Anuncie seu veículo já

Volvo se une à NVIDIA para o desenvolvimento de veículos autônomos

Plataforma de inteligência artificial NVIDIA DRIVE Orin reunirá todo o sistema de condução autônoma na próxima geração de veículos Volvo

A Volvo Cars está expandindo sua colaboração com a NVIDIA para usar a tecnologia NVIDIA DRIVE Orin system-on-a-chip (SoC) para alimentar o computador de direção autônomo nos modelos da próxima geração da Volvo.

Os veículos autônomos precisam de uma grande capacidade de processamento para uma direção autônoma segura. O NVIDIA DRIVE Orin é uma plataforma de inteligência artificial líder na indústria, capaz de operações sem precedentes de 254 tera (ou 254 trilhões) por segundo (TOPS).

A Volvo Cars será a primeira fabricante de automóveis com presença global a usar o NVIDIA DRIVE Orin em seus modelos, com base na nova geração da arquitetura de veículo modular, a SPA2, que chegará em breve. O primeiro carro a vir equipado com o SoC será a próxima geração do Volvo XC90. Os planos da Volvo Cars em usar o NVIDIA DRIVE Orin em seu computador de direção autônomo são impulsionados pelo compromisso da empresa com os mais altos padrões de segurança possíveis.

A plataforma com o NVIDIA DRIVE Orin é um elemento-chave para permitir uma direção autônoma segura e continuamente atualizada. Ele funcionará em conjunto com o software desenvolvido internamente e pela Zenseact, empresa de software de direção autônoma da Volvo Cars, bem como sistemas de backup para direção e frenagem.

O poder da plataforma, adicionado ao processamento gráfico fornecido pelo NVIDIA DRIVE Orin, permitem conjuntos de sensores avançados necessários para uma direção autônoma, como a tecnologia LiDAR (radar por LASER) de última geração desenvolvida pela Luminar, outro parceiro de tecnologia da Volvo Cars.

A arquitetura SPA2 da Volvo Cars estará pronta para receber o hardware de condução autônoma desde o início da produção. O novo recurso de direção autônoma não supervisionado, Highway Pilot, será ativado automaticamente quando for verificado que é seguro para localizações e condições geográficas individuais.

Este novo anúncio representa o próximo passo no aprofundamento da colaboração entre a Volvo Cars e a NVIDIA. Em 2018, a marca sueca anunciou que também usará a tecnologia NVIDIA DRIVE Xavier SoC para o computador central em carros baseados no SPA2.

O computador central com o NVIDIA DRIVE Xavier gerencia as funcionalidades centrais do carro, como software básico, gerenciamento de energia e assistência ao motorista. Ele funciona junto com o computador de direção autônomo com NVIDIA DRIVE Orin, que se dedica a trabalhos intensos de computação, como visão e processamento LiDAR, e oferece o alto nível de integridade de segurança necessário para a direção autônoma.

A Volvo Cars está centralizando a computação em seus carros de próxima geração para permitir que sejam mais seguros, pessoais e sustentáveis, além de permitir que a empresa torne seus carros melhores a cada dia.

Mudar para uma arquitetura de computação centralizada significa remover muita complexidade. Em vez de depender de várias unidades de controle eletrônico ao redor do carro que controlam recursos e sistemas individuais, o software agora é desenvolvido internamente e mantido em um computador central no carro. Isso permite melhorias mais frequentes e o crescimento dos recursos por meio de atualizações remotas.

Toda linha Volvo que já conta com diversos sistemas de assistência semi-autonômas, como o Pilot Assist, pode ser encontrada na concessionária Volvo Baltic (balticvolvo.com.br).