Anuncie seu veículo já

Comparativo: Toyota Yaris XL x Honda City LX

Nesse vídeo comparamos o Toyota Yaris XL Plus Tech, com o Honda City LX, ambos nas versões quase de entrada, com foco no custo-benefício.

Comprecar.com.br o melhor
classificado de automóveis da nossa
região líderes de carros motos e
caminhões todos anunciados com fotos
acesse agora complicar ponto com.br
classificados de automóveis é Comprecar
mais um comparativo que você só encontra
aqui no nosso canal e olha só pessoal
mais uma vez a gente vai colocar aqui
a Honda para combater a Toyota se você
tem acompanhado o nosso trabalho e ver o
que a gente fez e até o presente momento
é o único o comparativo do honda Accord
versus o Toyota quer também o faz muito
tempo colocamos aí o honda civic na
versão xl para confrontar e o novo
Corolla que chegou ao mercado só que na
versão xe 100 e agora desta vez
atendendo a pedidos de internautas
nós estamos trazendo aqui o Honda City
para confrontar o Toyota Yaris
só que nós não pegamos as versões topo
de linha pelo contrário preferimos pegar
versões mais básicas que são aquelas
mais acessíveis a grande maioria dos
clientes
por isso temos aqui um Honda City na
versão lx e para confrontá ele trouxemos
aqui Toyota Yaris na versão xl plustek
a gente vai ver esse vídeo é que existem
muitas semelhanças entre esses dois
carros mas também tem as diferenças e
nós vamos conferir tudo isso agora e um
critério que a gente usou aqui para
confrontar as duas versões foi o preço
quando a gente olha para esse carro aqui
da Honda a versão lx tem um preço
sugerido de 74 mil e 600 reais
já o Yaris na versão xl plustek preço
sugerido de 75.190 como vocês podem ver
são menos que mil reais de diferença em
carros que estão aí na faixa de 75 mil
reais portanto concorrentes diretos
existem coisas iguais entre os dois
carros começando pelos motores
ambos são 1.5 litro aspirados com
sistema de injeção indireta
junto com esses motores câmbios
continuamente variável e outras coisas
também são parecidas sistema de
suspensão mcpherson dianteira com um
sistema semi independente na traseira
com escritor são e também temos freios
discos dianteiros com tambores traseiros
agora temos várias diferenças entre os
carros você tá algumas delas o com da
sede por exemplo não tenho sp dicere
isso é uma coisa curiosa porque quando a
gente pega o ronda fitcom efe ele já vem
com sp mas a ronda por algum motivo não
colocou sp nesse carro aqui
já o carro da toyota tem um sp e isso
faz muita diferença no quesito segurança
além da óbvia diferença de estilo que
existe entre os dois carros
a gente vê escolhas curiosas carro da
Honda por exemplo não tem aqui o
repetidor de seta no espelho lateral
já a Toyota incluiu esse equipamento é
um equipamento de segurança é importante
mas quando a gente vem aqui na frente do
carro
a coisa se inverte a Honda já colocou
drl que é o the time of light luz de
posição de urna de série no carro
já a Toyota não têm esse equipamento se
você quiser esse equipamento tem contra
ele como acessório na concessionária e
ele vai instalado nessa posição aqui
como vocês podem ver escolhas
interessantes
os dois carros são vendidos como motores
1.5 litros e aí vocês podem pensar que a
semelhança muito grande na cilindrada
até olha só o carro da ronda tem 1497
centímetros cúbicos e o carro da toyota
em 1496 centímetros cúbicos a diferença
de um centímetro cúbico pode parecer
tudo muito igual mas não é temos grandes
diferenças aqui
aqui nós temos apenas um comando e esse
comando tem variação apenas na admissão
inclusive é o sistema e vittek já que
nós temos dois comandos e os dois
comandos são variáveis tanto na admissão
quanto no escape
em teoria este duplo comando variável
deveria ter dado mais potência ao carro
mas não é isso que acontece na prática
de outros testes que nós fizemos
a gente sabe que a Toyota fez nesse
carro aqui um ajuste para ser econômico
isso a gente vai conferir aqui no
comparativo mas olha só as potências dos
carros são as seguintes no carro da
Honda potência máxima é de 116 cavalos
com um toque de 15,3 quilograma força
metro
já no carro da toyota potência de 110
cavalos como vocês estão vendo um pouco
menor e o torque máximo é de 14,9
quilograma força metros
agora a gente sabe que o torque é muito
importante dependendo da faixa de
rotação eo torque máximo no carro da
ronda em 4.800 rpm
já no carro da Toyota o torque máximo em
4.000 rpm
então o que vocês podem ver disso apesar
de termos mais potência no carro da
ronda o torque máximo entre antes no
carro da Toyota e isso pode fazer a
diferença não só na economia mas uma
aceleração mas gente tem que colocar os
dois carros lado a lado para conferir
outra coisa que é diferente aqui apesar
