Revista Comprecar
Civic 2015 com pequeno face-lift
Alterações estão apenas presentes nas versões LXS e LXR do Honda Civic
Civic 2015 com pequeno face-lift
09 de Junho de 2014

por Jorge Augusto

Para apresentar alguma novidade frente a chegada do novo Corolla, a Honda promoveu recentemente um pequeno face-lift no Civic. E o Comprecar estava presente nesse evento. A mudança serve mais para marcar um novo ano/modelo, do que representar uma resposta à chegada do principal concorrente renovado. É fato que o novo Corolla gerou uma grande expectativa no mercado. Mas após a sua apresentação, ficou claro que a mudança (ainda que substancial) não foi tão expressiva para ofuscar os concorrentes. Outro detalhe, é que o novo Corolla chegou muito caro ao mercado. E isso estimulou a venda dos concorrentes (inclusive o Civic. que oferecem um melhor custo-benefício. Com esse panorama, o Honda Civic manteve uma posição confortável, continuando a brigar pela liderança de vendas na categoria.
 
Então, para oferecer um algo mais, a Honda fez algumas suaves mudanças no modelo. Inicialmente, as mudanças estão presentes apenas nas versões LXS e LXR. A versão topo de linha EXR será mostrada com as novidades no salão do automóvel. Já as versões LXS e LXR chegam à rede de concessionárias na segunda quinzena deste mês.
 
Mudanças externas e internas
 
Nessa linha 2015, as mudanças internas valem para as duas versões. Toda parte superior do painel, agora na cor preta, mostra contraste com a parte inferior, em cinza-claro. Além disso, traz uma nova pintura com acabamento metalizado da moldura do painel de instrumentos e do sistema de áudio. Apenas na versão LXR, os botões de comando no volante possuem aro cromado.
 
Externamente, as mudanças são mais sutis. Na frente, observa-se uma nova grade dianteira. O capô não teve qualquer mudança estrutural. Ainda no pára-choque, existe uma barra cromada na tomada de ar inferior. Os faróis auxiliares, agora trazem formato circular
 
Outro detalhe interessante, é que a versão LXR passa a estar equipada com rodas de liga leve de aro 17 polegadas com acabamento diamantado. Fato interessante, pois alguns dos concorrentes diretos do Civic. mesmo na versão topo de linha, são equipados com rodas de 16 polegadas (a exemplo do Corolla e Cruze). Assim, o Civic 2015 é o único a trazer uma roda 17 polegadas na versão intermediária.
 
Para essa mudança, um novo conjunto de pneus foi escolhido. Como características tem-se menor resistência ao rolamento, sem comprometer o conforto dos passageiros. Isso porque esses pneus são mais macios.
 
FlexOne para toda a linha
 
Outra mudança necessária foi a inclusão do FlexOne em toda linha. Antes, o equipamento estava disponível apenas no moto r 2.0 litro. Assim, a versão de entrada (LXS) com moto r 1,8 litro, passa a contar com o FlexOne. Esse sistema dispensa o subtanque para partida a frio. Ao acionar o botão no controle da chave que destrava as portas, um conjunto de aquecedores atua na linha de combustível tornando a temperatura do etanol, ideal para dar uma partida imediata, mesmo em situações de baixa temperatura ambiente (abaixo de 10 graus, por exemplo).
 
Na versão LXS, o moto r é o i-VTEC 1.8 litro com potência máxima de 140 cv (a 6.500 rpm) no etanol. Na gasolina são 139 cv à 6.200 rpm. Existe a opção do câmbio manual de seis marchas, ou câmbio automático de cinco marchas.
 
Na LXR, que já tinha o sistema FlexOne, permanece o moto r i-VTEC 2.0 litros com 155 cv no etanol e 150 cv com gasolina. A única opção de câmbio é o automático de cinco marchas que, também inclui os paddle-shifters no volante.
 
A 9ª geração do Civic chegou ao mercado em janeiro de 2012. Em janeiro de 2013, foi lançado o modelo 2013/2014 com moto r 2.0 e conceito FlexOne para as versões LXR e EXR. Com mais de 500 mil unidades vendidas no Brasil, sendo mais de 120 mil referentes à 9ª e atual geração, o Civic retomou a liderança do mercado de sedans médios no Brasil em 2013.
 
