Anuncie seu veículo já

Honda City chega à linha 2021 com novidades

São cinco versões disponíveis para o cliente, que estão mais completas agora

A Honda apresentou a linha 2021 do modelo City, que concorre na categoria de sedans compactos. O modelo já é conhecido por qualidades como aproveitamento de espaço interno, confiabilidade mecânica, economia de combustível e baixo custo de manutenção. 

Na linha 2021, todas as versões do City passam a trazer de série, faróis com regulagem elétrica de altura e sensor crepuscular, para acendimento automático dos faróis. Cabe destacar que também é série em todos as versões, a presença da luz de rodagem diurna em LED (elemento importante de segurança).

A versão LX passa a contar com a central multimídia de 7 polegadas, já presente na versão EX, com integração Apple CarPlay e Android Auto, que permite o uso de mapas do sistema de navegação do Waze e Google Maps. Também ganha o sistema HFT (Hands Free Telephone) com a função Voice Tag (Reconhecimento de Voz) no volante, que permite atender e realizar chamadas, reproduzir músicas, entre outras funcionalidades. Essa central também conta com a visualização da câmera de ré com três ângulos de visão e indicação de distância por cores. Também foram adicionados quatro tweeters para complementar o sistema sonoro.
 
As versões DX, Personal e LX passam a oferecer bolsa porta-revistas atrás do banco do passageiro. Já as versões EX e EXL, ganham bolsa porta-revistas atrás do banco do motorista, item já existente no banco do passageiro. Outra novidade é que a topo de linha EXL, ganha retrovisor interno fotocrômico. 

Motor

Toda a linha City é equipada com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. A tecnologia i-VTEC, desenvolvida pela Honda, varia o tempo e a profundidade de abertura das válvulas para obter a máxima eficiência em diferentes regimes de rotação. Assim, oferece excelente desempenho e economia de combustível. 

Com etanol, esse propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque a 4.800 rpm - quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m a 4.800 rpm. 

As versões Personal, LX, EX e EXL trazem a transmissão CVT com conversor de torque, o que melhora a força de tração em baixas velocidades, proporcionando uma resposta mais rápida, aceleração linear e economia de combustível. A EX e EXL possuem ainda simulação de sete marchas por meio dos paddle shifts no volante. A versão DX possui transmissão manual de cinco velocidades, com engates curtos e precisos, uma característica comum das transmissões Honda. 

Equipamentos por versões

Desde a versão de entrada DX e a única equipada com transmissão manual de cinco marchas. Essa versão já traz direção com assistência elétrica e ajuste de altura e profundidade. Conta também com vidros com acionamento elétrico nas quatro portas, com acionamento por simples toque. 

Outros equipamentos presentes nessa versão: banco do motorista com regulagem de altura, ar-condicionado manual, áudio 2DIN (AM-FM/USB/bluetooth), alto-falantes dianteiros, painel de instrumentos com computador de bordo multifunções, chave tipo canivete com controle de abertura/fechamento das portas, sistema Immobilizer, desembaçador do vidro traseiro e travas elétricas com travamento automático acima de 15 km/h

A próxima versão é a Personal, também destinada ao público PCD. É a primeira ofertada com a transmissão CVT (continuamente variável) com três modos de utilização (normal, esporte e “L”).  Também acrescenta o controle de cruzeiro. Ela mantém os equipamentos da versão DX, porém, vem equipada com roda de aço e sem sistema de som. Entretanto, o carro já vem com a predisposição para receber o sistema de áudio com alto-falantes, antena no teto e até a câmera de ré instalada.

A versão seguinte é a LX. Tem todos os equipamentos DX, e conta também com a transmissão CVT. A novidade é a central multimidia, mesma da versão EX. Também faz parte da lista de equipamentos lanterna traseira iluminada em LED, grade frontal cromada com acabamento black piano, apoio traseiro de braço com porta copos além de 4 alto-falantes (dois dianteiros e dois traseiros) e mais 4 tweeters.

A versão EX traz todos os equipamentos da LX, e ainda acrescenta: ar-condicionado digital automático com tela full touchscreen, dois airbags do tipo laterais nos bancos dianteiros, painel de instrumentos com iluminação Bluemeter e detalhes internos na cor prata.

A versão EXL, a topo de linha, ainda acrescenta mais equipamentos. Ela possui um conjunto exclusivo com luzes em LED, tanto para o farol baixo como para o alto, ampliando a sofisticação e a segurança de rodagem em ambientes de baixa iluminação. Também conta com 6 air-bags, acrescentando sobre a versão EX bolsas infláveis laterais do tipo cortina. Também fazem parte desse pacote espelho interno eletrocrômico e rebatimento elétrico dos espelhos laterais. A central multimidia também passa a contar com o sistema de GPS embarcado, além da integração Android Auto e Apple CarPlay. 

Cores 

Todas as versões trazem as seguintes opções: Branco Tafetá (sólida), Azul Boreal, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas), Branco Estelar e Preto Cristal (perolizadas). A linha possui três anos de garantia, sem limite de quilometragem, e estará disponível nas concessionárias a partir de novembro. 

Preços das versões:
 
DX - R$ 67.800,00 
Personal - R$ 68.190,00 
LX - R$ 82.100,00 
EX - R$ 87.400,00 
EXL - R$ 93.100,00

A linha 2021 do Honda City pode ser encontrada nas concessionárias Honda Chroma Veículos (www.chromaveiculos.com.br), com unidades em Jundiaí, Atibaia, Bragança Paulista e Vinhedo.