Anuncie seu veículo já

Comparativo: Civic Sport x Cruze Black Bow Tie

Nesse vídeo comparador o Civic Sport com o Cruze Black Bow Tie, ambas versões que trazem um visual escurecido e diferenciado com uma proposta mais esportiva. =11ptNo vídeo de hoje traz pra vocês mais um super comparativo que você só encontra aqui no nosso canal e dessa vez olha só trouxemos aqui o síndico esporte para confrontar o Chevrolet Cruze só que dessa vez aqui na versão Black Bull Thai e nesse vídeo nós vamos mostrar todas as diferenças que existem entre esses que são um dos carros mais vendidos na categoria de sedãs médios do mercado brasileiro e se você presta atenção no nosso canal e já acompanha a gente há algum tempo vai perceber que lá no final de 2017 já fez um comparativo bastante parecido com esse aqui na ocasião nós utilizamos aí o Chevrolet Cruze na versão LT com o Civic esporte mas então por que nós estamos trazendo de novo dois carros tão parecidos com aquele comparativo existem motivos para isso pessoal pra começar agora nós estamos no nosso novo processo de filmagem com testes mais padronizados outro motivo a gente gosta muito desses dois carros aqui e o terceiro motivo o Cruze Black Bull Thai é uma versão montada em cima da versão LT que tem aí digamos assim uma proposta de ser um pouco diferente justamente pelo visual todo escurecido e portanto acaba fazendo mais sentido comparar essa versão com o Civic Sport que também têm diferenças estéticas mas o objetivo principal da gente aqui além de esclarecer dúvidas que apareceram lá no nosso outro comparativo e trazer um teste mais completo para você é justamente o fato desses dois carros custarem um pouquinho menos que cem mil reais portanto concorrentes super diretos aqui vai um importante adendo a respeito dessa avaliação quem compra Civic esporte ou Cruze Black Bull Time certamente estão comprando veículos por serem um pouquinho diferenciados e até certo ponto podemos levar em consideração a questão da esportividade se a gente levar essa palavra o pedalei o que é um carro esportivo carro esportivo reúne uma série de coisas ele é um carro mais baixo é um carro mais firme para ser dirigido é um carro com um visual mais agressivo e é um carro com melhor performance e isto seria um legítimo esportivo mas no caso desses dois carros aqui essa questão da esportividade pode ter os seus lados um pouco subjetivos e 6 vão entender isso ao longo do nosso vídeo ficou bastante claro pra vocês que a gente está usando o parâmetro de preço para comparar os carros mas dizem tem que explicar algumas coisas quando a gente vê o Cruze do Oeste Bottai ele não é a versão de entrada do Chevrolet Cruze a versão de entrada seria a versão LT que custa um pouquinho menos que essa daqui e no caso as diferenças são meramente estéticas já no Honda Civic a versão Sport é a versão de entrada só que a gente tem uma outra diferença o Civic especificamente você encontra n na versão de entrada com uma transmissão manual de seis marchas ou com a transmissão continuamente variável a transmissão CVT já o Chevrolet Cruze só está disponível no mercado brasileiro sempre com a transmissão automática de seis marchas do ponto de vista estético a gente precisa destacar que algumas coisas importantes o Chevrolet Cruze na versão Black e você só encontra ele na cor preta já o Civic Sporte você tem outras opções de cores no Cruze Black botar gente também de alguns elementos como por exemplo a gravatinha lhe da Chevrolet que geralmente é dourada pintado em preto seguindo aí as tendências que a gente já viu em outras versões da Chevrolet Midnight no Civic esporte a gente também tem a grade dianteira  que nas outras versões é cromada aqui pintado em preto começando aqui pela parte estética e de equipamentos eu já vou começar destacando a questão do bem time Running Light ou seja a luz de posição de urna ela se acende toda vez que você está com o motor ligado e o mais importante ela desobriga você de usar o farol baixo ligado na estrada aqui no sig como a gente está vendo esse recurso utiliza iluminação Led um sistema mais moderno que consome menos energia já no Chevrolet Cruze como vocês estão vendo temos ali uma lâmpada incandescente não é tão moderna mas faz a mesma função do que o recurso que a gente encontra no Civic também precisamos abordar a questão dos faróis aqui na frente porque eles têm algumas pequenas diferenças os carros utilizam iluminação convencional pra todos os sistemas de iluminação com exceção que no caso do Civic o de RL em Led ainda não sei porque também temos uma outra diferença o farol baixo utiliza aquele projetor do tipo canhão que te dá uma iluminação com mais definição outro ponto interessante temos uma luzinha aqui do lado que serve como uma digamos assim uma lanterna adicional