dos dois carros terem o câmbio
continuamente variável existe uma
importante diferença
o carro da Honda não faz simulação de
marcha já o carro da Toyota faz
simulação de marcha ele simula até 7
marcha
essa simulação não serve muito nem para
a economia de combustível e nem pra
aceleração mas ela é bastante útil na
dirigibilidade na sensação que isso
passa por um motorista e até mesmo em
situações como por exemplo eu vou fazer
uma ultrapassagem aqui você consegue
fazer uma redução de marcha para ter o
carro mais na mão e até mesmo se você
tiver que aplicar um freio motor
você vai ter essa opção aí da redução de
marcha
dessa forma esse sistema ajuda muito na
um conjunto da dirigibilidade por assim
dizer
quando a gente olha os dois carros aqui
por trás a gente percebe que eles têm
até um alinhamento de estilo porém suas
diferenças estéticas são evidentes
agora a traseira do Honda City é um
pouco mais sofisticada por assim dizer
vocês podem ver elementos cromados aqui
que atravessam ea tampa do porta malas
não temos isso aqui no carro da Toyota
outra coisa
as lanternas aqui tem algumas
iluminações em led então lanterna e luz
de freio e led já luz de ré e piscas são
lâmpadas incandescentes convencionais
aqui no carro da Toyota é tudo lâmpada
incandescente convencional então temos
aqui um pouquinho mais de sofisticação
na modernidade
agora os dois carros não oferecem nem
sensores de estacionamento traseiro e
nem câmeras de ré é afinal de contas são
versões relativamente básicas porta
malas é outro ponto importante afinal de
contas quem compra um sedã compacto é
justamente alguém que tinha um hatch
beck e precisou de mais espaço talvez
pela família ter aumentado
e aqui nos dois carros nós temos chaves
com telecomando inclusive com a abertura
da tampa do porta malas mas como vocês
estão vendo as tampas não abrem
completamente a gente tem que fazer aqui
um auxílio com a mão pra gente conseguir
ter a abertura delas as duas tampas tem
essa dobradiça e do tipo pescoço de
ganso que acaba invadindo compartimento
o que não é muito legal mas quando a
gente fala de espaço aqui no carro da
honda gente tem 536 litros o que é uma
boa capacidade
já o carro da Toyota o espaço não é tão
grande assim um pouco menor
são 473 litros de capacidade
só que eu quero destacar uma coisa muito
importante o carro da honda aliás como
todos os outros carros da Honda usa
aquele step fininho que a gente não
gosta porque quando você bota aquele
step a dirigibilidade fica bastante
comprometida só você ter uma idéia o
carro aqui da ronda tem uma roda aro 16
polegadas mas o estepe um pneu 135 bem
fininho perfil 80 aro 15 totalmente
diferente do pneu de rodagem
já no carro da Toyota ele tem um pneu de
estepe exatamente igual o pneu de
rodagem não é uma roda de liga leve mas
a medida é a mesma é 185 60 raio 15
portanto se você usar o estepe no carro
da Toyota a dirigibilidade será
exatamente a mesma e nesse ponto o mesmo
carro da ronda tendo mais capacidade
a gente prefere essa solução aqui que
vai te dar muito mais tranquilidade em
longas viagens
e se você precisa usar o estepe outra
solução que a gente encontra nos dois
carros mas de operação diferente é o
rebatimento do banco traseiro
os dois podem ter os bancos rebatidos na
proporção um terço dois terços só que no
carro da onda pra você fazer isso você
tem as alavancas que ficam dentro do
compartimento do porta malas
já no carro da Toyota as alavancas não
estão aqui seu uso o botão diretamente
no banco qualquer melhor e qualquer pior
depende muito da preferência de cada um
outro ponto importante é o espaço no
banco traseiro e sabemos que esse espaço
está diretamente ligado à distância
entre eixos do carro quando a gente vem
aqui reais esse espaço é de 2 55
no City é 2060 portanto entre
seria o City deve ser melhor mas vamos
conferir na prática vão começar aqui
pelo Yaris sempre lembrando que a gente
usa o mesmo critério por banco do
motorista pessoa de um metro e oitenta
de forma confortável e sempre com o
banco na posição mais baixa que a gente
consegue ver aqui uma boa distância
entre o joelho o encosto do banco
a movimentação de pés é razoável não é
excelente mas é razoável por assim dizer
o que a gente percebe é que também temos
a alça de segurança aqui no teto
inclusive com um ganchinho para poder
colocar aqueles cabides com roupas na
porta a gente também tem um espaço para
você colocar latas ou garrafas e mais um
espaço adicional caso é preciso guardar
uma carteira ou óculos
temos também descansa braço
escamoteáveis nesse descansa-braço você
tem mais duas posições aqui pra latas
se você for levar o mar quinta pessoa
que no carro na posição central e se
descansa braço aqui pode atrapalhar um
pouco porque ele tenha parte ele