Novas cores e preços
 
A linha Civic 2015 traz ainda como novidade duas novas cores. Permanecem no catálogo o Branco Sólido; Preto Cristal Perolizado; Prata Metálico e Cinza Metálico. E passam a fazer parte, o Azul Denim Metálico e o Cinza Barium Metálico. Os preços públicos sugeridos são:
LXS MT por R$ 65, 9 mil; LXS AT por R$ 68,9 mil e a LXR AT por R$ 74,9 mil. As cores metálicas e perolizadas têm acréscimo de R$ 1,1 mil.
 
O que mais deve mudar
 
Para o salão do automóvel, o Civic EXR ainda que traga mudanças, elas não devem ser tão expressivas assim. Certamente, a central multimedia do carro deve ser foco dos esforços da Honda nas melhorias. Assim como já acontece em modelos recém lançados como New March e novo Mini Cooper, a central do Civic deve passar a ter integração com mais serviços e sistemas de um Smartphone. A provável solução deve integrar funções do Facebook, rádios on–line e sistemas de pesquisas do Google, a central do carro. Vale destacar também, que o Civic EXR é o único sedan médio do Brasil, que traz o TMC ativo de fábrica, na navegação por GPS. Trate-se de um sistema que monitora o transito em grandes cidades. Assim, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, ao calcular um trajeto, o sistema já leva em conta o trânsito na rota, informando eventuais problemas na rota estabelecida.
 
Também é provável que a Honda inclua mais tecnologia embarcada no Civic. Afinal, muitos concorrentes já trazem bancos elétricos com memória, faróis com Xenon (ou Leds no caso do Corolla), sensores de estacionamento dianteiros, ar-condicionado digital de dupla zona, entre outros equipamentos, ainda não presentes no Civic.
 
Alterações estruturais como um câmbio mais moderno, moto res turbo alimentados, e alteração da plataforma, devem ser contempladas apenas na ocasião da mudança para a décima geração, em 2015 (ou mais para frente). É muito provável que Honda venha a utilizar um câmbio com tecnologia CVT (assim como fez no novo Fit) e parecido ao do Corolla, e que passe a utilizar moto res de menor cilindrada, como um 1,5 litro turbo e flex!

Lançamentos < Voltar
Civic 2015 com pequeno face-lift
 

Civic 2015 com pequeno face-lift

Publicado por Redação Comprecar – Especialista em carros usados e motos usadas

Alterações estão apenas presentes nas versões LXS e LXR do Honda Civic

09 de Junho de 2014

por Jorge Augusto

Para apresentar alguma novidade frente a chegada do novo Corolla, a Honda promoveu recentemente um pequeno face-lift no Civic. E o Comprecar estava presente nesse evento. A mudança serve mais para marcar um novo ano/modelo, do que representar uma resposta à chegada do principal concorrente renovado. É fato que o novo Corolla gerou uma grande expectativa no mercado. Mas após a sua apresentação, ficou claro que a mudança (ainda que substancial) não foi tão expressiva para ofuscar os concorrentes. Outro detalhe, é que o novo Corolla chegou muito caro ao mercado. E isso estimulou a venda dos concorrentes (inclusive o Civic. que oferecem um melhor custo-benefício. Com esse panorama, o Honda Civic manteve uma posição confortável, continuando a brigar pela liderança de vendas na categoria.
 
Então, para oferecer um algo mais, a Honda fez algumas suaves mudanças no modelo. Inicialmente, as mudanças estão presentes apenas nas versões LXS e LXR. A versão topo de linha EXR será mostrada com as novidades no salão do automóvel. Já as versões LXS e LXR chegam à rede de concessionárias na segunda quinzena deste mês.
 
Mudanças externas e internas
 
Nessa linha 2015, as mudanças internas valem para as duas versões. Toda parte superior do painel, agora na cor preta, mostra contraste com a parte inferior, em cinza-claro. Além disso, traz uma nova pintura com acabamento metalizado da moldura do painel de instrumentos e do sistema de áudio. Apenas na versão LXR, os botões de comando no volante possuem aro cromado.
 
Externamente, as mudanças são mais sutis. Na frente, observa-se uma nova grade dianteira. O capô não teve qualquer mudança estrutural. Ainda no pára-choque, existe uma barra cromada na tomada de ar inferior. Os faróis auxiliares, agora trazem formato circular
 
Outro detalhe interessante, é que a versão LXR passa a estar equipada com rodas de liga leve de aro 17 polegadas com acabamento diamantado. Fato interessante, pois alguns dos concorrentes diretos do Civic. mesmo na versão topo de linha, são equipados com rodas de 16 polegadas (a exemplo do Corolla e Cruze). Assim, o Civic 2015 é o único a trazer uma roda 17 polegadas na versão intermediária.
 