e é muito útil para quando o carro está se aproximando de outro veículo essa luz indica para outro motorista aproximação do carro a gente não vê essa luz aqui no Chevrolet cruz agora o Chevrolet Cruz tem um trunfo importante que a gente não encontra no Civic quando você coloca carga no Cruze o facho do farol pode incomodar as pessoas que vêm na contramão e pra isso o Chevrolet Cruze tem um botão lá dentro que permite que você ajuste à altura do facho em três posições para evitar esse ofuscamento esse recurso não está disponível aqui no City dessa forma é muito difícil cravar qual o sistema que acaba sendo melhor no geral quando a gente olha que os dois carros de lado temos coisas interessantes a respeito dos dois modelos vou começar falando aqui do visual primeira coisa que eu quero destacar essa traseira do Civic que lembra de um carro com o PC pode ver aqui que no Cruze se não tem tanto esse desenho de continuidade de culp os dois são os sedans médios mas visualmente falando esse desenho aqui um pouco mais agressivo vamos dizer assim mais esportivo agora olha que coincidência os dois carros vem com rodas aro 17 e a medida das duas é 215 de largura com o perfil 50 exatamente a mesma medida nos dois no Chevrolet Cruze a gente tem uma roda de liga leve pintadas numa cor só num tom escurecido já no Honda Civic nós temos essa roda diamantada com a parte mais interna em preto e a superfície cromado ainda falando de Chroma olha só no arco do vidro do SIV que nós temos ali um detalhe cromado já aqui no Chevrolet cruze justamente por ser essa versão Black Bottai nós não temos nenhum cromado na lateral do carro e ainda vemos mais uma coisa interessante se a gente pegar os espelhos laterais de cada um dos carros no Chevrolet Cruze nós temos o repetidor de seta incorporado no espelho lateral no Civic esporte nós não temos esse recurso se você quiser esse recurso é possível que você tem que partir para a versão DX que é uma acima dessa outro detalhe aqui sobre o Civic esporte aqui nesse carro que nós estamos avaliando não dá pra ver que o carro é todo preto mas se você pegar um Civic esporte de outra cor o espelho lateral virar pintados em preto acompanhando a cor da grade dianteira agora falando de coisas que não aparecem tanto assim os dois carros por exemplo contam com freio a disco nas quatro rodas e eles também vêm de fábrica e com o programa de estabilidade eletrônico mas existem diferenças o Honda se vê que aqui por exemplo tem suspensão traseira totalmente independente já o Sevilla Cruz tem uma suspensão semi independente e tem outra diferença importante também Honda Civic vem com seis air bags dois frontais dois laterais e dois de cabeça já o Chevrolet Cruze só possui quatro airbags dois frontais dois laterais falando especificamente do sistema de porta malas dos dois carros temos aqui algumas pequenas diferenças os dois carros possuem chave tipo canivete com telecomando para abertura do porta-malas tanto Civic que você consegue abrir apertando o botão quanto cruz que você também consegue fazer a abertura apertando um botão só que aqui tem uma importante diferença no Chevrolet cruze se você precisa abrir o porta-malas estando na parte traseira existe um botão aqui embaixo do símbolo que você consegue fazer isso no Civic si só consegue abrir o porta-malas de duas formas ou pela chave ou por um botão no interior do carro não existe o botão da tampa do porta-malas aqui atrás outras diferenças que a gente encontra aqui na parte traseira dos dois carros vão começar aqui pelo Chevrolet cruz as lanternas possui o sistema de iluminação convencional todas as lâmpadas são incandescentes outro detalhe específico dessa versão com lucros Black Bottai tanto a gravatinha quanto o nome do carro vem uma inscrição em preto quando a gente vem aqui para o Civic olha como as coisas mudam um pouquinho a lanterna sem a guia de led da luz de lanterna em led mas todo o resto de iluminação aqui utiliza iluminação convencional como luz de freio luz de seta e luz de ré e a traseira do Civic segue aí o design que a gente já viu em todas as outras versões sem mudanças aparentes aqui na versão Sport entre os recursos de estacionamento também temos diferenças os dois carros possuem câmeras de ré só que no Chevrolet cruze a gente possui quatro sensores de estacionamento que dão o alerta sonoro isso não está disponível aqui no Honda Civic quando a gente olha aqui para o porta-malas do Honda Civic que são 519 litros segundo o fabricante o porta malas também tem essa dobradiça aqui que invade o compartimento portanto na hora de colocar malas atenção para ver se elas não estão na linha da dobradiça pra você não tem problema o porta malas também oferece aí iluminação mas uma coisa que a gente sentiu falta aqui são daqueles ganchos de