inferior mais pra trás então a pessoa
vai ter que abrir os pés para poder
sentar ali de forma confortável mas o
carro tem praticamente um assoalho
traseiro plano então com exceção aqui
descansa braço tudo muito legal
uma coisa que eu quero observar aqui é a
altura do teto porque quando se põe a
cabeça para trás o Yaris praticamente a
minha cabeça bate aqui no teto quando
ela está toda pra trás aqui pra frente
nem tanto mas pra trás
ela já começa a encostar e isso para
pessoas mais altas certamente pode e vai
ser um problema aqui no Honda City não
precisa fazer nem muita força pra
perceber que você tem melhor conforto
espaço à distância da perna em relação
ao banco é bem maior e você também tem
uma movimentação de pés mais ampla que
você tem uma sensação de mais espaço até
mesmo em relação à cabeça
mesmo que você coloca a cabeça para trás
em um espaço pequeno mas nitidamente é
maior do que no Yaris a gente também vem
alguns porta-objetos aqui na porta a
gente também tem espaço para colocar ali
uma garrafinha ou uma lata também temos
a extensão do console dianteiro que
acaba servindo também para colocar uma
lata para quem vai aqui no banco
traseiro
ou mesmo uma garrafa também temos
descansa-braço escamoteava ou com as
duas posições de lado
temos também a alça de segurança no teto
mas nós não temos aquele baixinho pra
você pendurar e eventualmente uma camisa
ou um vestido para não amassar
mas o que eu posso dizer aqui se você
for colocar cinco pessoas aqui vai ser
melhor do que no Yaris porque além de
ter o assoalho traseiro praticamente
plano você não tem aquele console que
vai consumir espaço do pé do quinto
passageiro
aqui você tem o melhor espaço para os
pés dos três passageiros e também melhor
espaço para a cabeça dessa forma fica
bastante claro se a escolha for pelo
espaço no banco traseiro
nesse ponto o Honda City é bem superior
ao goiás hora da gente dirigir aqui o
Toyota Yaris mas antes as nossas
tradicionais considerações nesse carro
como eu disse xl pros técnica ele tem
chave presencial basta chávez aqui
dentro você consegue dar a partida por
botão já destaca alguns ajustes que o
carro tem o cinto de segurança por
exemplo tem ajuste de altura o que é
muito bom para você colocar aqui uma
posição mais confortável no banco do
motorista também tem aqui ajuste de
altura
o volante tem ajuste de altura mas
somente de altura você não tem aqui o
ajuste de profundidade outra coisa que
esse volante tem aqui é a falta de uma
contra moda então quando você libera o
volante ele simplesmente cai você tem
que ficar segurando a posição que você
quer
isso aqui não é exatamente a solução
mais confortável que a gente tem
de toda forma o volante é multifuncional
então a gente tenha que os controles
para interagir com central multimídia
lembrando que nós temos um vídeo
detalhadíssimo dessa central multimídia
no nosso canal central fornecida pela
arma então você acha todas as
informações nesse vídeo à parte que nós
temos
temos também aqui o controle de cruzeiro
que é muito útil para você usar na
estrada e pela velocidade constante do
carro um botão dedicado ali pra gente
com interferir ou manusear o computador
de bordo do carro não é muito
sofisticado esse computador de bordo mas
ele está presente a gente consegue
interagir com esse botão aqui
coisas legais ar condicionado digital e
automático por um carro dessa categoria
é um diferencial outra coisa legal
espelho autocromo mico então rebate
automaticamente com luz na parte
traseira do carro simples toque para
abrir e fechar os quatro vidros então
todas as posições têm essa função e isso
é muito legal porque tem muito carro às
vezes de categoria superior que só tem
cinco do estoque o motorista o motorista
e passageiro da frente aqui são os
quatro vidros também vou destacar o
ajuste de altura do facho do farol o que
é muito bom também uma coisa que a gente
encontra cento e nos carros
esse carro que também tem um botãozinho
aqui do lado para o programa de
estabilidade eletrônico
lembrando é que não é um carro topo de
linha o pará sol por exemplo ele tem
aqui iluminação independente não tem
iluminação do motorista e do passageiro
e também uma tampinha para fechar o
espelho gente sabe que também tem carro
sair em categorias de entrada que às
vezes não têm nem um espelho ou não tem
o teu espelho sem a tampinha e ou não
tem iluminação aqui tem tudo mais
a iluminação aqui individual para o lado
esquerdo e direito para leitura
como a gente pode ver em matéria de
equipamentos de apoio ea condução e
conforto
a gente pode dizer que o Yaris 1.3 xl
plustek vai muito bem e quando o assunto
é porta objetos também temos algumas
coisas interessantes na frente da
alavanca do câmbio a gente tem ali dois
porta latas inclusive pode ser porta
