Revista Comprecar
Muitos motivos para conhecer o Volkswagen Up TSI
Com dois anos de vida, o motor TSI do Up continua a ser a referência na categoria
Muitos motivos para conhecer o Volkswagen Up TSI
29 de Agosto de 2017

Em Julho de 2015, a Volkswagen apresentava o subcompacto Volkswagen Up equipado com o exclusivo motor 1.0 litro turbo flex. Na oportunidade, a nova tecnologia pegou toda a concorrência de calça curta. Motivos para isso, não faltavam! O Up que já era conhecido pela eficiência, economia, segurança, qualidade construtiva e ótima dirigibilidade, ganhava um desempenho sem comparação dentro da sua categoria, e ainda superior à de outros veículos de categoria superior.
 
O fato interessante aqui é que, mesmo dois anos depois, o Up TSI continua a ser referência dentro da sua categoria, e parâmetro para categorias superiores. Veja aqui alguns motivos pelos quais você precisa conhecer o Volkswagen Up TSI (se ainda não o fez).
 
Sigla TSI
 
A sigla TSI no Up representa algumas tecnologias como: injeção direta de combustível combinada ao turbocompressor, e o conceito downsizing (redução da cilindrada mantendo o desempenho).

A tecnologia TSI com injeção direta, faz o combustível ser injetado sob altíssima pressão, diretamente na câmara de combustão. Outro diferencial é a utilização de um compressor compacto e leve com válvula wastegate, com comando elétrico (uma inovação na categoria). Essa válvula é capaz de desempenhar abertura e fechamento rapidamente, quando necessário. A válvula wastegate (ou válvula de passagem) é o “acelerador” do turbo, controlando a passagem dos gases de escape pela turbina.

Motor 1.0 TSi
  
O motor TSI é 90% diferente quando comparado ao 1.0 litro aspirado MPI. Sua potência máxima é de 101 cv a 5.000 RPM, quando abastecido com gasolina, e de 105 cv à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é de 16,8 kgfm, com gasolina ou etanol, disponível já a partir de apenas 1.500 RPM e constante até 4.000 RPM. No motor 1.0 TSI Total Flex, a válvula wastegate possui abertura variável, controlada eletronicamente, de forma a manter sempre o torque ideal.

Peças forjadas de fábrica
 
Esse motor ainda traz mais diferenciais. O virabrequim é forjado, uma característica construtiva encontrada apenas em motores altamente sofisticados. Os pistões de alumínio e bielas forjadas têm peso reduzido. A técnica de forja é utilizada em carros com motores preparados, cujo objetivo é aguentar forças muito maiores.

Duplo comando variável
 
Outra evolução é o duplo comando de válvulas de variação contínua, tanto para admissão, como escape. A variação contínua das válvulas de admissão permite uma abertura de até 50 graus em relação ao ângulo do virabrequim; enquanto o comando de escape permite até 40 graus de variação. Com esses recursos, o motor três-cilindros consegue alcançar seu pleno torque já a partir de baixas rotações. Essa tecnologia é normalmente encontrada em veículos de categoria superior, mas ainda é rara entre os carros com motor 1.0 litro.
 
Três sistemas de refrigeração

O motor 1.0 TSI Total Flex possui triplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco, cabeçote e turbina. Para isso, o sistema utiliza duas válvulas termostáticas. Com esse recurso, é possível utilizar maior temperatura de funcionamento para o bloco, tornando o óleo mais fluido e garantindo menor atrito entre os componentes. A temperatura de arrefecimento do cabeçote é menor, o que minimiza a possibilidade de detonação, melhorando o desempenho do veículo e diminuindo o consumo de combustível. Um circuito de baixa temperatura, alimentado por uma bomba elétrica, circula líquido de arrefecimento para o intercooler e a carcaça da turbina, conforme necessário.
 
