passos de seu antecessor. Em Paris, diversas características do modelo foram destacadas em sua primeira aparição pública.
 
O novo Q5 é ainda mais eficiente e dinâmico, graças aos novos moto res, ao peso reduzido e a melhor aerodinâmica entre seus concorrentes. A nova tração quattro com tecnologia ultra também tem seu papel. O equipamento desengata o eixo traseiro sempre que seu uso não for necessário, reativando o sistema automaticamente quando preciso. Esse novo conceito aumenta a eficiência sem diminuir a tração ou a dinâmica de condução.
 
Os clientes terão várias opções de de versões, incluindo suspensão a ar. O Q5 tem uma ótima conectividade devido ao Audi connect, que oferece vários serviços a bordo. O moto rista e os passageiros podem acessá-los pelo Virtual Cockpit, pelo display MMI ou pelo sistema de entretenimento traseiro.
 
Diversos sistemas de assistência ao condutor se encarregam de segurança, conforto e eficiência – como alerta de abertura das portas, sistemas avançados de economia de combustível ou funções de condução semiautônomas.
 
O RS 3 Sedan é uma demonstração de pura potência no estande da Audi em Paris. O novo modelo aumenta a família RS, e assume o lugar de sedan mais esportivo da categoria de compactos. Com moto r 2.5 TFSI, que desenvolve 400 cv e torque máximo de 480 Nm, o RS 3 Sedan é simplesmente uma explosão de potência, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. A frente mais larga que a do modelo convencional, a grade Singleframe com o logo quattro e as grandes saídas de escapamento ovais dão ao novo membro da linha RS suas características distintas. O interior também remete ao universo do automobilismo. 
 
Os instrumentos do painel têm fundo preto com ponteiros vermelhos e escalas na cor branca. Como opcional, o Virtual Cockpit traz uma tela especial RS: o conta-giros fica posicionado no centro. Nas laterais, aparecem informações sobre pressão dos pneus, torque e força G.
 
O novo A5 Sportback surge como uma figura elegante. O cupê de cinco portas chama a atenção por seu design arrebatador. Entre os destaques de estilo estão a dianteira reta, a larga grade Singleframe e o capô vincado. Uma característica marcante na lateral são as linhas que formam uma onda tridimensional. Mas o A5 Sportback não é apenas bonito, mas também desenvolvido para o uso diário. Quase todas as dimensões internas aumentaram. O porta-malas tem capacidade para 480 litros. Na Alemanha, há cinco opções de moto res a escolha, sendo duas a gasolina e três a diesel, que produzem entre 190 cv a 286 cv. Já o S5 Sportback é equipado com um 3.0 TFSI de 354 cv e traz o sistema de tração quattro de série. As versões de duas portas do modelo, A5 e S5 Coupé, também estão em exibição no salão francês.
 
A versão top de linha da família Q7, o SQ7 TDI, também é mostrado pela primeira vez no evento. O SUV é o primeiro modelo de produção da marca equipado com compressor elétrico (EPC). O equipamento dá suporte aos dois turbos do moto r 4.0 TDI em baixas rotações, eliminando o “turbo lag” – as hesitações na aceleração. A energia é fornecida pelo subsistema elétrico de 48 volts, uma tecnologia nova neste segmento. O SQ7 TDI desenvolve potência de 435 cv e um torque maciço de 900 Nm. Esse conjunto faz com que o veículo acelere de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos, com velocidade máxima controlada eletronicamente de 250 km/h.
 
Mercedes-Benz
 
A Mercedes-Benz também traz importantes lançamentos. Seis novos veículos foram apresentados. A marca também contou com dois conceitos, o Vision Mercedes-Maybach 6, que apresenta uma nova concepção de design para coupés de luxo, e o Generation EQ, que demonstra os próximos passos do que a Mercedes-Benz considera a geração futura de veículos elétricos.
 
