Anuncie seu veículo já

Renault Captur 2022 chega mais potente e equipado

renault-captur-2022-chega-mais-potente-e-equipado

Entre as novidades um novo motor turbo 1.3 litro flex de 170 cv, câmbio automático CVT XTRONIC de oito marchas e faróis full LED

O Renault Captur chega a linha 2022 com novidades. São vários os destaques, como desing externo renovado, um inédito e moderno motor turbo TCe (Turbo Control Effiency) com 1.3 litro flex, associado à um novo câmbio CVT que simula oito marchas, nova central multimídia, e várias outras melhorias. 

Estilo

O Captur 2022 traz novo para-choque mais envolvente e incorpora mais elementos tecnológicos, como a nova luz de circulação diurna DRL em LED que emoldura os faróis de neblina também em LED com a função auxiliar em curvas. Agora, os faróis passam a ser full LED na versão topo de linha (Iconic), com até 75% de melhoria na eficiência da iluminação. A grade superior está mais larga e ganhou detalhe cromado. O modelo também ganhou novo ski dianteiro com entrada de ar. As rodas de 17 polegadas também são novas. 

O interior foi completamente renovado. Com maior quantidade de materiais suaves ao toque, o Captur eleva seu patamar em percepção de qualidade. A versão topo de linha ganhou ainda a opção bíton no interior com a combinação da cor marrom Castanyera. O acabamento interno mistura detalhes em black piano com cromados.
 
O Captur também traz novos itens de tecnologia e segurança, como partida do motor à distância com a nova chave “hands free”, que permite climatizar o interior antes mesmo de entrar no veículo, além de sensor de ponto cego nos retrovisores, que indica, por exemplo, a presença de uma motocicleta ou automóvel fora do campo de visão do motorista.  

A pintura em bíton oferece originalidade e personalização. São oferecidas oito combinações de cores, incluindo seis combinações em bíton. O teto do Captur pode ser preto ou prata. A carroceria ganhou duas novas cores: bronze Sable e azul Iron, que se somam às cores branco Glacier, vermelho Fogo, prata Etoile e cinza Cassiopée.

Produzido no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), o Captur chega em três versões de acabamento: Zen, Intense e Iconic. Todas com o motor turbo TCe 1.3 flex. 

Novo motor turbo TCe 1.3 litro

O novo motor turbo TCe 1.3 flex do Captur foi desenvolvido com o know-how da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi em parceria com a Daimler, tendo como características um alto torque em baixas rotações e baixo consumo de combustível. 

Esse motor TCe 1.3 flex traz ainda tecnologias que a Renault desenvolveu nas pistas da Fórmula 1, como a injeção direta central com 250 bar de pressão, turbocompressor com válvula wastegate eletrônica e duplo comando de válvulas variável com atuadores elétricos.  

Produzido na Espanha, esse propulsor rodou mais de 40 mil horas de testes no seu desenvolvimento, mais de 300 mil km de validação em condições extremas e já teve mais de 1,2 milhão de unidades produzidas em 2020. O desenvolvimento da versão flex ficou a cargo da equipe de engenheiros do RTA (Renault Tecnologia Américas), que fica no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR). 

Os destaques desse motor são: 

Turbocompressor: trabalha com a pressão máxima de 1.4 bar controlada com precisão pela wastegate comandada eletronicamente, que proporciona o torque máximo a 1.600 rpm. Com essa tecnologia, o motor ganha em agilidade, para responder melhor às variações de pressão na admissão.

Cabeçote em formato delta: essa construção permite um tamanho mais compacto reduzindo massa, centro de gravidade mais baixo e auxiliando no controle térmico do motor. O coletor de escape integrado ao cabeçote proporciona uma melhor resposta do turbo, otimizando a curva de torque.

Comando de válvulas: o duplo eixo do comando de válvulas no cabeçote tem temporização variável das válvulas de admissão e escape, comandada eletronicamente permitindo variação contínua dos ângulos de abertura e fechamento das válvulas, garantindo assim melhor performance e menor consumo em qualquer rotação. Além disso, o comando tem balancins roletados, que proporcionam redução de atrito e, consequentemente, menos consumo de combustível. 