Transmissão ainda mais alongada
 
No up! TSI, a transmissão manual de cinco marchas traz relação do diferencial alongada em 26%. Diferente do Up MPI, o TSI vem com a transmissão MQ200 (a mesma utilizada em veículos de categoria superior da Volkswagen). No Up TSI as relações de transmissão manual são as mesmas do modelo com o motor aspirado 1.0 MPI. Mas o diferencial foi alongado para 3,625:1. Isso faz com que o motor trabalhe em rotações mais baixas quando o carro trafega em estradas. Em 5ª marcha e a 100 km/h, o motor está girando a aproximadamente 2.300 RPM. De forma complementar, o modelo também vem com o instrumento que indica a marcha ideal a ser selecionada no painel. Como em outros produtos da Volkswagen, a unidade de comando (ECU) calcula continuamente qual marcha deve ser engatada para uma condução mais econômica.
 
Excelente desempenho
 
O Up TSI leva apenas 9,1 segundos de 0 a 100 km/h e atinge 184 km/h de velocidade máxima, ambos com etanol (E100). Com gasolina (E22), ele acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, e chega a máxima de 182 km/h. Mas esses números oficiais, são modestos quando comparados à realidade. É muito comum encontrarmos diversos relatos de usuários, além de diversas outras situações registradas na internet, com modelos do Up TSI atingindo velocidades superiores à 200 km/h.

Alta economia
 
Os números de consumo de combustível ficaram ainda melhores no Up 2018! Até o modelo 2017, os números eram os seguintes: até 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o Up TSI era capaz de percorrer 9,6 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.
 
Na linha 2018, os números ficaram ainda melhores. Subiram para 14,3 km/l na cidade e 16,3 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o Up TSI passou a ser capaz de percorrer 10 km/l na cidade, e 11,5 km/l na estrada.
 
Mas, em velocidade constante na estrada, é possível chegar até a 20 km/l, com gasolina. E com um tanque de combustível de 50 litros, tem-se a autonomia de mais de 800 quilômetros. Tirando os veículos híbridos, o Up TSI 2018 está entre os 3 carros mais econômicos do Brasil!

Inovação em segurança

Os bancos dianteiros “one shape” são de série para todas as versões e possuem regulagem milimétrica de altura do banco do motorista e estilo moderno, além de recurso antimergulho e assento mais longo. Os revestimentos dos bancos são diferentes a cada versão, com oferta do revestimento em couro sintético “native” como opcional.

Segurança comprovada
 
Seja qual for a versão, o Up também foi o primeiro automóvel da categoria de subcompactos a obter cinco estrelas na proteção de adultos, e quatro estrelas na proteção de crianças no Latin NCAP (pelo processo de avaliação antigo). Na oportunidade, nenhum outro subcompacto fabricado no Brasil, atingia cinco estrelas na proteção de adultos nessa categoria. O subcompacto Up superava também todos os concorrentes na categoria, e ainda modelos de categoria superior como compactos e até sedans médios.
 
Boa reparabilidade

Outra importante conquista do Up é o melhor índice geral no CAR Group, ranking que avalia o custo e o tempo de reparo dos veículos vendidos no Brasil após uma colisão. O modelo obteve índice Car Group 10. O melhor entre todos os veículos participantes do estudo e é também o melhor da história do levantamento, que é realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).
 
Espaço interno eficiente
 
O Up brasileiro, que tem três anos de garantia total de fábrica, recebeu aprimoramentos específicos para se adequar ao consumidor do Brasil. O tanque de combustível no modelo brasileiro teve sua capacidade ampliada para 50 litros (15 litros a mais que no modelo europeu).
 
Outra alteração importante em relação ao Up europeu foi realizada nas janelas traseiras, cujos vidros podem ser abertos verticalmente, o que garante melhor ventilação do habitáculo. Seu porta-malas tem 285 litros de capacidade, o que representa ganho de 64 litros sobre o do modelo europeu (221 litros) e o torna um dos maiores da categoria. Além disso, o porta-malas pode receber o sistema de ajuste variável de espaço “s.a.v.e.”, que divide o seu tamanho e permite acomodar bagagens de tamanhos variados de forma simples e prática.
 