Para essa mudança, um novo conjunto de pneus foi escolhido. Como características tem-se menor resistência ao rolamento, sem comprometer o conforto dos passageiros. Isso porque esses pneus são mais macios.
 
FlexOne para toda a linha
 
Outra mudança necessária foi a inclusão do FlexOne em toda linha. Antes, o equipamento estava disponível apenas no moto r 2.0 litro. Assim, a versão de entrada (LXS) com moto r 1,8 litro, passa a contar com o FlexOne. Esse sistema dispensa o subtanque para partida a frio. Ao acionar o botão no controle da chave que destrava as portas, um conjunto de aquecedores atua na linha de combustível tornando a temperatura do etanol, ideal para dar uma partida imediata, mesmo em situações de baixa temperatura ambiente (abaixo de 10 graus, por exemplo).
 
Na versão LXS, o moto r é o i-VTEC 1.8 litro com potência máxima de 140 cv (a 6.500 rpm) no etanol. Na gasolina são 139 cv à 6.200 rpm. Existe a opção do câmbio manual de seis marchas, ou câmbio automático de cinco marchas.
 
Na LXR, que já tinha o sistema FlexOne, permanece o moto r i-VTEC 2.0 litros com 155 cv no etanol e 150 cv com gasolina. A única opção de câmbio é o automático de cinco marchas que, também inclui os paddle-shifters no volante.
 
A 9ª geração do Civic chegou ao mercado em janeiro de 2012. Em janeiro de 2013, foi lançado o modelo 2013/2014 com moto r 2.0 e conceito FlexOne para as versões LXR e EXR. Com mais de 500 mil unidades vendidas no Brasil, sendo mais de 120 mil referentes à 9ª e atual geração, o Civic retomou a liderança do mercado de sedans médios no Brasil em 2013.
 
Novas cores e preços
 
A linha Civic 2015 traz ainda como novidade duas novas cores. Permanecem no catálogo o Branco Sólido; Preto Cristal Perolizado; Prata Metálico e Cinza Metálico. E passam a fazer parte, o Azul Denim Metálico e o Cinza Barium Metálico. Os preços públicos sugeridos são:
LXS MT por R$ 65, 9 mil; LXS AT por R$ 68,9 mil e a LXR AT por R$ 74,9 mil. As cores metálicas e perolizadas têm acréscimo de R$ 1,1 mil.
 
O que mais deve mudar
 
Para o salão do automóvel, o Civic EXR ainda que traga mudanças, elas não devem ser tão expressivas assim. Certamente, a central multimedia do carro deve ser foco dos esforços da Honda nas melhorias. Assim como já acontece em modelos recém lançados como New March e novo Mini Cooper, a central do Civic deve passar a ter integração com mais serviços e sistemas de um Smartphone. A provável solução deve integrar funções do Facebook, rádios on–line e sistemas de pesquisas do Google, a central do carro. Vale destacar também, que o Civic EXR é o único sedan médio do Brasil, que traz o TMC ativo de fábrica, na navegação por GPS. Trate-se de um sistema que monitora o transito em grandes cidades. Assim, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, ao calcular um trajeto, o sistema já leva em conta o trânsito na rota, informando eventuais problemas na rota estabelecida.
 
Também é provável que a Honda inclua mais tecnologia embarcada no Civic. Afinal, muitos concorrentes já trazem bancos elétricos com memória, faróis com Xenon (ou Leds no caso do Corolla), sensores de estacionamento dianteiros, ar-condicionado digital de dupla zona, entre outros equipamentos, ainda não presentes no Civic.
 
Alterações estruturais como um câmbio mais moderno, moto res turbo alimentados, e alteração da plataforma, devem ser contempladas apenas na ocasião da mudança para a décima geração, em 2015 (ou mais para frente). É muito provável que Honda venha a utilizar um câmbio com tecnologia CVT (assim como fez no novo Fit) e parecido ao do Corolla, e que passe a utilizar moto res de menor cilindrada, como um 1,5 litro turbo e flex!

O veículo que você procura está aqui na Comprecar!