Revista Comprecar
Setor automotivo encolheu 7,1% em 2014
Mesmo com queda, fabricantes preveem estabilidade para 2015
09 de Janeiro de 2015

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Auto moto res, Anfavea, divulgou o desempenho do setor automotivo em 2014, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e máquinas autopropulsadas. Segundo o balanço, o licenciamento de autoveículos apresentou retração de 7,1% com 3,50 milhões de unidades comercializadas no ano contra 3,77 milhões em 2013.
 
Na comparação mensal o licenciamento de autoveículos no último mês de 2014, com 370 mil unidades, cresceu 25,6% sobre as 294,7 mil de novembro do mesmo ano e aumentou 4,6% sobre dezembro de 2013, quando o mercado absorveu 353,8 mil autoveículos.
 
Os dados apontam que o volume de produção, com 3,15 milhões de unidades de janeiro a dezembro, diminuiu 15,3% se comparado com as 3,71 milhões de unidades de igual período de 2013. Apenas em dezembro foram fabricados 203,8 mil produtos, 11,8% menor do que as 230,9 mil de dezembro de 2013 e 23,1% abaixo de novembro do ano passado.
 
Nas exportações a retração foi de 40,9%, na comparação das 334,5 mil unidades do ano passado contra as 566,3 mil de 2013. Os números da análise mês a mês mostram que dezembro de 2014, que registrou 23,7 mil autoveículos exportados, foi 8,7% menor do que o mês anterior - 26 mil - e 45,2% abaixo das 43,3 mil do mesmo mês de 2013.
 
A expectativa dos fabricantes é que em 2015 haja uma estabilidade nos licenciamentos com relação a 2014, pequena elevação nas exportações e, consequentemente, ligeira alta na produção.
 
Fiat
 
A Fiat encerrou o ano de 2014 como líder de vendas no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves pelo 13º ano. A marca licenciou mais de 698 mil unidades, conquistando 21% de market share e ficando mais de 119 mil unidades à frente do segundo colocado. Outro destaque foi o Palio, automóvel mais vendido no Brasil em 2014 com 183.745 unidades emplacadas no ano, quebrando a hegemonia do Volkswagen Gol, que já durava 27 anos.
 
Toyota
 
A Toyota do Brasil alcançou em 2014 seu melhor desempenho em vendas na história. Com 195.453 unidades vendidas, a fabricante superou em 11% o recorde anterior de 177.081, registrado no ano de 2013.
 
O bom desempenho fez com que a sua participação no mercado de automóveis chegasse a 5,5%. A família Etios fechou o ano com 66 mil carros comercializados, um aumento de 6% sobre os emplacamentos de 2013. Já o Novo Corolla 2015, líder no segmento de sedãs médios, aumentou em 17% o volume de unidades vendidas, com 63 mil.
 
Chevrolet
 
Chevrolet encerrou 2014 com quase 580 mil automóveis negociados e manteve a liderança no segmento de varejo pela segunda vez consecutiva, atingindo seu principal objetivo traçado para o ano.
 
As vendas de varejo, em suma, são aquelas feitas por pessoas físicas nas concessionárias e desconsideram os montantes adquiridos por empresas e frotistas, que costumam comprar grandes lotes a preços diferenciados. A Chevrolet fechou o ano com quase 18% de participação no varejo.
 
De janeiro a dezembro foram emplacadas mais de 150 mil unidades do hatch Onix, sendo cerca de 130 mil delas no varejo.

Notícias < Voltar
 

Setor automotivo encolheu 7,1% em 2014

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Mesmo com queda, fabricantes preveem estabilidade para 2015

09 de Janeiro de 2015

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Auto moto res, Anfavea, divulgou o desempenho do setor automotivo em 2014, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e máquinas autopropulsadas. Segundo o balanço, o licenciamento de autoveículos apresentou retração de 7,1% com 3,50 milhões de unidades comercializadas no ano contra 3,77 milhões em 2013.
 
Na comparação mensal o licenciamento de autoveículos no último mês de 2014, com 370 mil unidades, cresceu 25,6% sobre as 294,7 mil de novembro do mesmo ano e aumentou 4,6% sobre dezembro de 2013, quando o mercado absorveu 353,8 mil autoveículos.
 
Os dados apontam que o volume de produção, com 3,15 milhões de unidades de janeiro a dezembro, diminuiu 15,3% se comparado com as 3,71 milhões de unidades de igual período de 2013. Apenas em dezembro foram fabricados 203,8 mil produtos, 11,8% menor do que as 230,9 mil de dezembro de 2013 e 23,1% abaixo de novembro do ano passado.
 
Nas exportações a retração foi de 40,9%, na comparação das 334,5 mil unidades do ano passado contra as 566,3 mil de 2013. Os números da análise mês a mês mostram que dezembro de 2014, que registrou 23,7 mil autoveículos exportados, foi 8,7% menor do que o mês anterior - 26 mil - e 45,2% abaixo das 43,3 mil do mesmo mês de 2013.
 
A expectativa dos fabricantes é que em 2015 haja uma estabilidade nos licenciamentos com relação a 2014, pequena elevação nas exportações e, consequentemente, ligeira alta na produção.
 
Fiat
 
A Fiat encerrou o ano de 2014 como líder de vendas no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves pelo 13º ano. A marca licenciou mais de 698 mil unidades, conquistando 21% de market share e ficando mais de 119 mil unidades à frente do segundo colocado. Outro destaque foi o Palio, automóvel mais vendido no Brasil em 2014 com 183.745 unidades emplacadas no ano, quebrando a hegemonia do Volkswagen Gol, que já durava 27 anos.
 
Toyota
 
A Toyota do Brasil alcançou em 2014 seu melhor desempenho em vendas na história. Com 195.453 unidades vendidas, a fabricante superou em 11% o recorde anterior de 177.081, registrado no ano de 2013.
 
O bom desempenho fez com que a sua participação no mercado de automóveis chegasse a 5,5%. A família Etios fechou o ano com 66 mil carros comercializados, um aumento de 6% sobre os emplacamentos de 2013. Já o Novo Corolla 2015, líder no segmento de sedãs médios, aumentou em 17% o volume de unidades vendidas, com 63 mil.
 
Chevrolet
 
Chevrolet encerrou 2014 com quase 580 mil automóveis negociados e manteve a liderança no segmento de varejo pela segunda vez consecutiva, atingindo seu principal objetivo traçado para o ano.
 
As vendas de varejo, em suma, são aquelas feitas por pessoas físicas nas concessionárias e desconsideram os montantes adquiridos por empresas e frotistas, que costumam comprar grandes lotes a preços diferenciados. A Chevrolet fechou o ano com quase 18% de participação no varejo.
 
De janeiro a dezembro foram emplacadas mais de 150 mil unidades do hatch Onix, sendo cerca de 130 mil delas no varejo.

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!