latas o porta garrafa tem um bom espaço
ali
aqui na porta nós temos mais um espaço
mas aí é mais indicado para se colocar
garrafa com tampa porque ele fica um
pouco inclinado temos mais um espaço
adicional a que você consegue colocar
uma carteira um smartphone
aqui temos alavanca do freio de mão mas
o detalhe é que nós temos uma espécie de
um chefe e ele é muito legal pra você
colocar smartphone o smartphone entre
aqui direitinho então é bastante prático
tomar dinheiro 12 volts
temos
descansa braço com o apoio de braço com
descansa braço e quando a gente abre
temos mais um porta objetos inclusive a
gente acha lhe à porta usb que é
justamente para a comunicação ainda
central multimídia ou você pode usar
também para carregar o seu celular na
hora de dirigir aqui o yaris lembrando
que nós temos volante com assistência
elétrica o que deixa bastante leve que
pra você fazer as manobras mas o carro
não tem nem sensor traseiro e nem câmera
de ré que você tem que acabar instalando
isso aí como um acessório na
concessionária
mais uma vez lembrando que nós não
estamos falando como carros topo de
linha são carros relativamente de entrar
então tem que ficar muito atento aí aos
objetos uns espelhos pra você
eventualmente não se envolveu em uma
pequena batida 11 o nosso teste taxam
lembrando que esse carro aqui tem roda
aro 15
vou ver como é que ele se sai aqui no
teste do caixão
olha a suspensão é consistente gostei da
forma como ele absorve aqui é
regularidade do caixão
mas eu senti alguns pequenos grandinhos
aqui no acabamento nada muito assim de
novo dentro da proposta do carro e da
cátedra evento inserido não é nenhum
pecado capital
então nesse ponto a suspensão é boa para
o brasil tem uma resistência
interessante bom pra lombada 30 por hora
pra ver como é que o carro se sai claro
que não é velocidade para você passar na
lombada é só para teste
a primeira lombada 30 por hora foi numa
boa
estão suspensas a gente vem aqui que ela
tá bem desenhado bico do carro pelo que
tive a sensação passou longe do chão
vamos ver na segunda onda também a 30
por hora pra ver se continua assim eu
percebi uma pequena raspada na frente do
carro não foi muito grande mas rasgou um
pouquinho de toda forma consistência da
suspensão é muito boa é resistente você
percebe que não é frágil como cruzamento
acústico no crédito é de novo aqueles
gritinhos terceira lombada 30
aqui eu já sentia a frente do carro
pegar um pouco mais então de uma raspada
um pormaior não foi aquela batida que a
gente já percebeu em outros carros mas a
gente percebe que dá uma raspada um
pouco maior vou pra quarto tipo lombada
aqui também rasgou trazem à frente não é
muito alto o que eu posso dizer é que a
suspensão é consistente mais um pico do
carro é um pouco baixo então você tem
que tomar um pouco de cuidado nesses
obstáculos mas a suspensão aguenta uma
boa e até filtra bem
a junta se assim a irregularidade do
piso nela era relativamente macia bom
para a nossa manobra que dê fim de rua
o carro já está alinhado com a guia
vamos virar tudo vamos ver aqui como é
que ele se sai vai vir um pouquinho mais
que 90 graus
não temos sensores dianteiros e
traseiros então tem que tomar bastante
cuidado eo motorista vão lá e vamos
virar o volante e o carro saiu aqui
praticamente alinhado a um pouquinho
mais para a esquerda o que mostra que
ele tenha um raio de giro ou diâmetro de
giro como vocês preferirem relativamente
pequeno
então os considerações são os seguintes
a suspensão ela é consistente é não
demonstra a fragilidade e ela também é
macio suficiente para filtrar as
irregularidades do piso que esse bom
crédito quando a gente passa aqui a
gente vê que alguns carros por um
bastante e aris não
porém o bico do carro é um pouco baixo
ou cumprido então os obstáculos danos
assim maiores
ele tem essa tendência aí a dar essa
raspada no chão nada muito sério mas ele
tem essa tendência
de toda forma o que eu posso dizer que o
isolamento acústico dentro da proposta
do carro não é ruim
em alguns gritos mas não chega a ser
ruim ea suspensão támbém adequada para o
brasil só com observação delas em um
pouco baixo mas no geral eu gostei do
conforto aqui milhares da toyota que se
mostra muito bom para a gente diria que
o City LX mais antes nossas tradicionais
considerações
aqui nós não temos chave presencial
temos uma chave do tipo canivete e da
partida da maneira convencional enchendo
de segurança também a caneta com ajuste
de altura o que ajuda em uma posição
confortável
o banco também tem ajuste de altura
inclusive o ajuste de altura queria um
pouquinho mais suave do que no fc é mais
linear é mais gostoso de usar o volante
do City tem aqui ajuste de altura ano e
profundidade a gente não tem isso lá no