O novo Classe E foi exposto em sua versão Estate, na versão AMG Sport. Dessa forma, a principal proposta do Mercedes-AMG E 43 Estate é oferecer todas inovações da nova família e excelente desempenho, combinados com amplo espaço interno. Ao todo, seu volume total de carga é de 1.820 litros, com assentos rebatidos. Com relação à performance, o modelo é equipado com moto r V6 biturbo de 3.0 litros que gera 401cv e 520 Nm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos. Dessa forma, o Mercedes-AMG E 43 Estate se destaca por ser um dos automóveis mais versáteis do portfólio atual, sendo uma excelente opção para clientes que buscam a sofisticação de um sedã executivo, capacidade de carga de um utilitário e desempenho de um superesportivo.
 
A versão All-Terrain do Classe E tem lançamento previsto para 2017, na Europa, e é um veículo destinado tanto para famílias como para uso em momentos de lazer. Equipado de série com sistema de suspensão AIR BODY CONTROL, tração integral 4MATIC, rodas de 19 e 20 polegadas (respectivamente na dianteira e traseira), e com maior distância para o solo, seu comportamento é quase como o de um SUV puro. Além disso, seu visual mais alto e robusto o difere da versão Estate tradicional, caracterizando o Classe E All-Terrain como um veículo que reflete os novos padrões de design que a Mercedes-Benz pretende seguir no futuro. Grade frontal, spoilers nas laterais e traseira elevada são outras características de utilitários esportivos incorporadas ao modelo. Para sua estreia mundial o Classe E All-Terrain será apresentado na versão E 220 4MATIC com o recém-desenvolvido moto r a diesel de 2.0 litros, quatro cilindros, que gera 194cv e 400 Nm de torque. Para as versões futuras, o modelo oferecerá opções de seis cilindros. Com relação ao câmbio, será o 9G-TRONIC de nove velocidades para todos.
 
O Mercedes-AMG GT chega com três variações: Mercedes-AMG GT R, Mercedes-AMG GT Roadster e Mercedes-AMG GT C Roadster.
 
O Mercedes-AMG GT R apresenta uma série de melhorias para um superesportivo. Os novos desenhos de asas dianteiras e traseiras permitem maior aderência e a realização de curvas em velocidades ainda mais elevadas. Novos para-choques dianteiro e traseiro e novo aerofólio melhoram a eficiência aerodinâmica e ajudam a garantir uma excelente estabilidade. A grade frontal com aletas verticais remete ao modelo utilizado na categoria GT3 e enfatiza ainda mais o DNA de competição do veículo. Pela primeira vez, características puras de um modelo de corrida passam a fazer parte da produção de um AMG de rua. Com relação à performance, o Mercedes-AMG GT R conta com moto r V8 de 4.0 litros que gera 585 cv e 700 Nm de torque. Ele ainda conta com transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, proporcionando respostas rápidas e precisas. A nova versão da família AMG GT acelera de 0 a 100 km/h em 3,6s e atinge velocidade máxima de 318 km.
 
Além da versão mais potente da família AMG GT, o Salão de Paris conta com o lançamento dos modelos Mercedes-AMG GT Roadster e Mercedes-AMG GT C Roadster.
 
Ambos são equipados com moto r V8 de 4.0 litros e transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades. Enquanto o Mercedes-AMG GT Roadster oferece 476 cv e 630 Nm de torque, o Mercedes-AMG GT C Roadster tem como base a versão GT R e oferece 557 cv e 680 Nm de torque.
 
Outra novidade é o novo Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé. Equipado com moto r V6 biturbo de 3.0 litros e câmbio automático 9G-TRONIC, o modelo gera 367cv de potência e 520 Nm de torque, oferecendo um comportamento acima da média para um SUV desse porte. Esse conjunto mecânico de moto r e transmissão, combinados com suspensão adaptativa e tração integral auxiliam para que o modelo se adeque a qualquer condição de direção e ao estilo de diferentes públicos. O Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé se destaca pelo design marcante mantendo sua identidade de utilitário, pelo desempenho de um superesportivo e pelo conforto que oferece aos ocupantes do veículo, independentemente da condição da via.
 
