Anuncie seu veículo já

Carro de sete lugares: veja o novo Chevrolet Blazer que virá para o Brasil

Preço do modelo deve ficar na casa do R$ 200 mil

A Chevrolet lançará um novo modelo do utilitário esportivo Blazer, embora a filial brasileira tenha dito que ele não chegaria tão cedo em nossas terras. Isso foi confirmado, já que o modelo que estará disponível no Brasil será a versão estendida, chamada até então de XL.
 
De acordo com informações do site GM Authority, a fabricação da Blazer XL será feita na China. O objetivo é estar presente em mercados onde não concorreria com o grande SUV Traverse, também da montadora norte-americana, e o Brasil se encaixa nessa situação.
 
A seguir, vamos conhecer um pouco mais sobre esse modelo que desembarcará no Brasil e quais são suas principais características.
 
Como será a Blazer XL?
 
Suas características, reveladas no Salão de Guangzhou em finais de 2018, mostram que ela ganhou 13,8cm no comprimento, que está mais presente em seu balanço traseiro. O entre-eixos é de 2,87m, quase igual ao que existe na outra versão.
 
Essa foi uma medida adotada para que fosse possível aumentar o compartilhamento de peças entre as versões. Além disso, há a intenção de permitir que o porta-malas seja mais espaçoso, bem como a terceira fileira de assentos.
 
Provavelmente, a Blazer XL chegará com duas opções de motor: um 2.0 turbo, com 240cv, assim como o utilizado no Camaro; e outro V6 3.6 aspirado, com 305cv de potência, ambos com câmbio automático de 9 marchas.
 
O site GM Authority também afirmou que é possível que outros países produzam o veículo, além, claro, da China. Desse modo, torna-se possível atender a diferentes mercados com mais praticidade na logística.
 
Não é muito provável que a produção da Blazer XL seja feita no Brasil, mas há outros bons candidatos, como o México, por exemplo. O País, que já produz a Blazer convencional, está localizado em uma região privilegiada para distribuí-lo na América do Norte, do Sul e Central.
 
O fato de ser um modelo topo de linha faz com que a Blazer XL seja viável, ainda que importada de países que não tenham acordos comerciais com o Brasil.
 
Em solo nacional, a Blazer XL deve se posicionar entre as SUVs grandes, categoria de sete lugares, como Kia Sorento, Jeep Compass de três fileiras (que deve ser lançado no futuro) e Hyundai Santa Fe, acima do Equinox, também da Chevrolet.
 
Existe até mesmo a possibilidade de o modelo entrar no lugar da Trailblazer. Mesmo que a proposta dos veículos seja bem diferente, já que este é construído sobre um chassi, as vendas do modelo, que é fabricado em São José dos Campos (SP), são quatro vezes menores que as do Toyota SW4.
 
Outro ponto que pode pesar positivamente nesse quesito é o fato de que o sindicato confirmou que a nova S10 será produzida na unidade do Vale do Paraíba. A situação, no entanto,  não se aplica ao SUV.
 
Seja como for, é difícil acreditar que a Blazer XL esteja em solo brasileiro antes de 2020, o que fará os interessados pelo veículo terem de esperar um pouco até que possam transformar seus planos em realidade.
 
Se você está interessado em adquirir um carro em Limeira, Americana ou outras cidades do interior de São Paulo, bem como em diferentes regiões do Brasil, conte com a Comprecar. A empresa, especializada na venda de veículos, disponibiliza o mais diversos modelos, configurações e preços, de modo a serem ideais para suas necessidades e também para o orçamento.