fixação de sacolinhas não existe nenhum disponível aqui no Honda Civic e Chevrolet cruz mesma situação aqui com as dobradiças invadindo o espaço do porta-malas o espaço aqui um pouquinho menor são 440 litros também temos iluminação no porta malas e aqui no caso a gente pelo menos encontra um único ganchinho para fixação de sacolinhas de supermercado também temos um outro diferencial existe aqui uma espécie de manopla pra você conseguir fechar que a tampa do porta malas sem necessariamente ter que colocar a mão na lataria um item que não nos agrada aqui no canal é que ambos os carros utilizam aquele pneu fininho para substituir eventualmente um pneu furado tem gente que prefere esse tipo de estepe mas nós consideramos o uso mais normal do brasileiro que precisa rodar distâncias maiores para conseguir e eventualmente substituir um pneu que rasgou furou certamente essa solução do estepe fininho não é legal em nossa opinião um banco dianteiro ajustada para pessoas de um metro e oitenta aqui a parte traseira do cruze é bastante confortável o espaço para pernas não é tão grande assim mas de toda forma a perna não chegou a encostar no banco a movimentação de pés também é bem possível você consegue observar que as pernas e acabou encostando aqui na base do assento isso ajuda bastante no conforto altura em relação ao teto é relativamente bom então pessoas mais altas não vão ter tanto problema a porta também têm espaço ali pra você guardar alguns objetos aqui no centro do carro nós temos um descansa braço escamoteava eu com duas posições de porta latas também ajuda na organização e na extensão do console nós temos uma tomada de 12 volts caso você precise brigar ali algum adaptador de celular por exemplo agora a gente sente falta de algumas coisas apesar de ter iluminação aqui na parte traseira nós não conseguimos ligar ela quando o carro está em movimento pra que isso que se torna uma luz de leitura outro ponto também aquela alça de segurança do teto não está disponível nós temos assim um ganchinho aqui pra você eventualmente pendurar uma camisa um terno mas nós não temos a alça de segurança e ainda em favor do cruze eu vou destacar que três em cursos de cabeças individuais com cinto de segurança de três pontos além do Isa o Fix e o top 10 detalhe o encosto de cabeça pode ser ajustado em altura para melhor conforto o Honda City que tem exatamente a mesma distância em trechos do cruz 2 70 mas olha como a mudança de desenho interfere no que a gente observa que dentro do banco na mesma posição a gente tem mais espaço para os joelhos então a gente tem um se a pessoa tiver um joelho maior ela consegue ter aqui uma movimentação melhor movimentação de peças também não é ruim só que olha o que você percebe no Honda Civic o banco é mais baixo você fica mais afundado dessa forma para você conseguir encostar na parte de baixo da perna num assento você precisa empurrar o pé bem pra frente não chega a ser desconfortável mas é diferente de toda forma que você tem uma sensação de ficar um pouco mais afundado no banco a porta também tem ali um espaço interessante pra porta objetos o descansa-braço aqui no meio que também é escamoteada tem dois porta copos mas ele fica mais embaixo outro detalhe aqui no Civic a gente encontra aqui a alça de segurança no teto que não está disponível lá no cruze a gente tem uma iluminação ali no meio do carro que mais uma vez não é para ser feita a leitura que na parte de trás mas você tem um botão ali que caso seja necessário ligar você consegue fazer isso quem está na parte de trás sem muitos problemas agora tem uns porém saque no Civic primeiro o túnel central ele é mais alto do que no cruz então quem vai sentar aqui na terceira posição ontem colocar os pés em cima do túlio ou em volta do túlio que não é muito confortável outro problema também que a gente encontra aqui no Civic e os encostos de cabeça não são ajustáveis em altura então talvez você não tenha a melhor posição de toda forma o conforto é bom aqui atrás do Civic também mas se a gente for considerar uma questão apenas de conforto pura e simples o Chevrolet cruze vai ser um pouquinho melhor do que o Civic pra quem vai fazer uma longa viagem sentado no banco traseiro agora nós vamos levar os dois carros para os testes dinâmicos mas cabe um esclarecimento importante esse ronda Civic esporte que vocês estão vendo aqui está equipado com uma transmissão manual de seis marchas isso porque a ronda no momento que nós estamos fazendo esse comparativo não tinha na sua frota a versão Sport com o câmbio CVTdessa forma nós vamos trocar esse carro por um Civic que x equipado com a transmissão CVT cabe destacar que do Civic esporte possível que x as diferenças são muito pequenas dessa forma no teste dinâmico que nós vamos comparar um carro automático