Entre os conceitos está o Vision Mercedes-Maybach 6 que apresenta uma nova tendência de design para coupés de luxo. Com cerca de seis metros de comprimento e rodas de 24 polegadas, ele possui características típicas de um coupé tradicional. O Vision Mercedes-Maybach 6 reflete a concepção da marca para o futuro no desenvolvimento de veículos com o mais alto nível de sofisticação e exclusividade. Além disso, ele é projetado para ser referência em aerodinâmica e eficiência por meio de um moto r elétrico que gera 750 cv e possui autonomia de mais de 500 km.
 
Com a apresentação do Generation EQ a marca tem como objetivo demonstrar os próximos passos para a direção elétrica, representada por um SUV coupé. O Generation EQ apresenta uma nova proposta de usabilidade para veículos movidos à bateria, por meio de características que unem sustentabilidade e autonomia a excelentes performance e dinamismo. Com tração integral e um moto r que gera 700 Nm de torque, acelerando de 0 a 100 Km/h em menos de cinco segundos, o modelo foi desenvolvido para se adaptar a qualquer condição de tráfego. Além disso, seu interior prioriza conectividade e direção autônoma, por meio de display com projeção 3D e uma série de novos sistemas de auxílio de condução. A sigla EQ remete a “Electric Intelligence" (Inteligência Elétrica) e foi inspirada em um dos valores presentes na marca Mercedes-Benz: Emotion and Intelligence (Emoção e Inteligência).

Notícias < Voltar
Salão do automóvel de Paris (parte 2)
 

Salão do automóvel de Paris (parte 2)

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

As novidades das marcas alemãs, sendo que algumas vão chegar ao mercado brasileiro

03 de Outubro de 2016

Audi
 
A Audi revelou novos produtos no Salão do Automóvel de Paris. A fabricante de Ingolstadt mostra pela primeira vez ao público o novo Q5 e o RS 3 Sedan. Outros modelos em destaque são A5 e S5 Sportback.
 
O Q5 tem uma história de sucesso, afinal é o SUV mais vendido no mundo em sua categoria. A nova geração segue os passos de seu antecessor. Em Paris, diversas características do modelo foram destacadas em sua primeira aparição pública.
 
O novo Q5 é ainda mais eficiente e dinâmico, graças aos novos moto res, ao peso reduzido e a melhor aerodinâmica entre seus concorrentes. A nova tração quattro com tecnologia ultra também tem seu papel. O equipamento desengata o eixo traseiro sempre que seu uso não for necessário, reativando o sistema automaticamente quando preciso. Esse novo conceito aumenta a eficiência sem diminuir a tração ou a dinâmica de condução.
 
Os clientes terão várias opções de de versões, incluindo suspensão a ar. O Q5 tem uma ótima conectividade devido ao Audi connect, que oferece vários serviços a bordo. O moto rista e os passageiros podem acessá-los pelo Virtual Cockpit, pelo display MMI ou pelo sistema de entretenimento traseiro.
 
Diversos sistemas de assistência ao condutor se encarregam de segurança, conforto e eficiência – como alerta de abertura das portas, sistemas avançados de economia de combustível ou funções de condução semiautônomas.
 
O RS 3 Sedan é uma demonstração de pura potência no estande da Audi em Paris. O novo modelo aumenta a família RS, e assume o lugar de sedan mais esportivo da categoria de compactos. Com moto r 2.5 TFSI, que desenvolve 400 cv e torque máximo de 480 Nm, o RS 3 Sedan é simplesmente uma explosão de potência, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. A frente mais larga que a do modelo convencional, a grade Singleframe com o logo quattro e as grandes saídas de escapamento ovais dão ao novo membro da linha RS suas características distintas. O interior também remete ao universo do automobilismo. 
 