Novo rádio Composition Phone
 
Exclusivamente na versão TSI, pode estar disponível o sistema “Composition Phone”. Com tela colorida de 5 polegadas, o sistema multimídia “Composition Phone” conta com entradas auxiliar tipo SD-Card e porta USB (capaz de carregar a bateria do celular), posicionada no suporte de celular.

A novidade é o aplicativo “maps + more” (disponível gratuitamente para os sistemas Android e IOS) que agora pode ser instalado diretamente no smartphone do usuário. Assim, ele faz a conectividade entre rádio, carro e telefone celular, por meio do bluetooth.
  
Ao abrir o aplicativo “maps + more”, a tela do smartphone passa a ser a tela central do sistema de som e, com isso, é possível também controlar algumas funções do celular, via sistema de som. Vale ressaltar que, paralelamente ao uso do aplicativo Volkswagen, é possível utilizar outros aplicativos, como o Spotify, o Waze, entre outros.
 
Com o aplicativo “maps + more” em funcionamento no smartphone, a tela do celular mostra atalhos para agenda de telefone (possibilitando fazer ou atender ligações), músicas salvas no celular (permitindo escutar a playlist ou selecionar a faixa a ser reproduzida).
 
O melhor suporte de smartphone do mercado
 
Assim como acontece em outros modelos da Volkswagen, o Up 2018 passou a oferecer um suporte para smartphones. Esse é o melhor suporte (original de fábrica) disponível no mercado brasileiro. Ele permite acomodar qualquer tamanho de smartphone. Além disso, o smartphone pode ser colocado em diversas posições. Com um sistema articulado. O usuário pode inclinar em qualquer direção a tela do aparelho, afim de evitar reflexos. E ainda pode escolher entre usá-lo na vertical, ou horizontal. E para não ficar sem bateria, o suporte traz uma porta USB dedicada, para ligar o carregador do smartphone. O melhor de tudo, é a possibilidade de colocar e retirar o smartphone do suporte, usando apenas uma mão.

Mais informações em: www.tempoveiculos.com.br/volkswagen

Notícias < Voltar
Muitos motivos para conhecer o Volkswagen Up TSI

Muitos motivos para conhecer o Volkswagen Up TSI

Com dois anos de vida, o motor TSI do Up continua a ser a referência na categoria

29 de Agosto de 2017

Em Julho de 2015, a Volkswagen apresentava o subcompacto Volkswagen Up equipado com o exclusivo motor 1.0 litro turbo flex. Na oportunidade, a nova tecnologia pegou toda a concorrência de calça curta. Motivos para isso, não faltavam! O Up que já era conhecido pela eficiência, economia, segurança, qualidade construtiva e ótima dirigibilidade, ganhava um desempenho sem comparação dentro da sua categoria, e ainda superior à de outros veículos de categoria superior.
 
O fato interessante aqui é que, mesmo dois anos depois, o Up TSI continua a ser referência dentro da sua categoria, e parâmetro para categorias superiores. Veja aqui alguns motivos pelos quais você precisa conhecer o Volkswagen Up TSI (se ainda não o fez).
 
Sigla TSI
 
A sigla TSI no Up representa algumas tecnologias como: injeção direta de combustível combinada ao turbocompressor, e o conceito downsizing (redução da cilindrada mantendo o desempenho).

A tecnologia TSI com injeção direta, faz o combustível ser injetado sob altíssima pressão, diretamente na câmara de combustão. Outro diferencial é a utilização de um compressor compacto e leve com válvula wastegate, com comando elétrico (uma inovação na categoria). Essa válvula é capaz de desempenhar abertura e fechamento rapidamente, quando necessário. A válvula wastegate (ou válvula de passagem) é o “acelerador” do turbo, controlando a passagem dos gases de escape pela turbina.

Motor 1.0 TSi
  
O motor TSI é 90% diferente quando comparado ao 1.0 litro aspirado MPI. Sua potência máxima é de 101 cv a 5.000 RPM, quando abastecido com gasolina, e de 105 cv à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é de 16,8 kgfm, com gasolina ou etanol, disponível já a partir de apenas 1.500 RPM e constante até 4.000 RPM. No motor 1.0 TSI Total Flex, a válvula wastegate possui abertura variável, controlada eletronicamente, de forma a manter sempre o torque ideal.