com o carro com câmbio CVT nós não teremos qualquer diferença implicação na troca da versão Honda Civic tem uma receita de motor mais tradicional por assim dizer falando de um motor 2.0 com aspiração natural esse motor também conta com um sistema de injeção indireta de combustível onde o combustível é pulverizado antes da válvula de admissão junto com esse motor o carro tem uma transmissão continuamente variável câmbioCVT mas a Honda tem uma programação que ele consegue simular sete marchas inclusive quando você usa os Paddle Shifts do volante aqui nesse motor a potência varia de 150 cavalos na gasolina a 155 cavalos no etanol e o torque máximo desse motor é de 19,5 quilogramas-força metros o Chevrolet cruze já traz uma receita mais moderno temos aqui um motor 1.4 litro portanto uma cilindrada menor outro ponto importante esse motor conta com o turbo e sistema de injeção direta esse motor gera uma potência que vai de 150 cavalos na gasolina 153 no etanol e torque máximo é de 24,5 quilograma força metro junto com esse motor a gente tem uma transmissão automática de seis marchas transmissão automática aquela convencional com bastante gente já conhece que usa o conversor de torque agora nós vamos levar a que os dois carros para um teste de aceleração para ver exatamente o que acontece mas duas considerações importantes aqui nós temos um carro com motor turbo e aqui nós temos um carro com motor aspirado vamos supor que essa fosse a única diferença entre eles e os dois tivessem o mesmo tipo de câmbio sem sombra de dúvida nenhuma o carro com motor turbo ganhar ia com muita facilidade afinal de contas o motor turbo entrega torque maior com rotação menor e a gente sabe que o que mais importa numa aceleração é a questão do toque inclusive a gente já viu isso em outros comparativos que a gente já fez aí no canal agora que tem um viés também é interessante que a gente não pode esquecer vamos supor que os dois motores fossem iguais sejam eles turbo ou aspiradas mas iguais e um carro tivesse com câmbio automático e outro com câmbio cvt nessa situação quando a gente faz apenas uma comparação de câmbio o câmbio cvt ganhar ia numa geração de zero assim porque como ele é continuamente variável ele vai conseguir entregar sempre a melhor relação numa condição digamos assim de motores iguais então aqui a gente tem um motor muito melhor e aqui nós temos um câmbio mais eficiente mas o que a gente quer descobrir é na prática qual dos dois vai melhor e quanto seria essa diferença no teste de aceleração ficou bastante claro que o Chevrolet cruze é muito mais vantajoso aqui que o Honda Civic si mesmo o siv que tem um câmbio cvt que na prática é mais eficiente com câmbio automático ak um motor turbo com muito mais torque que são 24 quilos aqui pouco mais que 19 e aqui o torque máximo entregue a partir de 2000 rotações enquanto aqui o torque máximo só vai ser atingida em 4 mil 800 rotações dessa forma não tem jeito o Chevrolet Cruze vai ser muito melhor na aceleração e até mesmo na retomada de velocidade dessa forma no que diz respeito ao desempenho sem sombra de dúvida o Chevrolet Cruze ganham e agora nós vamos levar os dois modelos aqui para o nosso teste de consumo dessa vez utilizaremos gasolina no tanque dos dois veículos isso até atendendo muitos pedidos de internautas principalmente nos comentários dos vídeos que a gente faz e por que faremos isso em primeiro lugar quando a gente abastece os dois com gasolina curiosamente eles têm exatamente a mesma potência máxima 150 cavalos mas o principal motivo é o fato de que nós aqui na região sudeste temos muitas vezes mais vantagem em utilizar o etanol por ser um combustível mais barato mas em muitas outras regiões do brasil a gasolina é mais vantajosa e justamente por isso usaremos a gasolina nesse comparativo é esse teste nós tomamos aqui algumas pequenas providências no caso do Chevrolet cruze existe uma indicação no manual do carro que a condição de uso eco dos pneus traduzidos para vocês é basicamente colocar um pouco mais de pressão no pneu deixando o pneu consequentemente mais duro isso diminui o arrasto colchão portanto carro ficou um pouquinho mais econômico no Honda Civic que não existe essa indicação no manual mas nós temos lá dentro o botão e com que obviamente deixa o carro um pouco mais econômico de toda forma os dois carros estavam com a mesma quantidade de combustível no tanque abastecido no mesmo posto inclusive com os pneus calibrados serão dirigidos juntos e submetidos à mesma condição justamente pra gente controlar as condições tanto na estrada quanto em uso urbano né ae vamos conferir como é que fica aqui o nosso teste de consumo mas antes é importante destacar os números oficiais do inmetro e segundo o inmetro Honda Civic faz 10,5 quilômetros por litro