Tratamento DLC (Diamond-Light Carbon): utilizando nano tecnologia desenvolvida na F1, os componentes móveis do cabeçote, anéis e pinos dos pistões receberam tratamento superficial (DLC) para reduzir atrito e consumo de combustível. 

Bronzinas polímero-metálicas: aplicação de tratamento superficial de polímero para redução de atrito no sistema virabrequim-mancais e aumento da durabilidade.  
Injeção direta de combustível: a adoção de injetores centrais com pressão de 250 bar com design desenvolvido para o etanol (vazão, direção e tamanho de jato), com seis furos por injetor, garantem uma maior atomização do combustível, proporcionando maior torque e potência.  

Cilindros com BSC (Bore Spray Coating): o bloco de alumínio tem tratamento superficial inovador na parede dos cilindros, chamado de Bore Spray Coating (BCS). Isso permite troca térmica mais eficiente entre a câmara de combustão e a camisa d’água, reduzindo atrito com os anéis e pistões, além de um melhor controle da pré-detonação. Só esta medida já permite reduzir o consumo e as emissões em aproximadamente 1%. Essa tecnologia é utilizada com sucesso na Aliança no esportivo Nissan GT-R.
 
Sonda lamba proporcional: analisa qualitativamente os gases, que permite controle mais preciso da qualidade da combustão assegurando a melhor performance em qualquer situação e de maneira mais rápida.

Câmbio CVT XTRONIC

Em conjunto com esse novo motor, um moderno câmbio automático CVT XTRONIC que simula oito marchas. O câmbio CVT XTRONIC proporciona conforto, especialmente para grandes centros urbanos, sem comprometer a economia de combustível. Um dos destaques é um software de gerenciamento que simula a troca de marchas no modo automático, sempre que o pedal do acelerador estiver solicitando a alta performance do motor. Essa transmissão continuamente variável oferece a possibilidade de simular troca manual na alavanca de câmbio. Basta posicionar a manopla à esquerda para simular as marchas. 

Entre as novidades do câmbio CVT XTRONIC estão:

Faixa de atuação do lock-up ampliada, reduzindo a sensação de deslizamento nas arrancadas, com máxima transferência do torque do motor para as rodas.

Bomba de óleo de dimensões reduzidas e cárter com menor volume. Com menos peso, o consumo de combustível é menor. 

Válvula de controle hidráulico de maior precisão, garantindo rapidez nas retomadas de trocas de marchas.   

Corrente de menor largura, ampliando a relação de transmissão para acelerações mais vigorosas e menores rotações do motor em velocidades de cruzeiro.  

Novo óleo de baixa viscosidade, gerando menos atrito e um consumo de combustível menor.  

Gerenciamento inteligente do consumo

Outra tecnologia aplicada para a redução do consumo de combustível é o sistema Start&Stop, que desliga o automóvel automaticamente em semáforo ou outras paradas prolongadas. Este moderno sistema, muito comum em carros topo de gama, garante uma economia de até 5% de combustível no trânsito urbano. 

Para auxiliar ainda mais o condutor na economia de combustível e no monitoramento de suas viagens, a central multimídia Easy Link mantém as funções Eco Scoring e Eco Monitoring. 

Toda a tecnologia embarcada no motor e câmbio do Captur TCe 1.3 turbo flex garantiram nota A no selo do programa brasileiro de etiquetagem do Inmetro. Com gasolina, o consumo na estrada é de 12 km/l e na cidade de 11,1 km/l. Com etanol, o consumo é de 8,3 km/l no percurso rodoviário e 7,5 km/l no urbano. 

Tecnologia Easy Life 

Agora, ligar o motor do carro à distância é possível no Captur. Com isso, em dias quentes, por exemplo, que o carro está estacionado no sol, o motorista pode ligar o carro remotamente para que o ar-condicionado já funcione e deixe o interior do veículo em uma temperatura agradável. 