carro da Toyota inclusive aqui não tem
aquele problema de você desabilitar que
a trava do volante o volante despencarem
tem aquele sistema de compensação ali de
mola aqui é muito mais legal muito mais
confortável pra você acha aí a posição é
o volante também tem aqui a função para
interagir com o rádio aqui nós não temos
central multimídia nós temos aí apenas
um rádio que tem uma porta usb aquino na
entrada dele então ele é bem básico mas
você ainda consegue fazer conexão com
button
o ar condicionado desse carro aqui é
totalmente manual então não tem nenhum
ajuste eletrônico inclusive a própria
renovação ó é um botãozinho aí faz um
barulho que na hora que você vai fazer a
abertura ou fechamento aqui da renovação
o carro também tem simples toque para
abertura e fechamento de todos os vídeos
também temos espelhos elétricos mas
temos um espelham aqui retrovisor
convencional como tradicional tektek pra
você poder fazer o rebatimento de luz
então a gente não tem tanta sofisticação
assim equipamentos temos computador de
bordo que é mais ou menos um computador
de bordo não é pessoal não temos um
botão dedicado no volante como nucleares
temos aqueles botões assim projetados no
painel parece aquelas vareta né
e aqui nós só temos o tryp do carro a
média de consumo e o ajuste do relógio
nós não temos aí a função de autonomia
do tanque isso acaba fazendo falta em
especial o pessoal era uma linha de
programação a mais para colocar aqui a
onda pisou na bola e não oferecia um
computador de bordo vamos assim um
pouquinho mais completo pelo menos com
autonomia né
temos as luzes de leitura aqui também
individuais o pará sol também tem o
espelho mas nós não temos a iluminação
tão se vê que ela no carro da toyota nós
temos a iluminação tanto o motorista
quanto passageiro a gente tem aqui o
espelho com tampa mais falta iluminação
do rio a gente pode dizer
do ponto de vista de ergonomia o rodasse
tipo che esse negócio da altura e
profundidade é mais legal e eu gosto
mais desse tipo de ajuste
o banco aqui um pouquinho mais firme e
não é tão confortável quanto do íris vai
mais para o conforto que vai mais que
não sinta vez pelo pela questão
econômica mas faltam sofisticações aqui
dentro que a gente vê que o Yaris tem e
que esse carro não tem no quesito
porta-objetos edição mais ou menos
parecidos estão na frente da alavanca de
câmbio também temos ali dois porta-latas
um porta garrafas à porta é a mesma
situação se tem ali um espaço para
colocar a garrafa dá pra colocar lata
porque ele fica mais um pezinho
temos um espaço adicional que também
serve para smartphone é e carteiras e
aqui na ajuda a alavanca do freio de mão
a gente também tem aqueles dois chances
lá no toyota tem um só aqui tem dois
então você tem dois microfones que nem
eu ficar muito boa que os smartphones
mas também pode colocar a moeda e outras
coisas aqui nós não temos o descansa
braço tá pessoal
o que nós temos aqui são mais dois porta
latas que acabam servindo para quem vai
no banco traseiro no yaris você não tem
esse porta latas para o banco traseiro
mas lá se tem um apóia braço e aí uma
questão de preferência tem gente que
prefere mais espaço mais versátil e tem
gente que prefere mais um conforto
imenso para a neoris também existe um
porta-objetos sobre os campos à braz
porém ele não serve para latas né aqui
você tem um espaço muito bem definido
para latas e garrafas
a gente tem diferenças de toda forma que
a gente pode dizer é que um yaris é mais
sofisticado em matéria de acabamento e
matéria de recursos por dentro
olha me dirigir aqui o carro da ronda
lembrando que nós não temos sensores de
estacionamento nem dianteiro e traseiro
também obviamente nem vamos ter câmera
de ré porque não tem central multimídia
o volante também conta com ajuste é
assistência elétrica é então a gente
também tem um volante bem leve aquilo
muita diferença que do yaris pelo sítio
nesse ponto
posso dizer que os dois são bastante
parecidos mas tem que prestar atenção na
manobra uma vez que você não tem aí nos
sensores vão por nós testada chão
lembrando que esse carro há rodas de 16
polegadas e o perfil do pneu é um
pouquinho menor vamos ver como é que se
sai aqui no caixão alinhar o carro com o
caixão
nitidamente a suspensão aqui um pouco
mais dura tá ali a gente percebe isso em
vários carros da honda não é só nesse
aqui não
e o isolamento acústico vou dizer que é
bastante parecido com o do yaris é tem
alguns gritinhos nada muito assim que
seja altamente desagradável mas a gente
percebe também mais não temos o conforto
de artes a suspensão é definitivamente
mais dura que a suspensão consistente
porém mais dura
vamos a primeira lombada 30 por ora aqui
ora já na primeira lombada eu já senti
uma raspadinha não foi muita coisa mas