de gasolina na cidade já o Chevrolet Cruze 11,5 quilômetros por litro de gasolina na cidade na estrada o SIV que sobe para 13 quilômetros por litro cravado e Chevrolet cruz 14,6 planos políticos vamos ver como fica nessa média eo uso urbano o nosso teste ficou da seguinte forma o Honda Civic ficou com 9,8 quilômetros por litro já o Chevrolet cruze com 10,1 quilômetros político como a gente consegue ver aqui na situação específica do uso urbano o Chevrolet cruze conseguiu ser um pouquinho mais eficiente que o sítio já na estrada a gente testou os carros com uma velocidade máxima de até 120 quilômetros por hora e olha o que aconteceu é possível que conseguiu fazer 16,4 quilômetros por litro já o Chevrolet cruz fez 15,6 km dos políticos é possível que acabou sendo mais econômico e isso faz sentido em função do câmbioCVT que consegue rotações mais baixas tanto em velocidade constante quanto em descidas mas dessa vez a título de curiosidade fizemos o teste também com os carros numa velocidade média de 90 quilômetros por hora sabemos que a maioria das pessoas não utilizam os carros assim mas isso serve para mostrar o quanto combustível você consegue economizar reduzindo a velocidade e olha só o City chegou a uma média impressionante e de 19,7 quilômetros por litro número sair de carro 1.0 mas o cruze não ficou muito atrás ele fez 19,2 quilômetros por litro na mesma velocidade pessoal o que a gente pode resultar de todos esses testes que nós fizemos isso não sabemos como o in metro testou aqui um Honda Civic Si eles usaram ou não o botão é com ligado e como nós mostramos pra você existem diferenças sim se você estiver usando o botão é com ligado e mais do que isso o consumo é muito relativo à forma como cada motorista dirige dirigimos os dois carros de maneira sempre bastante suave e no nosso teste o que nós podemos dizer é o seguinte é muito difícil a gente cravar que o cruze é melhor do que o Civic ou Civic é melhor do cruze no que diz respeito a consumo de combustível com gasolina e quando os carros são dirigidos de forma moderada portanto pessoal nesse quesito nós dizemos aqui que existe um empate técnico e a escolha fica aí por conta da opção de cada cliente é hora da gente dirigir aqui o Civic GX provou algumas considerações iniciais a chave como vocês estão vendo é do tipo canivete a gente só dá a partir daqui normalmente a gente usando aqui o XXiV que X mas o comparativo é pra ser feito obviamente com os IG esporte eu vou aproveitar para destacar algumas diferenças que esse carro tem em relação ao esporte não se queixe isso os bancos são forrados em couro e no esporte eles são de tecido outra diferença nós temos aqui além dos controles elétricos de espelhos e vidros nós temos um sistema de rebatimento dos espelhos externos isso não está disponível no sítio esporte inclusive os espelhos externos aqui eles têm um repetidor do pisca que no esporte também não está disponível de resto as funcionalidades são exatamente iguais então eu vou destacar que o volante multifuncional inclusive com os controles da central multimídia aqui na parte da frente do lado direito nós temos um botão que faz um sistema do controle de cruzeiro nós não temos a função de limitar a velocidade apenas programar a velocidade atrás do volante nós temos Paddle shifts que mesmo câmbio sendo CVT ele consegue fazer a simulação de sete marchas e aí você usa que hospedou chips e você tá cá também algumas outras coisas interessantes que o SIV que tem como por exemplo o freio de estacionamento com acionamento elétrico certamente dá mais conforto também temos a função Break Road com ela quando você aciona a função separa rapidamente tira o pé do freio e o carro não anda onde fica o sistema de freio fica preso até que você acelera o carro e ele faz a liberação automática bastante prático principalmente para o motorista distraído na cidade e aqui também nós temos um botãozinho e com esse botãozinho ele faz com que o carro entre um modo de economia terra vai alterar e cartografia do pedal do acelerador vai deixar o acelerador menos sensível ele vai alterar também as lógicas de funcionamento do câmbio CVT para proporcionar relações mais longas e também faz pequenas alterações no sistema de ar condicionado justamente para gastar menos energia e consequentemente menos combustível aliás sistema de ar condicionado aqui é digital e automático é de simples zona mas tenham recurso de ser digital e automático também volante com regulagem de altura e profundidade cento de segurança com ajuste de altura do banco do motorista com ajuste de altura lembrando que tudo isso é acionamento manual nós não temos nenhum tipo de acionamento elétrico para dirigir aqui o Civic primeira coisa que eu quero destacar é justamente o sistema de câmera de ré disse carro