Os instrumentos do painel têm fundo preto com ponteiros vermelhos e escalas na cor branca. Como opcional, o Virtual Cockpit traz uma tela especial RS: o conta-giros fica posicionado no centro. Nas laterais, aparecem informações sobre pressão dos pneus, torque e força G.
 
O novo A5 Sportback surge como uma figura elegante. O cupê de cinco portas chama a atenção por seu design arrebatador. Entre os destaques de estilo estão a dianteira reta, a larga grade Singleframe e o capô vincado. Uma característica marcante na lateral são as linhas que formam uma onda tridimensional. Mas o A5 Sportback não é apenas bonito, mas também desenvolvido para o uso diário. Quase todas as dimensões internas aumentaram. O porta-malas tem capacidade para 480 litros. Na Alemanha, há cinco opções de moto res a escolha, sendo duas a gasolina e três a diesel, que produzem entre 190 cv a 286 cv. Já o S5 Sportback é equipado com um 3.0 TFSI de 354 cv e traz o sistema de tração quattro de série. As versões de duas portas do modelo, A5 e S5 Coupé, também estão em exibição no salão francês.
 
A versão top de linha da família Q7, o SQ7 TDI, também é mostrado pela primeira vez no evento. O SUV é o primeiro modelo de produção da marca equipado com compressor elétrico (EPC). O equipamento dá suporte aos dois turbos do moto r 4.0 TDI em baixas rotações, eliminando o “turbo lag” – as hesitações na aceleração. A energia é fornecida pelo subsistema elétrico de 48 volts, uma tecnologia nova neste segmento. O SQ7 TDI desenvolve potência de 435 cv e um torque maciço de 900 Nm. Esse conjunto faz com que o veículo acelere de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos, com velocidade máxima controlada eletronicamente de 250 km/h.
 
Mercedes-Benz
 
A Mercedes-Benz também traz importantes lançamentos. Seis novos veículos foram apresentados. A marca também contou com dois conceitos, o Vision Mercedes-Maybach 6, que apresenta uma nova concepção de design para coupés de luxo, e o Generation EQ, que demonstra os próximos passos do que a Mercedes-Benz considera a geração futura de veículos elétricos.
 
O novo Classe E foi exposto em sua versão Estate, na versão AMG Sport. Dessa forma, a principal proposta do Mercedes-AMG E 43 Estate é oferecer todas inovações da nova família e excelente desempenho, combinados com amplo espaço interno. Ao todo, seu volume total de carga é de 1.820 litros, com assentos rebatidos. Com relação à performance, o modelo é equipado com moto r V6 biturbo de 3.0 litros que gera 401cv e 520 Nm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos. Dessa forma, o Mercedes-AMG E 43 Estate se destaca por ser um dos automóveis mais versáteis do portfólio atual, sendo uma excelente opção para clientes que buscam a sofisticação de um sedã executivo, capacidade de carga de um utilitário e desempenho de um superesportivo.
 
A versão All-Terrain do Classe E tem lançamento previsto para 2017, na Europa, e é um veículo destinado tanto para famílias como para uso em momentos de lazer. Equipado de série com sistema de suspensão AIR BODY CONTROL, tração integral 4MATIC, rodas de 19 e 20 polegadas (respectivamente na dianteira e traseira), e com maior distância para o solo, seu comportamento é quase como o de um SUV puro. Além disso, seu visual mais alto e robusto o difere da versão Estate tradicional, caracterizando o Classe E All-Terrain como um veículo que reflete os novos padrões de design que a Mercedes-Benz pretende seguir no futuro. Grade frontal, spoilers nas laterais e traseira elevada são outras características de utilitários esportivos incorporadas ao modelo. Para sua estreia mundial o Classe E All-Terrain será apresentado na versão E 220 4MATIC com o recém-desenvolvido moto r a diesel de 2.0 litros, quatro cilindros, que gera 194cv e 400 Nm de torque. Para as versões futuras, o modelo oferecerá opções de seis cilindros. Com relação ao câmbio, será o 9G-TRONIC de nove velocidades para todos.
 