de uma raspadinha lá na frente então a
gente já percebe criar estamos pensando
um pouquinho mais alto
vamos aqui pra segunda lombada 30 por
hora não ver como é que se sai é aqui já
pegou legal à frente do carro então a
gente já percebe que a frente do city é
mais baixa que a do yaris então tem que
tomar cuidado com obstáculos vão ver um
bom crédito que o isolamento acústico é
a terceira lombada
bom isolamento acústico a suspensão
nitidamente mais dura vai acontecer a
lombada 30 ea que lhe deu uma paulada na
lombada não foi uma raspadinha não foi
uma pauladinha mesmo na parte de baixo
da frente do carro
a quarta e última já vou passar um pouco
mais devagar que já percebe que a frente
do carro bate e o que a gente a terras
mas nem tanto e ainda assim ele raspou o
que a gente percebe a suspensão é bom
ela é consistente mas nitidamente mais
dura
então quem gosta de um acerto mais
esportivo vai ficar com sítio quem gosta
de um acerto mais confortável a ricardo
linhares e isso não tem dúvida é muito
nisto a diferença dos dois carros uma
equipa à nossa maneira de fim de rua o
carro está alinhada com a guia do lado
direito vamos virar todo o volante e
vamos ver como é que o city sai aqui
também virou um pouquinho mais de 90
graus não foi muito mais mas virou um
pouco mais de 90 graus desvirando
volante
e olha pessoal nitidamente o Yaris tem
um raio de giro menor do que o Honda
seguinte a gente saiu bem mais deslocado
aqui pra esquerda na rua não é muito
mais coisa mas saiu mais deslocado não
que a gente pode dizer de antemão gente
tem um ajuste mais esportivo tem aqui
uma ergonomia melhor por conta do ajuste
de profundidade e altura do volante
você consegue achar uma posição melhor o
carro tem isolamento acústico
relativamente parecida suspensão também
é consistente mas à frente do carro
embaixo
então se tem que tomar bem mais cuidado
clearings pra passar em obstáculos como
lombadas valetas e buracos e nas
manobras o luna City acaba usando um
pouco mais de espaço pra você fazer a
manobra não é muito mais não é assim
nenhum que diferença que mundo de
diferença de um carro para o outro mas
existe essa diferença e aí nesse caso
que você vai precisar de um pouquinho
mais espaço aí do que usando aí goiás
de toda forma posso dizer que a
suspensão é consistente para o brasil só
com observação de que a frente do carro
um pouco baixo
nós vamos pegar a estrada eu já vou dá a
dica de que no Yaris você precisa ligar
o farol uma vez que ele não traz à luz
de posição de urna de série
então pra você não toma muita fica aí a
dica o City vai à nossa frente e vamos
dirigir os carros de forma muito
parecida à cne aires a indicação é que
está ligada no painel
vamos tentar manter o máximo possível
ligada pra gente ver como é que eles se
comportam aí nessa situação de consumo
de combustível automóvel com um câmbio
continuamente variável é um tanto quanto
nos últimos você tentava ver qual é a
velocidade em função da cotação final de
contas o câmbio é variável
justamente para entregar a melhor
situação que sustentaram a descida que
vai usar dinheiro mais baixo se você não
assumir que vai usar um giro mais alto
na mesma velocidade para aproveitar o
melhor do motor em cada situação mas
aqui no caso do Yaris se você tem a
possibilidade da marcha virtualizada
como é que é isso o câmbio tem uma
posição que você é igual a todo o lado
esquerdo
e aí ele passa a vitória a machão agora
esta quinta
eu vou colocar ele em 6ª e 7ª pessoal
essas baixas elas não existem na verdade
que o sistema está fazendo é predefinido
pontos específicos além da polícia
pra te dar uma sensação de marcha de
toda forma aqui na marcha virtualizada
o fat uma marcha um só tentar mostrar
pra vocês aqui ó
assim quilômetros por hora a gente tem
uma rotação ali um pouquinho acima de 2
mil giros do dia 2 milhões em 2012 -
você terá aqui pra 120 e vamos ver como
é que fica a rotação lembrando que essa
é a forma
mesmo assim mais próxima da gente tentar
mostrar pra vocês qual é a velocidade
que em função da rotação mas cabe
destacar isso aqui é aproximado nós não
podemos cravar que é é uma situação real
porque mesmo simulando marcha o campo
ainda assim pode ter digamos assim é
tolerâncias pra ele se ajustar para
poder fazer o funcionamento correto que
não necessariamente que você vai ter
sempre a mesma rotação na mesma
velocidade
a 120 por hora nós temos ali mais ou
menos duas mil e 500 rotações da marcha
vitoriosa
só que a gente tá descendo eu vou
tirando a marcha virtualizado e olha só
o que acontece
podem ver que um giro do motor do carro
cai a libra pouco acima de 2 mil giros e
isso é 120 por hora
agora nós vamos começar aqui uma pequena
subida da estrada no modo clt
olha só o que acontece o giro já tá