O Captur 2022 também traz alerta de baixa pressão dos pneus que avisa o condutor por meio de uma luz no painel quando a pressão está baixa. Outros alertas luminosos são o sensor de ponto cego, que indica quando um veículo ao lado se aproxima, mas está fora do campo de visão do motorista, avisando o condutor por meio de uma luz nos retrovisores externos.

Na lista de equipamentos também estão controles de estabilidade (ESP), tração (TCS) e assistente de partida em rampas (HSA), além de quatro airbags, sendo dois dianteiros, com opção de desativação do lado do passageiro, dois laterais, que foram redesenhados, aumentando a proteção para a cabeça em colisões laterais. Além disso, o Captur possui dois pontos Isofix nos bancos traseiros para a fixação de cadeirinhas infantis. 

Outra novidade do Captur 2022 é o sistema Multiview, que consiste em quatro câmeras, sendo uma dianteira, duas laterais e uma traseira, permitindo ao condutor alterar a visualização entre as imagens pelo Easy Link para obter uma visão de todas as direções do veículo.
 
A nova direção elétrica traz mais conforto para o uso urbano e firmeza e precisão para o uso em estradas. Com a melhoria, o número de voltas de um extremo ao outro do volante reduziu de 3,3 para 3,0 e o esforço de manobra diminuiu 35% em relação à versão anterior.   

Multimídia

A nova central multimídia EasyLink traz mais tecnologia e conectividade ao condutor. Com uma tela capacitiva de 8 polegadas, a central possui layout personalizável e oferece integração para celular por meio do Android Auto e Apple CarPlay. Os ocupantes também podem realizar conexão via Bluetooth e visualizar informações como temperatura externa e horário direto na tela. 

O EasyLink permite o cadastro de até cinco perfis, que podem personalizar funções sem interferir nos outros perfis cadastrados. 

Pelo sistema é possível escolher um nome e uma foto de capa; definir um layout personalizado da tela;  salvar suas preferências de configuração de som e rádio; salvar até nove estações de rádio na memória do sistema; habilitar ou desabilitar o destravamento de portas sem a chave; personalizar uma sequência de boas-vindas, incluindo avisos sonoros para o momento de abertura de portas e entrada no veículo e personalizar o som das teclas.  

Versões e Equipamentos

Zen - R$ 124.490
Multimídia Easylink 8” com espelhamento de smartphones Android Auto e Apple Carplay
Volante com comandos integrados e ajustes de profundidade e altura
4 airbags (dois dianteiros e dois laterais)
Câmera e sensores de estacionamento traseiros
Controle de estabilidade (ESP) 
Controle de tração (ASR)
Assistente de partida em rampa (HSA)
Luzes de circulação diurna (DRL) em LED
Sensor de pressão dos pneus
Chave-cartão
Sistema Start&Stop
Controle de cruzeiro (regulador e limitador de velocidade)
Rodas de 17 polegadas
Opcional: pintura bíton

Intense (equipamentos da Zen mais) - R$ 129.490
Ar-condicionado automático
Luzes de neblina em LED com função “cornering”, auxiliar em curvas
Sensor crepuscular
Sensor de chuva
Duas saídas USB para o banco traseiro
Função “Follow me home” nos faróis
Opcional: pintura bíton e revestimento interno premium

Iconic (equipamentos da Intense mais) - R$ 138.490
Faróis com tecnologia full LED
Sensor de ponto cego
Sistema de câmeras Multiview, com quatro câmeras
Sistema de partida remota do motor
Revestimento interno premium
Opcional: pintura bíton e sistema de áudio  BOSE com seis alto-falantes, subwoofer no porta-malas e equalizador digital exclusivo

O novo Renault Captur já pode ser encontrado nas concessionárias do grupo Andreta, com unidades em Campinas, Piracicaba, Americana, Limeira e Mogi Mirim. Mais informações pelo site www.andretarenault.com.br

  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg
  • .jpeg