Peças forjadas de fábrica
 
Esse motor ainda traz mais diferenciais. O virabrequim é forjado, uma característica construtiva encontrada apenas em motores altamente sofisticados. Os pistões de alumínio e bielas forjadas têm peso reduzido. A técnica de forja é utilizada em carros com motores preparados, cujo objetivo é aguentar forças muito maiores.

Duplo comando variável
 
Outra evolução é o duplo comando de válvulas de variação contínua, tanto para admissão, como escape. A variação contínua das válvulas de admissão permite uma abertura de até 50 graus em relação ao ângulo do virabrequim; enquanto o comando de escape permite até 40 graus de variação. Com esses recursos, o motor três-cilindros consegue alcançar seu pleno torque já a partir de baixas rotações. Essa tecnologia é normalmente encontrada em veículos de categoria superior, mas ainda é rara entre os carros com motor 1.0 litro.
 
Três sistemas de refrigeração

O motor 1.0 TSI Total Flex possui triplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco, cabeçote e turbina. Para isso, o sistema utiliza duas válvulas termostáticas. Com esse recurso, é possível utilizar maior temperatura de funcionamento para o bloco, tornando o óleo mais fluido e garantindo menor atrito entre os componentes. A temperatura de arrefecimento do cabeçote é menor, o que minimiza a possibilidade de detonação, melhorando o desempenho do veículo e diminuindo o consumo de combustível. Um circuito de baixa temperatura, alimentado por uma bomba elétrica, circula líquido de arrefecimento para o intercooler e a carcaça da turbina, conforme necessário.
 
Transmissão ainda mais alongada
 
No up! TSI, a transmissão manual de cinco marchas traz relação do diferencial alongada em 26%. Diferente do Up MPI, o TSI vem com a transmissão MQ200 (a mesma utilizada em veículos de categoria superior da Volkswagen). No Up TSI as relações de transmissão manual são as mesmas do modelo com o motor aspirado 1.0 MPI. Mas o diferencial foi alongado para 3,625:1. Isso faz com que o motor trabalhe em rotações mais baixas quando o carro trafega em estradas. Em 5ª marcha e a 100 km/h, o motor está girando a aproximadamente 2.300 RPM. De forma complementar, o modelo também vem com o instrumento que indica a marcha ideal a ser selecionada no painel. Como em outros produtos da Volkswagen, a unidade de comando (ECU) calcula continuamente qual marcha deve ser engatada para uma condução mais econômica.
 
Excelente desempenho
 
O Up TSI leva apenas 9,1 segundos de 0 a 100 km/h e atinge 184 km/h de velocidade máxima, ambos com etanol (E100). Com gasolina (E22), ele acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, e chega a máxima de 182 km/h. Mas esses números oficiais, são modestos quando comparados à realidade. É muito comum encontrarmos diversos relatos de usuários, além de diversas outras situações registradas na internet, com modelos do Up TSI atingindo velocidades superiores à 200 km/h.

Alta economia
 
Os números de consumo de combustível ficaram ainda melhores no Up 2018! Até o modelo 2017, os números eram os seguintes: até 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o Up TSI era capaz de percorrer 9,6 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.
 
Na linha 2018, os números ficaram ainda melhores. Subiram para 14,3 km/l na cidade e 16,3 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o Up TSI passou a ser capaz de percorrer 10 km/l na cidade, e 11,5 km/l na estrada.
 
Mas, em velocidade constante na estrada, é possível chegar até a 20 km/l, com gasolina. E com um tanque de combustível de 50 litros, tem-se a autonomia de mais de 800 quilômetros. Tirando os veículos híbridos, o Up TSI 2018 está entre os 3 carros mais econômicos do Brasil!

Inovação em segurança

Os bancos dianteiros “one shape” são de série para todas as versões e possuem regulagem milimétrica de altura do banco do motorista e estilo moderno, além de recurso antimergulho e assento mais longo. Os revestimentos dos bancos são diferentes a cada versão, com oferta do revestimento em couro sintético “native” como opcional.