passando de 3 mil giros pra gente
conseguir manter os 120 na subida
quando a gente coloca a marcha
virtualizado em sétima a gente fica um
pouquinho acima de 2 e 6 1
mesmo na marcha virtualizada não dá pra
gente ter certeza que ele vai sempre
manter o mesmo giro pelo fato do câmbio
cvt
de toda forma essa marcha virtual serve
pra você por exemplo tem uma sensação
melhor de condução e quando vai fazer
uma ultrapassagem
você pode reduzir a marcha virtualmente
e ter um pouquinho mais de força do
motor
agora é a vez de testar que o Honda City
na estrada
lembrando que esse modelo você não
precisa se preocupar em ligar o farol
uma vez que ele já possui o dr ld sério
desde a versão básica até a versão topo
de linha e isso acrescenta muito mais
segurança e na condução na estrada e até
mesmo quando você está dirigindo
normalmente durante o dia acesso em uma
garagem escuro o túnel um dl sempre
aceso acaba auxiliando pra outras
pessoas verem veículo e dessa forma e
eventualmente acabar é evitando um
potencial acidente quando as pessoas não
enxergam o veículo se aproxima
aquino rodasse de nós não temos um
sistema de simulação de marchas o que
nós temos aqui no câmbio é a posição
drive
temos uma outra posição que a posição s
que seria como a posição esporte que vai
trabalhar com relações mais curtas e com
a proposição l que ainda mais curta
agora cabe destacar pessoal isso aqui é
apenas uma digamos de novo virtualização
do câmbio quando você está na posição
drive
ele vai utilizar sempre uma relação mais
longa
quando você põe na s ele informa o
câmbio que é continuamente variável para
trabalhar com relações um pouco mais
curtas ea eric seria a loura vamos dizer
assim é reduzida
ele é indicado quando você
vai subir uma rampa muito íngreme ou tá
subindo a serra com o carro carregado
que ele vai fazer ele vai manter um
motor com um giro bem mais alto vai te
dar um pouco mais de força no conjunto
mas isso tudo aqui é virtual
você pode estar na estrada no drive
colocar sl qualquer momento que isso não
vai estragar o câmbio apenas vai
informar o câmbio para trabalhar com
relações sempre mais curtas como
acontece lá no yaris aquino um Honda
City a gente também tem ali no painel o
indicador é que na verdade é apenas pra
dizer que você está acelerando ou usando
o carro de uma maneira mais econômica
e aqui nós também vamos fazer o possível
para manter o máximo de tempo possível
esse indicador aceso
afinal de contas o objetivo aqui é saber
quanto mais bonito mais quilômetros por
litro
os carros conseguem saber fazer sendo
utilizados numa condição de igualdade
também foi destacado que aqui no mundo
assim eu percebi o isolamento acústico é
estrada não
ora de forma tão eficiente quanto
milhares
a gente percebe um pouco mais barulho do
motor aqui dentro da cabine do carro
outra coisa
a suspensão também é nitidamente mais
firme do que as reais
a gente sente mais o assunto ações no
juízo toda a estrada não é tão boa assim
a gente percebe isso aí na
dirigibilidade e até mesmo na carroceria
do carro
o da City tem uma pegada e muito mais
golos assim esportiva
pra quem gosta de um carro mais direto
com a direção mais precisa
aí não é uma questão do que melhor o que
é pior que uma questão de preferência
pessoal porque cada cliente ainda pela
escolha do conforto ou pela escolha aí a
esportividade ponto forte dos dois
modelos aqui é justamente a questão do
consumo e nós fizemos aí o teste
justamente para ver como eles se
comportam na vida real
para isso usamos os dois carros
abastecidos aí com gasolina na estrada
eles foram dirigidos de forma bastante
semelhantes sempre juntos com o ar
condicionado ligado que a condição mais
real aí do uso e olha só a gente
percorreu quase 40 quilômetros pelo
computador de bordo do ronda a gente
andou 39.9 no carro da toyota 39.8 como
vocês podem ver a medição foi
praticamente a mesma nos dois carros e o
que a gente obteve no carro da honda
City
a média foi de 14 pontos 5 quilômetros
por litro que a gente já feriu
e curiosamente é exatamente o mesmo
número que o inmetro da o consumo desse
carro na estrada e já no toyota yaris a
média foi de 14.1 quilômetros por litro
eo inmetro da como média desse carro na
estrada 14.5 que a gente pode dizer
existe praticamente um empate técnico
nos 2 quando o assunto é consumo de
combustível
agora o que a gente quer saber é como
vai se comportar o zero a 100 dos dois
modelos
pelos números que a gente tem aí de
potência de motor itork tudo leva a crer
que o honda city vai ser melhor mas um
conferir isso na prática
e como a gente viu aí no vídeo
nós esperávamos uma diferença do honda
city para o toyota yaris mas não há
diferença que a gente encontrou
podemos até dizer que desse teste de