ela inclusive tem três modos divisão um modo mais angular o modo sem distorção e um modo que mostra mais a proximidade do para choque você quer fazer uma manobra mais justo e a gente também tem as linhas de guia porém elas não são dinâmicas que a gente tem ali uma indicação verde amarela e vermelha que mostra a aproximação esse carro não tem sensor de estacionamento traseiro então você tem que ficar atento a câmera de ré justamente para não bater no obstáculo que não vai ter o aviso sonoro volante com assistência elétrica bastante leve macio a câmera de ré funcionar bem a gente consegue ver bem os obstáculos ali atrás e mais uma vez ela é prática pra você fazer as manobras mas não tendo saído indicador sonoro vamos agora para os tachões vamos ver como é que o carro se comporta como alinhar que Constantino e vamos lá andar como todo carro da romã as têm uma boa construção o isolamento acústico é interessante não é supremacia mas é muito bom agora a suspensão em si é um pouco dura você sente bastante o tacham porque o carro da ronda que tem essa pegada um pouquinho mais esportiva no ajuste então você tem essa sensibilidade da suspensão que acaba passando um pouco de vibração pra dentro vamos aqui primeira lombada agora 30 por hora vamos ver como é que o carro se sai na primeira lombada olha pessoal de cara na primeira lombada a gente já sentiu uma pequena raspadinha da parte dianteira do carro que mostra uma suspensão relativamente baixo para a segunda lombada 30 por hora mais uma vez e sim há o carro de novo raspou a parte dianteira que mostra que o Honda Civic que não é um carro como se assim tão alto então tem que tomar bastante cuidado em lombadas valetas e buracos agora vamos aqui pro bloco crédito 1,90 acústico bom isolamento acústico do crédito terceira lombada e raspou de novo na terceira lombada eu nem passei a 30 passei um pouquinho mais baixo o que mostra que realmente precisa ter cuidado e nem vou passar rápido na última bomba tinha sabe que a suspensão é baixo mas o momento acústico é bom qualidade construtiva do carro é muito boa porém aqui a suspensão é muito boa pra você dirige de forma esportiva mas ela é dura então você vai sentir bastante essas ondulações do sol nada muito desconfortável mas certamente ela tem um ajuste mais esportivo vamos aqui pra nossa manobra de fim de roubar a linha no carro aqui na dianteira direita vamos virar todo o volante olha o carro quase fez os 90 graus faltou um pouquinho pra fazer os 90 graus direto do volante aqui agora e a gente saiu aqui bastante pra esquerdo o que mostra que o raio de vida sendo Cir que não é tão pequeno a gente já teve carros aqui com raio de giro muito menor mas também não é nenhum fim de mundo para manobrar o carro uma vez que a direção é bastante suave e a gente tem aí a câmera de ré que acaba auxiliando só prestar atenção nas imagens uma vez que a gente não tem um sensor mas em se o carro é bastante gostoso de dirigir bem adequado só tem o problema da suspensão se um pouquinho mais baixo e tem uma resposta bem interessante quando você precisa andar em circuito urbano com uma saída ligeira hora de dirigir aqui o Chevrolet Cruze Black Bull time mas antes as nossas tradicionais considerações Xavi também do tipo canivete então você usa o sistema de partida normal do carro algumas coisas que a gente possa destacar aqui no cruzeiro o volante tem regulagem de altura e profundidade banco também tem regulagem manual de altura só que o cinto de segurança não tem um ajuste de altura só acaba incomodando um pouco algumas pessoas que não conseguem usar aqui a melhor posição do cinto o carro também tem ar condicionado digital e automático também de simples zona 1 agora a gente começa a ver diferenças aqui o freio de estacionamento é do tipo convencional nós não temos o acionamento elétrico a gente vê no Civic e nem aquela função do break road aquino cruz a gente também não tem um botãozinho para você deixar o carro mais econômico aliás aqui nós temos a condição normal de idade do carro que é o câmbio na posição drive não consegue nem usar um programa esporte ou coisas parecidas inclusive o câmbio também não tem paddle shifts atrás do volante ela tem coisas que o cruze tem que o siv que não tem então o volante aqui no caso ele tem mais funções lado esquerdo nós temos aqui o controle de cruzeiro o lado direito nós temos os controles para interação com o computador de bordo aliás um computador de bordo muito mais completo do que o do sig com muito mais funções a parte traseira do volante nós temos botões para fazer aqui interação com a central multimídia do carro outro ponto que nem a gente pode estar aqui no  Cruze bem interessante é justamente a regulagem de altura do farol tem um botãozinho aqui do lado que você consegue quando você tem