O Mercedes-AMG GT chega com três variações: Mercedes-AMG GT R, Mercedes-AMG GT Roadster e Mercedes-AMG GT C Roadster.
 
O Mercedes-AMG GT R apresenta uma série de melhorias para um superesportivo. Os novos desenhos de asas dianteiras e traseiras permitem maior aderência e a realização de curvas em velocidades ainda mais elevadas. Novos para-choques dianteiro e traseiro e novo aerofólio melhoram a eficiência aerodinâmica e ajudam a garantir uma excelente estabilidade. A grade frontal com aletas verticais remete ao modelo utilizado na categoria GT3 e enfatiza ainda mais o DNA de competição do veículo. Pela primeira vez, características puras de um modelo de corrida passam a fazer parte da produção de um AMG de rua. Com relação à performance, o Mercedes-AMG GT R conta com moto r V8 de 4.0 litros que gera 585 cv e 700 Nm de torque. Ele ainda conta com transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, proporcionando respostas rápidas e precisas. A nova versão da família AMG GT acelera de 0 a 100 km/h em 3,6s e atinge velocidade máxima de 318 km.
 
Além da versão mais potente da família AMG GT, o Salão de Paris conta com o lançamento dos modelos Mercedes-AMG GT Roadster e Mercedes-AMG GT C Roadster.
 
Ambos são equipados com moto r V8 de 4.0 litros e transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades. Enquanto o Mercedes-AMG GT Roadster oferece 476 cv e 630 Nm de torque, o Mercedes-AMG GT C Roadster tem como base a versão GT R e oferece 557 cv e 680 Nm de torque.
 
Outra novidade é o novo Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé. Equipado com moto r V6 biturbo de 3.0 litros e câmbio automático 9G-TRONIC, o modelo gera 367cv de potência e 520 Nm de torque, oferecendo um comportamento acima da média para um SUV desse porte. Esse conjunto mecânico de moto r e transmissão, combinados com suspensão adaptativa e tração integral auxiliam para que o modelo se adeque a qualquer condição de direção e ao estilo de diferentes públicos. O Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé se destaca pelo design marcante mantendo sua identidade de utilitário, pelo desempenho de um superesportivo e pelo conforto que oferece aos ocupantes do veículo, independentemente da condição da via.
 
Entre os conceitos está o Vision Mercedes-Maybach 6 que apresenta uma nova tendência de design para coupés de luxo. Com cerca de seis metros de comprimento e rodas de 24 polegadas, ele possui características típicas de um coupé tradicional. O Vision Mercedes-Maybach 6 reflete a concepção da marca para o futuro no desenvolvimento de veículos com o mais alto nível de sofisticação e exclusividade. Além disso, ele é projetado para ser referência em aerodinâmica e eficiência por meio de um moto r elétrico que gera 750 cv e possui autonomia de mais de 500 km.
 
Com a apresentação do Generation EQ a marca tem como objetivo demonstrar os próximos passos para a direção elétrica, representada por um SUV coupé. O Generation EQ apresenta uma nova proposta de usabilidade para veículos movidos à bateria, por meio de características que unem sustentabilidade e autonomia a excelentes performance e dinamismo. Com tração integral e um moto r que gera 700 Nm de torque, acelerando de 0 a 100 Km/h em menos de cinco segundos, o modelo foi desenvolvido para se adaptar a qualquer condição de tráfego. Além disso, seu interior prioriza conectividade e direção autônoma, por meio de display com projeção 3D e uma série de novos sistemas de auxílio de condução. A sigla EQ remete a “Electric Intelligence" (Inteligência Elétrica) e foi inspirada em um dos valores presentes na marca Mercedes-Benz: Emotion and Intelligence (Emoção e Inteligência).

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!