comparativo de aceleração tivemos aqui
uma das maiores diferenças
o carro da ronda é nitidamente superior
no quesito aceleração de 0 a 100 e mais
uma vez contamos aí com a nossa parceira
multipress corretora de seguros lado a
cidade de sorocaba montar o seguro aqui
dos dois modelos
a gente sabe que esses carros têm um
perfil de cliente bastante definido
então a gente usou o mesmo perfil para
os dois carros
e olha só aqui o carro da ronda o seguro
variou de mil quatrocentos e quarenta
reais a 3670 o carro da toyota foi de
1.460 3.430 com a gente pode ver é muito
perto um do outro ea franquia no caso do
carro da Honda variou de 1.725 a 4.910 e
já o carro da toyota valor de 1500 a
5.280 a gente percebe que as diferenças
aí que são coisas de cem duzentos reais
ou seja na prática os seguros dos dois
carros é praticamente igual
no quesito custo de propriedade ou seja
custo de pós-venda a gente fez o cálculo
das revisões dos dois modelos até 60 mil
quilômetros e que a gente encontrou foi
o seguinte no caso do Honda City
somando todas as revisões obrigatórias
5029 reais já o Toyota Yaris as mesmas
revisões obrigatórias 3083 a gente vê
uma vantagem aqui significativa para o
carro da toyota no curso de manutenção
preventivo agora nesses custos pessoais
até 60 mil quilômetros
existem outros componentes que
eventualmente podem ser trocados como
por exemplo pastilhas discos palhetas de
para-brisa esses materiais de desgastes
não estão incluídos nesses custos esses
aí são apenas aquelas revisões
obrigatórias onde geralmente você tem
ali olha o filtro e às vezes algumas
outras peças que já fazem parte do
pacote manutenção de toda forma a gente
vê uma vantagem para o carro da Toyota
e assim nós vamos concluir aqui mais um
comparativo detalhada que só encontra
aqui no nosso canal mas das
considerações finais vão relembrar o
preço dos carros
o carro da ronda tem um preço sugerido
no site da montadora de 74 mil e 600
reais
já o carro da Toyota tem um preço
sugerido de 75 190 como a gente pode ver
não é uma questão de preço que vai
definir por qual carro que você vai
comprar ea gente também percebeu isso
nos outros custos que envolvem o carro
portanto a escolha do carro aqui vai
pesar mesmo nas diferenças que eles têm
quando o assunto é desempenho ficou
bastante claro que o carro da Honda vai
melhor que o carro da Toyota
principalmente na aceleração na retomada
de velocidade espaço de porta malas o
carro da honda ganha mais o carro da
Toyota tem aquele step integral que
particularmente nós gostamos mais uma
solução melhor para o brasil
da mesma forma que o carro da Toyota tem
uma suspensão mais adequada para a
situação brasileira com lombadas valeta
c buracos
ele vai raspar a menos que o carro da
ronda quanto à questão de conforto aí
tem uma divisão curiosa nessi você for
considerar o espaço na parte da frente o
carro da toyota é mais confortável porém
no banco traseiro ficou bastante claro
que o carro da ronda é melhor para
acomodar mais pessoas têm um pouco mais
de espaço até por conta de em trechos do
ponto de vista de tecnologia aí o carro
da Toyota ganha ganha de lavada afinal
de contas ele vem com central multimídia
ele vem aí com ar condicionado digital
tem um computador de bordo mais completo
e aí nesse ponto o carro da Toyota leva
grande vantagem no aspecto segurança o
carro da toyota também leva vantagem
aqui uma vantagem muito importante estar
pessoal porque aqui nós temos o programa
de estabilidade eletrônico o Honda City
não traz esse dispositivo e isso é muito
importante tão importante que num futuro
muito próximo esse item será obrigatório
no mercado brasileiro eo s&p; previne
previne sim muitos acidentes e aqui a
ronda pisou na bola porque um outro
carro da Honda montado nessa mesma
plataforma que é o ronda
tem o sp não tem desculpa para a onda
não oferecer o equipamento aqui no honda
City
dessa forma fica muito difícil dizer
qual ganhou o qual perdeu se o cliente
for buscar por segurança e conforto para
quem anda na frente à adaptabilidade no
brasil é o Yaris se o cara que é uma
dirigibilidade mais esportiva que é um
carro mais ágil que é mais espaço de
porta malas e no banco traseiro é o
carro da rone
portanto como a gente viu aqui apesar de
muitos próximos nos custos temos carros
bem diferentes nas aplicações e se você
gostou do nosso vídeo por favor deixem o
seu like afinal de contas é assim que a
gente sabe que você está gostando do
nosso trabalho e pessoal se vocês não se
inscreveram façam isso
afinal de contas esses comparativos
super completo você só encontra aqui no
nosso canal comigo Jorge Augusto
comprecar ideal para quem quer vender
comprecar a ideal para quem quer comprar
e precisou vender ou comprar
acesse hoje mesmo Comprecar.com.br