carga na parte traseira do carro e aí o facho do farol começam a buscar quem na contramão você consegue fazer o ajuste do facho do farol para que isso não fosse quem vem a gente tem um espelho elétrico mas não existe o sistema de rebatimento no caso seria igual ao Civic esporte que é justamente o modelo que nós estamos comparando mas aqui no Clube Lec Bottai o banco em couro é de série lembrando que o Civic Sport não tem bancos em couro quem tem bancos em couro a versão e x que é um pouco mais cara no resto aqui nós temos um conjunto mais convencional quando a gente olha o painel do Cruze é um painel bastante comum é um painel que está bem acostumado a ver nos carros com o conta giros à esquerda velocímetro direita marcador de combustível atacar o marcador de temperatura e o computador de bordo no centro como eu já disse é bastante completo e multi muito funcional dirigir aqui lucros primeira coisa que eu vou destacar é a câmera de ré com inclusive linhas de guia só que aqui no cruzeiro elas são dinâmicas então você sabe para onde você está indo observando aqui a linha de guia a gente também observa um pouco mais de nitidez nesta tela do cruz gente consegue ver um pouco melhor aqui há as imagens que a gente tem aqui outro ponto interessante é que o cruzeiro também o sensor traseiro então além da câmera de ré você tem um sensor com alerta sonoro justamente pra você não bater nos obstáculos vamos ver como é que o carro se comporta aqui nos tachões com a linha aqui um carro os obstáculos o Cruze também tem um bom acabamento interno e um isolamento acústico interessante agora nitidamente a suspensão do Cruze é mais macia que a do CIR então você tem um pouco mais de conforto aqui você percebe que o conjunto de suspensão trabalha melhor ao absorver a irregularidade do piso provavelmente na estrada o carro deve balançar um pouco mais a gente vai conferir isso vamos aqui pra nossa lombada vamos ver como é que o carro se comporta aqui na primeira lombada 30 por hora olha só já na primeira lombada e já raspou mais do que o simples cruz tem uma espécie de um defletor de ar de borracha na frente que ele costuma pegar a no chão só que a gente não sabe se é o defletor de ar tá pegando o seu para choque como na segunda que roubada aqui o carro bateu bem mesmo foi só o defletor de ar não a gente sentiu que o que o bico bateu então nesse quesito a gente vê que a suspensão do cruz não é mais alta que a do circo então os dois você precisa tomar cuidado mas um pouco mais cuidado no cruz vem aqui o bom crédito agora o isolamento acústico também é bastante parecido com o do circo a gente não consegue ver muita diferença no isolamento acústico agora seguramente aqui no blog credo a gente consegue ver a diferença de suspensão a do Cruze é muito mais macia ela absorve muito melhor a irregularidade do piso o carro que não tem um ajuste tão esportivo e tem um ajuste mais confortável inclusive a gente nota no banco o banco dele é mais alto e isso certamente agradar um pouco mais o público feminino que não fica numa posição tão baixo mas é uma questão de preferência pessoal não tem o que é melhor ou o que é pior avaliou o carro que o lado direito da guia para o carro aproveitando aqui nessa rápida paradinha já vou falar aqui do start stop que esse carro tentou em paradas rápidas ele desliga o motor justamente pra economizar combustível e a única forma de se desligar esse start stop e jogando o câmbio aqui para o lado esquerdo para a seleção do digamos assim sequencial do câmbio você voltando a pro drive o carro já permanece ligado com o Iraque todo o volante direção com assistência elétrica também não é só eu diria pra vocês que o carro virou praticamente a mesma coisa que o sif talvez um pouquinho - vamos ver agora aqui na conclusão da manobra que a gente consegue dar certeza é provavelmente aqui pelo que a gente está vendo o usou o mesmo espaço dos civis nem mais nem menos e se mudou foi muito pouca coisa então assim no que diz respeito ao uso urbano o corpo vai ser mais confortável que o circo no que diz respeito à suspensão a direção também nos pareceu um pouquinho mais leve e doce não é muita coisa é muito sutil isso mas é um pouco mais leve agora fica o aviso a suspensão do clube coo do cruz no caso ele é baixo então tem que tomar mais cuidado consigo os dois batem os dois são baixos mas o cruzeiro é um pouquinho mais baixo do que o Civic para a gente pegar a estrada aqui com o Honda City a primeira coisa que eu vou destacar num carro já vem de fábrica com o é a luz de posição de urna em led obviamente desobriga você desligar o farol da estrada assim senão vai tomar multa caso esqueça de chegar ao farol como aconteceu ali no circuito urbano a estrada também a gente percebe se fique com ajuste bem mais esportivo da suspensão