Segurança comprovada
 
Seja qual for a versão, o Up também foi o primeiro automóvel da categoria de subcompactos a obter cinco estrelas na proteção de adultos, e quatro estrelas na proteção de crianças no Latin NCAP (pelo processo de avaliação antigo). Na oportunidade, nenhum outro subcompacto fabricado no Brasil, atingia cinco estrelas na proteção de adultos nessa categoria. O subcompacto Up superava também todos os concorrentes na categoria, e ainda modelos de categoria superior como compactos e até sedans médios.
 
Boa reparabilidade

Outra importante conquista do Up é o melhor índice geral no CAR Group, ranking que avalia o custo e o tempo de reparo dos veículos vendidos no Brasil após uma colisão. O modelo obteve índice Car Group 10. O melhor entre todos os veículos participantes do estudo e é também o melhor da história do levantamento, que é realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).
 
Espaço interno eficiente
 
O Up brasileiro, que tem três anos de garantia total de fábrica, recebeu aprimoramentos específicos para se adequar ao consumidor do Brasil. O tanque de combustível no modelo brasileiro teve sua capacidade ampliada para 50 litros (15 litros a mais que no modelo europeu).
 
Outra alteração importante em relação ao Up europeu foi realizada nas janelas traseiras, cujos vidros podem ser abertos verticalmente, o que garante melhor ventilação do habitáculo. Seu porta-malas tem 285 litros de capacidade, o que representa ganho de 64 litros sobre o do modelo europeu (221 litros) e o torna um dos maiores da categoria. Além disso, o porta-malas pode receber o sistema de ajuste variável de espaço “s.a.v.e.”, que divide o seu tamanho e permite acomodar bagagens de tamanhos variados de forma simples e prática.
 
Novo rádio Composition Phone
 
Exclusivamente na versão TSI, pode estar disponível o sistema “Composition Phone”. Com tela colorida de 5 polegadas, o sistema multimídia “Composition Phone” conta com entradas auxiliar tipo SD-Card e porta USB (capaz de carregar a bateria do celular), posicionada no suporte de celular.

A novidade é o aplicativo “maps + more” (disponível gratuitamente para os sistemas Android e IOS) que agora pode ser instalado diretamente no smartphone do usuário. Assim, ele faz a conectividade entre rádio, carro e telefone celular, por meio do bluetooth.
  
Ao abrir o aplicativo “maps + more”, a tela do smartphone passa a ser a tela central do sistema de som e, com isso, é possível também controlar algumas funções do celular, via sistema de som. Vale ressaltar que, paralelamente ao uso do aplicativo Volkswagen, é possível utilizar outros aplicativos, como o Spotify, o Waze, entre outros.
 
Com o aplicativo “maps + more” em funcionamento no smartphone, a tela do celular mostra atalhos para agenda de telefone (possibilitando fazer ou atender ligações), músicas salvas no celular (permitindo escutar a playlist ou selecionar a faixa a ser reproduzida).
 
O melhor suporte de smartphone do mercado
 
Assim como acontece em outros modelos da Volkswagen, o Up 2018 passou a oferecer um suporte para smartphones. Esse é o melhor suporte (original de fábrica) disponível no mercado brasileiro. Ele permite acomodar qualquer tamanho de smartphone. Além disso, o smartphone pode ser colocado em diversas posições. Com um sistema articulado. O usuário pode inclinar em qualquer direção a tela do aparelho, afim de evitar reflexos. E ainda pode escolher entre usá-lo na vertical, ou horizontal. E para não ficar sem bateria, o suporte traz uma porta USB dedicada, para ligar o carregador do smartphone. O melhor de tudo, é a possibilidade de colocar e retirar o smartphone do suporte, usando apenas uma mão.

Mais informações em: www.tempoveiculos.com.br/volkswagen

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!

Você sabia?

O primeiro pára-choques foi colocado num carro checo, em 1897. O carro andou 15 quilômetros até o acessório cair e não ser mais colocado.