é o carro mais firme é mais na mão então isso acaba agradando mais o público masculino inclusive a posição de dirigir quando a gente compara o Honda Civic e o até mesmo o Chevrolet cruze ou outros concorrentes diretos da categoria manter uma posição de dirigir mais baixo aqui se tem uma sensação mais de Cockpit agrada o público masculino mas não agrada tanto assim o público agora está em função da rotação aqui é uma coisa que não adianta muito querer medir porque isso vai mudar de acordo com a situação de uso do carro por exemplo agora eu tô aqui a 95 quilômetros por hora sem precisar tomar um pouquinho a velocidade aqui pra eu tenho uma pequena subida vocês podem ver que fugiram já variou bastante e mesmo subindo se eu der uma estabilizada aqui na costa tirar o pé do acelerador e olha só o giro já cai para menos de 2 mil ou seja o câmbio continuamente variável que ele sei que vai usar a melhor votação para a condição de uso se você precisa estar digamos assim acelerando mantendo a velocidade ele sofreu giro se você não precisar ele vai de seu giro e vai variar continuamente e portanto não dá para a gente dizer aqui qual é a velocidade em função da votação foi feita pra mostrar pra vocês como modo é como funciona a gente está usando o modo com a rotação da lua em 2000 olha só como giro subiu ali um pouquinho pra quase 2.500 giros nacional Modecon de novo a rotação caiu ali para 2 mil giros e tomando o pedal do acelerador constante toda vez que a gente despistou modo e com que muda a lógica do grande para deixar o clube um pouco mais esperto e quando a gente aciona o motor com ele novamente uma lógica mais longa justamente para poder proporcionar maior economia de combustível outra opção que a gente tem aqui no City é a opção do modo Sport no campo não tem drive que tem um modo e com que quando você puxar a alavanca para trás e entrou modo Sport agora foi ver o que acontece com a rotação ele não conta giros troquei para o modo Sport olha como ele subiu bastante um giro do carro a gente tava em 2000 e foi para mais de 3.000 voltar pro modo drive olha como a rotação cai de novo modo Sport tudo isso para deixar o carro bem mais esperto para o motorista que é ter uma resposta mais rápida então o giro mais alto você acaba conseguindo isso dentro do mundo do esporte você também tem a opção de usar hospedou chips atrás do volante nesse caso cada toque que cederam Paddle shift ele vai fazer aqui a simulação de uma marcha que vai mostrar no painel em que marcha que o casal sendo utilizado em sexta marcha agora a quinta a quarta e até mesmo terceira marcha não basta você daqui um toque pra você fazer simulação de machos também pode fazer isso no modo drive vai funcionar exatamente da mesma forma só que aqui como vocês estão vendo como a gente já sai de um giro muito mais baixo a percepção de Paddle shift acaba ficando um pouco mais nítida vamos dizer assim dessa forma o cliente pode utilizar o carro continuamente variável que é mais eficiente para economia de combustível ou os Paddle Shifts que a gente dá uma sensação de condução vão ser assim mais agradável com a passagem de uma marcha pra onde quando a Civic tem um sistema de câmbio CVT que não faz a simulação de marchas eu vou fazer uma aceleração bastante constante agora olha só leva um tempo um giro subir mas depois que ele chegou no limite de giro ele continua vacilando limite de giro muita gente nem a impressão de que isso aqui faz com que o carro esteja patinando alto está patinando ele está usando justamente o sistema CV tem como ele foi projetado o som da melhor relação pra te entregar a melhor o pensa vamos dizer assim naquele momento só que esse giro ficar parado lá em cima muito tempo alguns carros hoje mesmo com câmbio CVT ele sempre Simon mudanças de marcha aliás o próprio Civic tui a versão turbo do cm faz isso tudo você faz uma aceleração com essa ele obrigatoriamente vai fazer a simulação de troca de marcha neste modelo aqui no Civic GX não sinto que o Sport quando equipado com câmbio CVT a sua recondução simular margem no caso vai ser utilizando os paddle shifts atrás do outro para a gente pegar a estrada aqui com cruz a primeira coisa esse carro aqui também possui o daime high light à luz de posição de uva só que aqui essa luz ela não é em led ela usa o sistema de lâmpada incandescente pelas regras da lei RL também serve para você não ser multado quando você não liga o farol o problema é que existe a interpretação do agente de trânsito geralmente os guardas não implicam um com o sistema em led mas esse sistema incandescente às vezes.  

Confira carros a venda no Comprecar!

Conheça o Comprecar!

Confira carros a venda no Comprecar! Somos um site especializado na venda de carros, motos e caminhões usados. Veja também carros em Sorocaba!